segunda-feira, 14 de maio de 2012

* Paulo Brasil e Celcivan conversando bem cedo...

No início da manhã de hoje (14), o pré candidato a municipalidade local Paulo Brasil (PR), se reuniu com o empresário Celcivan Gurgel, marido da médica Velúzia Gurgel.

De acordo com as informações a conversa foi na casa do empresário.

O PR local está querendo uma definição por parte da médica Velúzia Gurgel, em ser ou não candidata.

Além da definição, os republicanos querem um espaço na chapa majoritária, espaço esse hoje negado pela cúpula do PT local.

* Ferreira se reuniu com Eugênio e Juninho...

Na manhã de hoje (14), na sede da Banda Saia Rodada, aconteceu uma reunião entre os irmãos Alves e Ferreira Jr. 

O teor da conversa não foi revelado entretanto se aproximando a reta final para as definições políticas, com certeza a pauta principal, não foi a final do campeonato carioca, e sim política caraubense.

Ferreira Jr. ainda articula a presença física dos Alves no palanque da situação, inclusive com espaço na chapa majoritária.

* Disputa eleitoral em Jucurutu poderá ter candidato único.

Em entrevista do Grande Jornal da Rural, nesta segunda-feira (14), o deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) confirmou que vem buscando o entendimento com o seu irmão-prefeito de Jucurutu, Junior Queiroz, no sentido de apoiar a chapa George Queiroz e Paula Lopes.  “Júnior deve anunciar a sua posição nos próximos dias, mas quero dizer que as conversas estão avançadas”, disse Nelter ao elogiar a gestão municipal.

E no último sábado (12), Nelter confirmou que teve um encontro com o médico Jares Queiroz (PMN), que procurava viabilizar seu projeto de pré-candidatura a prefeito do município. “Foi uma conversa muito aberta e Jares deve anunciar a desistência para apoiar George e Paula, em torno da união do povo de Jucurutu. Isso deve acontecer a qualquer momento”, concluiu o deputado, que acredita numa candidatura única em Jucurutu.

* Dilma anuncia programa social para famílias com crianças de até 6 anos.

A presidente Dilma Rousseff anunciou na noite de ontem (13), em pronunciamento exibido em rede nacional de rádio e televisão, um novo programa social que será voltado para famílias com crianças de 0 a 6 anos.

O Brasil Carinhoso prevê que todas as famílias com pelo menos uma criança nessa faixa etária tenham renda mínima de R$ 70 por integrante. Ou seja, famílias que já recebem o Bolsa Família mas não atingem renda per capita de R$ 70 terão um complemento no benefício para deixar a situação de pobreza absoluta.

O governo considera como extremamente pobres, miseráveis ou na pobreza absoluta as famílias cuja renda mensal por pessoa é inferior a R$ 70.

"É uma ampliação e um reforço muito importante ao Bolsa Família", disse Dilma sobre o Brasil Carinhoso, anunciado em homenagem ao Dia das Mães. "O Brasil Carinhoso faz parte do grande programa Brasil Sem Miséria que estamos desenvolvendo, com sucesso, em todo território nacional e será a mais importante ação de combate à pobreza absoluta na primeira infância já lançada no nosso país", afirmou a presidente.
A presidente DIlma Rousseff durante o pronunciamento do Dia das Mães (Foto: Reprodução / TV Globo) 
A presidente DIlma Rousseff durante o pronunciamento do Dia das Mães .

* Apenas candidatos podem responder processo por compra de votos.

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral ratificou a jurisprudência de que penas candidatos são partes legítimas para responder processo por compra de votos.

A presidente do TSE, ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, destacou que esse crime está previsto no artigo 41-A da Lei das Eleições (Lei 9.504/97) e que as hipóteses elencadas pela norma descrevem ações que ocorrem entre o candidato e o eleitor: doar, oferecer, prometer ou entregar bem ou vantagem a pessoa com a finalidade de obter o seu voto. Dessa forma, a lei estabelece como sanção a aplicação de multa ou cassação do registro ou diploma do candidato que tenha se beneficiado da irregularidade. Essa sanção, portanto, não pode ser aplicada a um terceiro envolvido em acusação de compra de votos.

Para a ministra, a jurisprudência do TSE vem se alinhando com a interpretação segundo a qual se uma terceira pessoa, em nome do candidato, pratica a compra de votos, poderá responder por abuso de poder econômico ou corrupção, mas não por captação ilícita de sufrágio prevista na Lei das Eleições.

* Federação de Agricultores do RN promoverá mobilização esta semana.

Na próxima quinta-feira, a partir das 8h, acontecerá a caminhada promovida pela Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do RN (FETRAF-RN), com o objetivo de chamar a atenção da sociedade acerca dos problemas que os pequenos agricultores enfrentam.

Os quase dois mil agricultores e agricultoras, vindos de 50 cidades do RN, caminharão da Central de Comercialização da Agricultura Familiar, na esquina das Avenidas Jaguarari e Mor Gouveia, até a Governadoria, em uma movimentação que faz parte da XIII Jornada de Lutas da Agricultura Familiar.
Eles reivindicam medidas de convivência com a estiagem e de apoio à produção e comercialização agrícola. Para alcançar os objetivos encaminharam na última segunda-feira (7) à governadora Rosalba Ciarlini a pauta de reivindicações e a solicitação para a realização de uma audiência com ela no dia na mobilização. Eles reivindicam principalmente medidas de convivência com a estiagem e de apoio à produção e comercialização agrícola.

Para amenizar os problemas com a estiagem eles solicitam o abastecimento imediato de 45 mil caixas d’água do Programa 1 Milhão de Cisternas; 1.040 cisternas calçadão do Programa 1 Terra e 2 Águas; 500 caixas d’água do Programa PAIS, além da reestruturação e perfuração de 1.500 novos poços artesianos. Querem também que sejam criados comitês executivos paritários estaduais e municipais para a convivência com o semiárido, formados por representantes do governo e dos agricultores familiares.