sábado, 20 de agosto de 2011

* Inep recorre a empresas para evitar falhas no próximo Enem.

Após duas edições problemáticas, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) recorreu ao Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) e a uma empresa de gestão de riscos para evitar a repetição de falhas na aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 22 e 23 de outubro.

Além de minimizar os riscos quanto à credibilidade da prova, a medida é uma forma de blindar o ministro da Educação, Fernando Haddad, de maiores danos à sua imagem. A gestão do petista já foi marcada por polêmicas como kit anti-homofobia, erros de revisão de material didático e pelo vazamento do Enem, revelado pelo Estado em 2009. Eventuais infortúnios na organização do exame podem ser o calcanhar de Aquiles nas pretensões de Haddad à Prefeitura de São Paulo.

As medidas adotadas pelo Inep atendem à Controladoria-Geral da União, que apontou em auditoria que provas como o Enem e o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) “carecem de estudos que possibilitem a implementação de respostas” a riscos e a adoção de medidas para mitigá-los.

* CGU realiza auditoria em três municípios.

A Prefeitura de Upanema já mobilizou uma equipe para separar todos os documentos que serão cobrados pela Controladoria Geral da União (CGU) durante auditoria nos recursos federais aplicados na área da assistência social. O órgão realizará a fiscalização ainda em João Câmara e Fernando Pedroza, que estão entre os 60 que foram sorteados em todo o país no último dia 15 pela instituição por meio de sorteio público.
 
No dia 22, o coordenador Carlos José chegará ao município, quando vai se reunir com o prefeito interino, Manoel Carlos de Oliveira, para informar quais documentos precisará para iniciar o trabalho já no dia 29. "Já separamos o que podemos, baseado na última inspeção realizada no município em 2007", disse o controlador geral do Município, Gilvandro Fernandes.
 
Ele reclama da repetição na escolha dos municípios, entendendo que outros deixam de ser fiscalizados. "Acho errado isso, porque vários nunca foram visitados. Como é por sorteio, realizado mensalmente, todos os municípios do Estado podem ser escolhidos". O pior, segundo ele, é que desmobiliza a Prefeitura. "A fiscalização nos orienta a consertar as coisas, mas em compensação demanda um trabalho grande, porque ficamos à disposição deles 24 horas enquanto estiverem lá", reclama.
A Controladoria-Geral da União (CGU)

* Convenção do Democratas: Agripino presidente. Rosalba vice.

O Democratas do Rio Grande do Norte realiza neste sábado (20) na Assembleia Legislativa, sua convenção partidária regional, quando definirá seu novo diretório.

O presidente nacional do DEM, senador José Agripino, será reeleito presidente regional da legenda no RN e continuará tendo como vice a governadora Rosalba Ciarlini.

De acordo com o senador, o principal objetivo das alianças políticas do Democratas no Rio Grande do Norte é atrair investimento público e privado para o crescimento do RN.
 Rosa e JaJá.
Marcelo Abdon

* Cinco municípios do RN ficam sem recursos por irregularidades.

Cinco municípios do Rio Grande do Norte tiveram suspensos os recursos do Piso da Atenção Básica variável (PAB-variável) em agosto. O recurso se refere ao incentivo federal de custeio das equipes da saúde da família, da saúde bucal e dos agentes comunitários de saúde. Em todo o Brasil, 250 municípios serão prejudicados, representando perda superior a R$ 2,5 milhões por mês, a contar de junho.
 

Umarizal, Guamaré, Jaçanã, Presidente Juscelino e São Gonçalo do Amarante tiveram a suspensão dos recursos devido à identificação de irregularidades cadastrais dos profissionais no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES), como a duplicidade de informações. O dinheiro diminuído é destinado à manutenção de equipes de saúde da família, equipes de saúde bucal e agentes comunitários de saúde.
 
Os municípios de Apodi e Caraúbas também tiveram problemas referentes, mas conseguiram resolver a tempo, livrando-se da limitação financeira. A secretária de Saúde de Caraúbas, Juliana Carlos, disse que o problema com o SCNES é freqüente, por causa do descuido dos profissionais.
 
Só neste ano, essa é a terceira vez que o Ministério da Saúde suspende os repasses, mesmo conhecendo a dificuldade de contratação e fixação de profissionais de saúde, principalmente médicos, nos Municípios de pequeno porte. Até abril, quase 1.500 Municípios estavam com recursos financeiros suspensos, o que representa prejuízo superior a R$ 18 milhões/mês.

* Ex-jogador e deputado federal Romário vê esporte como via de combate às drogas.

Em sua passagem por Mossoró, ocorrida na manhã de ontem (19), o ex-jogador Romário declarou que vê o esporte como uma das vias de combate às drogas. Para o atual Deputado Federal, Romário de Souza, a prática desportiva contribui para conscientizar o cidadão sobre o perigo do uso de entorpecentes. O ex-jogador acredita que, além de ajudar a prevenir a garotada do acesso às drogas, o esporte também pode funcionar como forma de reinserção social.

Apesar da vinda do ex-jogador para a segunda maior cidade Potiguar não ter tido um cunho estritamente esportivo, e sim político-social, para participar de uma Audiência Pública na Câmara Municipal do município sobre Políticas Públicas de Combate às Drogas, durante sua estadia por Mossoró, Romário destacou que projetos sociais que aliam esporte e educação são importantes ferramentas na luta contra as drogas.

* Escolas não apresentam calendário.

Há exatos trinta dias, encerrava-se a greve dos professores estaduais. Este intervalo de tempo, porém, não foi suficiente para as escolas apresentarem à Secretaria Estadual de Educação o calendário de reposição das aulas no pós-greve. Até o meio dia de ontem, somente 87 das 157 escolas estaduais que compõem a 1ª Diretoria Regional de Ensino (Dired), que contempla Natal e região metropolitana, haviam encaminhado o cronograma  definido entre diretores, professores, pais e alunos. As consequências do pós-greve e das interrogações que cercam o cumprimento do calendário são sentidas, principalmente, pelos alunos do ensino médio que prestarão vestibular.

 Entre aulas aos sábados - as quais já estão sendo realizadas em alguns escolas - e a ampliação dos turnos com a inclusão de mais um horário, o cumprimento do ano letivo 2011 ainda permanece uma incógnita para a diretora da Escola Estadual Winston Churchill, Maria Eliane Silva de Carvalho. "Na minha concepção, a escolha do sexto horário, por exemplo, não funciona. Mas é uma imposição. Teremos que cumpri-la", afirmou.

 A própria secretária estadual de Educação, Betânia Ramalho, disse, ao final da greve dos professores, que "o tempo perdido é irrecuperável e estava planejando atividades e algumas estratégias para tentar minimizar o prejuízo". De acordo com Maria Eliane, mesmo antes do fim da greve, as escolas montaram um calendário autônomo e apresentaram à Secretaria. Os diretores foram informados, entretanto, que não valia mais a sugestão e eles teriam que seguir o cronograma estabelecido pela Secretaria Estadual de Educação.

* Administração Ademar Ferreira vai construir Matadouro Público.

O atual Matadouro Público de Caraúbas está em uma situação caótica a muito tempo, e pensando na solução desse problema, a administração Ademar Ferreira, dará início a construção de um novo Matadouro Público nas imediações da Pedreira Potiguar, saída de Caraúbas para a cidade de Campo Grande. A informação foi passada pelo Secretário de Infra-estrutura, Keyoshe Targino, no programa Liderança em Debate, na FM Liderança, na manhã de ontem (19).

Segundo Keyoshe Targino, a obra do novo Matadouro, custará algo em torno de R$ 450 mil reais e terá início ainda neste ano. Enquanto a obra no novo Matadouro não começa, a prefeitura fará uma reforma emergêncial no atual, "O prefeito Ademar está muito preocupado, com a situação do Matadouro, e nesse sentido não tem medido esforços para resolver de vez, esse problema. Vamos fazer uma reforma urgente no atual e em breve estaremos inaugurando, o novo, essa é uma determinação do prefeito Ademar", concluiu Keyoshe Targino.
Matadouro Público será entregue em breve a população caraubense. 
Imagem meramente ilustrativa.