sexta-feira, 19 de outubro de 2012

* Contrariado, Anderson Silva aceita fazer superluta contra Jon Jones no UFC.

A novela que envolve a superluta mais aguardada dos últimos tempos acaba de ganhar um novo capítulo. Depois de meses de negação tanto por parte de Anderson Silva como do americano Jon Jones, o lutador brasileiro acenou positivamente para o duelo pela primeira vez na última quinta-feira (18).

Em evento promocional de um de seus patrocinadores no Rio de Janeiro, o Spider afirmou que, caso o campeão dos meio-pesados (93 kg) aceitasse uma proposta milionária de Dana White, ele não teria como negar.

- Meu peso é 84kg, mas as pessoas falam tanto disso, e a gente é funcionário do UFC... É claro, posso falar que não quero, mas e se ele aceita a grana que o Dana oferecer? Vai ficar difícil. Já tenho o meu e não quero um título para deixar largado.
spider-bones-700
 A luta do século!

* Senadores devem votar novas regras do FPE até novembro.

O Senado pretende votar até o próximo dia 6 de novembro os novos critérios de distribuição do Fundo de Participação dos Estados (FPE). Os senadores querem cumprir esse prazo para que a Câmara dos Deputados tenha tempo de apreciar a matéria até 22 de dezembro, quando se inicia o recesso legislativo.

A estratégia dos parlamentares envolvidos no debate é criar um fato político por meio de uma proposta já definida que permita ao presidente do Congresso, José Sarney (PMDB-AP), solicitar ao STF um novo prazo de análise da matéria, caso não seja votada pela Câmara. No início de 2012, líderes partidários definiram a questão como prioritária, mas o tema não caminhou no Senado.

O Congresso está pressionado por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que declarou em 2010 a inconstitucionalidade da regra atual e deu prazo até o final deste ano para que o Poder Legislativo aprove uma nova lei complementar sobre o tema. Caso contrário, os repasses aos estados serão suspensos.

* Banco do Brasil abre concurso para Escriturário no RN e mais 14 Estados.

A partir das 10h desta sexta-feira, 19, estarão abertas as inscrições para a seleção externa 2012/2013 do Banco do Brasil S.A. (BB), para a formação de cadastro de reserva da Carreira Administrativa, no cargo de Escriturário.

Conforme consta em edital publicado no Diário Oficial da União, na presente data, as oportunidades, quando disponíveis, serão para atuar nos Estados do Acre, Amapá, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima e Sergipe, bem como parte dos Estados do Amazonas e de Santa Catarina.

Entre as vantagens apresentadas pela instituição financeira estão a remuneração de R$ 1.892,00, a possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente e possibilidade de participação em planos assistenciais e previdenciários complementares.

Os convocados atuarão na comercialização de produtos e serviços do Banco, atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários, entre outras atividades previstas, tudo em jornada semanal de 30h e contrato sob regime celetista.

De acordo com o BB, neste certame ficam asseguradas as admissões, conforme necessidade de provimento, dos candidatos classificados nas Seleções Externas 2011/001, 2011/002 e 2011/003 até o término de suas vigências (04/03/2013, 29/04/2013 e 28/09/2013, respectivamente).

Só podem concorrer à seleção profissionais que tenham concluído o ensino médio ou equivalente e que tenham idade mínima de 18 anos completos até a data da contratação.

A informação é de que os interessados terão de hoje, 19, até às 14h de 5 de novembro para garantir participação na concorrência, por meio do preenchimento de formulário no endereço eletrônico www.concursosfcc.com.br e/ou nos postos de inscrição credenciados pela organizadora (endereços no Anexo III do edital), das 9h às 12h e das 13h às 17h de segunda a sexta-feira.

* Eleição da Câmara na pauta...

O clima não está nada tranquilo, em se falando em presidência da Câmara de Caraúbas.

Assim como em outrora a definição do nome do futuro presidente da casa legislativa só teve ser decidido as vésperas da eleição.

Apesar do apoio de Ferreira a Novinho, existe alguns pró que podem vim a causar alguns frissons nesse sentido.

OBS: Apesar de ser consciente que todos os vereadores, suplentes, candidatos e apoiadores terem uma parcela bem significativa na vitória de Ademar Ferreira, o Edil Novinho Praxedes (PMDB) teve uma atuação diferenciada, desde o momento em que aceitou a indicação de Ivanildo, como vice, até o dia do pleito.

A eleição de Novinho para presidente é um reconhecimento por tudo que o mesmo fez pela campanha, entretanto cada um tem uma cabeça e pensa da forma que acha que deve pensar!

Assim é aguardar...

* Pesquisa aponta que prefeitos do RN tem o melhor índice de reeleição, quase 70% dos gestores conseguiram permanecer no cargo.

Pesquisa divulgada hoje pelo jornal Valor Econômico mostrou que o Rio Grande do Norte é o Estado brasileiro com o melhor índice de reeleição do país na análise das disputas municipais. Nas últimas quatro disputas municipais, a taxa de reeleição no recordista Estado potiguar foi em média de 71,7% .

A reportagem traz uma entrevista com o cientista político Antonio Spnielli. Ele  diz que uma característica dos municípios da região é a extrema pobreza e a dependência de recursos do governo. A situação é semelhante à das cidades do Norte e do Centro-Oeste. Mas a incapacidade de realizar obras e benfeitorias seria compensada pelos prefeitos com a prática generalizada do clientelismo, da cooptação de lideranças e do uso e abuso da máquina administrativa.

Veja um dos trechos da matéria:

“Spinelli afirma que nestas cidades prefeitos costumam fornecer ambulâncias para o transporte de doentes para hospitais da capital e que outros veículos são contratados a particulares, por fora, sem licitação. O exemplo ilustraria a rede de empregos temporários que são criados em torno da prefeitura e que geram fidelidade política ao mandatário de plantão.

“Na época da eleição, os prefeitos colocam a máquina para funcionar de modo avassalador. Há um uso massivo e indiscriminado das finanças para se reeleger. A compra de votos é generalizada”, afirma o cientista político.

Com pouca fiscalização, a véspera da eleição é tida como o dia mais importante de campanha, quando grupos de trabalho saem pela noite e varam a madrugada distribuindo cestas básicas, camisetas e outros agrados aos eleitores. Denúncias, geralmente, são feitas pelos adversários políticos, mas os processos não são concluídos e não há punição na maior parte dos casos.

“O grau de corrupção do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte é muito alto. A própria ex-corregedora do Conselho Nacional de Justiça, Eliana Calmon, ficou estarrecida quando veio aqui, pois até desembargador estava envolvido”, diz Spinelli.
O professor destaca que o índice de permanência no poder pelos mesmos grupos políticos é ainda maior se se somar, à taxa de reeleição, a proporção de prefeitos que conseguem fazer seus sucessores.

Ele cita o caso de Mossoró, cidade natal da governadora Rosalba Ciarlini Rosado (DEM). Rosalba foi prefeita por três mandatos (1989-1992; 1997-2000; e 2001-2004), depois elegeu uma sucessora, Fafá Rosado (DEM), que já se reelegeu (2005-2008 e 2009-2012), e nesta disputa fez uma segunda sucessora, Claudia Regina (DEM). A hegemonia foi mantida mesmo com todos os esforços e da união de PSB e PT para tirar do DEM a única prefeitura que a sigla mantém hoje entre as 118 maiores do país. “Será, na prática, o sexto mandato dela, Rosalba, ou delas, já que todas são mulheres”, ressalta Spinelli.”

* Rede estadual inicia processo com uso de novo sistema.

O Governo do Estado iniciará hoje o período de matrículas antecipadas para os estudantes com deficiência que irão ingressar na rede estadual de ensino em 2013. Pela primeira vez, o cadastro dos alunos será feito pela internet, através do novo Sistema Integrado de Gestão da Educação - SIGEduc.

A ferramenta foi customizada a partir do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas - SIGAA, da UFRN, que cedeu os direitos para que fosse utilizada na Educação Básica do Estado. Entre 1º e 17 de outubro de 2012, quando entrou em operação o SIGEduc, as escolas da rede estadual de Natal, após treinamento, inseriram no sistema um levantamento detalhado com a quantidade de turmas que serão abertas em 2013 e o número de vagas para cada turma. Esse foi o primeiro passo para que as matrículas fossem iniciadas.
 
Para a secretária Betânia Ramalho, o início das matrículas do SIGEduc é um marco na história da Educação do Rio Grande do Norte. "O sistema vai causar um grande impacto na cultura de gestão da secretaria e, principalmente, das escolas. Estamos saindo da era do papel e da caneta, para a era digital. Somos pioneiros na área da Educação Básica. Tanto que o Ministério da Educação está apostando nessa ideia para levar o SIGEduc do Rio Grande do Norte a outros estados do país", ressaltou.
 
A secretária chama a atenção dos pais de alunos com deficiência do interior, onde o SIGEduc só começa a operar em 2014. Fora da capital, as matrículas para estudantes com deficiência serão realizadas de maneira presencial, entre os dias 19 de outubro e 22 de novembro. "Como todo sistema que está começando, o SIGEduc precisa passar por uma avaliação inicial. As escolas de Natal serão as primeiras a testá-lo, até que o sistema seja levado a todas as cidades do Estado", concluiu Betânia Ramalho.