sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

* STF e o piso nacional.

          O dia 17 de dezembro de 2010 marcou um triste aniversário: há mais de dois anos, era realizada a sessão que suspendeu a eficácia de dois artigos da Lei 11.738/2008, a Lei do Piso, que versam sobre o vencimento básico e a problemática da limitação da jornada em sala de aula em 2/3 da carga horária total. O descaso dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) com a matéria abre brechas para que prefeitos e governadores não cumpram a lei.
          Para Janeayre Souto, diretora de Organização do SINTE, “A farra é generalizada. Os gestores sequer se responsabilizam em comprovar se podem ou não pagar o piso salarial, uma vez que comprovada a impossibilidade de pagar o piso, a lei prevê a complementação da União”.
          Por consequência da não implantação da lei 11.738/2008 e em função dos baixos salários, os(as) professores(as), em parcela significativa, se submetem a várias e extensas jornadas de trabalho na relação direta com os alunos, acarretando imensos prejuízos ao processo de aprendizagem dos alunos e também à sua própria saúde. “Além disso, há uma verdadeira festa com os recursos, garantidos, destinados à Educação. São verdadeiras aberrações que incluem o pagamento de funcionários de outras pastas com este dinheiro. Claro, os maiores prejudicados são os(as) professores(as)”, destaca.
          Uma outra preocupação é com a reestruturação dos planos de carreira ou a sua implantação. Com o fim do prazo de 31 de dezembro de 2009 e já tendo o Conselho Nacional de Educação emanado as Diretrizes dos Planos de Carreira, os gestores impõem empecilhos na garantia deste direito, negando a política de valorização profissional que reza o artigo 206 da Constituição Federal. “Por isso, precisamos lutar, pressionar os ministros do Supremo, para que coloquem na pauta de votação esta Ação e devolvam aos profissionais a sua dignidade e, à sociedade, condições de crescimento e evolução social pautadas pela justiça”, desabafa a sindicalista.
           Essa sem dúvida será é uma das maiores bandeiras que os rabalhadores em educação levantarão neste ano de 2011.
O Piso é Lei, Quem não cumpre com o Piso é Fora da Lei!
Fonte: Sinte-RN.

* Entrada de Caraúbas não está mais as escuras.

          Passando a pouco pela entrada da cidade pude perceber que a Prefeitura Municipal de Caraúbas, após a nossa postagem, resolveu parte da problemática da entrada da cidade, a mesma não está mais as escuras. Agora só falta resolver os outros problemas: Pórtico, animais e os buracos. Devagar e sempre...

* A copa está ficando longe de Natal.

          Os prazos estabelecidos pela Federação Internacional de Futebol para as cidades sedes não estão sendo cumpridos pelo Governo do Rio Grande do Norte. Ao anunciar que assinará terça-feira ato criando a Comissão Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade que irá orientar todas as ações para que Natal sedie jogos da Copa do Mundo de Futebol de 2014, a governadora Rosalba Ciarlini revelou também que o Estado potiguar atrasou em quatro meses o prazo definido pela Fifa.
          A procuradora do Meio Ambiente, Marjorie Madruga explicou que o Green Gool é a primeira oportunidade de discutir com a sociedade os projetos da Fifa para a Copa no Brasil em relação aos temas do meio ambiente e sustentabilidade. “A realização da Copa é muito mais do que jogos de futebol. A Copa deixa um legado à cidade com melhorias na infraestrutura, no saneamento, nos aeroportos, nos cuidados com o meio ambiente e proporciona a inclusão social”, reforçou.
Fonte: Panorama Político.

* João Maia é o deputado mais rico do RN.

          Em levantamento feito pelo site Congresso em Foco, o deputado federal João Maia é o parlamentar potiguar mais rico entre todos da bancada federal. No ranking nacional ele ocupa a décima terceira colocação.
          Na “classificação local”, o deputado do PR é o mais rico, com um patrimônio declarado de R$ 14,11 milhões.
           Em segundo lugar está o deputado federal Felipe Maia com R$ 7,4 milhões. O peemedebista Henrique Eduardo Alves é o terceiro com R$ 5,58 milhões em patrimônio. No ranking nacional, ele ocupa o 39º lugar.

* Centrais sindicais e governo não chegam a acordo sobre mínimo.

          Após três horas de reunião, o governo federal e as centrais sindicais não chegaram a um acordo sobre o reajuste do salário mínimo.
         Ao final da conversa, representantes de entidades acusaram a presidente Dilma Rousseff de romper a política iniciada por Lula. O Executivo, por sua vez, não descartou apresentar uma proposta ao Congresso mesmo sem um acordo.

* Rosalba reúne o secretariado e avisa: "a situação não está fácil"

         A governadora Rosalba Ciarlini (DEM), promoveu hoje (04) a primeira reunião com o secretariado. Ela detalhou a situação financeira do Estado, os desafios e destacou: “A situação não está fácil. Estamos todos no mesmo barco e precisamos saber conduzir bem a embarcação para que ela não afunde. Sei que a maior responsabilidade é minha, mas também sei que posso contar com a garra e a competência de cada um de vocês”.
         A reunião teve como principal foco a apresentação da Dotação Orçamentária para 2011. Com a abertura do exercício, os gestores podem iniciar licitações e contratações, desde que sigam as recomendações restritivas, ainda em vigor, por decreto governamental.
         A governadora explicou que o orçamento deste ano será aberto, mas alertou: “não vamos nos iludir, achando que isso significa que a partir de agora vamos ter dinheiro para realizar tudo que pretendemos”. Rosalba pediu para que cada titular analisasse bem onde pode diminuir os gastos em suas pastas.

* Cargos do governo em Caraúbas serão divididos.

         As indefinições a respeito dos cargos governamentais em nível de Caraúbas parecem está chegando ao seu momento de definições, as informações que nos chegam, dão conta que aqui em Caraúbas haverá uma divisão igualitária dos cargos, onde o grupo ferrerista terá 50% e o grupo getulista terá os outros 50%, essa divisão será em todos os cargos e instituições.

* Após apagão, Dilma determina reforço na fiscalização preventiva.

          O porta-voz da Presidência da República, Rodrigo Baena, informou nesta sexta-feira (04) que a presidente da República, Dilma Rousseff, determinou um reforço na fiscalização e manutenção do sistema de energia do país.
          Um apagão entre a noite desta quinta-feira e a madrugada desta sexta (04) atingiu oito estados do Nordeste.
          A causa provável do apagão teria sido um problema em um circuito eletrônico da subestação Luiz Gonzaga, em Jatobá, Pernambuco, segundo o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.
          Dilma esteve reunida nesta sexta-feira com Lobão. “Desde manhã cedo, [a presidente] determinou ao ministro de Minas e Energia as providências. A presidente de nenhuma forma minimizou o problema, tanto é que determinou reforço na fiscalização preventiva e determinou ao ministro que reforçasse a manutenção do serviço. (...) Ela de fato ficou preocupada”, disse o porta-voz da Presidência.
mapa apagão (Foto: Arte/G1)

* Vereador Paulo Brasil (PR) não sinalizou positivamente para o acordo.

           O vereador Paulo Brasil (PR), não gostou muito da ideia de uma possível gestão-parceira no Hospital de Caraúbas, o mesmo disse que ainda não tem conhecimento sobre o assunto, porém acha pouco provável que ela aconteça.

* Revira-volta nas nomeações de Caraúbas.

         Informações chegadas agora às 10h41min dão conta que pode ocorrer algo inimaginável nas nomeações do Hospital Regional Dr. Aguinaldo Pereira. parece que houve um acordo entre as forças e Alfredo José deve ser nomeado Diretor Geral do Hospital e a atual diretora Sânzia Cristina deve ser nomeada diretora administrativa e financeira da unidade, a fonte adiantou que esse teria sido a solução encontrada pela governadora para conciliar os interesses tanto de Ferreira como de Getúlio. É aguardar...

* Cargos no interior estão dando dor de cabeça na governadora.

         A governadora Rosalba Ciarlini (DEM), está com um belo “abacaxi” para descascar com relação às nomeações do seu governo no interior do estado, o problema está nas muitas disputas envolvendo deputados, prefeitos e demais apoiadores da então candidata Rosalba que agora querem a fatia do bolo da administração estadual, estamos falando dos cargos.
        Em nível de Caraúbas esse quadro é bem nítido, existe uma disputa direta envolvendo o Articulador-comandante Ferreira Jr. e o Dep. Getúlio Rego (DEM), e mesmo que os ferreristas cantem vitórias há muito tempo, não é isto que presenciamos, exemplo disto é a nomeação do novo diretor do Hospital de Caraúbas que desde o dia 02 de Janeiro que todos os dias os mesmos dizem que ‘amanhã sai à nomeação’ e até agora nada, e mesmo que os ferreristas não concordem a verdade é que o Deputado Getúlio Rego está fazendo prevalecer os seus quase 50 mil votos e o posto de Deputado Estadual de oito mandatos. Porém, ninguém imagine que Ademos e Ferreira são fracos, muito pelo contrário se a disputa de Getúlio fosse contra qualquer outra liderança situacionista caraubense, o deputado já tinha levado, mais além da força política dos ferreiras que á grande e ninguém pode negar, ainda existe o lado empresarial que fala forte neste momento. E é nesta celeuma política que está acontecendo não só em Caraúbas que a Governadora Rosalba está metida.

* Selecionados no PROUNI têm de fazer matrículas até hoje.

          Termina hoje (04) o prazo para que os estudantes pré-selecionados no Programa Universidade para Todos (ProUni) comprovem suas informações nas instituições de ensino na qual foram aprovados e efetivem as matrículas.
         Caso ainda existam vagas disponíveis, será realizada uma nova chamada, na próxima sexta-feira (11), com prazo para comprovação de documentos até o dia 17 de fevereiro.
        O MEC distribui 123.170 bolsas de estudo oferecidas em cerca de 1.500 instituições de ensino superior. Nesta primeira chamada, foram pré-selecionados 117.644 candidatos — 79.823 para bolsas integrais e 37.821 para parciais, de 50% da mensalidade.

* Falha em sistema de proteção provocou apagão no NE, diz Chesf.

           A pane que atingiu Bahia, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Sergipe, Piauí e Rio Grande do Norte na noite de quinta-feira (03) e início da madrugada desta sexta (04) ocorreu devido a uma falha no circuito eletrônico da subestação Luiz Gonzaga, no município de Jatobá, em Pernambuco, segundo disse, nesta sexta-feira, o diretor de operações da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco, Mozart Bandeira Arnaud.
          "Houve uma falha em um componente eletrônico, a cartela, que faz parte do sistema de proteção da subestação. Sem ter havido nenhum problema, por um defeito eletrônico, ele deu ordem para desligar a subestação. Isso às vezes pode acontecer, mas como a instalação era muito grande, os efeitos foram sentidos em várias regiões", afirmou. Os sistemas de três usinas foram atingidos: Xingó, Paulo Afonso e Luiz Gonzaga.

* Grupo de teatro se apresenta hoje em Caraúbas.

         O Ministério de Teatro Jeová Nissi estará pela primeira vez em Caraúbas. O evento está sendo promovido pela Primeira Igreja Batista de Caraúbas/RN.
          A apresentação do grupo paulista acontecerá a partir das 19:00, na Praça Aproniano Martins de Sá (antiga Praça dos Festejos), em frente ao templo da Igreja Batista.
Ministério Jeová Niss.

* Apagão foi em todo o nordeste e parte da região norte.

           Um apagão atingiu parte do Norte e todo o Nordeste do país na noite desta quinta-feira (03) e madrugada de sexta (04). Há relatos de escuridão em seis estados: Bahia, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte.      
          De acordo com as últimas informações, houve registro de problemas numa linha de transmissão da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf).
           Os sistemas de três usinas (Xingó, Paulo Afonso e Luiz Gonzaga) tiveram de ser desarmados.

* Caraúbas passa quase duas horas as escuras.

           A cidade de Caraúbas passou quase duas horas as escuras, o motivo do blecaute ainda é desconhecido.