sexta-feira, 17 de junho de 2011

* Amanhã tem II Clube do Brega!

         O vereador Pipi (DEM) vai realizar amanhã (18) a segunda edição do Clube do Brega!
Local: Saia Rodada Park Show!
Entrada Franca!
A partir das 13 horas!
Você gosta de Brega?
Apoio Total: GRUPO GSR!

* Arraiá da AABB/Caraúbas!

         Domingo 19/06 a Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB) vai abrir suas portas para o seu arraiá! É isso aí, domingo têm 
Arraiá da AABB/Caraúbas! 
Animação Forró Malícia!
Entrada franca! 
Essa você não vai perder!
Org: Miltinho Câmara!
Apoio total:
Ferreira Júnior e Prefeito Ademar Ferreira!

* Esse todo mundo vai...

Esse Todo Mundo Vai!

* Desmatamento na Amazônia Legal cresceu 72% em maio, aponta Imazon.

          Levantamento divulgado nesta sexta-feira (17) pela organização ambiental brasileira Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia) aponta que a Amazônia Legal perdeu 165 km² de florestas devido ao desmatamento em maio, número que é 72% superior ao registrado no mesmo mês de 2010, quando a floresta perdeu 96 km² por corte raso (destruição total da mata).
          Gerados a partir de imagens de satélite, os dados apresentam ainda um crescimento de 24% no desmatamento entre agosto de 2010 e maio de 2011, no comparativo com agosto de 2009 e maio de 2010. De acordo com o Imazon, desapareceu da Amazônia, nos últimos dez meses, uma área superior ao tamanho do município do Rio de Janeiro.
           Devido à cobertura de nuvens, que atrapalha os satélites, o instituto monitorou 47% da área florestal na Amazônia Legal em maio. A região central e norte do Pará, e os estados do Amapá e Roraima estiveram mais de 80% encobertos.

* Ministro rebate críticas às regras de licitação para obras da Copa e das Olimpíadas.

        As críticas à Medida Provisória 527, que criou um Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC) para obras da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016 são consequência do conflito entre os interesses público e privado, disse hoje (17) o ministro do Esporte, Orlando Silva.
        Segundo ele, "a proposta é explícita no sentido de querer acabar com o instituto dos aditivos". Nem o texto original nem o que foi aprovado pela Câmara dos Deputados, assinalou Silva, comprometem a transparência do processo.
       "Estamos convencidos que o projeto encaminhado pelo Executivo ao Congresso Nacional moderniza a Lei de Licitações no Brasil. O objetivo é aperfeiçoar as regras, garantindo transparência e redução de preços. O projeto votado na Câmara também serve ao mesmo objetivo", afirmou o ministro. "Não tenho a menor dúvida de que o que está acontecendo é um conflito entre interesse publico e privado."

* Direção do Sinte terá plano de luta para a categoria.

      A direção do Sinte poderá mudar a sua estratégia quanto à Greve dos trabalhadores em Educação. Caso o Governo não apresente soluções imediatas para os pontos deliberados pela categoria na última assembleia, o Sindicato iniciará fará novos encaminhamentos para um Plano de Luta. O Governo já recebeu ofício sobre as reivindicações da categoria, mas se mantém inerte quanto aos pedidos dos trabalhadores. O limite de espera para o recebimento de propostas do Governo pelos trabalhadores é a próxima terça-feira (21). Na ocasião será realizada uma assembleia para a tomada de novas decisões.

* Inscrições para o processo seletivo do ProUni começam segunda-feira.

        O Diário Oficial da União publicou hoje (17) portaria do Ministério da Educação que regulamenta o processo seletivo para a concessão de bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) referente ao segundo semestre de 2011.
        As inscrições para participação no processo seletivo serão feitas em uma etapa, exclusivamente pela internet, por meio do portal do ProUni. O prazo começa na próxima segunda-feira (20) e termina às  23h59 do dia 24 de junho, observado o horário oficial de Brasília.
         O processo seletivo terá três chamadas sucessivas. A lista dos candidatos pré-selecionados estará disponível no site do ProUni. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 27 de junho. Os da segunda e da terceira estão previstos para os dias 12 e 25 de julho, respectivamente.
O prazo começa na próxima segunda-feira (20) e termina às  23h59 do dia 24 de junho, observado o horário oficial de Brasília 
O prazo começa na próxima segunda-feira (20) e termina às 23h59 do dia 24 de junho, observado o horário oficial de Brasília.

* Brenno Queiroga manda resposta ao Vereador Ivanildo Fernandes.

         As obras de construção da Quadra de Esporte da Josué de Oliveira e a Creche Modelo do Bairro Leandro Bezerra, ainda está dando o que falar, agora é a resposta do Engenheiro Civil, Brenno Queiroga ao vereador Ivanildo Fernandes, confira:
Com relação a este fato gostaria de tecer alguns comentários indispensáveis:
1 - As obras “proinfancia” e “quadra na escola” em questão são obras de recursos de “programação do Ministério”, ou seja, independem da vontade de um ou outro parlamentar, político ou lobista. Se fossem recursos de “emenda parlamentar”, seria diferente.
2 - Para concorrer a esta obra, qualquer município deve cadastrar suas propostas no sistema SIMEC e aguardar o processo de seleção e para essa seleção existe uma portaria que determina alguns critérios, tais como: qualidade do projeto, demanda por matrícula, qualidade do terreno, capacidade de manutenção do equipamento público (escola ou quadra), faixa de renda da população dentre outros.
3 - Admiro muito e respeito o trabalho da deputada federal Fátima Bezerra no que diz respeito a educação, porém o critério de seleção do “proinfancia” e “quadra na escola” não é político e sim técnico. Entretanto, para alguns municípios que não tem equipe capaz de desenvolver projetos, já vi a ação da deputada no sentido ajudar os prefeitos, em como dar entrada em seus processos, ação essa que merece aplausos.
4 - Valorizo também a preocupação do senhor Ivanildo Fernandes com as questões da educação, saiba vereador que não estamos trabalhando em lados opostos, estamos sim lutando por uma causa maior, que é a educação do nosso país, a única forma de se distribuir renda de forma sustentável. Saiba também que qualquer ajuda no sentido de trazer obras para o município de Caraúbas é válida, esse é o sentido maior de um país democrático: todos nós podemos colaborar. Peguei os processos de Caraúbas, já cadastrados no SIMEC, porém diligenciados e com diversas pendências, que sanamos no último dia do prazo, pois só tivemos acesso ao SIMEC nesse dia. Graças a Deus, a equipe da prefeitura nos enviou a topografia  rapidamente, elaboramos os relatórios, plantas e justificativas necessárias e conseguimos a aprovação completa dos processos. De qualquer modo parabéns, pela iniciativa do primeiro cadastro, a quem a teve, ela foi de grande importância.
5 - Com relação ao escritório que trouxe 35 projetos do FNDE para o RN, essa informação é mentirosa, a quantidade certa é 55 (cinqüenta e cinco) e o valor total em obras que conseguimos ajudar a trazer para a educação do nosso estado é de mais de R$47.000.000,00 (quarenta e sete milhões). Somos responsáveis por 80% dos processos desse programa em nosso Estado, dos quais me orgulho bastante de ter participado. Nosso escritório está disponível para “bicudos e bacurais”, nossa meta é maior que picuinhas políticas de pequenos municípios, nossa meta é tornar nosso Estado uma potência econômica e um local melhor para se viver.
- Com relação a chacotas e relatórios fotográficos iguais para mesmas obras, informações essas que tentam sem sucesso denegrir nossa imagem, o que tenho a dizer é que todos os projetos desenvolvidos em nossa empresa, que por sinal é a maior e melhor empresa de projetos públicos do RN (o que pode ser verificado no CREA/RN), são projetos qualificados e admirados pelos analistas e coordenadores do FNDE, é tanto que todos os apresentados até hoje, foram aprovados, informações essas que podem ser verificadas na própria autarquia.
7 - E por ultimo e não menos importante, sobre o fato de ganhar bem, ganho um valor justo, deveria ganhar muito mais por sinal, e atribuo isso a muitos anos de trabalho, estudo, responsabilidade e coerência. Não me envergonho de trabalhar e de estudar, pelo contrário, me orgulho bastante. Um abraço a todos e espero que essa situação fique esclarecida.
Brenno Queiroga – Engenheiro Civil
Fonte: Sociedade Ativa.

* Prefeitos precisam colaborar com programa habitacional, diz ministra.

          A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou nesta sexta-feira (17) que as prefeituras e os governos estaduais precisam colaborar para garantir áreas e terrenos onde possam ser construídas unidades habitacionais para a segunda etapa do Programa Minha Casa, Minha Vida.
         Na quinta (16), a presidente Dilma Rousseff lançou a segunda fase do programa. No evento de lançamento, Dilma disse que, além de contratar 2 milhões de casas até 2014 conforme previsto, o governo pode construir outras 600 mil unidades a partir de 2012.
         Miriam Belchior citou como exemplo de colaboração o estado da Bahia que, segundo ela, contratou 10% das casas construídas na primeira etapa do Minha Casa, Minha Vida. "Na Bahia, estado e prefeituras garantiram áreas, o que permitiu que a iniciativa privada fizesse a construção. Esse é o aprendizado importante que gostaríamos que ocorre em todos os estados, para que as contratações ocorressem o mais rápido possível e para que as unidades sejam entregues a quem precisa", afirmou a ministra.

* FMI reduz previsão de crescimento do Brasil para 4,1% em 2011.

         O Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu para 4,1% a expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2011, de acordo com o projeções divulgadas nesta sexta-feira (17). No relatório divulgado em abril, o Fundo projetava alta de 4,5% no PIB.
         Para 2012, o FMI também reduziu a perspectiva de expansão da economia brasileira, de 4,1% para 3,6%.
         A previsão de crescimento da economia mundial este ano também foi reduzida em relação ao relatório de abril, de 4,4% para 4,3%. Houve redução, ainda, nas perspectivas de alta do PIB dos Estados Unidos em 2011 (de 2,8% para 2,5%) e 2012 (de 2,9% para 2,7%).

* Oito estados ficam abaixo do piso para professor sugerido pelo MEC.

         Professores da rede pública estadual estão com braços cruzados em seis estados, em protesto por melhores condições de trabalho. Em três deles - Amapá, Rio Grande do Norte e Santa Catarina -, o salário está abaixo do piso nacional estabelecido pelo Ministério da Educação. Levantamento com governos e sindicatos mostra que outros 5 estados - Bahia, Ceará, Goiás, Pará e Rio Grande do Sul - também não atingem o valor.
         A lei do piso foi promulgada pelo governo federal em julho de 2008. O valor atual é de R$ 1.187 (válido desde janeiro) para professores de nível médio que trabalham até 40 horas por semana.
        A obrigatoriedade do piso foi aprovada pelo Supremo Tribunal Federal, que entendeu que o valor se refere a uma remuneração básica, ou seja, não leva em conta acréscimos pagos de formas diversas pelos estados, como gratificações e abonos.

* Empresário Edu Licurgo não acredita no acordão e torce pela candidatura de Juninho Alves!

        O ex-vereador e hoje empresário Edu Licurgo, não acredita na possibilidade de uma junção envolvendo os grupos Ferreira e Alves. Segundo, o ex-parlamentar não existe nenhuma razão, para esse acordão vim a acontecer, "O povo não entenderia esse acordo", frisou Edu.
         Edu é defensor da candidatura do vereador Juninho Alves (PR), porém uma campanha voltada para as proposta e os bons projeto para a cidade e não uma candidatura suicida gastando pelos cotovelos, "Juninho é o melhor nome para Caraúbas, esse acordão é um grande suicídio político para Eugênio e Juninho. Além do mais um navio quando está para afundar se entra mais pessoas, aí é que ele afunda rápido. Temos que fazer uma campanha diferente, voltada para os bons projetos, o povo está pagando caro o que fez em 2008, chegou a hora da renovação e o cara é Juninho Alves", concluiu Edu Licurgo. 
          Edu, mesmo sem acreditar no acordão fez questão de opinar, caso ele venha ou viesse a acontecer, "Eugênio e Juninho representam hoje uma legião de seguidores, pessoas que acreditam neles, que os tens como seus representantes, porém essa relação de confiança se dá, pela atual situação em que eles se encontram, no caso na oposição. Em um acordão, que eu não acredito, eles passarão de lideres a liderado! E o pior, liderados daqueles que os perseguiram, que perseguiram seu povo e seus amigos, que passaram a fazer da chacota com os "eugenistas" um dos motivos para rir e se divertir. Como ficarão os concursados que perderam seus empregos só pelo fato de terem passado em um concurso feito por Eugênio. Esses só são alguns dos motivos que me levam a acreditar que os irmãos Alves, meus amigos, não cometerão esse suicídio político, porém caso tudo isso, e muito mais seja superado ou engolido, sei que Eugênio e Juninho perderão não só os milhares de votos que hoje eles tem, perderão a identidade política, não conseguirão leva o seu povo sofrido, para o lado daqueles que até hoje só pensam em nos humilhar! Há, e mais, no contexto do "Acordão" surgirá um outro nome que a partir daquele momento assumirá o controle da oposição e herdará toda liderança dos irmãos alves. Porém, repito, não acredito no acordão mais se ele viesse a acontecer, Caraúbas perderia uma das suas maiores lideranças, no caso Eugênio e Juninho", finalizou Edu Licurgo.
Edu Licurgo não acredita no acordão!
Foto: Arquivo pessoal.

* Universidade Federal do Semi-Árido define empresas que vão construir Campus da UFERSA/Caraúbas..

          As construtoras A e C Construções e Antártida ganharam o processo de licitação para construir os primeiros blocos da sede do Campus da Universidade Federal Rural do Rio Grande do Norte (UFERSA), em Caraúbas. Hoje serão abertos mais outro lote de envelopes para selecionar uma terceira construtora para outro bloco. "Espero assinar a ordem de serviço até no máximo dia 30 de junho", diz o reitor Josivan Barbosa, da Ufersa.
            A A & C vai construir o Bloco de 10 salas de aula com capacidade para 62 alunos cada. A obra estava orçada em R$ 1,2 milhão. Já a Construtora Antártida vai construir o Complexo de Almoxarifado, Patrimônio Público e Transportes do Campus, orçado em R$ 800 mil. Hoje serão abertos os envelopes para conhecer a empresa que vai construir o Bloco de Sala de Professores, orçado inicialmente em R$ 1,2 milhão.
           Com estas três licitações, o diretor do Campus da Ufersa em Caraúbas, José Roberto Pordeus, acredita que já será possível assinar a ordem de serviço e imediatamente começar a instalação dos canteiros de obras. Na próxima semana, serão abertos mais envelopes e serão iniciados o processo de licitação para outras empresas que vão trabalhar na obra. Nesta etapa de investimentos, o Ministério da Educação destinou R$ 14 milhões.

* Iberê nega favorecimento para extinção de dívida.

       O ex-governador Iberê Ferreira de Souza se disse indignado com as denúncias do atual governo e negou que tenha feito qualquer acordo para quitar dívidas com o Bandern. Iberê destacou que fez um depósito judicial para pagar a dívida, da qual foi avalista, ainda em 1988 e que a partir disso considerava o caso como encerrado. Nos autos consta o pedido de extinção do processo face acordo, mas ele diz que não tinha conhecimento.
Iberê Ferreira de Souza afirma que ficou indignado com as acusações feitas pelo atual governo 
Iberê Ferreira de Souza afirma que ficou indignado com as acusações feitas pelo atual governo.
Fonte: Tn Online.