quinta-feira, 21 de abril de 2011

* Agripino diz que Rosalba responde pelo DEM/RN.

        O senador José Agripino (DEM), presidente nacional do Democratas, transferiu informalmente a liderança do partido no Rio Grande do Norte para a governadora Rosalba Ciarlini (DEM). 
         O parlamentar, que passa o feriado de Páscoa em Miami, nos Estados Unidos, falou por telefone ao jornal Tribuna do Norte que aqui no Estado quem fala pelo DEM é Rosalba.
        Agripino foi questionado pela reportagem da Tribuna do Norte sobre a polêmica envolvendo a migração do vice-governador Robinson Faria (PMN) para o recém-criado PSD, liderado nacionalmente pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.  
         Inicialmente Rosalba criticou o novo partido, afirmando que não estava satisfeita porque ele estava nascendo para tentar destruir o seu Democratas. 
         No dia seguinte, em Mossoró, a governadora tentou contornar a situação com seu vice, afirmando que a crítica que tinha feito ao PSD era apenas no plano nacional.
Fonte: Blog do Carlos Santos.

* Presidente Dilma é indicada uma das 100 pessoas mais influentes do mundo.

         A presidente Dilma Rousseff foi indicada pela revista Time como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo.
         A posição alcançada por Dilma agora só foi conseguida pelo presidente Lula no último ano de gestão.
         Na edição da revista americana, que chega às bancas essa semana, a presidente Dilma é homenageada pela ex-presidente do Chile, Michelle Bachelet, que aponta o fato de “não ser fácil ser a primeira presidente mulher do Brasil”.
Dilma entre as 100 mais influentes...

* Governo apresenta lentidão para atender reivindicações do Sindicato.

         O momento é de ampla mobilização dos Trabalhadores em Educação da rede Estadual. Estamos no quarto mês do ano e o governo sequer apresentou um calendário de pagamento para os servidores. A gestão atual apresenta lentidão no que se refere a responder às pautas de reivindicações.
         A direção do Sinte, em campanha salarial desde fevereiro, começa o diálogo com a sociedade considerando a morosidade no atendimento à categoria. As audiências com a Secretaria de Educação e a Casa Civil do Governo deixaram os dirigentes sindicais em alerta objetivando intensificar as mobilizações em todo estado.
         Segundo a coordenadora geral do Sinte, Fátima Cardoso, “esta será uma campanha difícil, porque o governo não está tomando nenhuma iniciativa para acelerar os pagamentos devidos aos professores desde a década de 1980.”. A dirigente ressaltou também que o governo ainda não pagou a primeira parcela do plano de carreira para todos os funcionários, nem apresentou proposta para o magistério.
Fonte: Sinte RN.

* Eugênio Alves nega qualquer tipo de acordo envolvendo cifra$ com Ferreira.

        O Ex-prefeito Eugênio Alves (PR), em conversa com o blog, negou qualquer tipo de acordo envolvendo cifras, "Andam falando em um acordo envolvendo R$ 2 milhões de reais, isso não existe. Primeiro não estamos precisando de dinheiro e segundo Ferreira não têm esse dinheiro", informou Eugênio Alves.
        "Eu e meu irmão não precisamos nos vender a ninguém, graças a Deus temos de que viver", concluiu Eugênio Alves.

* Ferreira Junior nos EUA.

         Enquanto a política pega fogo na terra de São Sebastião, o comandante do governismo caraubense, Ferreira Junior, passa a Semana Santa na terra do Tio Sam, Isso mesmo, Ferreira Junior está no Estados Unidos com a esposa a Sra. Lamonielly Ferreira. Como diria Miltinho Câmara "Quem passa a Semana Santa nos EUA não tá liso" É o fraco!
O tio Sam quer controlar a internet mundial!!
Ferreira Junior na terra do Tio Sam...

* Rosalba cancela convênios com municípios e obras podem ficar inacabadas.

         Com o cancelamento dos convênios da secretaria estadual de Infraestrutura com os municípios, prefeitos de todas as regiões estão insatisfeitos com o governo do estado. Segundo o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), Benes Leocádio, a atitude do Executivo prejudicou o andamento de várias obras em cidades do interior. "O governo do estado criou vários elefantes brancos por todas as regiões. Sem o dinheiro do convênio, os prefeitos não terão condições de concluir as obras já iniciadas", argumentou, em entrevista ao Diário de Natal.
         De acordo com o presidente da Femurn, a atitude do governo foi prejudicial aos cidadãos dos municípios prejudicados. "A população já contava com essas obras", lamentou. Benes disse também que os prefeitos já temem que o governo cancele os convênios da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) com as prefeituras, o que, segundo ele, levaria a Saúde ao caos completo no interior. Leocádio também criticou ocancelamento dos convênios que tinham como objetivo a expansão do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o interior. Ele adiantou que os prefeitos buscarão a Justiça.
         A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) sentencia: "Os convênios cancelados não serão retomados". No entanto, a democrata frisou que tratará das obras já iniciadas individualmente. Ela frisou que os prefeitos deverão prestar contas sobre o andamento das obras. "Isso é uma coisa que precisamos saber. No convênio não dizia. Existem várias situações. Vamos agir de acordo com cada situação. Estamos recebendo os prefeitos para tratar de cada caso de forma individual", declarou.     
        Em Caraúbas dois exemplos, palco na praça de eventos e a sede da prefeitura municipal, estão entre os convênios  cancelados pelo governo do estado, porém como o grupo ferreira têm muita força com o Governo Rosalba, comprando até carretas para as obras da copa, esses convênios terão outros desdobramentos. É claro, como diria meu amigo Farias "Isso é mamão com açúcar"!

* Pagodão da AABB/CARAÚBAS: 24/04.

* Luciano Cruz "Serei candidato contra o acordão".

         Em conversa na manhã de hoje (21), na calçada do Idalécio, com o Ex-prefeito de Caraúbas Luciano Cruz (PMDB), o mesmo reafirmou que será candidato a prefeito nas próximas eleições, em se confirmar o acordão (Ferreira e Eugênio), "Se eles se juntarem sou candidato a prefeito e vou fazer uma campanha, de casa em casa", frisou Luciano.
          "Não acredito que Ferreira vai se juntar com uns homens que até ontem ele dizia o que dizia", indagou o Ex-prefeito. Luciano vez questão de dizer que em junho sairá do PMDB e comandará uma legenda no nosso município, "Vou ser candidato a prefeito e a vice é uma mulher que hoje é do lado de Ferreira, vou sair do PMDB e vou comandar um partido", concluiu Luciano Cruz.
Luciano Cruz um nome contra o acordão!

* Governadora do RN e mais nove estados têm mandato ameaçado na Justiça, diz Congresso em Foco.

          Levantamento do site 'Congresso em Foco' mostra que cerca de 40% dos governadores eleitos nas últimas eleições realizadas em outubro do ano passado correm o risco de perder seus mandatos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), seja por acusações feitas por adversários políticos ou pelo Ministério Público Eleitoral (TSE) por compra de votos, abuso de poder político e econômico, uso ilegal dos meios de comunicação, entre outros crimes.
         De acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira (21), ações que serão analisadas pelo TSE atingem dez dos 27 governadores eleitos em 2010, destas já chegaram à Corte dez processos e apenas três estão em estágio avançado. A expectativa para que elas cheguem ao plenário, no entanto, deve ficar para o fim do segundo semestre.

* DEM pede cargos de deputados que deixaram o partido.

         O Democratas (DEM), que já perdeu dez dos seus 43 deputados para o novo partido - o PSD, está pedindo os cargos que esses deputados ocupavam na Câmara por indicação da legenda. O último deputado a comunicar sua desfiliação do DEM foi Júlio Cesar (PI), que ocupa a presidência da Comissão de Agricultura da Câmara. A presidência da comissão foi escolhida pelo DEM, que indicou o deputado.
        Segundo a assessoria do DEM, na próxima semana, a liderança do partido vai pedir à presidência da Câmara o cargo de presidente da Comissão de Agricultura e indicar um outro deputado para ocupá-lo, uma vez que esse cargo pertence ao partido. Assim, como vai ocorrer no caso da Comissão de Agricultura, a liderança do partido na Câmara está solicitando todos os cargos ocupados por deputados que estão deixando a legenda para ingressarem em outro partido.