domingo, 10 de julho de 2011

* Participe da Nossa Enquete.

         Agora queremos saber! Qual o melhor vereador dessa legislatura 2009-2012, até o momento? Vote sua participação é muito importante.

* Wilma esconde o jogo, mas deverá ser candidata a prefeita em 2012.

        Embora continue escondendo o jogo, argumentando que “ainda é cedo” para tratar sobre eleições, a ex-governadora e presidente estadual do PSB, Wilma de Faria, emite sinais cada vez mais claros que disputará a sucessão da prefeita Micarla de Sousa (PV). “Eu sinto as pessoas me incentivando a uma candidatura”, declarou aquela que governou a capital potiguar três vezes e conhece como poucos os caminhos que levam ao Palácio Felipe Camarão.
        A estratégia de Wilma de Faria, pelo que se lê das entrelinhas do seu discurso, é essa: não assumir a candidatura, preservando-se de possíveis ataques dos adversários, para, mais à frente, tentar voltar à Prefeitura de Natal nos braços do povo, ao melhor estilo Getúlio Vargas. Quando questionada sobre o assunto, a líder socialista sempre recorre ao “apelo do povo” para dizer que, se houver uma espécie de “clamor das massas”, aceita participar da disputa em 2012.
       “Eu ouço o povo falar isso. Eu escuto ao pé do meu ouvido quando caminho, até no interior do estado, as pessoas me perguntando sobre o meu futuro e aqui, principalmente, eu sinto as pessoas me incentivando a uma candidatura”, disse, durante entrevista, na última quinta-feira (7), ao Jornal 96, transmitido pela 96 FM. 
Nominuto.

* Faltam menos de três meses para finalizar o período de filiação dos candidatos de 2012.

         Daqui a menos de três meses, no dia 7 de outubro, quem pretende se candidatar a cargos eletivos nas eleições de 2012 deve estar com a filiação deferida no âmbito partidário. O requisito de estar filiado um ano antes das eleições está definido no artigo 9ª da Lei das Eleições* (Lei 9.504/1997) e encontra-se previsto no Calendário Eleitoral das Eleições 2012, já aprovado pelo plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
         Atualmente, existem 27 partidos políticos devidamente registrados na Justiça Eleitoral. De acordo com levantamento feito pelo TSE, 13.962.513 de eleitores são filiados a algum partido. Dos 27 partidos com registro definitivo, sete reúnem a maioria dos eleitores filiados. A maioria pertence ao PMDB, com 2.324.339 filiados em todo o país. Em seguida aparecem o PT, com 1.423.063; o PP, com 1.369.873; o PSDB, com 1.323.531; o PTB, com 1.157.487; o PDT, com 1.137.072; e o DEM, com 1.098.121.
         A nível de Caraúbas existem alguns fatores que serão decisivo para as filiações, entre eles, as novas leis eleitorais, o "Acordão", as tradicionais promessas, são fatos que darão os rumos das filiações em nossa cidade.

* Empréstimos de baixo valor entram na mira do BC.

       O Banco Central vai passar a monitorar pequenos tomadores de crédito. O principal objetivo da medida é avaliar melhor o risco que a forte expansão de empréstimos nos últimos anos representa para o sistema financeiro, especialmente para bancos de menor porte.
       A partir do fim de outubro, o BC passará a acessar informações detalhadas de cada operação de crédito com valor a partir de R$ 1.000.
       Numa segunda fase "cuja data ainda não foi definida", o BC poderá monitorar de forma individualizada todos os financiamentos, mesmo os de valor muito baixo.
       Hoje, o departamento de fiscalização tem acesso a dados agregados de todos os empréstimos concedidos pelo sistema financeiro. Além disso, já recebe e monitora dados individualizados "como informações cadastrais do cliente, valor e modalidade do empréstimo contraído e montante de juros" de operações com valor igual ou superior a R$ 5.000.

* Carlos Eduardo lidera pesquisa para prefeito de Natal.

        A pesquisa do Instituto Certus/Tribuna consultou a opinião do eleitor natalense para a prefeitura de Natal. Confiram os resultados:
Voto estimulado
Carlos Eduardo Alves – 40,8%
Wilma de Faria – 20,2%
Rogério Marinho – 8%
Felipe Maia – 3,6%
Fernando Mineiro – 3,4%
Micarla de Sousa – 2,4%
Hermano Morais – 2,4%
Fábio Faria – 2%
Nenhum – 14,2%
Não sabe – 3%

* Romário tem habilitação apreendida em Operação Lei Seca no Rio,

       O deputado federal e ex-jogador Romário (PSB-RJ) teve a carteira de habilitação apreendida em uma blitz da Operação Lei Seca na madrugada deste domingo (10), na avenida Armando Lombardi, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.
        De acordo com informações da assessoria do governo, Romário se recusou a fazer o teste do bafômetro e, por isso, teve a carteira suspensa por cinco dias e levou uma multa de R$ 957,70. Ele também vai responder a um processo administrativo do Detran.
       Ainda segundo o governo, o carro do ex-jogador, da marca Land Rover, não foi rebocado porque foi apresentada documentação regular e um amigo que estava no banco do carona assumiu a direção.

* Exclusivo: Ferreira Júnior no comando da FM Liderança.

       Informações dão conta que a Rádio Liderança FM já não pertence mais ao empresário Baldo Oliveira. Segundo, fontes ligadas ao Jonas Gurgel a mesma foi vendida ao Articulador-comandante Ferreira Júnior. 
       A compra desse veículo de comunicação está inserido dentro do projeto político da família Ferreira em alavançar a popularidade do prefeito Ademar Ferreira (PSB) visando o pleito de 2012.
       A Rádio Liderança FM deve passar por uma reestruturação e logo após o pleito de 2012 deve mudar de endereço.

* Maioria aprova Dilma e desaprova Rosalba e Micarla.

        Seis meses após elegerem uma presidenta da República, uma governadora e há pouco mais de um ano de votar para a Prefeitura, os natalenses reexaminam os apoios dados e reafirmam desaprovações. Pesquisa realizada pelo Instituto Certus, em parceria com a TRIBUNA DO NORTE, na primeira semana deste mês, mostra que apenas a presidência de Dilma Rousseff obteve índices positivos de aprovação entre os entrevistados.
        O Instituto Certus aplicou um questionário com seis perguntas aos entrevistados (veja quadro técnico). Três delas eram sobre como estão sendo avaliadas as administrações federal, estadual e municipal pelos natalenses.
       Comparada com a votação obtida no segundo turno de 2010 entre os eleitores da capital potiguar, a presidenta Dilma Rousseff (48,2% dos votos válidos) deu a volta por cima nos seis primeiros meses de administração e experimenta um crescimento significativo no apoio: 61,4 % dos natalenses aprovam o governo que ela vem fazendo. O índice de desaprovação a Dilma (25,4%) é apenas metade dos que votaram em Serra no segundo turno (51,4%) em Natal.
        A situação mostrada pela pesquisa do Instituto Certus, em relação ao governo Rosalba Ciarlini, é proporcionalmente inversa. Eleita no primeiro turno de 2010, com 39,1% dos votos dos natalenses, a governadora não conquistou os natalenses - 55,6% desaprovam a administração estadual - e parece ter perdido apoio. Apenas 25,4% dos entrevistados aprovam as ações da governadora nestes seis primeiros meses de gestão. Mantendo a comparação com os resultados eleitorais, a desaprovação de Rosalba é, praticamente, equivalente a soma dos votos obtidos (59%) pelo ex-governador Iberê Ferreira de Sousa e o ex-prefeito Carlos Eduardo em 2010.
        No âmbito da Prefeitura de Natal, a desaprovação à gestão Micarla de Sousa se mantêm alta: 88,6% de todos os entrevistados disseram desaprovar a atual administração. O índice de aprovação é de 7,8% e, apesar de baixo, nem mesmo se traduz em intenção de votos na possibilidade da prefeita vir a se candidatar a reeleição (veja texto e infográfico sobre intenções de votos). 
        Estratificados por faixas econômicas e grau de instrução, os índices mostram tendências consolidadas. Em relação a governadora Rosalba Ciarlini, quanto maior o nível de instrução, maiores os índices de desaprovação (52,9% e 54,9% entre quem tem 2º grau e nivel superior), ocorrendo o inverso em relação a presidenta Dilma Rousseff (60,9% e 71%, respectivamente para as mesmas faixas). Quem ganha salários maiores desaprova Rosalba (56,2% na faixa entre 5 e 8 salários mínimos), mas tende a aprovar Dilma (66,6% na mesma faixa).  
        Para a prefeita Micarla de Sousa, os índices mais positivos  na estratificação por níveis de instrução e renda estão entre os entrevistados com o 1º grau - ela tem 20% de aprovação (3,16% classificam como ótima a administração) e entre os que recebem de 8 a 10 salários mínimos (34,3% de aprovação). 
Tribuna do Norte.

* RN já gastou R$ 22 milhões só em consultorias e projetos.

         Os gastos com a Copa do Mundo 2014 no Brasil fluem como um rio que corre ao encontro do mar. Até a realização do mundial, serão gastos aproximadamente R$ 5,07 bilhões somente com a construção dos estádios/arenas multiuso. As  obras, porém, serão produtos finais de uma engenharia superdimensionada e, de acordo com especialistas, dispensáveis à maioria das cidades-sede. No Rio Grande do Norte, o dispêndio começou ainda em 2009 e já soma cerca de R$ 22,3 milhões três anos antes dos jogos. São consultorias, projetos executivos, publicidade.