segunda-feira, 29 de agosto de 2011

* Governo reduz em 5% percentual de etanol que é misturado à gasolina.

A partir do dia 1º de outubro, o percentual de álcool anidro que é misturado à gasolina vai cair de 25% para 20%. A decisão foi tomada hoje (29) em reunião no Palácio do Planalto com a presidenta Dilma Rousseff e os ministros de Minas e Energia, Edison Lobão, da Fazenda, Guido Mantega, da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, e da Casa Civil, Gleisi Hoffmann.

De acordo com Lobão, a medida é uma precaução por causa da incerteza sobre a futura safra de cana-de-açúcar. "Temos que garantir o abastecimento olhando para este ano e para o próximo ano. Verificamos que a safra do próximo ano também não será muito melhor que a atual, então temos que tomar providências desde logo para garantir o presente e o futuro. Essa é uma medida de precaução, uma segurança a mais".

Segundo o ministro, a redução do percentual do álcool será adotada por tempo indeterminado. "Depois nós calibraremos modificando a resolução no momento em que acharmos que já temos segurança de suspender a [redução da] mistura".

* Henrique e Garibaldi divergem sobre aliança com Governo de Rosalba.

O deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB) disse este final de semana, em entrevista à imprensa, exatamente aquilo que já havia sido dito e comentado na semana passada pelo deputado estadual, Gustavo Fernandes (PMDB), quando setores ligados ao governo estadual anunciaram através da imprensa que o PMDB era o novo partido da base da governadora Rosalba Ciarlini (DEM).

Henrique deixou claro que ainda existe a necessidade de conversar com a governadora Rosalba, e que o primeiro passo ainda não foi dado, já que o convite oficial da governadora para que o partido seja seu aliado em nível estadual ainda não foi formalizado. "É preciso conversar um pouco mais e várias situações devem ser vistas antes de se anunciar oficialmente o apoio da legenda. Não existe uma participação formal do PMDB na aliança com a governadora Rosalba, do DEM. Qualquer segmento majoritário e liderado pelo ministro Garibaldi Filho, que participou da campanha vitoriosa com ela e que participa do governo. Existem deputados do PMDB que não estão engajados nesse apoio e são parlamentares que não votaram em Rosalba. Mas há um manifesto, o desejo de que o partido integralmente venha a participar de sua base política. São conversas preliminares e na hora que ocorrer não será uma decisão de todos que fazem o partido. Mas isso se houver o convite. Aí tomaremos uma decisão partidária", disse o deputado e presidente estadual do PMDB.

Ele disse que independente da formalização de uma aliança com a governadora para integrar a base governista ele vai continuar apoiando a governadora nos sentido de aproximar o governo do RN da presidente Dilma Russeff (PT) o que vai atrair investimentos federais para o Estado. "Fui o primeiro a levar a governadora Rosalba à presidenta Dilma para apresentá-la, para abrir as portas do Governo Federal aos projetos do RN, e sempre acompanho a governadora, procurando ajudar, pois é meu dever com representante da bancada federal do RN em Brasília", destacou Henrique.

Enquanto Henrique mostra cautela com relação a aliança com Rosalba, principal defensor de um da união completa do PMDB em torno do Governo Estado, o ministro Garibaldi Filho (PMDB) voltou a afirmar que existe hoje um compromisso político do deputado federal Henrique Eduardo Alves e a sua banda do PMDB com a governadora. Garibaldi lembrou que essa aliança já existiu em 2006 e parte dela no ano passado. "Eu não sei por que tanta admiração, e como os jornais, às vezes, colocam as coisas, tratando como de acordão. De fato, o que há é que o deputado Henrique entendeu que era hora de ajudar a governadora junto ao Governo Federal, porque se fazia imprescindível, ao meu ver, que isso acontecesse. Para fortalecer os pleitos da governadora. E Henrique resolveu, então, anunciar, naquela convenção recentemente realizada, que estaria com a governadora, não apenas no plano administrativo, mas também no político. Isso é mais que natural", comentou Garibaldi em entrevista também concedida no final de semana em Natal.

O certo é, que a exemplo do que ocorreu em ocasiões passadas, Garibaldi e Henrique, embora tentem demonstrar que estão alinhados em termos de alianças política, os dois ainda apresentam pontos divergentes com relação a participação do PMDB na base de apoio a governadora Rosalba.

* PGR defende aplicação da Ficha Limpa nas eleições de 2012.

A Lei da Ficha Limpa volta a ganhar evidência e, principalmente, volta ao debate envolvendo as eleições municipais de 2012.

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, manifestou em parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) sua posição favorável à aplicação da lei no pleito eleitoral do ano que vem.

O parecer do procurador Roberto Gurgel está inserido em ação movida pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) para que o STF determine se as normas da Ficha Limpa valerão para 2012, impedindo as candidaturas de pessoas que tiverem sido condenadas em sentenças colegiadas (tomadas por mais de um juiz).

A dúvida surgiu em março, quando os ministros do STF decidiram que a Lei da Ficha Limpa não poderia valer para a eleição do ano passado.

A alegação predominante nessa decisão do Supremo é de que a nova lei não obedeceu ao princípio da anualidade.

Ou seja, por esse entendimento, como a Lei da Ficha Limpa foi aprovada no Congresso Nacional também no ano passado, só poderia entrar em vigor a partir deste ano.

* MPF: Ex-secretário estadual de Educação é denunciado por peculato.

A apropriação indevida de mais de R$ 130 mil em recursos federais levou o Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) a denunciar o ex-secretário estadual de educação Kerginaldo Jacob de Medeiros pelo crime de peculato, punido com até doze anos de reclusão.

Segundo o MPF/RN, os valores deveriam ter sido integralmente aplicados na execução do Programa de Desenvolvimento do Ensino Médio - Projeto Alvorada – na Escola Estadual Ivonete Carlos, localizada na cidade de Frutuoso Gomes.

No ano de 2002, o Ministério da Educação assinou o convênio nº 086/2002 com a Secretaria de Educação e Cultura do RN para realização do Projeto Alvorada em diversas escolas públicas do estado. Dentre os valores repassados, a secretaria estadual recebeu a quantia de R$ 132.705,67 para implementar o projeto na Escola Estadual Ivonete Carlos.
 
Para o procurador da República Fernando Rocha de Andrade, que assina a denúncia, "é evidente que o denunciado, na qualidade de secretário estadual de educação e gestor da verba repassada através do convênio, dirigiu todos os atos destinados à apropriação dos recursos públicos".

* Projeto para venda de prédios "antigos" é aprovado com ampla maioria.

Na tarde de hoje (29), foi a plenária na Câmara de Vereadores de Caraúbas, em sessão extraordinária, o projeto que tem como objetivo o leilão dos prédios da atual garagem de transportes públicos e da biblioteca municipal, para com os recursos arrecadados, no mínimo R$ 300 mil reais, a construção de uma nova garagem municipal, na ordem de R$ 150 mil reais e a reforma da Escola Municipal Gregório Batista de Morais na comunidade de Apanha-Peixe/Caraúbas, na ordem de R$ 150 mil reais.

A votação ocorreu após algumas discussões entre os edis a respeito do projeto, na votação o placa foi de 6 votos a favor (Novinho Praxedes, Dr. Varela, Josean Amorim, Neguinho de Grosso, Hamilton Bezerra (Bicudo), e Juninho Alves), contra 1 voto (Ivanildo Fernandes), Vinicius Amorim não votou por ser o presidente, mas é a favor do projeto e o vereador Paulo Brasil (PR), não estava na sessão.

Apesar da vitória maiúscula do governismo local, um fato chamou a atenção dos presentes, os votos favoráveis ao projeto dos vereadores Hamilton Bezerra e Juninho Alves (ambos do PR), apesar das justificativas de ambos que votaram a favor do projeto por terem sido a favor em um passado próximo, do mesmo projeto, o que ficou evidenciado é que os votos dos edis do PR no projeto do governo Ademar Ferreira é a prova que o famoso "Acordão" está pronto para ser deflagrado na terra de São Sebastião.

* Pedro Velho: delegado é responsável sozinho por 22 municípios.

A promotora de Justiça de Pedro Velho, Danielli Christine de Oliveira Gomes Pereira, entrou com  uma Ação Civil Pública com pedido de medida liminar para tentar resolver o problema da falta de pessoal.

Atualmente o delegado de Pedro Velho responde sozinho por 22 municípios e vem desempenhando função de escrivão, realizando diligências policiais e atendendo ao público.

Segundo a promotora de Justiça essa situação se repete em outras delegacias do Estado. O que se vê é a utilização das delegacias regionais de polícia como se fossem delegacias locais e ainda sem funcionamento adequado, acúmulo de serviço e reduzido número de funcionários.

No Inquérito Civil nº 15/2011, consta que a Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social não promoveu remanejamento do pessoal existente (delegados, escrivães e agentes), inclusive da capital, para cobrir todo o território do Estado.

Tentou-se resolver a questão de forma extrajudicial, através da Recomendação nº 07/2011, porém não se obteve nenhuma resposta das autoridades oficiadas, o Delegado da Polícia Civil do município e o Delegado Geral da Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

* Festa do Sagrado Coração de Jesus 2011/Cachoeira/Caraúbas.


* Aí mata: STF poderá “derrubar” lei da Ficha Limpa.

A lei da Ficha Limpa, que prevê a proibição de candidaturas daquelas pessoas que já foram condenadas em segunda instância, poderá não ter validade para o pleito 2012.
Veja um trecho da matéria publicada no Estadão nesse final de semana:

“A Lei da Ficha Limpa corre o risco de não valer na eleição municipal de 2012 nem nas que vierem depois. Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) estão pessimistas e preveem que a Corte poderá declarar a regra inconstitucional ao julgar três ações que tramitam há meses no tribunal e que tratam da lei que nasceu de uma iniciativa popular a favor da moralização dos costumes políticos no País.

Em março, o STF decidiu por 6 votos a 5 que a norma não teria validade para a eleição de 2010 porque foi aprovada com menos de um ano de antecedência ao processo eleitoral.

Há uma regra na Constituição Federal segundo a qual modificações desse tipo têm de ser feitas pelo menos um ano antes. Na ocasião, os ministros somente analisaram esse aspecto temporal da lei.

Nos futuros julgamentos, eles deverão debater se a regra está ou não de acordo com a Constituição Federal ao, por exemplo, estabelecer uma punição (inelegibilidade do político) antes de uma condenação definitiva da Justiça.

Os contrários a esse tipo de punição afirmam que ela desrespeita o princípio constitucional da presunção da inocência, ou seja, que ninguém será considerado culpado até uma decisão judicial definitiva e sem chances de recursos.

O entendimento do Supremo será fixado durante o julgamento conjunto de três processos: duas ações declaratórias de constitucionalidade (ADCs) e uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI).”

* IBGE abre inscrição para 75 vagas no Rio Grande do Norte.

Estão abertas as inscrições para 4.250 vagas temporárias para Agente de Pesquisas e Mapeamento (salário mensal de R$ 850,00), oferecidas em 554 municípios distribuídos pelos 26 estados e no Distrito Federal. Para o estado do Rio Grande do Norte são oferecidas 75 vagas, sendo cinco destinadas aos portadores de deficiência.

As inscrições podem ser feitas no site da Consulplan (www.consulplan.net), empresa responsável pela operacionalização desta seleção até às 23h59min do dia 19 de setembro (horário de Brasília) e custam R$ 20,00. Os candidatos que não dispuserem de acesso à internet poderão realizar a inscrição em Postos de Inscrição Informatizados, no mesmo período, exceto sábados, domingos e feriados, no horário das 9h às 12h e das 14h às 17h. A lista contendo os endereços dos Postos de Inscrição informatizados está disponível no site da Consulplan. Para o Rio Grande do Norte são oferecidas vagas nas cidades de Açu (5), Caicó (6), Mossoró (10), Natal (39), Parnamirim (9), Pau dos Ferros (3) e Santa Cruz (3).

O edital para o Processo Seletivo Simplificado pode ser lido na íntegra no link www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/temporario_abertos.shtm e no site da Consulplan. As provas objetivas estão previstas para 30 de outubro e as convocações deverão ser realizadas a partir de 24 de novembro deste ano.

A jornada de trabalho do Agente de Pesquisas e Mapeamento será de 40 horas semanais (oito horas diárias). O contratado receberá auxílio-alimentação e auxílio-transporte, assim como terá direito a férias e ao 13º salário. A escolaridade mínima exigida é o ensino médio concluído. Há outros pré-requisitos detalhados no edital, onde também podem ser encontrados os conteúdos programáticos das provas, que serão compostas por questões de múltipla escolha. Há 235 vagas reservadas a pessoas portadoras de deficiência em todo o Brasil. O candidato portador de deficiência deverá verificar se há este tipo de vaga no município ao qual deseja concorrer.

* NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE A POSIÇÃO OFICIAL DO GOVERNO EM RELAÇÃO A GREVE DA UERN.

Secretário vê motivação política para a manutenção de greve na UERN

A manchete acima corresponde a matéria publicada sábado 27 de agosto de 2011 no Jornal de Fato (ver texto completo no link: http://www.defato.com/politica.php). Através dela, o porta voz oficial do governo do Estado, Secretário de Administração José Anselmo de Carvalho, provavelmente orientado pela Governadora Rosalba Ciarlini, acusa a greve da UERN de está sendo conduzida por interesses político-partidários. Vejam na íntegra o que afirma o secretário: "O que surpreende é a questão da rejeição das propostas que o governo faz e, por isso, não descarto que (a greve) tenha influências partidárias (...) As suspeitas de ingerência partidária se devem ao fato da maioria dos militantes sindicais estarem ligados a partidos políticos que tendem a apresentar candidatos nas próximas eleições municipais. Como a UERN é sediada em Mossoró, o objetivo seria beneficiar nomes ligados ao PT e ao PSB”.

Antes que tudo, inicialmente fazemos os seguintes esclarecimentos:
1.  O Comando de Greve dos Professores é suprapartidário, ou seja, nele encontram-se professores filiados ao PT, PCdoB e PMDB. Não identificamos nenhum membro filiado ao PSB, pelos menos ninguém se manifestou enquanto tal; também não sondamos essa possibilidade e muito menos investigamos a vida política partidária de nenhum membro. É necessário reter que a maioria de seus membros não tem nenhuma filiação partidária. Alguns até já manifestaram ter votado em Rosalba Ciarlini para o governo do Estado;

2.  A Assembléia Geral dos Professores é a instância que delibera o início e o fim da greve. Cada membro do Comando tem apenas um voto na Assembléia Geral.
 
3.  Sobre nossas reivindicações, esclarecemos que, o que estamos reivindicando do ponto de vista salarial (23,98%) é um direito que a categoria conquistou através de seu Plano de Cargos e Salário de 1989. Imbuído de nossa responsabilidade institucional, nossa pauta de reivindicações também inclui: descontingenciamento do orçamento da UERN; suplementação de verbas, autonomia financeira, entre outros;

4.  Em relação ao movimento paredista, o Governo só se manifestou oficialmente com aproximadamente 20 dias de greve, mesmo assim de forma vazia, tendo em vista que propôs que a greve fosse suspensa uma vez que só em setembro de 2011 o governo teria possibilidade de atender as reivindicações;

5.  Em seguida, com aproximadamente 50 dias de greve o governo propôs a possibilidade de aumento para 2011 de 3% “se o limite prudencial do Estado não for um elemento impeditivo”;

6.  Finalmente, com 70 dias de greve o governo do Estado propôs oficialmente o escalonamento dos 23,98% reivindicado até 2014;

7.  A ADUERN comandou diversas greves nos três últimos governos estaduais: Garibaldi Filho, Wilma de Faria e Rosalba Ciarlini. Vale ressaltar que desses três governos foi a Governadora Vilma de Faria quem mais atendeu as reivindicações salariais dos professores, chegando em 07 anos de governo a aproximadamente 110% de aumento para a categoria. Vale acrescentar também, que mesmo assim foi no governo Wilma de Faria que mais aconteceram greves na UERN. Isto é uma prova inconteste que a greve não é partidária, mas move-se por interesses estritamente institucionais;

Dizer que a categoria sistematicamente recusou as propostas do governo não condiz com a verdade, afinal, pelo exposto só com 70 dias de greve foi que o executivo estadual fez uma proposta concreta e discutível. Diante desta, abrindo mão da pauta original, a categoria de professores aceitou os prazos e os índices propostos pelo executivo estadual na certeza e com a convicção de que estava contribuindo para resolver o impasse. Nossa resposta ao governo incorporava sua proposição e acrescentava aos índices sugeridos os percentuais correspondentes a variação da inflação acumulada no período como forma de não impor perdas salariais à categoria ao longo dos próximos anos. Ressalte-se que no início do processo de negociação, membros do governo já haviam sinalizado positivamente com a possibilidade de atender o percentual apresentado, corrigindo os índices sugeridos, assim como acrescentado dos resíduos inflacionários que porventura existissem. Neste aspecto, foi o governo quem recuou de sua proposta.

Ainda sobre a ampla pauta de reivindicações da greve, em diversas ocasiões o Governo Estadual se comprometeu em descontingenciar os recursos financeiros da UERN. Entretanto, até este momento a liberação dos recursos não foi efetivada. Quem se nega a negociar?

Na verdade, o Secretário Anselmo Carvalho na medida em que acusa o movimento paredista de partidarismo tenta rebaixar e desqualificar o debate. Porque ao invés de se deter e opinar sobre a pauta de reivindicações da categoria, que é a motivação maior da greve, faz ilações especulativas em torno de intenções que só existem em sua mente, porque os fatos reais não correspondem às suas supostas afirmações.

Também é preciso reter, que em diversas ocasiões a governadora Rosalba Ciarlini acusou o movimento paredista de ser partidário, uma vez “que no governo de Wilma de Faria a categoria aceitou um escalonamento de três anos, mas no governo dela esta mesma categoria não se dispõe a aceitar o mesmo escalonamento”. Aqui cabe um esclarecimento crucial: em primeiro lugar no governo Wilma de Faria nós aceitamos um escalonamento de três anos para o correspondente a 64% e não para 27% em três anos como propõe a governadora Rosalba Ciarlini. Em segundo lugar, em 2007, ano do acordo com a Governadora Wilma de Faria, a inflação não chegava a 2% ao ano. Em 2011 a inflação pode chegar a um patamar de 6,5%, com projeções para 2012, 2013 e 2014 de 21% de inflação acumulada.

As insinuações provocativas do secretário têm como objetivo central escamotear as reais intenções do governo para com a UERN. Aqui cabe uma pergunta fundamental: Por que o governo contingenciou os recursos financeiros da instituição? Esta medida tem motivação política ou é de outra natureza? Por fim, diante de fatos tão incontestáveis, a conclusão isenta, ilibada e imparcial sobre o histórico deste movimento paredista, é que quem “esticou a corda da greve” foi o Governo Estadual.

Prof. Flaubert Fernandes Torquato Lopes
Presidente da ADUERN

Prof. Carlos Alberto Nascimento de Andrade
Membro do Comando de Greve dos Professores da UERN

* TRE-RN julga amanhã pedido de impugnação contra criação do PSD.

O juiz eleitoral Fábio Holanda revelou que apresentará amanhã (30) seu voto sobre o pedido de impugnação do registro do PSD no Rio Grande do Norte. A ação, movida pelo PTD e pelo presidente nacional do DEM, senador José Agripino, tem como base denúncias de suposta clonagem de atas para formalização dos diretórios da nova legenda em quatro cidades potiguares.

Na última quinta-feira (25), a Procuradoria Regional Eleitoral no Rio Grande do Norte (PRE-RN) emitiu parecer favorável ao pedido de registro do Partido Social Democrático (PSD) no Estado. Após análise dos documentos que compõem o pedido, o procurador Ronaldo Sérgio Chaves Fernandes opinou pela improcedência das impugnações apresentadas pelo DEM e pelo PTB.

O presidente regional do futuro partido é o vice-governador Robinson Faria. De acordo com a PRE-RN, o pedido de registro foi “formalmente instruído com os requisitos exigidos pela legislação”. O parecer ressalta que, além de demonstrar o cumprimento dos preceitos legais, foi apresentado e comprovado o apoio mínimo de 20.581 eleitores dentro do Estado, quando bastavam 1.878 assinaturas (que corresponde a 0,1% do eleitorado potiguar).

* IV Congresso da Juventude Batista Caraubense.

* Energia do Posto de Saúde da comunidade de Mariana foi ligada.

Na semana passada devido a um problema logístico, o fornecimento da energia elétrica, do Posto de Saúde da comunidade de Mariana/Caraúbas foi desativado. Ao saber dessa problemática a administração "Nossa Força é Nosso Povo" entrou em contato com o escritório local da COSERN e no último final de semana o fornecimento foi reativado.

Nesse mesmo sentido, a adutora da comunidade também teve seu fornecimento de energia suspenso a municipalidade tomou as mesmas providências e parte do problema já foi resolvido e a sua totalidade será solucionado nos próximos dias.

A admintração Ademar Ferreira reitera que os fornecimentos de energia tanto no posto de saúde quanto na adutora, não se deu por falha da municipalidade e sim por um serviço, mal coordenado, do órgão emissor da energia, assim sendo o governismo local afirma que está em dia com os referidos pagamentos de suas  contas.

* Escola Maria Sílvia vai escolher os mais belos estudantes 2011.

A Escola Estadual Maria Sílvia, localizada no Bairro Leandro Bezerra/Caraúbas, vai realizar no próximo mês de setembro, a escolha dos mais belos estudantes 2011. Nesse sentido os prepativos já estão acontecendo e a escolha do mais belo e mais bela do Maria Sílvia promete mobilizar toda sociedade do bairro Leandro Bezerra.
 Candidatos...
Candidatas...

* Classificação do Brasileirão 2011.

Pos Time Var PG J V E D GP GC SG %
1 Corinthians 0 37 19 11 4 4 30 18 12 64
2 Flamengo 0 36 19 9 9 1 33 21 12 63
3 São Paulo 0 35 19 10 5 4 30 23 7 61
4 Vasco 0 35 19 10 5 4 26 21 5 61
5 Botafogo 0 34 19 10 4 5 29 19 10 59
6 Palmeiras 0 32 19 8 8 3 25 14 11 56
7 Cruzeiro 4 27 19 8 3 8 26 20 6 47
8 Internacional -1 27 19 7 6 6 28 24 4 47
9 Coritiba 1 26 19 7 5 7 32 24 8 45
10 Figueirense -2 26 19 7 5 7 21 24 -3 45
11 Fluminense -2 25 19 8 1 10 22 22 0 43
12 Atlético-GO 0 25 19 7 4 8 22 21 1 43
13 Ceará 0 25 19 7 4 8 27 28 -1 43
14 Santos 0 22 18 6 4 8 23 28 -5 40
15 Grêmio 1 21 18 5 6 7 18 23 -5 38
16 Bahia -1 20 19 4 8 7 21 27 -6 35
17 Atlético-PR 0 18 19 4 6 9 20 28 -8 31
18 Avaí 1 17 19 4 5 10 21 40 -19 29
19 Atlético-MG -1 15 19 4 3 12 24 38 -14 26
20 América-MG 0 13 19 2 7 10 22 37 -15 22

* Confira os resultados dos jogos da 19ª Rodada do Brasileirão 2011.

Coritiba/PR 1 x 1 Atlético/PR

O jogo aconteceu em Curitiba/PR.

América/MG 1 x 2 Atlético/GO

O jogo aconteceu em Sete Lagoas/MG.

Fluminense/RJ 1 x 2 Botafogo/RJ

O jogo aconteceu no Rio de Janeiro/RJ.
Jogos que aconteceram no domingo(28) pela 19ª rodada do Brasileirão 2011:

Palmeiras/SP 2 x 1 Corinthians/SP

O jogo aconteceu em P. Prudente/SP. O jogo acabou com vitória do verdão, apesar disso o Corinthians continua líder do Brasileirão 2011 com 37 pontos.

Santos/SP 1 x 1 São Paulo/SP

Neymar foi destaque na partida, o craque jogou com muita garra. O jogo aconteceu em Santos/SP e acabou em empate.

Flamengo/RJ 0 x 0 Vasco/RJ

O jogo aconteceu no Rio de Janeiro/RJ, partida no Engenhão acabou em empate. O Flamengo segue em 2º na tabela, com 36 pontos segue na cola do Corinthians.

Grêmio/RS 2 x 1 Internacional/RS

O jogo aconteceu em Porto Alegre/RS.

Ceará/CE 3 x 0 Bahia/BA

O jogo aconteceu em Fortaleza/CE.

Atlético/MG 0 x 1 Cruzeiro/MG

O jogo aconteceu em Sete Lagoas/MG.

Figueirense/SC 0 x 0 Avaí/SC

O jogo aconteceu em Florianópolis/SC.

* Ministério da Educação gasta quase R$ 100 mil por dia com eventos.

Segundo o portal R7, o Ministério da Educação, do pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo Fernando Haddad, gastou em média R$ 97 mil por dia com a organização de eventos desde 2009, quando criou o Comitê de Eventos, que centralizou esse tipo de custo.

A beneficiada dos valores gastos, que chegam a R$ 94 milhões, é a FJ Produções, empresa alvo de inquérito civil público no Ministério Público Federal e de operação da Polícia Civil do Distrito Federal por suspeita de superfaturamento e corrupção. Desde 2009, a FJ Produções ganhou dois pregões eletrônicos para organizar seminários, fóruns e oficinas do Ministério da Educação, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) e da Capes.

De acordo com dados do sistema de execução orçamentária do governo, no ano passado foram R$ 50 milhões para a realização dos eventos. O valor torna a FJ Produções a empresa que mais recebeu recursos da Subsecretaria de Assuntos Administrativos da pasta, que teve um total de despesas de R$ 164 milhões. Entre os eventos pagos pela pasta de Haddad, está a inauguração do campus de Catalão da Universidade Federal de Goiás no dia 19 de setembro de 2010, em plena corrida eleitoral pela Presidência da República. 

O ministério pagou R$ 120.403 a FJ Produções por uma cerimônia que não ocorreu. Segundo a pasta, estava prevista a visita do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que desmarcou o encontro. Os serviços contratados, no entanto, tiveram de ser pagos a empresa, alegou o ministério.

* Acidente entre carro e caminhonete mata mulher de 94 anos na RN-117.

Um acidente no início da tarde deste domingo na RN-117 vitimou uma mulher de 94 anos. A colisão envolvendo uma caminhonete S-10 e um carro tipo Gol ocorreu próximo a cidade de Governador Dix-Sept Rosado.

De acordo com as primeiras informações da polícia, a vítima fatal foi Luzia Nogueira da Silva, de 94 anos, passageira de um dos veículos. Ela ainda chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

* Um homem, quatro mulheres e mais de 50 filhos.

Uma família que foge totalmente dos padrões tradicionais é uma das curiosidades do município de Campo Grande, região Oeste do Rio Grande do Norte. Essa é a história de um viúvo que se casou com uma jovem, com quem teve 17 filhos, simultaneamente manteve um relacionamento com a cunhada com quem também teve 15 filhos, e ainda se relacionou com a sogra com quem teve mais um filho. Uma trajetória, no mínimo exótica, porém, verdadeira e muito particular, podendo até mesmo se inédita no Brasil.
 
A família Oliveira Silva é formada por Luiz Costa de Oliveira, 90 anos, (chefe da família), Maria Francisca da Silva, 64 anos (esposa), Ozelita Francisca da Silva, 58 anos, (irmã de Maria Francisca – cunhada de Luiz) e Francisca Maria da Silva, 89 anos, (mãe de Maria Francisca e Ozelita – sogra de Luiz).
 
Os detalhes de como essa família foi formada, foram contados pelos próprios integrantes durante o contato com a equipe de reportagem da GAZETA DO OESTE. No começo da entrevista, após ser informado sobre o que seria o tema da conversa, a primeira frase dita por Luiz Costa foi: “A coisa que Deus fez mais bem feito no mundo foi mulher”. Demonstrando muita descontração e sem qualquer sinal de inibição, Luiz começou a contar a trajetória de vida que inclui um casamento oficial com uma mulher que ele identificou apenas como Francisca, com quem teve 17 filhos e ficou viúvo, e os relacionamentos com as irmãs Silva e a sogra que renderam a ele mais 35 filhos, 100 netos e 30 bisnetos.