domingo, 19 de agosto de 2012

* Bom fim de noite...

* Situação dos presídios do RN é destaque na imprensa nacional.

A situação dos presídios do Rio Grande do Norte foi destaque no portal UOL nesse sábado (18). O portal UOL destacou o risco de ter todas as suas unidades prisionais interditadas no estado, segundo informações do juiz Henrique Baltazar, da Vara de Execuções Penais da Comarca da capital.

Segundo a reportagem, o juiz já determinou a interdição da Casa do Albergue e de um pavilhão do Presídio Estadual de Alcaçuz. Juízes de comarcas do interior do Estado relatam situação parecida.

"As principais justificativas para a interdição são superlotação e falta de infraestrutura nas unidades. No total, o Rio Grande do Norte possui um "inchaço" de aproximadamente três mil presos, segundo dado da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc)", diz a notícia.

* Produção de grãos no Semiárido nordestino diminui 80% por causa da seca.

A seca histórica que afeta o Semiárido nordestino provocou impactos diretos na produção agrícola da região. De acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a quebra na produção de grãos no Semiárido foi superior a 80%. Considerando toda a Região Nordeste, os prejuízos ficaram em torno de 22%, mas que foram amenizados pelos bons resultados das culturas de soja.

Com os impactos climáticos, a participação do Nordeste na produção nacional de grãos caiu, registrando 7,5%. “Seria bom que não tivesse perda no Nordeste. Em safras normais, como a do ano passado, a participação da região foi em torno de 10%”, disse Eledon Oliveira, técnico de avaliação de safra da Conab.

Apenas no Rio Grande do Norte, apesar da produção de feijão ser pequena, a quebra foi 89,6%, passando dos 33,7 mil toneladas para 3,5 mil toneladas nesta safra. Os produtores da Paraíba também perderam 89% do feijão e sentiram a diminuição da produção que, na última safra, chegou a 44,7 mil toneladas, e, nesta foi 4,9 mil toneladas.

* Oposição cresce os tons dos discursos e situação já prepara o revide...

Quem estava achando a campanha 2012 fria em Caraúbas, prepare-se pois, após a passeata de ontem (18), acompanhada pelos inflamados discursos lá proferidos, o bloco da situação já prepara o seu contra ataque

Logo após ser conhecedor da movimentação dos seus adversários o candidato Ademar Ferreira (PMDB), disparou "Esse filme eu já ví, e o final o povo sabe o qual é. Confiando em Deus e no meu povo a passeata deles, não sairá nem na foto em frente a nossa".

Quem também demonstrou total confiança foi o articulador-comandante Ferreira Júnior (PMDB), "Quero vê se a deles foi grande quando agente realizar a nossa", disse Ferreira.

A campanha deve tomar outro rumo, a partir de hoje, em Caraúbas.

Façam suas apostas! Será se aparece alguma!
Prepare-se para o contra ataque da situação caraubense.

* Grupo oposicionista mostra fôlego e realiza uma grande passeata.

Na noite de ontem (18), o bloco oposicionista liderado pelo ex prefeito Eugênio Alves, o vereador Juninho Alves e o candidato Paulo Brasil (PR), deram uma demonstração de força política ao levarem milhares de pessoas as ruas da cidade de Caraúbas.

O grupo de dividiu em várias frentes e se encontram no posto imperial, de lá saíram em passeata pelas principais ruas da cidade, em uma verdadeira multidão humana.

O comício se deu nas imediações do Clube Verdes Mares, e contou com a presença de Eugênio, Juninho, Dep. Getúlio Rego, Dep. João Maia, Senador José Agripino, todos os candidatos a vereador, lideranças e todo povão do 22, todos declaram apoio a Paulo Brasil e Elionaldo Benevides.
Concentração no Posto Imperial...
 Passeata...
 Comício...
 
 Eugênio demonstrou mais uma vez sua força...
 Paulo Brasil sai fortalecido...

* Ministério do Planejamento diz que proposta apresentada aos trabalhadores é o limite do governo.

O secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, disse ontem (18) que o reajuste de 15,8% apresentado para diversas categorias do funcionalismo público federal é o máximo que pode ser oferecido pelo governo. “Este é um parâmetro de negociação, o rebatimento deste parâmetro é diferenciado para as diversas carreiras, mas este é o nosso limite”, explicou.

Mendonça se reuniu ontem  com integrantes das carreiras do ciclo de gestão e do núcleo financeiro do governo, advogados públicos federais e representantes do Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (Sinagências) e da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef).

O secretário lembrou que o dia 31 de agosto é o prazo máximo para um acordo, para que o reajuste possa ser contemplado na proposta orçamentária do ano que vem. “Estamos otimistas, caminhando para a possibilidade de acordos até a semana que vem”.

Dia 17, o governo federal propôs reajuste de 15,8%, a ser pago até 2015, a 18 setores do serviço público federal. A mesma proposta foi apresentada nas reuniões de ontem.

* Betinho afirma que Henrique e Wilma já fizeram o mesmo que Benito Gama.

O secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca do Rio Grande do Norte, Betinho Rosado, um dos formuladores políticos do governo Rosalba Ciarlini (DEM), saiu em defesa do secretário Benito Gama, do Desenvolvimento Econômico, na manhã deste sábado. Em entrevista ao Jornal de Hoje, Betinho, que é cunhado da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), disse que a destituição de um diretório é um “ato extremo”, no entanto, comum entre os partidos políticos do RN e cita o PMDB, presidido pelo deputado Henrique Alves e o PSB, comandado pela ex-governadora Wilma de Faria, como exemplos de legendas que tomaram a mesma posição do PTB.

Indagado sobre o episódio de destituição do deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza (PTB) da presidência do diretório estadual do PTB, Betinho declarou: “Não tenho a menor ideia do que foi que houve. Agora, o que houve entendo como sendo um ato extremo, mas um ato comum dentro dos partidos. O PMDB já fez destituição de diretório, o PTB, sob a direção do deputado Ezequiel, fez destituições de diretórios municipais, o PSB de dona Wilma faz destituição de diretórios, portanto, todos os partidos fazem destituição de diretório, quando não há afinidade entre os diretórios estadual e municipal”.

A declaração de Betinho surge um dia após o presidente do diretório estadual do PMDB, deputado federal Henrique Eduardo Alves, afirmar que a destituição de Ezequiel foi uma “deslealdade e violência” dentro de um processo “mesquinho e desastroso”. Henrique afirmou não acreditar na participação da governadora Rosalba, embora Ezequiel tenha deixado claro que a governadora se reuniu com Roberto Jefferson (presidente nacional do PTB) para solicitar a adesão do PTB à candidatura de Claudia Regina (DEM) em Mossoró. “Eu sou do DEM e não tenho nenhuma opinião sobre isso (destituição). É para ser conversado com Benito e Rosalba, se for o caso”, disse Betinho à reportagem de O Jornal de Hoje.