terça-feira, 12 de abril de 2011

* Líderes no Senado querem plebiscito sobre venda de armas de fogo no Brasil em outubro.

       Os líderes partidários no Senado decidiram hoje (12) acelerar a tramitação de um projeto de decreto legislativo estabelecendo um plebiscito, no primeiro domingo (02) de outubro, sobre a continuidade da comercialização de armas de fogo no país. Após a reunião de líderes, o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), afirmou que a matéria tramitará em regime de urgência a partir de hoje, com a leitura do projeto.
       De acordo com Sarney, no plebiscito, a intenção é fazer a seguinte pergunta: “o comércio de arma de fogo deve ser proibido no Brasil?”.
      Ele explicou ainda que a decisão de realizar a consulta popular por plebiscito foi tomada com base numa análise legal. “O problema é que houve uma consulta popular [em 2005] por referendo que apoiou a comercialização de armas de fogo e essa decisão não poderia ser legalmente modificada por outro referendo, só um plebiscito para isso.”

* Eleitores faltosos têm até quinta para regularizar situação.

          Os eleitores que não votaram nas últimas três eleições têm até a próxima quinta-feira, 14, para regularizar a situação cadastral e evitar o cancelamento do título de eleitor.
Se um eleitor deixou de votar no primeiro e no segundo turno de uma mesma eleição, já serão contadas duas eleições para efeito de cancelamento. Além disso, poderão ser contadas faltas às eleições municipais,  eleições suplementares e referendos.
          A não-regularização do título impede o eleitor de tirar passaporte, obter carteira de
identidade, receber salários de função ou emprego público, participar em concorrência pública ou administrativa, obter certos tipos de empréstimos e inscrição, além de poder prejudicar a investidura e nomeação em concurso público e vedar a renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.
        De acordo com dados da Justiça Eleitoral, 1.473.128 de cidadãos brasileiros estavam em situação irregular no início de 2011 e precisavam comparecer ao cartório eleitoral.
       No entanto, 97% desses faltosos ainda estão em situação irregular. Dessa forma, 1.430.765 eleitores ainda podem ter o título cancelado. É possível que parte desses eleitores sejam pessoas falecidas que serão retiradas do cadastro eleitoral.

* Pesquisa AGORA SEI/Caraúbas, resultado é mantido sobre secreto.

        A pesquisa de opinião pública do instituto caicoense AGORA SEI, está sendo mantida em segredo por parte dos que a contrataram. Os dados foram colhidos nos dias 07 e 08 de abril, na zona urbana e rural do município de Caraúbas, porém os números estão sendo guardados a sete chaves. Será por que?

* Língua de Vaca/Caraúbas clama por água.

        Ontem (11), o fala povo trouxe a problemática da falta de água na comunidade de Língua de Vaca/Caraúbas. O que mais chama atenção neste problema é o fato da mesma ter tido os seus canos arrancados, e assim ficando impossível ter água nas torneiras da população.
        Em conversa hoje (12), com o vereador Silas Sales (PIPI-DEM), fui informado que na sessão da câmara da próxima quinta-feira (14), o Edil irá cobrar explicações da municipalidade sobre esse absurdo.
        Essa adutora é de resposabilidade da Prefeitura Municipal de Caraúbas. 
        Confira imagens dos canos:
Assim é impossível chegar água nas torneiras dos moradores.

* Vem aí 1° Mix Universitário/Caraúbas, 29/04.

Clique para ampliar.

* Vaquejada em Caraúbas é no Saia Rodada Park Show.

Clique para ampliar.

* Acordão na pauta.

       Ainda se fala muito, em uma possível junção entre os grupos ferreira e alves, e dentro desde contexto, muito se comenta que uma das condições para a concretização do acordão, séria a desfiliação dos irmãos Eugênio e Juninho do seu partido (PR). Essa condição séria para evitar qualquer possibilidade de candidatura dos irmãos alves na próxima eleição. Essa informação é negada pelos citados, porém, caso isso viesse ou vier a acontecer, fica provado que Ferreira não tem nada de besta...

* Presidente da Petrobras reafirma possibilidade de aumento na gasolina.

        O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, não descartou um aumento no preço da gasolina caso o preço do petróleo se mantenha alto. Ele acompanha a presidente Dilma Rousseff em visita à China.
       "Se ele ficar nesse nível que ele está hoje, estável nesse nível, você vai ter que alterar porque nós estávamos trabalhando com US$ 65, US$ 85 dólares [por barril]", disse.
        Ontem (11), o contrato para entrega em maio do barril em Nova York caiu US$ 2,87, para US$ 109,92. Em Londres, o Brent para maio fechou em US$ 123,98.

* Instituto Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, está desenvolvendo seu projeto contra Dengue.

       O Instituto Nossa Senhora do Perpétuo Socorro deu início ao seu projeto de luta contra a dengue, na oportunidade, alunos, funcionários e professores saíram pelas principais ruas da cidade, buscando conscientizar a população sobre a necessidade de se prevenir contra a doença.
 Instituto na luta contra à Dengue.
 Essa luta também é sua.

* Projeto "Educação Ambiental Dever de Todos" teve continuidade.

          O projeto da Escola Estadual Profª Maria Sílvia de V. Câmara, com base na Campanha da Fraternidade 2011, "Educação Ambiental  Dever de Todos", teve continuidade na tarde de ontem (11), alunos, pais, funcionários, professores e membros da Igreja Católica, discutiram sobre a necessidade de uma melhor preservação do nosso meio ambiente.
Educação Ambiental Dever de Todos!

* Ademar Ferreira 2012!

         O articulador-comandante Ferreira Jr informou que o candidato do grupo situacionista nas eleições 2012, será o atual prefeito do município de Caraúbas Ademar Ferreira (PSB). Segundo Ferreira, Ademar está fazendo um grande trabalho a frente do município e não existem motivos para o mesmo não ser o candidato do grupo nas próximas eleições.
          Ferreira Jr ainda disse que o grupo situacionista estará mais forte em 2012.
         Apesar da negativa de Ferreira de não ser o candidato do grupo nas próximas eleições, existe um sentimento muito grande por parte da situação, em o mesmo mudar sua decisão e vim a ser o candidato no próximo pleito. Segundo partidários do governismo municipal o principal motivo para a não aceitação do nome do atual prefeito Ademar, para uma possível reeleição e a sua falta de autonomia, apesar do mesmo ser o prefeito de fato, existe muitos rumores na cidade que o atual gestor não dá as cartas da sua administração e sim o seu sobrinho Ferreira.
          Porém Ferreira já provou por diversas vezes que não existe dificuldades para o mesmo chegar aos seus objetivos, assim sendo como diria meu amigo Farias,  esse probleminha é "Mamão com açúcar", para Ferreira resolver.

* José Agripino e Robinson não se bicam por causa do PSD.

        Não convidem para a mesma mesa de jantar, nem pra ouvir o mesmo som, o Senador José Agripino e o vice Governador Robinson Faria.
        O Presidente nacional do DEM está uma fera com o vice de Rosalba.  
        Motivo: Assédio de Robinson às lideranças do DEM no interior, tentanto levar para o PSD.  
         A missão dada por Gilberto Kassab ao vice local é de atrair o maior número possível de pessoas ligadas ao Senador Agripino.  
        Isso vai acabar complicando as relações de Robinson Faria dentro do Governo e, lá adiante, seus projetos de uma nova eleição majoritária.
Fonte: Fator RRH.

* Governo Rosalba tenta esvaziar FEMURN.

        O recrudescimento na relação entre a Federação dos Municípios do RN (FEMURN) e o Governo do Estado, sobretudo depois da decisão do Estado em descartar convênios com os municípios, começa a ter sérios desdobramentos. A ordem da Governadoria é dividir para enfraquecer.
        A Femurn, presidida pelo prefeito de Lajes e apoiador da reeleição do então governador Iberê Ferreira (PSB), Benes Leocádio (PP), está sendo esvaziada por prefeitos que apoiam a atual governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Articulação é acelarada para constituição de entidade paralela.
         A nova associação tende a ser presidida pela prefeita prefeita Shirley Targino (PSB), de Messias Targino, cunhada da governadora. Interessante registrar que em janeiro deste ano ela foi eleita segundo vice-presidente de Benes. Entretanto, sequer apareceu à eleição e logo apresentou pedido de renúncia.
        A mesma posição foi adotada pelo prefeito de São Miguel, Galeno Torquato (PSB), eleito terceiro vice-presidente. Foi outro que apoiou Rosalba.
        Shirley e Galeno tinham feito parte da diretoria anterior da Femurn, já comandada por Benes. 
         Noutra frente, é provável que os 222 convênios cancelados pelo governo Rosalba Ciarlini com as prefeituras - advindos da administração Iberê Ferreira - terminem sendo discutidos judicialmente. Há um fosso entre Femurn e governo, agravado por essa manobra de bastidores para esvaziamento da entidade.