quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

* RN lidera denúncias contra pedofilia.

O Rio Grande do Norte foi o Estado com o maior índice de denúncias contra pedofolia nos últimos sete anos. Os dados são Da Secretaria de Direitos Humanos. De acordo com os números, o Estado registrou quase 600 mil denúncias no primeiro semestre de 2010.

O índice de mensuração do RN foi de 19,31 ligações para cada grupo de 100 mil habitantes. O Distrito Federal (12,95) e a Bahia (11,22) aparecem em segundo e terceiro lugar, respectivamente. Em todo o Brasil, foram 2,4 milhões de ligações contra pedófilos.

As denúncias contra esse ou outro tipo de crime podem ser feitas ao Disque 100.

* Deputados divergem sobre a mensagem anual da governadora.

Os deputados estaduais divergiram sobre a mensagem anual da governadora Rosalba Ciarlini, lida ontem no plenário do Legislativo. Enquanto os governistas enalteceram o tom de otimismo da chefe do Executivo, os oposicionistas avaliaram que o discurso “não teve conteúdo”.

O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Getúlio Rego (DEM), elogiou a mensagem e disse acreditar em um ano muito melhor para o Estado potiguar. “Ela (a governadora) sinalizou claramente para a retomada dos investimentos no Estado, afim de melhorar o serviço ofertado a população, principalmente nos setores mais estratégicos, como saúde, educação e segurança pública”, disse.

Ele ressaltou o anúncio da governadora investimentos para dinamizar a economia do Estado e gerar justiça social. “Estou otimista e acho que será um ano muito melhor do que 2011”, completou.

Já a deputada estadual Márcia Maia (PSB) fez críticas duras à governadora Rosalba Ciarlini. “Foi uma mensagem muito superficial, sem conteúdo, poucas metas e elas (as metas) são de exclusividade do Governo Federal”, disse.

A parlamentar do PSB afirmou estar decepcionada: “esperava uma mensagem com mais conteúdo, principalmente diante do caos que estamos vivendo na segurança pública, educação e investimento no Rio Grande do Norte”. Márcia Maia observou que esperava uma mensagem de otimismo “mas que tivesse conteúdo e políticas públicas capazes de fazer acontecer”.

* Aí mata: Governo não tem prazo para retornar gratificações e a implantação do plano de cargos.

A governadora Rosalba Ciarini admitiu que o Governo não tem prazo para começar a implantar os planos de cargos e retomar as gratificações.

Ontem a tarde ela concedeu a seguinte entrevista a TRIBUNA DO NORTE:

Ao chegar para a sua leitura anual na Assembleia, a senhora se deparou com o protesto de servidores cobrando a implantação do Plano de Cargos Carreiras e Salários. O que a senhora tem a dizer para esses servidores?

Que a vontade de implantar é muito grande, nós precisamos é ter os meios, as condições. Claro, que se tivessem (os meios) já teriam sido implantados. Não foram implantados (os planos) porque não houve meios. Encontrei o Estado em situação financeira de muitas dificuldades. Estamos vendo isso com muita seriedade, mas com muita vontade de poder atender. Ano passado estive reunida com os sindicatos, queremos manter essa mesa de negociação, onde a própria governadora, com secretários e representantes do sindicato, estaremos de forma muito transparente mostrando a eles a evolução da receita. Temos que continuar no rumo certo de cumprir a lei de responsabilidade fiscal. A proporção que a receita for crescendo e a gente vá melhorando nosso potencial, aí poderemos avançar. Temos o compromisso já para julho da polícia militar. Não vou ficar prometendo nada de forma irresponsável. Irei dentro da realidade sentar com eles (os servidores). Tudo que for possível nós vamos fazer.

E sobre as gratificações? Seus auxiliares chegaram a anunciar que elas (as gratificações seriam retomadas em fevereiro) o que não ocorreu.

Está sendo analisado pela administração para ver como é possível retomar esse benefício aos servidores.