sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

* Romário é escolhido vice-presidente da Comissão de Turismo e Desporto.

         O deputado federal Romário (PSB-RJ) será o primeiro vice-presidente da Comissão de Turismo e Desporto. Segundo a assessoria do PSB, a indicação de Romário será formalizada na próxima quarta-feira (2), quando serão escolhidos os demais integrantes da comissão. O deputado Jonas Donizette (PSB-SP) vai presidir a comissão.
Dep. Romário (PSB-RJ) discursa no Plenário da Câmara (Foto: Diogénis Santos / Agência Câmara) 
Romário (PSB-RJ) discursa no plenária.

* Piada, Tiririca na Educação.

         O deputado federal Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca (PR-SP), foi indicado pela liderança do partido para integrar a comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados. Segundo o líder do partido na Casa, Lincoln Portela (MG), o próprio Tiririca pediu para fazer parte da comissão. A indicação foi oficializada pelo partido nesta sexta-feira (25).
Tiririca, durante a sessão plenária da Câmara dos Deputados no último dia 22. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)) 
Tiririca, durante a sessão da Câmara.
           “Ele foi indicado pelo PR porque é a área dele, cultura. A comissão não é só educação. Ele é o palhaço mais bem-sucedido do país. Nós colocamos ele lá para ele dar a parcela de colaboração dele. Ele vai poder dar uma contribuição nesta área”, afirmou o líder do partido.

* Petrobras tem lucro líquido recorde de R$ 35,189 bilhões em 2010.

         A Petrobras fechou 2010 com lucro líquido recorde de R$ 35,189 bilhões, uma alta de 17% em relação aos R$ 30,051 bilhões apurados em 2009. A informação foi divulgada no fim da tarde desta sexta-feira (25) pelo diretor Financeiro e de Relacionamento com Investidores, Almir Guilherme Barbassa, em entrevista coletiva na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro. “No ano passado, fizemos a maior capitalização da história, de R$ 120 bilhões”, destacou o diretor.

* Juninho Alves sai em defesa da administração do irmão.

          A movimentada sessão de ontem (24)  na câmara de vereadores, trouxe outro fato interessante foi a defesa veemente do vereador Juninho Alves (PR), em um dos momentos da discussão entre Ivanildo e Pelé, com relação à administração do irmão. Tido como uma pessoa calma e moderada o Edil abriu o verbo em defesa da administração do seu irmão, o ex-prefeito Eugênio Alves, "Após dois anos de administração vocês não fazem outra coisa a não ser falar de Eugênio, já está na hora de começar a trabalhar e fazer a metade do que Eugênio fez", falou Juninho se dirigindo aos correligionários do prefeito Ademar. 
           Em outro momento Juninho disse: "Essa administração não aceita críticas, porém a partir de agora vão ter que aceitar", concluiu o Edil.
           Juninho Alves sai em defesa do irmão.
            Após a sessão em contato com o Blog, Juninho Falou que vai na próxima semana ao Ministério Público  cobrar a ação do mesmo para uma série de fatos relativos à administração "Nossa Força é Nosso Povo", "Na próxima semana a oposição caraubense vai ao Ministério Público, a partir de agora os fatos terão novos desdobramentos" concluiu Juninho Alves.
             Juninho já vêm atuando como pré-candidato a prefeito, e essa prática tende a só aumentar a partir de agora.

* Ivanildo Fernandes reafirma candidatura a prefeito de Caraúbas em 2012.

          Durante a sessão de ontem (24), na câmara de vereadores, o Edil Ivanildo Fernandes (PT) reafirmou que vai colocar o seu nome a disposição do seu partido para o pleito de 2012, apesar da junção entre o PT e o PR na câmara, Ivanildo deixou claro que o seu projeto é disputar o cargo de prefeito da cidade. Com a palavra o PT e o povo...

* Exame de Ordem da OAB aprova 24,5% no RN.

         A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Rio Grande do Norte, por meio da Comissão de Exame de Ordem, informa que dos 1.630 inscritos na 1ª fase do Exame 2010.3 no Estado, 400 foram aprovados, ou seja, o índice de aprovação foi de 24,5%.

* Pagamento começa sem definição de calendário.

         O pagamento dos salários de fevereiro dos servidores públicos estaduais será feito hoje e na próxima segunda-feira. Nesta sexta-feira, recebem os funcionários públicos com matrículas terminadas de 1 a 5. Na próxima segunda-feira (28), será a vez daqueles que têm matrículas com finais de 6 a 9 e 0. A folha de pagamento do Poder Executivo estadual é de R$ 221 milhões. São 66 mil de servidores da ativa e 24 mil aposentados e pensionistas.
        Os funcionários recebem o pagamento de fevereiro, mas ainda não há um calendário para os demais meses do ano. Ontem (24), o secretário de Administração e Recursos Humanos, Manoel Pereira, disse que a governadora Rosalba Ciarlini determinou prioridade para o pagamento dos salários dentro de cada mês, a exemplo do que foi feito em janeiro e do que ocorre agora em fevereiro. Mas, afirmou o secretário, ainda não é possível garantir que nos próximo dez meses a orientação da governadora vai ser cumprida. “Essa é a intenção, mas, diante do caos no qual recebemos o governo, não é possível dar garantias”, disse o secretário.

* Vaquejada no Saia Rodada Park Show, Caraúbas/RN.

* Carnaval na praça em Caraúbas/RN.

CARNAVAL[1]

* Em fevereiro, o RN recebe mais de R$ 28 milhões em royalties.

       A atividade de exploração e produção de petróleo e gás natural na Bacia Potiguar rendeu ao Rio Grande do Norte R$ 28,29 milhões em royalties no mês de fevereiro, superando em mais de 11% o repasse de janeiro de 2011. Desse total, o Governo do Estado recebeu R$ 15,1 milhões, enquanto 94 municípios ficaram com R$ 13,19 milhões.

MUNICÍPIOS PRODUTORES E VALOR PAGO EM FEVEREIRO

1- Macau: 2.147.424,39
2- Guamaré: 2.032.802,26
3- Mossoró: 1.718.332,12
4- Pendências: 1.672.845,42
5- Areia Branca: 665.868,39
6- Apodi: 420.890,04
7- Assu: 386.973,87
8- Governador Dix-Sept Rosado: 350.319,16
9- Alto do Rodrigues: 333.294,96
10- Porto do Mangue: 295.874,74
11- Carnaubais: 203.867,94
12- Caraúbas: 215.364,03
13- Upanema: 185.996,77
14- Felipe Guerra: 158.843,12
15- Serra do Mel: 118.497,43
16- Afonso Bezerra: 4.130,63

* Ivanildo, " Pelé está com crise de identidade".

          O vereador Ivanildo Fernandes (PT), disse que o Secretário de Governo Édson Morais (Pelé), está com crise de identidade por não saber se é secretário ou vereador "Pelé está com crise de identidade, não sabe se é secretário ou vereador", disse Ivanildo.
          Após a participação de Pelé, houve um bate boca entre o mesmo e o vereador Ivanildo. "Se você quiser participar das discussões desta casa, solte as tetas do poder" falou Ivanildo se referindo ao cargo de secretário que Pelé ocupa na administração.
 Após sessão Ivanildo e Pelé continuaram discutindo.
          "Toda quinta é vou está aqui", comentou Pelé, se referindo que vai continuar participando das sessões.
           Ivanildo ainda disse que Pelé está atrapalhando os trabalhos da casa e que estaria ele, Pelé, convocando cargos comissionados da administração para fazer chacota com os vereadores oposicionistas.

* TIM segue proibida de comercializar novas linhas no RN.

         O vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), desembargador federal Marcelo Navarro, indeferiu novo pedido da TIM Nordeste S/A com o objetivo de suspender a decisão da Justiça Federal do Rio Grande do Norte. É que na ação promovida pelo Ministério Público Federal e pelo Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte foi deferida liminar proibindo a venda e habilitação de novas linhas naquele estado.
         A TIM apresentou um extenso relato de suas operações no Rio Grande do Norte, afirmando que vem cumprindo as determinações impostas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e, por consequência, não poderia aguardar o tempo necessário à ouvida do Ministério Público Federal (MPF), do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP-RN) e da própria Anatel.

* Agripino vai ao STF.

         O senador José Agripino Maia (DEM) confirmou que o seu partido entrará com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra o projeto que prevê a possibilidade de o Executivo fixar por decreto o valor do salário mínimo nos próximos quatro anos, como foi aprovado pelo Congresso Nacional.
        “Assim que ela [Dilma Rousseff] sacramentar [a lei] nós entraremos com a Adin imediatamente”, disse Agripino Maia, em entrevista ao Correio Braziliense.
         O parlamentar reiterou que a Constituição estabelece que o valor do salário mínimo fixado anualmente pelo Governo Federal passe pelo crivo do Congresso Nacional. Com o projeto aprovado ontem, segundo o parlamentar, nada impede que o Executivo manipule dados da inflação ou altere regras de cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) e o legislativo fique “de mãos atadas”.