quarta-feira, 23 de maio de 2012

* MEC anuncia mudanças para Enem 2012.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse hoje (22) que será apresentado amanhã os detalhes da edição de 2012 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Segundo Mercadante, serão anunciadas “mudanças” na prova, mas ele não quis adiantar os detalhes.

O edital com a data de aplicação do exame, os prazos de inscrição e todas as regras do certamente será publicado no Diário Oficial da União de sexta-feira (25).
No ano passado o Enem teve mais de 6 milhões de inscritos para as provas nos dias 22 e 23 de outubro. Desde 2009 o exame passou a ser utilizado por universidades públicas como critério de seleção em substituição aos vestibulares tradicionais.

O Enem também é pré-requisito para quem quer participar de programas de acesso ao ensino superior como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e as bolsas de estudo no exterior do Ciência sem Fronteira.

* Irmão de Wilma teria feito desvio para gravação de DVD do Cavaleiros do Forró.

O Ministério Público Estadual faz denúncia de improbidade administrativa e enriquecimento ilícito, desta vez, envolvendo o irmão de Wilma de Faria, Carlos Faria, que teria protagonizado desvio de recursos públicos para patrocinar o DVD ao vivo da Banda Cavaleiros do Forró.

Nesse novo caso de improbidade administrativa e enriquecimento ilícito estão sendo denunciados também o empresário da banda, Alex Padang, que hoje preside o clube de futebol América de Natal. Outros denunciados são os empresários Paulo César Galindo, que presidia a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), o empresário Fabiano Motta, que também é envolvido no caso Foliaduto e os funcionários da Secretaria de Turismo Roberto Batista de Paula e Carlos Farache Moura.

O processo tramita sob o número 0802811-45.2012.8.20.0001 e recai sobre enriquecimento ilícito e improbidade administrativa cometida pelos seis denunciados. O caso é mais um desdobramento do escândalo que ficou conhecido como Foliatur, esquema feito na Secretaria Estadual de Turismo, onde, a partir de verba para patrocínio, eram feitas licitações indevidas e repassadas para instituições “no modelo de convênio”.

* Para pensar...

A cigana leu o meu destino
Eu sonhei!
Bola de cristal
Jogo de búzios, cartomante
E eu sempre perguntei
O que será o amanhã?
Como vai ser o meu destino?
Já desfolhei o mal-me-quer
Primeiro amor de um menino...
E vai chegando o amanhecer
Leio a mensagem zodiacal
E o realejo diz
Que eu serei feliz
Sempre feliz...
Como será amanhã?
Responda quem puder
O que irá me acontecer?
O meu destino será
Como Deus quiser
Como será?...
Como será amanhã?
Responda quem puder
O que irá me acontecer?
O meu destino será
Como Deus quiser
Mas a cigana!...
A cigana leu o meu destino
Eu sonhei!
Bola de cristal
Jogo de búzios, cartomante
Eu sempre perguntei
O que será?
(O que será?)
O amanhã?
(O Amanhã?)
Como vai ser?
(Como vai ser?)
O meu destino?
Já desfolhei
(Já desfolhei!)
O mal-me-quer
(O mal-me-quer!)
Primeiro amor
(Primeiro amor!)
De um menino...
E vai chegando o amanhecer
Oh! Oh! Oh! Oh!
Leio a mensagem zodiacal
E o realejo diz
Que eu serei feliz
Sempre feliz...
Como será amanhã?
(Como será?)
Responda quem puder
O que irá me acontecer?
O meu destino será
Como Deus quiser
Como será?...

* CAPS realiza atividade de lazer com os pacientes‏.

A Secretaria Municipal de Saúde por meio do Centro de Atenção Psicossocial- CAPS realizou na última segunda-feira dia 21 um momento de lazer com os usuários na cidade de Tibau-RN. Estas atividades estão dentro do planejamento terapêutico proposto pelo CAPS, e das ações educativas propostas pela Secretaria Municipal de Saúde no mês de maio, onde foi proposto trabalhar a temática Saúde Mental.  Estes encontros visa proporcionar aos pacientes momentos mais descontraídos, valorizando as características culturais de cada um e aumentando o vínculo entre usuário e os profissionais de saúde, dando assim uma maior confiança entre os mesmos e traz ao paciente uma interação social e uma maior motivação para dar continuidade ao tratamento, visto que com estas ações os usuários ficam mais confiantes na metodologia proposta pelo CAPS.

Participou deste encontro usuários, familiares e funcionários do CAPS. Além desta ação, estão sendo realizadas outras ações na referida unidade de saúde, ações como palestras sobre diversos temas, caminhadas com educadores físicos, momentos de beleza, artesanato entre outras atividades. O CAPS está localizado na Rua Bevenuto Simões, centro de Caraúbas.
Brindes foram entregues.

* Estiagem anula produção agrícola no sertão potiguar.

Sem água, sem roçado. Assim está vivendo o homem do campo no semiárido potiguar. Este ano, as áreas cultiváveis do Rio Grande do Norte encolheram em 79,9% e a produção de grãos em relação às principais culturas - feijão, milho, sorgo, algodão, arroz, mandioca e mamona - pode ser 91,8% menor. Ou seja, a colheita se resume a 8,2% da safra de 2011, segundo dados do 8º Levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Os dados, levantados entre os dias 23 e 26 de abril, mostram que do total de 157,2 mil hectares cultiváveis, apenas 31,6 mil foram plantados em todo o Estado. O relatório da Conab alerta para a tendência de agravamento da situação, devido à permanente escassez de chuvas. Com a estiagem, os plantios ainda existentes estão se desenvolvendo com dificuldades.

* Próximos dias serão decisivos para os rumos políticos.

Com a cassação do prefeito Ademar Ferreira (PMDB), o cenário político local sofrerá uma alteração, por menor que seja, ou grande que seja.

Com a ascensão de Alcivan Viana (PMDB), ao cargo de prefeito municipal, caso os advogados de Ademar não consigam a sua manutenção do cargo, poderá trazer inúmeras surpresas na política local, inclusive na composição da chapa situacionista.

* Wilma desiste de candidatura e anuncia apoio a Carlos Eduardo.

Ao anunciar apoio à candidatura do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), a ex-governadora Wilma de Faria (PSB) disse, agora há pouco, na Assen, que seu gesto é em nome da união do grupo oposicionista.

“Eu nunca disse que era candidata. Esse desejo veio das ruas. Mas, tomei a decisão de apoiar Carlos Eduardo, em nome de um projeto maior, que é a união do nosso grupo para 2014”, declarou Wilma de Faria.
Vilma apoiará Carlos Eduardo.

* Seca castiga 500 mil pessoas na área rural do RN.

A falta de chuvas em parte da Região Nordeste já obrigou 139 cidades do Rio Grande do Norte a decretar situação de emergência, afetando, somente nas zonas rurais, a mais de 500 mil pessoas. Em alguns municípios do sertão potiguar, como Luís Gomes e Antônio Martins, apontados pelo governo estadual como dois exemplos de situação crítica, a estiagem já obriga muitas pessoas a percorrer longas distâncias em busca de água. O percurso, na maioria dos casos, é feito a pé, sob sol forte.

Moradores de várias localidades do Semiárido dependem de carros-pipa contratados pelo Exército para ter água potável, usada para beber e cozinhar. É o caso da zona rural de Lajes, cidade da região central, a cerca de 120 quilômetros da capital, Natal. Segundo o secretário de Comunicação e coordenador da Defesa Civil Municipal, Pedro Joventino Alves, a situação no município é caótica e já há quem preveja que até 50% do rebanho local poderão morrer por falta de água e comida.

“A situação é muito preocupante. Há um ano não chove na região e os reservatórios que abastecem a zona rural, onde vivem cerca de 2,5 mil pessoas, estão secos. Lá, o abastecimento é feito por meio de carros-pipa”, disse o secretário hoje (22) à Agência Brasil.

* NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE DOAÇÕES PARTIDÁRIAS DO PFL-RN EM 2006.

O então PFL - RN fez nas eleições de 2006 doações oficiais a todos os seus candidatos a deputado, conforme atesta relação em anexo da prestação de contas já aprovada pelo TRE-RN.

Dessas doações partidárias fazem parte três parcelas de R$ 20 mil (comprovadas pela cópia de recibos oficiais em anexo) repassadas ao então candidato a deputado estadual Salatiel de Souza.
Atenciosamente


Fátima Lapenda

Secretária Geral do Democratas-RN
Tesoureira do PFL em 2006.

* Gravações expõem bastidores de campanha de Rosalba em 2006.

Um conjunto de interceptações telefônicas produzido em 2006 em período eleitoral, e que agora veio à tona, expôs as engrenagens do funcionamento financeiro da campanha para o Senado da hoje governadora Rosalba Ciarlini (DEM). O material está sendo divulgado no blog do jornalista Daniel Dantas Lemos.

As interceptações integram investigação criminal do Ministério Público Estadual que apurou a atuação de um grupo de extermínio na região Oeste naquela época. Um dos telefones grampeados foi o de Galbi Saldanha, ligado ao grupo do Democratas. Galbi, viu-se mais tarde, não tinha envolvimento com o grupo investigado, mas o MP detectou movimentação eleitoral suspeita nas conversas que dele grampeou.

São 42 as interceptações originárias de Galbi Saldanha. Ele aparece conversando com o marido da governadora Rosalba Ciarlini, Carlos Augusto, com o senador José Agripino Maia e com outros interlocutores tratando de assuntos relacionados à movimentação financeira da campanha de Rosalba para o Senado em 2006.

As conversas já ganharam repercussão nacional. Em seu blog, o jornalista Cláudio Humberto repercutiu nota de José Agripino negando qualquer irregularidade. O conteúdo das conversas chegou a ser encaminhado à Procuradoria Geral da República, que arquivou o material por falta de substância. As conversas, contudo, expõem as articulações de bastidores eleitorais.

- Galbi, é só para saber se já tinha... se já deu a parcela dele... é... - começa o senador José Agripino

- A do menino, né? - Interpela Galbi Saldanha.

- Salatiel, isso - confirma Agripino.

- Ok. Eu falei com ele naquela mesma hora e tudo ok.

- Tá. Eu tava em Maceió, mas minha satisfação era ser cumprido logo aquilo que eu prometi.

O trecho acima é reprodução de uma conversar travada entre os interlocutores em 17 de setembro de 2006. No mesmo dia, Galbi Saldanha e Salatiel de Souza diálogo sobre apoios eleitorais:

- Eu tô ligando pra você... doutora Rosalba tem uma encomenda pra você. Aí essa encomenda vai ser venho pra ela via PFL, você tá me entendendo né? - Diz Galbi.

- Certo. - Confirma Salatiel, ao que Galbi continua:

- Tarcisinho tá autorizado de passar pra você essa encomenda. Como já veio pra ela, ela quer passar via PFL pra você.

A negociação está chancelada no TSE, que registra ter o comitê do então PFL transferido R$ 60 mil para Salatiel de Sousa.

Em outro trecho, Carlos Augusto comenta que vai transferir R$ 100 mil para a conta de campanha de Betinho Rosado, mas o que dinheiro não pertecence a ele, mas que apenas passará na conta dele. "Esse dinheiro é de Rosalba", destaca Carlos Augusto, que continua: "Quando entrar, a gente vê como volta para Rosalba".

As interceptações ainda flagram citações envolvendo montantes ao presidente da AL, Ricardo Motta e à deputada Gesane Marinho, o presidente da Câmara de Vereadores, Edivan Martins, e o ex-vereador Renado Dantas.

* Projeto para candidatura de ‘contas-sujas’ é aprovado pela Câmara.

Numa votação relâmpago, e de surpresa, pois não estava prevista na pauta original do dia, a Câmara aprovou ontem, com apoio de todos os partidos, projeto que permite aos políticos receberem o registro de suas candidaturas mesmo quando tiverem contas eleitorais desaprovadas — a chamada “conta-suja”.

A aprovação da proposta foi apresentada pelos próprios deputados, nos bastidores, como uma forma de pressionar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a rever resolução aprovada este ano que impede a concessão do registro de candidaturas para aqueles que tiveram prestações de contas de campanhas eleitorais anteriores reprovadas.

O projeto 3839/2012, do deputado Roberto Balestra (PP-GO) — aprovado com voto contrário apenas do PSOL — determina que a certidão de quitação eleitoral será dada aos candidatos que apresentarem à Justiça Eleitoral a prestação de contas da campanha anterior, conforme determina a lei, “ainda que as contas sejam desaprovadas”. O projeto tem que ser aprovado pelo Senado para virar lei.

* Seca: Prejuízo chega a R$ 12 bi no Nordeste.

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, estimou que os prejuízos para a agropecuária do Nordeste com a seca que afeta a região podem superar os R$ 12 bilhões. Ele afirmou que o governo federal tem tomado medidas para tentar minimizar as dificuldades enfrentadas “Nós tivemos severas perdas agrícolas e pecuárias e estamos estimando que a perda no PIB agropecuário do Nordeste brasileiro será superior a R$ 12 bilhões”, disse o ministro após participar de uma audiência na Câmara dos Deputados sobre a transposição do rio São Francisco.

De acordo com Bezerra, o temor é que a seca seja ainda mais rigorosa. “Os meteorologistas informam que essa deverá ser uma das mais severas secas dos últimos 40 anos. Estamos atentos e se novas medidas forem necessárias, o governo tomará”. O ministro destacou que o governo já tem contratados 2,6 mil carros-pipa atuando na região sob comando do Exército. Diz que está sendo oferecido milho a preço subsidiado para que pequenos produtores consigam alimentar seus rebanhos e reforça ser primordial movimentar a economia da região.

* Wilma oficializa hoje que não é candidata à Prefeitura.

A ex-governadora Wilma de Faria, presidente estadual do PSB, vai anunciar o apoio do partido a Carlos Eduardo Alves (PDT), pré-candidato à Prefeitura de Natal. A decisão foi tomada na última segunda-feira (21), comunicada definitivamente aos vereadores ontem, e será oficializada às 10h de hoje, no Clube Assen, na presença do ex-prefeito, cuja presença no evento peessebista já está confirmada. Com a aliança consumada, caberá ao PSB a indicação do vice na chapa encabeçada pelo PDT. Os nomes mais cotados são da vereadora Júlia Arruda (PSB) e do ex-secretário municipal de Obras, Damião Pita. Wilma de Faria retira a pré-candidatura em um momento estratégico. Com a família envolvida em denúncias de corrupção - e uma vasta repercussão na mídia -  preferiu recuar para, em 2014, disputar a Câmara Federal com o apoio de Carlos Eduardo, que poderá, à época, ser o prefeito da capital.

Antes de anunciar os rumos do partido para as eleições municipais, a ex-governadora conversou separadamente na segunda-feira com os vereadores Júlia Arruda, Júlio Protásio, Adenúbio Melo, Bispo Francisco de Assis e Franklin Capistrano. Já na ocasião ela  adiantou que o cenário mais interessante partidariamente falando era o de uma composição com PDT. O comunicado foi recebido distintamente pelos peessebistas, embora todos tenham acatado a resolução, ao final. "Essa é uma decisão partidária. Estamos juntos", enfatizou Capistrano.

O martelo já estava batido desde cedo, mas somente na noite de ontem os parlamentares retornaram à residência de Wilma de Faria para ouvi-la oficialmente sentenciar os rumos do partido para 2012. "Não achei uma boa notícia. Queria ela candidata. Mas é decisão da maioria, vou seguir", desabafou Bispo Francisco de Assis. O PSB natalense e Carlos Eduardo Alves se reencontram após rompimento em 2009, quando o ex-prefeito deixou a legenda sob o comando de Wilma de Faria para se filiar ao PDT. Peessebistas e pedetistas afirmam que a condição de opositores tanto no campo municipal como no estadual alinharam novamente a ambos. O vice-governador Robinson Faria também ajudou a impulsionar a consolidação da parceria.

* Agricultores cobram ações do governo.

A caravana de agricultores, vinculados à Federação dos Trabalhadores (Fetarn) e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (Fetraf) de municípios atingidos pela estiagem no Rio Grande do Norte saíram ontem da reunião do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural (Cetrus), realizada na sede da Emater, no Centro Administrativo, com apenas uma garantia: a Fetraf vai ganhar assento no Conselho já a partir da próxima reunião.

Durante o encontro, a Fetraf contestou o posicionamento assumido pelo Governo do Estado em relação à pauta de reivindicações dos trabalhadores apresentada à governadora Rosalba Ciarlini na reunião do dia 17 passado. A pauta possui 15 itens com dois eixos principais que são apoio à convivência com o semi-árido e estiagem e outro é o apoio à produção e comercialização da Agricultura Familiar (AF).

Eles criticam que, apesar do Governo do Estado ter recebido a pauta desde o dia 3 de maio, não trouxe para a reunião nenhuma proposta sistemática e documentada em relação às reivindicações. A exceção foi a Central de Comercialização que a governadora assumiu o compromisso de colocar em funcionamento a central no prazo de um mês.,