segunda-feira, 9 de abril de 2012

* Reduz números de acidentes nas rodovias do Estado durante feriadão.

A Polícia Rodoviária Federal divulgou esta manhã (09), um balanço parcial das ocorrências registradas durante o feriadão da Semana Santa nas rodovias federais que cortam o Estado.

De acordo com o chefe do Núcleo de Comunicação Social da PRF, inspetor Morais, as ações preventivas na semana anterior ao feriadão garantiram uma redução no número de acidentes, feridos e mortos, se comparados ao mesmo período do ano passado.

O número de acidentes nas rodovias reduziu de 57, em 2011, para 54 este ano, e ainda que estatisticamente represente uma pequena redução, garantiu uma redução de mais de 50% no número de mortos nas estradas. Este ano foram duas mortes contra cinco no ano passado.

Outra redução foi no número de feridos, que caiu de 34 para 30. Ainda segundo o inspetor foram realizados 419 testes com bafômetros e 39 condutores autuados por estarem dirigindo sob efeito de álcool. Destes, 19 foram levados para delegacias para serem autuados por embriaguez ao volante.

* Mudanças na secretaria de ação social...

Caraúbas já conta com uma nova secretária municipal de assistência social, trata-se da assistente social Isabel Mota.

A ex-secretária Josilene Bezerra saiu da pasta para ser candidata ao legislativo local.

* Emparn confirma que 60% do inverno previsto já foi embora do Rio Grande do Norte.

As previsões são as piores para a quadra chuvosa deste ano no Rio Grande do Norte. Em entrevista à Rádio Caicó AM, o meteorologista Gilmar Bristot, da Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (EMPARN), disse que 60% do inverno previsto já foi embora, e que as esperanças estão voltadas para o mês de abril, que de acordo com ele, é o segundo mês mais chuvoso do ano na região Nordeste. Ele justifica a ausência de chuvas pela existência de um “bloqueio” em alto nível no mês de março, impossibilitando a formação das chuvas, mesmo com todas as condições normais dos oceanos.

A massa de ar quente em todo o Nordeste impediu a formação de nuvens mais profundas, até se formavam, o tempo fechava, mas como as nuvens não conseguiam crescer, as chuvas eram fracas. Até para os experientes profissionais da Emparn, o quadro foi desolador.

Ninguém estava esperando uma situação tão intensa, provocando uma estiagem tão pesada em toda região semi-árida do Nordeste. As chuvas estão voltando na região sul do Ceará. Tivemos boas chuvas ontem no oeste da Paraíba e esperamos que durante esta semana, nós tenhamos a chegada de chuvas mais significativas para as regiões oeste e central do RN, já que a central é a mais castigada com a estiagem”, explicou Bristot. Para Gilmar Bristot, se não chover consideravelmente até o final de abril, é quase impossível que para mais adiante, as chuvas sejam intensas na região, e ele não tem dúvida de que, o principal prejudicado será o homem do campo. 

Nós estávamos esperando um ano difícil, com chuvas mal distribuídas, mas não dessa forma. A situação é critica em todo o Nordeste. É um problema para o governo federal chegar junto com a comunidade rural, porque sabemos que o primeiro semestre é de produtor de recursos naturais, e o segundo semestre, é de consumidor estes recursos. Este ano, não temos muito o que consumir, já que a produção está sendo baixa. Você imagina como será o segundo semestre”, finalizou.

* DEM caraubense cada dia mais próximo do palanque situacionista...

O DEM caraubense está cada dia mais próximo do palanque situacionista.

Já não bastasse a ligação política entre os Ferreiras e os Rosados Democratas, as informações dão conta que os Ferreiras estão se aproximando politicamente do Senador José Agripino, presidente do DEM nacional.

Isso mesmo Agripino pode ser mais um reforço para o palanque situacionista local.

É aguardar...

* Política rasteira em Caraúbas...

Não sei nem se posso chamar essa atitude de uma "Atitude política", refiro-me a uma carta que está rolando na cidade, com um teor extremamente rasteiro, isso mesmo um teor rasteiro.

Apesar de não ser, hoje, um dos meus maiores afetos e vice e versa, quero aqui lamentar a tentativa de macular a imagem de um cidadão que, ao meu ver se não fez o bem, o mal muito menos.

Acredito na política da troca de ideias, debates, defesa e oposição de ambas as partes, não de ataques pessoais, de tentar manchar a honra do cidadão, principalmente em se tratando de uma correspondência anônima, quero mais uma vez repudiar essa atitude covarde que está sendo feita em Caraúbas.

* PT revê exigências do PSB e já admite desistir de candidaturas próprias em quatro cidades, inclusive Mossoró.

O Partido dos Trabalhadores começa a temer o isolamento de Fernando Haddad na campanha para prefeito de São Paulo. A maior mostra disso é que a direção nacional do PT decidiu ceder espaço ao PSB nas eleições de até três capitais e quatro municípios estratégicos em troca de apoio antecipado da sigla ao ex-ministro. Os petistas podem desistir de candidatura própria e se aliar aos socialistas em cidades como Boa Vista (RR), Cuiabá (MT), Franca (SP), Mossoró (RN) e Duque de Caxias (RJ).

A informação foi veiculada hoje na Agência Estado. “A direção petista realizou um “check-up” de suas candidaturas nas 118 capitais e cidades com mais de 150 mil eleitores – apelidadas de “joias da coroa”. O partido quer identificar locais onde candidaturas próprias ainda não ganharam corpo e podem ser abandonadas em favor do PSB.

O PT está mais disposto a ceder nas Regiões Norte e Nordeste. Em Boa Vista, o partido pode desistir da candidatura da senadora Ângela Portela para apoiar Maria Helena Veronese (PSB). Os petistas também dão como certo o apoio à deputada estadual socialista Larissa Rosado, em Mossoró (RN).”, diz um dos trechos da reportagem.

* Muita política na semana santa...

O feriado da semana santa foi uma prévia das eleições 2012, muitos pré candidatos, lideranças, articuladores entre outros aproveitaram o feriadão para colocar o time em campo.

Vários foram os destinos, começou a caça as lideranças regionais do nosso município...

* Prefeitos precisam sancionar aumentos para funcionalismo até 10 de abril.

Segundo a legislação eleitoral, a partir desta terça-feira (10), a 180 dias do pleito, se encerra o prazo para que as direções nacionais de partidos políticos, caso haja omissão no estatuto, publiquem no Diário Oficial da União, as normas para escolha, substituição de candidatos e formação de coligações.

A partir do dia 10 de abril não será possível, de acordo com a Lei nº 9.504/1997, art. 73, VIII e Resolução nº 22.252/2006, fazer revisão da remuneração de servidor público, com aumentos que excedam a recomposição de perdas salariais ao longo deste ano.