domingo, 16 de outubro de 2011

* Confira as dezenas sorteadas da Mega-Sena neste sábado.

A Caixa Econômica Federal divulgou na noite deste sábado (15) as seis dezenas sorteadas pelo concurso 1.328 da Mega-Sena. O sorteio aconteceu em Chapecó (SC).

Confira os números sorteados:  10 - 23 - 27 - 43 - 53 - 59

O prêmio principal, de R$ 45.390.782,32, saiu para apenas um bilhete, cuja aposta foi registrada no Piauí. A quina saiu para 213 apostadores, que vão receber R$ 16.945,58; e a quadra, para 14.179, que receberão R$ 363,65.

Estimativa de prêmio para o próximo concurso, que será soretado na próxima quarta-feira (19), é de R$ 2 milhões.

* III Forró da Lamparina!

* "Rosalba Ciarlini se esconde", declara ex-governadora Wilma de Faria.

Pré-candidata à prefeitura de Natal, a ex-governadora Wilma de Faria, presidente estadual do PSB, disse, em entrevista ao Poti/Diário de Natal, que está aberta para conversar com o PSD, do vice-governador Robinson Faria, com vistas ao pleito do próximo ano. A pessebista comentou as articulações do governo para enfraquecer o partido de Robinson. "Ficou claro que houve uma ordem geral do governo para impedir o fortalecimento do partido do vice-governador", afirmou.
 
A ex-governadora comentou também a falta de posição da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) diante dos problemas do governo. "Nos momentos de dificuldade, você não pode ser dissimulado. Você não pode se esconder. Tem que encarar a realidade e enfrentar o povo, de forma transparente, explicando o porquê de todas as decisões. Esse posicionamento não está acontecendo por parte da governadora", avaliou. Ela ainda disse que está disposta a receber o apoio da prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV), nas eleições do próximo ano, apesar de julgá-la incompetente.

* Reforma política também não sairá para o pleito de 2014.

A reforma política tão defendida pelos parlamentares não deverá ser implantada nem mesmo no pleito de 2014. O líder do PMDB na Câmara dos Deputados, deputado federal Henrique Eduardo Alves, admite que a proposta em curso é do vice-presidente Michel Temer para fazer um plebiscito no pleito de 2014. Com isso, apenas em 2018 as mudanças, eleitas em 2014, seriam feitas.

“Você não pode mudar as regras do jogo para uma eleição que se avizinha, 2012 ou 20-14, de forma radical porque vai ferir interesses de partidos, atingirá horizontes legítimos de partido. Temos que caminhar num processo gradual. A reforma hoje está na estaca zero, vamos tentar um grande esforço. Já há uma proposta nascendo do vice-presidente Michel Temer de que já que não há um consenso, não se consegue maioria sólida que aprove reforma com mudanças constitucionais, duradouras, possa fazer um plebiscito para que o povo possa opinar. Isso aconteceria através de questionário que iria junto com a eleição de 2014, já que 2012 está muito em cima e até lá nada mudará”, disse o deputado Henrique Eduardo em entrevista publicada hoje na TRIBUNA DO NORTE.

* Líder do PMDB considera natural reeleição da governadora Rosalba.

O líder do PMDB na Câmara dos Deputados, o deputado federal Henrique Eduardo Alves, considerou “natural” a candidatura da governadora Rosalba Ciarlini a reeleição.

Em entrevista a TRIBUNA DO NORTE, publicada hoje, o deputado confirmou a intenção da aliança DEM-PMDB em 2014. “Mas é natural, com o processo da reeleição, a governadora Rosalba, fazendo um bom governo que espero que fará, seu processo de recondução. Se estamos nessa base integralmente, ajudando seu governo, ajudando a acertar, a fazer acontecer, é natural seu processo de reeleição. Esse seria indiscutível já que estamos ajudando o governo. Não teria sentido ajudar agora e depois em 2014 ir para outro caminho. A reeleição da governadora é natural. Mas qualquer outro processo de candidatura passará a época por uma reunião de aliados, composição visando o que for mais justo”, comentou.

* CAICs: sem função definida, destruídos e abandonados.

De longe, eles chamam atenção. O teto dos ginásios em formato de "v" invertido e a faixada que lembra uma colmeia se destacam entre as demais construções. Os prédios largos com dois andares compõe o visual imponente. Porém, basta um olhar mais de perto, para constatar que a maioria dos Centros de Atenção Integrada à Criança (CAICs) existentes no Rio Grande do Norte precisa de reparos, reformas e até mesmo construções para continuar de pé. Pixações, infiltrações, pisos e paredes quebrados são alguns dos problemas enfrentados por alunos e professores.

No Estado, existem 14 unidades de CAICs que foram construídos pelo Governo Federal no período de 1993 a 1994. Em 2003, a então governadora Wilma de Faria solicitou a transferência para o patrimônio do Estado. Até hoje, alguns processos não foram finalizados e o CAIC de Caraúbas, por exemplo, está completamente abandonado e destruído. Das demais unidades, apenas uma - localizada no bairro Planalto, em Natal - pertence à prefeitura da capital.

Os problemas se espalham em todas as unidades onde funcionam escolas estaduais que geralmente oferecem o Ensino de Jovens e Adultos (Eja). No CAIC de Assu, onde funcionava a Escola Estadual Poeta Renato Caldas, foi preciso a intervenção do Corpo de Bombeiros. Desde junho, o prédio está fechado pois não há condições de uso. O risco de desabamento das estruturas de ferro e concreto, além da falta de material de prevenção contra incêndio foram os motivos para a interdição do local. A escola funciona em outro prédio alugado.