sábado, 31 de dezembro de 2011

* Feliz Ano Novo...

Blog do João MarcolinoMeus queridos leitores, um feliz ano novo!

Esse ano foi um ano de muitos desafios e esse espaço foi um deles, porém graças a DEUS e a  todos vocês que gostam, criticam, que não gostam, que elogiam, enfim graças a todos (a), conseguimos está entre os mais lidos e respeitados, assim a todos o meu muito obrigado que em 2012, possamos continuar essa parceria diária.

Para todos e todas um grande 2012 com paz, amor, fé, sabedoria, e ...tudo que for necessário para uma vida feliz.

feliz-ano-novo-2012-1321895523

* Confira as dezenas da Mega da Virada sorteadas neste sábado.

A Caixa Econômica Federal (CEF) divulgou, por volta das 20h30 deste sábado (31), com transmissão ao vivo pela TV aberta, as seis dezenas sorteadas para a Mega da Virada.
 
O valor total do prêmio estimado pela Caixa é de R$ 177,6 milhões.

Confira as dezenas sorteadas:
 
04 - 36 - 29 - 55- 45- 03

* Feliz Ano Novo...

* Mensagem do Prefeito Ademar Ferreira.

* Onaldo Gurgel vem buscando viabilizar seu projeto político.

O empresário Onaldo Gurgel (PP) vem trabalhando para viabilizar o seu projeto de disputar o municipalidade caraubense.

Onaldo Gurgel vem mantendo contatos com algumas lideranças caraubense e através da sua mãe, Dona Maria Antônia, até já vez um convite para um Edil do PR local para ocupar a vaga de vice.

É aguardar...
Onaldo Gurgel realizou Natal para as crinças da região de Mariana/Caraúbas.
Imagem: Língua de vaca em foco.

* Feliz ano bissexto!

E lá se vai 2011! Finalmente chegamos a 2012, com festa, mais promessas e desejos de que seja um ano melhor que 2011. Melhor, ninguém sabe, mas maior, com certeza!

O ano de 2012 será um ano bissexto, que é um ano com 366 dias, um dia a mais que os anos comuns. Mas, por que isso acontece?

A motivação é astronômica. Aliás, a construção de calendários é uma das mais antigas atividades astronômicas. Introduzir um dia a mais em determinados anos faz com que o ano terrestre continue compatível com o ano astronômico. É assim.

A Terra completa uma órbita em torno do Sol em 365 dias, 5 horas e 48 minutos aproximadamente, o chamado ano solar.

Então, em um ano com 365 dias, a Terra não fecha uma órbita completa, ainda faltam quase 6 horas para isso acontecer. Isso significa que logo no primeiro dia do ano seguinte, em um determinado horário, a Terra estará 6 horas “atrasada” em sua trajetória no espaço em relação ao mesmo evento do ano anterior. A cada quatro anos, esse atraso soma quase um dia.

Como consequência, a cada quatro anos um evento estará um dia defasado deste mesmo evento há quatro anos atrás. Por exemplo, o início das estações: o outono no hemisfério sul seria “comemorado” no dia 21 de março, mas se deixássemos de corrigir esse efeito por, digamos  100 anos, o equinócio astronômico ocorreria somente lá pelo meio de abril!

* Governo do Estado investiu 6,2% do total previsto para 2011.

Uma ficção. É como se pode definir o Orçamento do Estado, que termina o ano com 80% executado. O resto não existiu apenas no texto aprovado às pressas pela Assembleia Legislativa em 2010.

Em 2011, mais do que nunca, se contou com os ovos antes que a galinha os pusesse. As receitas do Estado foram superestimadas em R$ 9,4 bilhões; R$ 7,5 bi foram efetivamente arrecadados.

A maior frustração foram as receitas de capital, as destinadas a investimentos. Orçadas em quase R$ 1,4 bilhão, se traduziram em ínfimos R$ 137 milhões, dos quais R$ 87 milhões foram efetivamente aplicados em investimentos para a população. Ou seja, apenas 6,2% do previsto foi executado.

A capacidade de investimento do Rio Grande do Norte orbita em torno de R$ 300 milhões, de um orçamento que virtualmente tangencia os R$ 9 bi, mas na prática não sai da casa dos R$ 7 bi, considerando as receitas arrecadadas.

Nos ultimos dez anos, o Estado esteve sete vezes além dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal, incluindo este ano. Metade das receitas do RN (R$ 3,5 bi) são destinados à folha de pagamento de pessoal.

* Feliz Ano Novo...

Recados : Mensagem de ano novo para amiga

* Vereador Novinho Praxedes coloca o nome a disposição do grupo para disputar prefeitura de Caraúbas.

No apagar das luzes do ano de 2011, surge novidades no cenário político local, trata-se do vereador Novinho Praxedes (PMDB), o mesmo colocou o seu nome a disposição do sistema situacionista local, para vim compor a chapa majoritária, inclusive na condição de prefeito, "Respeito o prefeito Ademar Ferreira e sei que ele é o nome natural para disputar a reeleição, da mesma forma respeito o empresário Júnior Praxedes, entretanto como parte integrante do governo municipal, coloco o meu nome a disposição para formação da chapa majoritária, inclusive na condição de candidato a prefeito se assim for necessário" frisou Novinho.

Novinho Praxedes está no seu primeiro mandato de vereador e é um dos destaques dessa legislatura, o mesmo tem uma boa aceitação na situação e o seu nome não pode e nem deve ser descartado em uma possível chapa situacionista. Para muitos a vaga de vice é dada como certa caso os Alves não venham indicar o nome do vereador Juninho Alves.

É aguardar...
Vereador Novinho Praxedes vem se destacando na apresentação de requerimentos importantes para o 
desenvolvimento do município de Caraúbas.

* 'Não sou tratada como aliada por Rosalba', diz Micarla de Sousa.

Ao fazer o balanço da sua administração referente a 2011, em entrevista ao Jornal do Dia, da TV Ponta Negra, nessa sexta-feira (30), a prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV), fez críticas à postura da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) referente à sua administração. "O deputado federal Henrique Eduardo (PMDB), que aderiu ao governo neste ano, é visto como aliado. Já eu, que apoiei a candidatura de Rosalba no ano passado não sou mais tratada como aliada".

De acordo com Micarla, Rosalba Ciarlini não cumpriu com os compromissos assumidos em campanha. "Eu fiz uma grande aposta ao apoiar a candidatura de Rosalba. Passei dois anos, durante os governos Wilma de Faria (PSB) e Iberê Ferreira (PSB), sem contar com apoio nenhum. Esperava que no governo Rosalba fosse diferente. Mas, neste primeiro ano, ela não conseguiu cumprir com os compromissos assumidos com Natal. Espero que no ano que vem ela possa firmar parcerias".

Questionada sobre o isolamento político ao qual sua gestão foi submetida, Micarla creditou o abandono dos partidosque a elegeram ao fato de ela não ter sobrenome político. Mesmo assim, a prefeita agradeceu os apoios do senador José Agripino (DEM), do vice-governador Robinson Faria (PSD) e do deputado federal João Maia (PR), que hoje são adversários.

Mais uma vez, a prefeita se negou a falar sobre as eleições de 2012. A candidatura dela à reeleição continua uma incógnita. Sobre a relação com a presidente Dilma Rousseff (PT), a prefeita disse que encontrou na petista uma amiga e parceira da sua gestão.