sábado, 27 de agosto de 2011

* PRF registra 17 acidentes e duas vítimas fatais.

As ocorrências da Polícia Rodoviária Federal (PRF) da última sexta-feira (26) e madrugada do sábado (27) contabilizaram dezessete acidentes, sendo dois com vítimas fatais: um em Campo Grande e o outro na região metropolitana de Natal.

De acordo com o agente de plantão da Polícia Rodoviária Federal, Monteiro, os acidentes fatais foram registrados ainda na noite da sexta. No primeiro, os policiais da PRF encontraram o corpo de Paulo Targino Primo, de 60 anos em um barranco após queda na noite anterior, nas proximidades da cidade de Campo Grande, KM 289 da BR-226.

O segundo acidente com vítima foi registrado ontem, as 19h40min após a queda moto no perímetro 298, na BR-304, em direção a Macaíba. O acidente foi no trecho em frente a uma base do Samu metropolitano, mas foi fatal. Francisco Sebastião da Silva, de 29 anos estava acompanhado de uma mulher (ainda não identificada) que foi socorrida com ferimentos graves e está internada no Clóvis Sarinho.

* PMN quer candidaturas em todas as prefeituras do Estado.

Após a saída de seu líder, o vice-governador Robinson Faria, o Partido da Mobilização Nacional reuniu as bases na manhã deste sábado (25), na Assembleia Legislativa do Estado, para se reorganizar para o pleito de 2012.

Embora não tenha pré-candidato à Prefeitura do Natal, o PMN, agora sob a liderança do deputado Antônio Jácome, o PMN trabalha na consolidação de projetos ao legislativo e articula o fortalecimento da legenda no interior do Estado.

“As novas filiações estão recebendo atenção especial e estamos levando o PMN a todos os municípios, criando comissões provisórias”, disse Jácome.

Embora não haja candidaturas previamente estabelecidas, o PMN trabalha o projeto de lançar postulações ao Executivo em todos os municípios do RN, tanto para o Legislativo quanto o Executivo.

Partido realizou convenção na Assembleia Legislativa.

* Prazo para receber desconto na conta de luz encerra no próximo dia 1º.

Os consumidores de energia classificados nos critérios de baixa renda e que utilizam entre 40 quilowatts-hora (kWh) e 65 kWh por mês têm até a próxima quinta-feira (1º) para se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e garantir a manutenção dos descontos previstos na Tarifa Social de Energia Elétrica.

O prazo para quem gasta mais energia já venceu e para quem tem consumo entre 30 kWh e 40 kWh a data final para o cadastramento é 1º de outubro. Os consumidores que gastam menos de 30 kWh mensais têm até o dia 1º de novembro para se cadastrar. Até o fim do ano, todas as famílias que têm direito ao benefício devem estar com a situação regularizada.

Quem ainda não está inscrito no Cadastro Único deve procurar a Secretaria de Assistência Social de seu município ou entrar em contato com o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome pelo número 0800-7072003. Depois da inscrição, o consumidor deve comparecer à distribuidora, que vai encaminhar as informações à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Com o desconto da tarifa social, a redução na conta de luz pode chegar a 65% para quem consome até 30 quilowatts/hora (kWh) por mês, a 40% para aqueles com consumo entre 31 e 100 kWh/mês e a 10% para famílias que gastam de 101 a 220 kWh/mês. O desconto chega a 100% para o consumo de até 50 kWh por mês para famílias indígenas e quilombolas que atendam a uma das duas condições básicas para obter o benefício.
Para receber desconto tem que fazer cadastro.

* PMs estão de volta as DPs de Apodi, Areia Branca e Caicó. Caraúbas fechou.

 Ontem, depois de uma reunião com ânimos exaltados entre o secretário de segurança Aldair Rocha, comandante geral da PM Francisco Araújo e os delegados regionais do Oeste ficou acertado que as DPs de Apodi, Areia Branca e Caicó terão os PMs de volta.

Terão, mas somente enquanto o Governo do Estado deixar de birra e convocar os policiais civis concursados, treinados e prontos há mais de ano para assumir seus postos de investigação nestas delegacias. Aí os PMs poderão voltar pra suas funções de origem.

A cidade de Pau dos Ferros também estava com ordem do secretário Aldair Rocha para retirar os PMs, mas não chegaram a sair e agora poderão ficar mais um pouco.

Os PMs estavam trabalhando nestas DPs há vários anos. Saíram porque fazia parte do acordo entre governo e Sindicato dos Policiais Civis, para acabar a greve, retirar pessoas estranhas e nomear os agentes civis para DPs do RN.

Neste ponto sinto uma pontinha de ruindade de alguém lá da assessoria pessoal da governadora Rosalba Ciarlini, pois retiraram os PMs e não nomearam os agentes civis, deixando Areia Branca, Apodi, Caicó sem policiais para investigar crimes.

Depois, numa pitada de maldade, disseram em entrevistas que a culpa destas cidades estarem sem agentes civis era do Sindicato dos Policiais Civis, que estava apenas atendendo a uma reivindicação desta categoria.

E deixaram as delegacias sem investigadores.

Sem policiais, as DPs de Areia Branca, Apodi e Caicó somaram-se a DP de Caraúbas, que simplesmente está fechada por falta de delegado, escrivão, agentes, tudo... Tem dias que a cidade de Caraúbas, com 20 mil habitantes, fica com apenas 3 PMs.

Os PMs também foram retirados das DPs de Mossoró e neste caso, depois de muita reclamação, o secretário Aldair Rocha decidiu por mandar agentes civis de Natal para o lugar destes PMs que saíram. Vão só preencher BO. Investigações continuam paradas.

Já nas cidades de Areia Branca, Apodi e Caicó, os delegados pediram socorro ao secretário Aldair Rocha ontem. Ficou acertado que os PMs serão designados para retornar estas delegacias enquanto os primeiros agentes são nomeados.

O Sindicato dos Policiais Civis não gostou nada da notícia. Eles querem a nomeação imediata dos agentes civis e não fazer desvio de função dos PMs, que tem muito o que fazer no patrulhamento das ruas e não dentro de delegacia ocupando, sem treinamento, espaço de um investigador.
Retrato do Oeste.

* Escola Maria Sílvia realiza festa para os pais...

Na tarde/noite de ontem (26), os que fazem a Escola Estadual Maria Sílvia realizaram a festa dos dia dos pais, na oportunidade, dezenas de pais se confraternizaram com os funcionários e professores da referida unidade de ensino, foram realizadas brincadeiras com coquetel e salgadinhos, homenagens, sorteios de brindes e um bingo entre os presentes. A equipe gestora ratificou a imensa importância da participação paterna na vida familiar e educacional dos filhos.
 Parabéns papai...
 Parte dos pais presentes...
Coordenadora pedagógica Maria José na hora da entrega dos presentes ao pais...

* Acidentes representam 60% do atendimento no HRTM.

A sexta reunião Fórum Permanente de Segurança no Trânsito de Mossoró aconteceu ontem, no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), com representantes de várias entidades civis e militares que fazem parte de uma comissão permanente.

A reunião começou com o apelo do diretor HRTM, Ney Robson, que afirmou que o hospital estava em situações críticas de pessoas acidentas, vítimas do trânsito.

De acordo com Ney Robson, 60% dos atendimentos do Tarcísio Maia são de pessoas vítimas do trânsito, em sua maioria motoqueiros. “A demanda do hospital já aumentou em 30%, mas com um trabalho eficiente já diminuímos em 30% o número de óbitos. Estamos conseguindo fazer com que os números de mortes aqui no hospital sejam diminuídos, mas ainda é chocante e exige mais medidas do poder público”, afirmou.

O inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Iatamy Gurgel, informa que nas rodovias federais em 2009 foram registrados 519 acidentes com 30 óbitos, em 2010 esse número saltou para 744 acidentes com 81 óbitos.

No primeiro semestre de 2010 ocorreram 352 acidentes. Neste ano, até julho foram registrados 393 acidentes com 27 óbitos. Os números alertam para a necessidade de implantar uma política de prevenção à violência no trânsito, pois se continuar nesse ritmo 2011 ultrapassará o número de mortes no trânsito registradas no ano passado.
Fotos de Acidentes de Transito

Imagem ilustrativa.

* Secretário vê motivação política para a manutenção de greve na UERN.

A greve de docentes e técnicos administrativos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), que tem duração superior a 90 dias, tem componente político-partidário. Esse é o raciocínio do secretário estadual de Administração, José Anselmo de Carvalho. Segundo ele, a rejeição continuada das propostas enviadas pelo Governo do Estado à Associação dos Docentes da UERN (Aduern) e ao Sindicato dos Técnicos Administrativos da UERN (SINTAUERN) levam a essa compreensão. "O que surpreende é a questão da rejeição das propostas que o governo faz e, por isso, não descarto que (a greve) tenha influências partidárias", comentou Anselmo. Diante desse quadro, disse que não resta outra alternativa, que não seja o Estado entrar com uma ação na Justiça pela ilegalidade do movimento paredista. A ação, inclusive, será enviada ao Tribunal de Justiça no começo da próxima semana pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE).
 
As suspeitas de ingerência partidária se devem ao fato da maioria dos militantes sindicais estarem ligados a partidos políticos que tendem a apresentar candidatos nas próximas eleições municipais. Como a UERN é sediada em Mossoró, o objetivo seria beneficiar nomes ligados ao PT e ao PSB. A análise exposta pelo secretário de Administração não incluiu esses partidos, mas, pelas posições tomadas por líderes políticos que têm interesse na Universidade, as especulações indicam que essa seria uma das metas do movimento paredista.
 
Para o secretário Anselmo Carvalho, a decisão dos sindicatos desobriga o Governo do Estado a evitar medidas consideradas drásticas. Disse que, mesmo com a posição da Aduern e do Sintauern, o Governo não fecha a porta ao diálogo, mas afirmou que é importante que o movimento paredista seja finalizado e que as atividades acadêmicas voltem à normalidade. "Não há mais o que conversar sobre propostas, já que os sindicatos rejeitaram. Mesmo assim, estamos abertos ao diálogo", disse, acrescentando: "o Governo entende que melhor seria o fim da greve e o retorno às atividades acadêmicas, aliada à continuidade do diálogo, mas os sindicatos entendem que não devem encerrar a greve para dialogar."

* Aumenta recompensa pela captura de Muammar Kadhafi.

O presidente do Conselho Nacional de Transição (CNT) da Líbia, Mustafa Abdeljalil, garantiu hoje (27) que a organização não conhece o paradeiro do líder líbio Muammar Khadafi e dos seus filhos e afirmou que a recompensa pela captura de Khadafi aumentou. “Até ao momento, não temos informações factuais sobre a localização de Khadafi e dos seus filhos”, disse Abdeljalil, em entrevista coletiva à imprensa, citado pela agência de notícias espanhola EFE.

Abdeljalil, que falava da cidade oriental de Benghazi, ainda a principal base do CNT, disse ter aumentado de 1,7 milhão de dólares para uma cifra não divulgada a recompensa pela captura do coronel após a queda de Trípoli, no início da semana.

O presidente do CNT, no entanto, disse que o conselho nada tem a ver com a oferta da recompensa e que a iniciativa é de origem privada.

As mais recentes informações sobre o possível paradeiro de Khadafi e dos filhos foram divulgadas ontem (26) pela Mena, a agência de notícias oficial do Egito, segundo a qual um comboio de seis veículos de marca Mercedez entraram na Argélia na manhã de ontem. Mas não houve confirmação da Mena a respeito dessa desconfiança.

* RN recebe mais de R$ 33 milhões em royalties em agosto.

O Rio Grande do Nort recebeu em agosto o valor de R$ 33,86 milhões do pagamento de royalties pagos pela atividade de exploração e produção de petróleo e gás natural na Bacia Potiguar. Os dados são da Petrobras e da Agência Nacional de Petroleo (ANP).

Do total, o Governo do Estado ficou com a fatia de R$ 16,56 milhões e os 94 municípios, o valor de R$ 17,29 milhões.

Confira os muncípios que receberam verba no Rio Grande do Norte.

1. Macau - 2.385.355,27
2. Guamaré - 2.331.013,39
3. Mossoró - 2.010.159,40
4. Pendências - 1.920.563,07
5. Areia Branca - 705.788,82
6. Apodi -380.543,15
7. Assú - 381.190,98
8. Governador Dix-Sept Rosado - 373.142,92
9. Alto do Rodrigues - 346.227,34
10. Porto do Mangue - 242.872,01
11. Carnaubais -306.656,53
12. Caraúbas - 248.331,22
13. Upanema - 219.070,56
14. Felipe Guerra - 152.826,95
15. Serra do Mel - 150.503,84
16. Afonso Bezerra - 4.100,20

* Garibaldi defende “acordão do bem”.

O senador licenciado e ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho, defendeu o que chamou de “acordão do bem” entre o seu PMDB e o DEM do senador José Agripino e da governadora Rosalba Ciarlini. Há duas semanas, num almoço em Brasília, líderes peemedebistas e democratas deram o primeiro passo para consolidar uma aliança visando às eleições de 2012 e 2014.

Presidente estadual e líder do PMDB na Câmara, o deputado federal Henrique Alves acertou sua adesão à base de apoio da governadora Rosalba Ciarlini. No ano passado, Henrique pediu votos para a reeleição do então governador Iberê Ferreira de Souza (PSB), adversário de Rosalba. A eleição rachou os peemedebistas, uma vez que Garibaldi preferiu apoiar a candidatura do DEM.

Ao desembarcar no Aeroporto Augusto Severo, na tarde de ontem (26), acompanhando a ministra da Cultura Ana de Hollanda, Garibaldi respondeu afirmativamente quando questionado se haveria mesmo o “acordão” entre o PMDB e o DEM, mas, em seguida, ponderou que tudo ainda estava sendo “conversado”. Em tom de bom humor, completou a declaração: “Mas é o acordão do bem”.

Caso a aliança se concretize, PMDB e DEM podem dividir o mesmo palanque na sucessão natalense em 2012. A depender da vontade do senador José Agripino, a chapa seria encabeçada pelo filho dele, o deputado federal Felipe Maia, com um vice indicado pelos peemedebistas. Em troca, os democratas garantiriam o apoio à candidatura a senador de Henrique em 2014.

* João Maia participa de jantar com Rosalba mas não define apoio a base do governo.

Para fortalecer e ampliar as relações da cultura no Rio Grande do Norte, a governadora Rosalba Ciarlini convidou para um jantar na residência oficial ontem, (26), juntamente com a Ministra da Cultura, Ana de Hollanda, o vice governador Robinson Faria, jornalistas, empresários da comunicação, senadores e deputados federais.

De acordo com a ministra Ana de Hollanda o Rio Grande do Norte já desponta como um estado forte na cultura.

Estavam presentes os deputados federais João Maia, Fátima Bezerra, Rogério Marinho e Sandra Rosado, o senador Garibaldi Alves e o ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho.
 João Maia, Carlos Augusto e Henrique Alves.

* Parece o fim do acordão...

Além da convenção municipal do PP de Portalegre ocorrerá no próximo dia 28 de agosto, o PMDB do município, comandado pelo prefeito Euclides Pereira, também realizará seu encontro, no mesmo dia, horário e local.

A convenção conjunta é mais um indicativo que a aliança entre o vereador, Manoel de Freitas Neto "Neto da Emater", e Euclides Pereira continua firme e forte, e a conseqüência natural de tanta afinidade é a divulgação, já no próximo domingo, da chapa que terá as 'bênçãos' do prefeito portalegrense.

A divulgação dos nomes que deverão compor a chapa situacionista ganhou força depois da informação que o atual secretário de assistência social do município, Luis Carlos Tertulino, deverá assinar a ficha de filiação do PMDB.

O nome do candidato a prefeito do grupo já é conhecido, "Neto da Emater" do PP, logo, caberá ao PMDB a indicação do vice e a filiação de "Luisinho", que certamente consultou o prefeito Euclides, deixa a nítida impressão que o jogo está definido no grupo da situação.

O adversário de Neto também já é conhecido, trata-se do vereador e engenheiro civil, José Augusto do DEM que também já teve alguns nomes 'especulados' para compor a chapa oposicionista como, José Nilson, José Holanda, Carminha de Adelino.

A definição dos nomes dos candidatos, José Augusto e "Neto da Emater", certamente, acirrará os ânimos dos correligionários dos dois e poderá precipitar a ruptura do 'acordão' que reuniu "bicudos e bacuraus" da serra querida de Portalegre.

* Acordão em Umarizal.

Apesar do otimismo pela candidatura do vice prefeito Mano, existe quem aposte em outra opção dentro do governismo que seria a união do prefeito Rogério Fonseca com o ex-prefeito Adson Luis. Os deputados estaduais Getúlio Rego e José Dias estariam trabalhando em parceria para promover essa aproximação, mais do que uma união para solucionar os problemas de Umarizal,, os dois grupos vão oficializar uma união que deverá promover mudanças dentro do grupo. Rogério Fonseca e Adson Luis para a eleição de 2012.

* Vice-prefeito de Umarizal confirma pré-candidatura a prefeito para 2012.

Na noite da última terça-feira, 23, o vice-prefeito de Umarizal, Carlindo Onofre, o Mano, reuniu os amigos mais próximos para uma reunião. Na pauta as eleições municipais de 2012. Durante o encontro o vice-prefeito finalmente decidiu anunciar o que todo o grupo vinha pedindo para que ele fizesse, e ele colocou seu nome na disputa pela prefeitura de Umarizal em 2012.

Depois de muita espera, enfim, Mano chamou seus amigos e declarou que seu nome também estar no páreo, e que também vai entrar na disputa, e que todos estavam autorizados a anunciar sua decisão, o que acabou levando os mais entusiasmados a iniciarem uma grande comemoração.

Segundo informações colhidas através de amigos e familiares, o trabalho a partir de agora é reunir novamente o grupo para começarem então a montar uma estratégia para que o nome de Mano começa a ser divulgado como pré-candidato a prefeito de Umarizal em 2012.

O que tem se falado e se escutado muito nos últimos dias em Umarizal, é que o prefeito Rogério Fonseca apoiará o candidato que o povo escolher, e para isso pesquisas serão feitas, e conforme o resultado apontado pelo povo o Prefeito fará de tudo para eleger seu sucessor.