quinta-feira, 9 de junho de 2011

* XIII Fórum do Cangaço de Mossoró.

* Tempo para Deus!

Tempo para Deus
Obs: Só leia se tiver tempo para DEUS!
Quando Deus tira algo de seu alcance,tipo suas horas extras. Ele não está
punindo-o, mas apenas abrindo suas mãos para receber algo melhor.
Concentre-se nesta frase... "A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a
Graça de Deus não irá protegê-lo." Alguma coisa boa vai acontecer com
você hoje, algo que você tem esperado ouvir.. Por favor, não quebre!
Apenas 27 palavras.
Deus, nosso Pai, CAMINHE pela minha casa e leve
embora todas as minhas preocupações e doenças, e POR FAVOR, vigia e cura
a minha família em nome de Jesus... AMEM
Esta oração é muito poderosa.
Passe essa oração para o máximo de amigos não apenas para 12 pessoas,
mas para todos. Todo mundo precisa de uma benção e agora nesse momento
uma bênção está vindo para você na forma de um novo emprego, uma casa, o
casamento,saúde ou financeiramente.
Não faça perguntas. Este é um
teste.
Será que Deus está em primeiro lugar na sua vida? Se assim for,
pare o que estiver fazendo e envie a mensagem.
Observe o que Ele faz.
Tamara Fernandes

* Henrique quer reunir no mesmo ‘balaio’ Rosalba, Robinson e Garibaldi, deixando Agripino de fora.

         O líder do PMDB no Estado e na Câmara Federal, o deputado federal Henrique Alves, é apontado pelo Jornal de Hoje, como o principal mentor de uma estratégia política que pretende reunir no mesmo palanque as principais forças políticas do Rio Grande do Norte nas eleições de 2012 e 2014.
         De acordo com o jornalista Joaquim Pinheiro que assina a matéria, o plano de Henrique é reunir no mesmo ‘balaio’, a governadora Rosalba Ciarlini, o vice-governador Robinson Faria e o ministro da Previdência Social, senador Garibaldi Alves, deixando de fora dessa aliança, o senador José Agripino, Wilma de Faria e Iberê.
          Segundo Pinheiro, a engenharia planejada pelo deputado do PMDB é para facilitar a sua candidatura ao Senado em 2014 e forçar Rosalba a se filiar ao PMDB, sob a justificativa de que o RN tendo a governadora como aliada da presidente Dilma poderá aumentar os recursos federais destinados ao Estado.
Por Valderi Tavares

* Nota do Governo do Estado sobre denúncia do SINPOL.

O GOVERNO DO ESTADO, tendo presente nota do Sindicato dos Policiais Civis do Estado – SINPOL -, a respeito de pagamentos feitos a Procuradores do Estado, esclarece o seguinte:
 1. A Parcela Autônoma de Equivalência – PAE -, diferentemente do que afirma o SINPOL, não é “auxílio paletó”, nem “auxílio moradia”, nem “auxílio transporte”. Trata-se de parcela atrasada da remuneração de Magistrados, Procuradores, Promotores, Deputados e Conselheiros. Decorre de decisão do Supremo Tribunal Federal, que assegurou a seus Ministros, ainda em 1999, equivalência de remuneração com os Parlamentares Federais. Sucessivas decisões do próprio Supremo, do Conselho da Justiça Federal, do Conselho Nacional de Justiça, do Conselho Nacional do Ministério Público e dos Tribunais de Justiça dos Estados, asseguraram o mesmo direito a todos os Juízes, Procuradores e Promotores de Justiça, o que foi estendido aos Conselheiros dos Tribunais de Contas e Deputados Estaduais.
2. No caso do Rio Grande do Norte, a partir de janeiro de 2009, este atrasado vem sendo pago aos Magistrados e Membros do Ministério Público.
3. Conforme a Constituição e sólida tradição, os Procuradores do Estado recebem remuneração equivalente aos Membros do Ministério Público, e, por força dessa isonomia, têm direito a receberem o mesmo atrasado que estão recebendo os Magistrados, Procuradores e Promotores de Justiça.
4. A Associação dos Procuradores do Estado do Rio Grande do Norte – ASPERN – requereu que o Estado pagasse este atrasado a seus associados.
5. O Governo do Estado reconhece este direito. Como não havia dotação para fazer face a esta despesa, foram remanejados R$ 594.000,00 como previsão orçamentária para futuro pagamento.
6. Com o processo nº 50342/2011-1 PGE, foi pedida autorização para pagamento. A Senhora Governadora do Estado não autorizou o pagamento, em virtude das atuais dificuldades financeiras.
7. A Governadora do Estado esteve com o Presidente eleito da Associação dos Procuradores, a quem explicou as suas razões para não autorizar o pagamento, embora haja reconhecido o direito reclamado.
8. Não é verdade, portanto, que a Parcela Autônoma de Equivalência – PAE esteja sendo paga aos Procuradores do Estado, como afirmou o Sindicato dos Policiais Civis.
9. O Governo espera que as finanças do Estado, uma vez equilibradas, possam permitir este e outros pagamentos, especialmente a melhor  remuneração para todos os servidores públicos, entre eles os policiais civis.
10. Quanto aos mesmos Procuradores do Estado, e, em especial, ao Procurador Geral, Dr. Miguel Josino Neto, o Governo só tem a manifestar seu reconhecimento pela compreensão, proclamando sua mais irrestrita confiança a todos eles, honrados defensores dos interesses do Rio Grande do Norte.
 Natal, 9 de junho de 2011.
PAULO DE TARSO FERNANDES
SECRETÁRIO CHEFE DO GABINETE CIVIL

* O Rei do celular!

CELULARES DE TODAS AS OPERADORAS! ATACADO E VAREJO!
ACESSÓRIOS EM GERAL!
CONSERTOS EM GERAL!
TUDO ISSO VOCÊ ENCONTRA:
MERCADO PÚBLICO DE CARAÚBAS LOJA 12!
CONTATOS: 9972-8246/3337-2750/ oreidocelular@gmail.com
O REI DO CELULAR
Org. Caio Rocha.

* A Sua Melhor Opção!

* Sinpol denuncia verba suplementar para procuradores do estado.

       A presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte (Simpol/RN), Vilma Marinho apresentou, nesta quinta-feira (09) denúncia alegando que o governo teria aprovado solicitação de verba suplementar, no valor de R$ 594 mil para os procuradores da Procuradoria Geral do Estado. A verba seria destinada para o auxílio moradia e auxilio transporte.
        De acordo com Vilma Marinho, a solicitação foi acatada pelo governo e incluída na folha de pagamento do estado. A apreciação teria acontecido durante reunião realizada no dia 10 de maio. 
        Vilma defende ainda que há contradição por parte do governo, uma vez que a administração estadual alega não ter dinheiro para atender as reivindicações da categoria. "Como não há verba para atender as nossas reivindicações,  principalmente no que se refere ao plano de carfos e salários e aprova a liberação desse montante para os magistrados do estado?", questionou Vilma.

* Banda Caraubense Saia Rodada é a atração de hoje do Mossoró Cidade Junina!

         A Banda de Forró Caraubense Saia Rodada será a atração de hoje do Mossoró Cidade Junina, A banda se apresentará no palco principal da Estação das Artes Elizeu Ventania, também se apresentam hoje as Bandas Forró Doidera e Cavaleiros do Forró.
         No palco poderá não está só Rai e a galera do Saia Rodada...
       

* Traficante operado no Wilson Rosado não era Beira-Mar.

       Não foi o narcotraficante Fernandinho Beira-Mar que deu entrada no Hospital Wilson Rosado para tratamento de saúde, como chegou-se a especular. O paciente é o traficante Marcinho do Turano, atendido às pressas devido a problemas de hérnia. Turano chegou ao presídio federal de Mossoró em março de 2010, juntamente com outros oito traficantes das favelas do Rio.
Fonte: Jornal de Fato.

* Convite UAB/CARAÚBAS!

* Fim da reeleição e mandato de 5 anos serão votados na quarta.

         Pedido de vista coletivo concedido pelo presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), Eunício Oliveira (PMDB-CE), adiou para a próxima quarta-feira, 15, a votação de duas propostas de emenda à Constituição: PEC 39/2011, que impede a reeleição de presidente da República, governadores e prefeitos; e PEC 38/2011, que aumenta para cinco anos o mandato dos chefes do Executivo.
         As duas propostas foram aprovadas pela Comissão de Reforma Política. Quanto à PEC 39/2011, seus autores lembram que o impedimento à reeleição é uma "tradição republicana, que vigeu da Proclamação da República até 1997", quando foi aprovada emenda constitucional que deu aos chefes dos Executivos a possibilidade de um segundo mandato consecutivo.
         Durante os debates na Comissão de Reforma Política, diversos senadores que já foram governadores defenderam a medida dizendo ser difícil a separação entre a atuação do administrador e a do candidato à reeleição.
         Para eles, o titular do mandato, "ao acumular a condição de candidato, compete na campanha eleitoral em condições extremamente favoráveis em comparação com os demais concorrentes", conforme se registrou na justificação da matéria.
        Já a PEC 38/2011, além de aumentar para cinco anos o mandato de presidente, governador e prefeito, estabelece que o primeiro tome posse em 10 de janeiro e os dois últimos em 15 de janeiro, e não mais no primeiro dia do ano, como previsto nas regras em vigor.
         De acordo com o texto, as novas normas passarão a valer para prefeitos eleitos em 2012 e para presidente e governadores eleitos em 2014.
         O relator na CCJ, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), apresentou voto favorável às duas proposições.
Matéria Jornal de Fato.

* Atendimento de qualidade é na SS Cartuchos/Caraúbas!

SS CARTUCHOS/CARAÚBAS!

* Começa hoje o Arraiá das Caraubeiras.

         Sem nenhuma atração de renome e gerando muita polêmica, começa logo mais às 16h, o Arraiá das Caraubeiras. Os festejos começam hoje e vão até o dia 02 de julho, durante esse período as Escolas Municipais, Estaduais e Particulares e demais instituições do município, irão desenvolver quase todas as atividades juninas.
         A municipalidade vai dispor um carro de som para os passeios de carroças, e montou a polêmica Arena do Forró, durante o período serão escolhidas as rainhas do milho, quadrilhas estilizadas, vendas de comidas típicas e muito mais...

* Zion: O melhor Provedor de Internet de Caraúbas!

Zion Provedor de Internet  Tel: 96637770
 Tel: 9663-7770

* Governo não cumpre promessa e técnicos da Tributação retomam greve.

         "O governo do estado não paga nem promessa a Santo", disse um técnico da secretaria de tributação em Mossoró, que preferiu não se identificar temendo represálias. No entanto, o motivo da indignação do servidor em questão, diz respeito ao não cumprimento, mais uma vez, de uma promessa feita aos servidores, pela governadora Rosalba Ciarline.
         É que segundo informações de Marisa Duarte, técnica tributária, os servidores decretaram greve no dia 23 de maio, e com uma semana depois, retornaram as suas funções, após uma promessa do governo do estado, de que até o dia 07 de junho, estaria enviando uma proposta concreta aos servidores, casos eles retornassem ao trabalho.
         "Diante dessa promessa, nós acreditamos na governadora, e resolvemos dar mais uma chance, e por isso tínhamos ficado numa espécie de stand-by, e retornamos ao trabalho, mas o tempo se esgotou ontem, e até agora nada por parte do governo, nenhum contato sequer, e por isso, resolvemos cruzar os braços mais uma vez, por tempo indeterminado", disse Marisa Duarte.
 
Faixa em frente à Secretaria de Tributação em Mossoró mostra que servidores retornaram a greve. 
Matéria do Correio da Tarde.

* Professores e policiais resistem.

          O posicionamento do governo, em pedir a ilegalidade da greve dos policiais civis na Justiça, não intimidou a categoria, que está há 23 dias paralisados. Para pressionar a retomada das negociações, os policiais permanecem acampados em frente a sede da Governadoria e anunciaram para hoje, apresentar graves denuncias contra o governo do Estado, com distribuição de cópias de documentos durante entrevista coletiva, prevista para às 9h. Os professores do Estado também não cederam e continuam em greve, decisão votada em assembléia realizada ontem.

* Projeto da reeleição deverá ser apresentado próxima semana na AL.

        O projeto que retoma a reeleição para a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa deverá ser apresentado na próxima semana na Casa. Com a proposta, que deverá ter, pelo menos, 16 votos, o deputado estadual Ricardo Motta tem “carimbada” sua continuidade na presidência por mais dois anos.
        A dúvida é saber se para o segundo biênio os demais integrantes da Mesa Diretora serão mudados ou não. Alguns deputados da base governista, com assento na Mesa, já colocaram os postos “a disposição” como forma de melhor acomodar os ainda descontentes com a reeleição.