sexta-feira, 5 de agosto de 2011

* Após denúncias, Dnit retoma licitações.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) retomou nesta sexta-feira (05) os procedimentos licitatórios de obras e de aditivos, após 30 dias de suspensão por conta de denúncias de irregularidades no órgão.

No dia 5 de julho, em meio a denúncias de corrupção, o então ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, determinou a suspensão de projetos e das licitações no Dnit e na Valec, estatal do setor ferroviário. No dia seguinte, Nascimento deixou o ministério.

* Resultado da Enquete.

A maioria dos nossos leitores são contrários ao casamento Gay 82,5% (179 votos), enquanto 17,5% (37 votos), são a favor da união, no total foram 216 votos. Agradecemos a todos, valeu!

* Policiais da PB matam um dos bandidos mais procurados do RN.

Um tiroteio no começo da tarde desta sexta-feira (05), em Campina Grande (PB) terminou na morte de Jackson Jussier Rocha Rodrigues, um dos mais perigosos e procurados bandidos do Rio Grande do Norte.

Apontado como autor de homicídios e assaltos não só no Rio Grande do Norte, Jackson, também conhecido como “Monstro”, estava foragido da penitenciária estadual de Alcaçuz desde junho de 2009. De acordo com a polícia paraibana, Jackson estava com outros comparsas em uma casa no bairro Jardim Paulistão planejando o crime.
Jackson Jussier estava foragido desde 2009.

* Atas clonadas distanciam o PSD das eleições de 2012.

A situação do Partido Social Democrata, idealizado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, se complicou com o caso das atas clonadas utilizadas para as reuniões de formalização dos comitês municipais da sigla. Em três estados foram identificados o fenômeno das cópias, inclusive no RN.

De acordo com a legislação eleitoral, iniciado o processo de registro nos TREs, o partido tem 64 dias para concluí-lo. A partir de hoje, o PSD dispõe de 63 dias.

O problema é que o DEM prometeu ingressar com representação na Procuradoria-Geral Eleitoral para apurar suspeita de falsidade ideológica, conforme prometeu ontem (04) o presidente nacional da legenda, o senador José Agripino.

* Wilma parabeniza Iberê por aprovação parcial de contas pelo TCE.

A ex-governadora Wilma de Faria (PSB) já havia agredecido, através do Twitter, pelos cumprimentos que recebeu devido à aprovação de suas contas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), na quarta-feira (3). Nesta sexta-feira (05), Wilma de Faria utilizou o microblog também para parabenizar o ex-governador Iberê Ferreira (PSB), que teve parte das contas impugnadas pelo TCE.

A congratulação da comandante do PSB ao companheiro de partido foi porque o TCE não apontou ressalvas quanto a possíveis atos de corrupção na gestão de Iberê. "Parabéns ao ex-governador Iberê pela aprovação das contas no TCE, mesmo com ressalvas. Não há nenhum ato de improbidade administrativa, nem de desvio de recursos nas ressalvas apontadas no relatório do TCE", postou.
Wilma de Faria teve as contas aprovadas pelo Tribunal de 
Contas do Estado 
Wilma de Faria teve as contas aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado.

* Reunião do PSD com a governadora dura uma hora, deputados mantém aliança.

Encerrada há poucos instantes a reunião dos deputados do PSD e do vice-governador Robinson Faria com a governadora Rosalba Ciarlini.

O encontro durou uma hora e ao final a bancada do PSD reafirmou a aliança como Governo do Estado. 
“Nossos projetos continuam sendo os mesmos, somos aliados da governadora”, destacou o vice-governador Robinson Faria.

Ele disse que a aliança é com a governadora Rosalba Cirlini e não com o senador José Agripino, autor do pedido de impugnação contra o registro do PSD no Rio Grande do Norte.
Panorama Político.

* PR contraditório: no Senado é oposição, na Câmara se mantém na base do Governo.

O Partido da República (PR), presidido pelo ex-ministro Alfredo Nascimento, vive um momento contraditório. No Senado, a bancada do PR anunciou que integrará a base de oposição ao Governo Federal.

Na Câmara, os deputados do PR avisaram que permanecem aliados da presidente Dilma Rousseff. O líder do PR na Câmara, deputado Lincoln Portela (MG), confirmou que o partido está mantido no bloco do governo na Câmara dos Deputados.

“Na Câmara não há esse problema [saída]. Na Câmara temos apenas o pedido de saída do PRB, que havia um pedido de saída para que eles tivessem uma visibilidade maior. Somos base do governo, vamos permanecer base do governo e a ministra Ideli quis no agradecer por isso também. No Senado foi uma posição unânime, de sete senadores, até para que a gente pudesse ter mais liberdade. Seguimos com apoio total ao governo”, disse o deputado.

* Vice-governador Robinson Faria afirma que senador José Agripino foi ingrato.

O vice-governador Robinson Faria definiu como “ingratidão” o gesto do senador José Agripino Maia de entrar com um pedido de impugnação contra o registro do PSD no Rio Grande do Norte.

“Diria que é uma ingratidão o que ele (Agripino) está fazendo. Há poucos meses todo esse grupo de deputados estava nas ruas pedindo voto para eleger o senador José Agripino. Ele (Agripino) fez isso sem consultar o partido, foi um gesto unilateral de entrar com uma ação contra o PSD”, destacou Robinson Faria.

* Festa do DEM/Pau dos Ferros...

* Escola Estadual Maria Sílvia recebeu melhorias...

Nas últimas semanas a Escola Estadual Maria Sílvia de V. Câmara/Leandro Bezerra/Caraúbas, recebeu melhorias na sua infra-estrutura, a atual gestão, fez uma reforma no muro da Escola, colocou a placa de identificação, foram construidas rampas de acesso em toda escola, a biblioteca, salas dos professores e a secretaria foram climatizadas.

Nos próximos meses, as salas de aulas serão climatizadas, está sendo concluido o projeto para a construção de mais uma sala de aula, uma cisterna e o projeto para a construção da Quadra de Esporte já está na governadoria.

Nos próximos dias o Laboratório de Informática estará funcionando, vem aí uma grande gincana educacional e esportiva, é a Escola Maria Sílvia na luta por uma melhor qualidade educacional para os seus alunos. Parte dos recursos foram do saldo do maior São João da cidade, São João do Maria Sílvia 2011!
 Nova placa...
 Rampas de acesso...
 Muro foi reformado e pintado...
 Professores em um ambiente climatizado...
Secretaria também foi climatizada...

* Ministros gastam meio milhão de reais com diárias.

Em maio deste ano, a ministra da Cultura, Ana de Hollanda, passou por um constrangimento: por recomendação da Controladoria-Geral da União (CGU), teve que devolver aos cofres públicos gastos com diárias no Rio de Janeiro durante fins de semana. Nos casos relatados, a ministra não cumpria agenda oficial. Ainda assim, Ana não freou a gastança: ela é a recordista nas despesas com diárias na Esplanada dos Ministérios.

Foram mais de 45.000 reais para pagar hospedagem e alimentação de Ana de Hollanda em viagens no primeiro semestre de 2011. O valor é três vezes superior à média aritmética dos gastos dos ministros para essa finalidade, que é de cerca de 13.000 reais. No total, os 38 ministros do governo federal gastaram 502.222,67 reais com diárias. O levantamento realizado pelo site de VEJA contou com dados repassados pelas assessorias dos ministros e também com informações divulgadas no Portal da Transparência, administrado pela CGU.

Dezessete ministros gastaram acima da média, sendo que sete deles consumiram mais de 20.000 reais em diárias este ano: o ministro da Saúde, Alexandre Padilha (35.132 reais); o presidente do Banco Central, ministro Alexandre Tombini (26.248 reais); a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira (26.277 reais); o ministro da Defesa, Nelson Jobim (22.220,66 reais); a ministra de Diretos Humanos, Maria do Rosário (21.614,30 reais); e a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti (20.997,37 reais).

À exceção de Ideli, que atuava no Ministério da Pesca, os ministros mais próximos da presidente Dilma não costumam inaugurar programas de governo em outros estados – geralmente estão presentes nos lançamentos realizados no próprio Palácio do Planalto, onde trabalham em Brasília. E, em casos de viagens, costumam integram a comitiva da presidente. Entre eles, estão a ministra da Secretaria de Comunicação, Helena Chagas, e o ministro da Secretaria-Geral, Gilberto Carvalho.

A titular da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, que tomou posse há cerca de dois meses, foi a única entre os ministros que não teve gastos com diárias. Gleisi fez viagens na comitiva da presidente Dilma – nas quais não precisou se hospedar – e abriu mão das diárias nas duas vezes que foi para Curitiba (PR), onde tem residência.