domingo, 6 de maio de 2012

* Bom fim de noite...

* Robinson diz que Carlos Augusto Rosado já governa.

"A indicação de Carlos Augusto apenas vai oficializar o que ele já faz do terraço de sua casa que é administrar o governo do RN" A frase do vice-governador, Robinson Faria, presidente estadual do PSD, que esteve em Mossoró na última semana participando do encontro regional do partido revela seu pensamento sobre o atual governo.

Robinson diz que o ex-deputado Carlos Augusto Rosado, marido da governadora, Rosalba Ciarlini (DEM), já é de fato quem governo o Rio Grande do Norte e diante disso não seria nenhuma novidade para ele a indicação do marido de Rosalba como chefe de gabinete do governo.

Além disso, Robinson disse que o governo de Rosalba Ciarlini aparece como uma 'nau desgovernada, que não tem rumo político nem administrativo'. Para Robinson a única preocupação do atual governo é fazer politicagem com vista a assegurar apoio a reeleição de Rosalba em 2014. "O atual governo não existe.

* Juninho Alves nega que a mulher venha ser vice da situação.

Em conversa agora pouco com o vereador Juninho Alves (Sem partido), o mesmo negou que a sua mulher venha ser a vice da situação, Juninho ressaltou que essa possibilidade não foi discutida. 

Os rumores começaram após um encontro entre Juninho e Ademus Ferreira, no domingo passado no Balneário Olho D'água do Milho.

Questionado se eles (Os Alves), iria indicar o vice da situação, Juninho disse que não existe nada definido nesse sentido.

É aguardar, agora muita das vezes onde a fumaça a fogo...
Juninho negou indicação do nome da mulher para vice da situação.

* François Hollande declara vitória em eleição presidencial na França.

O candidato socialista François Hollande declarou vitória nas eleições presidenciais deste domingo (06) na França, depois de Nicolas Sarkozy, atual presidente francês, ter reconhecido a derrota no pleito. "Neste 6 de maio, os franceses escolheram a mudança para me levar à presidência", disse Hollande durante discurso para apoiadores.

"Prometo ser o presidente de todos. Há apenas uma França, uma nação, unida para o mesmo destino. Todos na França terão os mesmos direitos e as mesmas obrigações”, afirmou Hollande, que disse sentir profunda gratidão por todos que votaram nele. A chanceler alemã, Angela Merkel, já ligou para Hollande para parabenizá-lo pela vitória.

"Hoje, responsável pelo futuro do nosso país, estou ciente de que toda a Europa nos observa. Na hora em que o resultado foi anunciado, tive a certeza que em diversos países europeus houve um sentimento de alívio e de esperança, de que, por fim, a austeridade não deve ser mais uma fatalidade", disse Hollande, que acrescentou que o país deve enfrentar muitos desafios difíceis.
  Hollande comemora, ao lado da mulher Valerie Trierweiler, sua vitória nas eleições presidenciais francesas (Foto: Regis Duvignau/Reuters) 
Hollande comemora vitória ao lado da mulher Valerie Trierweiler.

* Planalto desconfia de aliados compondo conselho político de Rosalba.

O Planalto não viu com bons olhos a nomeação do ministro Garabaldi Alves (Previdência) e do líder do PMDB na Câmara, deputado Henrique Alves para o Conselho Político da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), informa Cláudio Humberto, em sua coluna de hoje.

"O PMDB assumiu o comando político do Rio Grande do Norte em dobradinha com o DEM do senador José Agripino (RN), inimigo a ferro e fogo do lulismo e da presidente Dilma", cita o jornalista.

Henrique, a propósito, se reuniu nesta semana com a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, que anunciou que o partido indicará o sucessor de Jorge Zelada na diretoria internacional da Petrobras.

Foi uma tentativa de acalmar o partido, que ameaçava se vingar do governo na CPI do Cachoeira caso perdesse o cargo. Mas a calma não durou muito, já que no dia seguinte à reunião, o partido soube que a diretoria perdeu poderes e orçamento. Justamente por não ter importância, será a única ocupada por políticos.

* Educação no RN vive caos com a falta de aplicação de recursos.

A coluna Ponteio destaca que a falta de prestação de contas, despesas não comprovadas ou deficiência comprobatória das despesas, plano de aplicação dos recursos não empregados na remuneração do magistério.

Parece um carimbo, mas é a fotografia ampliada dos balancetes do Fundef analisados diariamente por técnicos, auditores e, no pleno, a cada semana apreciados pelos conselheiros do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte.

Não importa a região nem o tamanho da Prefeitura, o quadro é assustador.

A crise no ensino público fundamental pode até ter origem na falta de mais recursos, de boa estrutura dos estabelecimentos de ensino e ausência ou qualificação de professores, mas os municípios brasileiros não aplicam corretamente o pouco que é repassado.

Em tempo: as cópias dos processos também são encaminhadas pelos Tribunais de Contas ao Ministério Público para apuração de possíveis práticas de atos de improbidade administrativa e/ou ilícitos penais.

* Confira a capa da playboy da Renatinha...

 (Divulgação)

* Licenças ambientais em xeque.

Atingir a harmonia entre os interesses econômicos e a legislação ambiental não é uma missão das mais fáceis. Tentando colocar em prática a ideia de desenvolvimento sustentável, cabe aos órgãos ambientais a análise e emissão de toda uma variedade de licenciamentos para uma infinidade de atividades. Com uma estrutura ínfima se comparada ao tamanho da demanda que chega sem parar, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN (Idema) se vira como pode.
 
Responsável por conceder licenças ambientais em nível estadual e para a maioria dos municípios potiguares, incapacitados de executar o serviço, o órgão está hoje sufocado. Por outro lado, uma parcela de empreendedores mostra despreparo para atender as exigências. Assim se forma a bola de neve dos licenciamentos. Atualmente, quase 1.200 pedidos de licenciamento foram abertos apenas este ano.

* Rosalba nega que vá indicar o esposo para o Gabinete Civil.

A governadora Rosalba Ciarlini não nega a possibilidade de nomear o ex-deputado estadual, e seu marido, Carlos Augusto Rosado como chefe do Gabinete Civil do Governo do Estado. Questionada durante a assinatura da ordem de serviço para construção do Terminal de Passageiros do Porto de Natal, Rosalba não deu uma resposta definitiva para o assunto, que foi taxado de especulação. “Especula-se. Mas eu só acho uma coisa interessante. Se  fosse um governador, homem, ninguém achava nada demais que a sua esposa lhe ajudasse, que a sua esposa fosse secretária, na área social ou qualquer outra. A mulher pode ter auxiliares sim, mas não estou dizendo que ele vai ser ou vai deixar de ser”, disse Rosalba Ciarlini.

Rosalba taxou de preconceituosas as críticas contra a participação, seja oficial ou nos bastidores, de Carlos Augusto Rosado. Para a governadora, essas críticas tem como motivação principal o fato de ser uma mulher a responsável pelo Governo do Estado. “Por que com a mulher há preconceito? Que conversa é essa? É preciso acabar com esse preconceito. Não é possível: por que é mulher tem que ser diferente?”, disse, acrescentando que se fosse um governador não seria visto com nenhuma estranheza uma possível “ajuda” na administração por parte de sua esposa.

Além disso, a governadora ressaltou que a “parceria” com Carlos Augusto é fruto de uma relação de cumplicidade. “Quarenta e quatro anos de convivência, graças a Deus, que eu tenho que agradecer a Deus por ter um casamento há 44 anos. Isso significa que além da convivência existe amizade, cumplicidade, uma série de coisas”, falou. Uma suposta influência do marido da governadora já foi motivo para várias especulações e polêmicas.

* Édson Morais está tentando viabilizar seu nome para vice prefeito situacionista.

O vereador Édson Morais (PTB), está buscando viabilizar o seu nome para compor a chapa situacionista na condição de vice prefeito, o mesmo tem o respaldo do seu partido, em nível local e estadual e está articulando alguns políticos para fortalecer seu projeto.

Além de algumas lideranças da região da várzea, Pelé com é mais conhecido abriu diálogo com o grupo do parlamentar Assis Batista (PMDB) e com os ex prefeitos Luciano Cruz e Junior Gurgel.

Pelé é contrário a chapa puro sangue, com isso está com o time na rua, para que isso não venha acontecer.
Pelé está se articulando para ser o vice da situação.

* Zé preto admite conversa com Eni Praxedes mas nega apoio...

O ex-vereador Zé Preto admitiu que já manteve contado com o pré candidato Eni Praxedes (PMDB), que existe a possibilidade de um apoio a candidatura do postulante ao legislativo, entretanto negou que o apoio esteja fechado.

O ex-vereador disse que ainda manterá outras conversas, inclusive com o próprio Eni, e após essas conversas, aí sim tomará sua decisão.

Zé Preto confirmou o seu apoio a candidatura situacionista no campo majoritário.
ZEEZé preto negou que esteja fechado com Eni Praxedes.

* A crise na Saúde...

Diminui neste fim de semana a crise na Saúde do Rio Grande do Norte como um todo? Em Mossoró? Em Ceará-Mirim? Em Natal? Especificamente no Hospital Walfredo Gurgel? No Hospital Varela Santiago? No Santa Catarina? Onde melhorou? No Walfredo Gurgel, diminui ao menos uma padiola nos corredores? Morreu menos gente? Os médicos tiveram seus salários resolvidos colocados a níveis justos, tranquilizadores? E os enfermeiros? E o pessoal de apoio? Enfim, o que foi feito pela Saúde?

Ah, falta verba? Como falta verba? Por que o Governo, pela sua líder, a governadora Rosalba Ciarlini, não assume, perante a sociedade norte-riograndense, a verdade dos fatos? Quanto o Orçamento do Estado capitula à Saúde para este ano corrente da falta de Graça de 2012? Quanto o Governo Federal manda por mês através do SUS? O Governo do Estado está em dia com as transferências de verbas mensais previstas para a Saúde? Quanto já transferiu em janeiro, fevereiro, março e abril, inclusive no dia 1º de abril, bombado em nome da mentira? Todo o previsto no orçamento? Olhe...

Dispensada a colaboração que deve existir por parte específica da Prefeitura de Natal? A Prefeitura não tira nem o lixo das ruas onde estão os hospitais. Por que o Governo não denuncia o que todos os natalenses veem? Está esperando pelas alianças políticas? Enquanto estas alianças não são feitas e declaradas, os corredores do Walfredo Gurgel devem continuar superlotados, com mais doentes do lado de fora à espera (sem desejar, felizmente) que os que estão nos corredores morram (que horror!) ou, por um milagre, escapem graças à dedicação quase religiosa dos médicos, enfermeiros e pessoal de apoio?

Governar não é fácil? Quem foi que disse que era fácil? Quem foi que disse que, mesmo sendo difícil, iria resolver todos os problemas, não apenas os da Saúde, mas todos os demais da competência do Governo do Estado? O médico Domício Arruda dedicou-se com sacrifício pessoal e profissional. É homem do bem e de bem. Teve apoio no Governo? Com a sua exoneração está resolvida a crise na Saúde?...

Até agora está revelado apenas que o secretário adjunto é uma mossoroense ilustre, esposa de um secretário, também mossoroense, não menos ilustre. Não há mais risco de nova reportagem no "Jornal Nacional" da Rede Globo, mostrando o que todo o mundo sabe pela mídia local?

São muitas as perguntas sem respostas que a gente colhe nas ruas, em toda parte, que só não ficarão perdidas se o vestibular, em véspera de extinção, com morte prevista, aproveitar alguma vaga nas macas dos corredores do Walfredo Gurgel. Perguntas que precisam de uma reflexão e uma resposta da governadora e médica Rosalba Ciarlini.

O quadro sempre foi assim? Mas ela prometeu mudar.
Agnelo Alves.

* Documentos autorizavam pagamentos a laranjas.

Há cerca de 400 documentos que autorizam pagamentos de precatórios a laranjas assinados pelos ex-presidentes do Tribunal de Justiça Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro. O levantamento feito pelo Banco do Brasil, que está sendo enviado para a comissão interna do Tribunal de Justiça do RN, chegou a esse número até o presente momento. A quantidade de cheques e ofícios pode superar esse número até o fim da inspeção nos precatórios, que deve acontecer em 10 dias. A reportagem da TRIBUNA DO NORTE tentou contato com a comissão, mas nenhuma informação foi repassada por orientação do Conselho Nacional de Justiça.

Até o momento a comissão identificou pouco mais de R$ 14 milhões em desvios. Já não se tem a expectativa de que a quantidade de dinheiro desviado chegue a R$ 20 milhões. De acordo com informações, o trabalho deve ser concluído em cerca de 10 dias. A comissão interna do TJ foi instituída no dia 10 de janeiro desse ano. O último relatório, a exemplo dos anteriores, será remetido ao Conselho Nacional de Justiça, ao Superior Tribunal de Justiça e ao Ministério Público Estadual.