segunda-feira, 17 de outubro de 2011

* Rosalba Ciarlini volta dos Estados Unidos e reassume o Governo do Estado.

A governadora Rosalba Ciarlini desembarcou no final da manhã desta segunda-feira (17) no Aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim. Cerca de doze secretários estaduais e parte do assessorado da chefe do executivo estadual foram recebê-la.

A governadora Rosalba Ciarlini foi recepcionada pelo governador em exercício, Robinson Faria. Após um breve diálogo, Rosalba reassumiu a titularidade do Governo do Estado assinando o livro de registro e transferência de cargo.
A governadora Rosalba Ciarlini desembarcou no final da manhã desta segunda-feira em Natal após viagem, à serviço do Estado, para os EUA
Rosalba desembarcou hoje em Natal.

* Servidores do IDEMA encerram greve.

Em assembleia realizada na manhã desta segunda-feira (17), na sede do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA), os servidores do órgão decidiram pelo fim da greve na instituição. A decisão foi tomada através de votação, na qual todos os grevistas foram favoráveis ao fim do movimento.

Em reunião ocorrida na última sexta-feira (14), o presidente da Associação dos Servidores do IDEMA (ASSIDEMA), José Campelo e um grupo de funcionários já haviam comunicado que encerrariam a paralisação nesta segunda-feira, após a votação em assembléia. "Nós estamos atendendo o apelo do diretor geral e por respeito a todos os servidores", informou Campelo. O retorno ao trabalho ocorreu porque a categoria entende que em razão da Lei de Responsabilidade Fiscal, o Governo do Estado fica impossibilitado de atender o pleito que motivou a greve.

"Reconhecemos como legítima a greve dos servidores, mas nesse momento o Governo Estadual não pode atender às reivindicações em função da Lei de Responsabilidade Fiscal. Recebemos um voto de confiança desses servidores pois nos comprometemos a buscar, em um futuro próximo, o atendimento às reivindicações junto ao Governo do Estado". Explicou o diretor técnico do IDEMA, Jamir Fernandes.

* Previdência autorizará quinta-feira novo concurso público.

O ministro da Previdência Garibaldi Filho confirmou que o novo concurso público será autorizado na próxima quinta-feira. Segundo o ministro, o processo do concurso está agora sob análise da consultoria jurídica do Ministério do Planejamento. Após concluída essa análise ele será encaminhado para assinatura da ministra Miriam Belchior, a quem cabe dar a autorização.

O novo concurso para o órgão terá 2,5 mil vagas; sendo duas mil para técnico previdenciário; 500 para perito médico; e 200 para convocação de assistentes sociais aprovados no concurso realizado em 2009.

O processo seletivo deverá ser realizado este ano e a previsão é de que os novos servidores possam ser empossados a partir de março de 2012. A contratação da empresa promotora do concurso será efetivada apenas depois que a autorização formal do Ministério do Planejamento para a realização do certame estiver publicada no Diário Oficial da União.

O objetivo do concurso é preencher as vagas que serão abertas nas novas agências do Plano de Expansão da Rede de Atendimento (PEX) e para substituir os servidores remanejados para as agências que estão sendo inauguradas.

* Por falta de professores, Estado é condenado a pagar multa de R$ 60 mil/dia.

As escolas da rede estadual em Alexandria enfrentam problemas desde 2004 por falta de professores em várias disciplinas, sem que o governo do Estado resolva a questão.

E o Estado não resolve nem por determinação da Justiça. Desrespeita. Ignora. Faz ouvido de Mercador enquanto estudantes do ensino médio e funtamental ficam no prejuízo.

Em Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público Estadual 2005, a justiça determinou que o Estado contratasse os professores necessários imediatamente.

E fixou uma multa de R$ 10 mil/dia caso o Estado descumprisse a determinação.

O Governo do Estado fez ouvido de mercador, não contratou e não pagou multa. Em 2011 a população fez abaixo assinado cobrando providências da Justiça ao Ministério Público.

O promotor de Justiça Sidarta John acionou a Justiça, pedindo aumento da multa de R$ 10 mil/dia para R$ 100 mil/dia e que esta multa fosse paga pelo gestor e não pelo Estado.
Retrato do Oeste.

* Bairro Leandro Bezerra vem recebendo uma boa atenção da administração Ademar Ferreira.

Desde que assumiu a administração do nosso município, o prefeito Ademar Ferreira (PMDB) vem desenvolvendo inúmeras melhorias no Bairro Leandro Bezerra. Essas conquistas vão desde pavimentações até a construção de um posto de saúde.

A administração "Nossa Força é Nosso Povo" vem procurando melhorar a vida da população em todo município, e no tocante ao bairro mais populoso da cidade as ações acontecem desde os primeiros meses da gestão Ademar Ferreira.
 CRAS...
 Pavimentações nas proximidades do EX-CAIC...
 Rua Pedro Câmara com nova infra-estrutura...
 No passado essas ruas eram totalmente abandonadas.
 Posto de Saúde que irá beneficiar também o conjunto Maria Bandeira.
Praça da Benjamin Constant...
Além dessas obras a municipalidade local ainda realizou uma reforma na Escola Municipal Jonas Gurgel, ampliando as sua parte física e melhorando o ensino na unidade, "Ainda é preciso fazer muito pelo Leandro Bezerra, porém desde que assumimos a administração estamos buscando melhorar a vida do nosso povo, calçamos várias ruas, estamos construindo um posto de saúde, o CRAS, reformamos o Jonas Gurgel, estamos construindo a praça  da Benjamin Constant, fora o atendimento natural que é realizado diariamente pelas equipes da prefeitura, já realizamos muito e ainda vamos fazer muito mais, vem aí a Creche Modelo, novas pavimentações e em breve casas populares, estamos fazendo em todo o município um grande trabalho e nos próximos meses muito mais vai chegar à Caraúbas" comentou o prefeito Ademar Ferreira.

* Pará faz plebiscito para decidir se país terá mais dois estados.

O Brasil poderá passar a ser formado por mais dois estados em pouco mais de dois meses. No próximo dia 11 de dezembro, os eleitores paraenses irão às urnas para decidir se concordam em dividir o estado em três. Caso a maioria do eleitorado vote pela divisão, o Pará, hoje com área de 1.247.689 quilômetros quadrados, ficará com 17% desse território, Carajás, ao sul do estado, com 35%, e Tapajós, localizado a oeste, com 58%.

Aprovados este ano pelo Congresso Nacional, os decretos legislativos que convocam o plebiscito estabelecem que o futuro estado do Carajás poderá ser composto por 39 municípios, tendo Marabá como capital, e população estimada em 1,6 milhão de habitantes. Já o estado de Tapajós, poderá ter 27 cidades, tendo Santarém como capital, e população em cerca de 1,2 milhão de habitantes.

O Pará, que pode ficar com 17% do seu atual território, seria composto por 78 municípios, e com população de 4,6 milhões de habitantes, sendo que a cidade de Belém continuaria sendo a capital. Segundo cálculos feitos pelas frentes pró-divisão, o Novo Pará ficaria com aproximadamente 56% do Produto Interno Bruto (PIB) do estado, Carajás com 33% das riquezas e Tapajós com 11% do que é atualmente produzido no estado.

* Servidores da rede estadual de ensino realizam assembléia...

Os servidores da rede estadual de ensino realizam assembleia hoje (17), a partir das 8h30, no auditório do Sinte/RN. Na pauta, a greve pela implantação do plano de carreira da categoria.

A reunião aconteceria no Colégio Estadual Winston Churchill, mas a direção daquela unidade enviou ofício ao Sinte desautorizando a realização de assembléia geral no seu auditório. Segundo o documento, a assembleia prejudicaria os alunos, tendo em vista o atraso do ano letivo.
Robson Pires.