domingo, 28 de outubro de 2012

* Abstenção de 19% no segundo turno é 'preocupante', diz presidente do TSE.

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Cármen Lúcia, afirmou na noite deste domingo (28) que o percentual de abstenção em 19% no segundo turno das eleições municipais de 2012 é "preocupante".

No segundo turno da eleições municipal anterior, de 2008, o índice de eleitores que faltaram às urnas foi de 17,8%. No primeiro turno da eleição deste ano o percentual foi de 16,41%. Com 99,95% das  urnas do país apuradas, o índice de abstenção neste domingo era de 19,11%.

Relativamente, a abstenção teve aumento. Como passou de 19%, cabe agora aos órgãos, tanto da Justiça Eleitoral quanto especialistas, cientistas políticos, analisarem. É, sim, preocupante qualquer aumento. Toda abstenção não é boa porque significa que a representatividade - e quanto maior a presença é ganho - pode ser questionada", afirmou Cármen Lúcia, em entrevista de balanço do segundo turno das eleições municipais.

* Sindicato requer intervenção da União Federal no RN por desobediência em decisão judicial.

O SINAI denunciou ao Tribunal de Justiça o descumprimento da decisão judicial quanto ao pagamento do Plano de Cargos e Salários dos servidores da Fundação José Augusto pelo Governo do RN. A assessoria jurídica do Sindicato solicitou mandado de segurança para que seja requisitado ao Supremo Tribunal Federal intervenção da União Federal no RN por desobediência a ordem e decisão judicial.

A petição pede ainda a intimação do presidente da FJA e do Secretário da Administração do RN, para, no prazo de 24 horas, apresentarem a folha de pagamento, retratando a implantação do PCCS, com os acréscimos devidos, sob pena de afastamento do cargo do Secretário de Administração e até mesmo de sua prisão, em face de tal descumprimento.

* Prefeito eleito, Carlos Eduardo fala em 2014 e diz que “compromisso está com os aliados do segundo turno”.

O prefeito eleito de Natal Carlos Eduardo afirmou que os compromissos políticos para 2014 estão entre os aliados do segundo turno. Ele evitou falar em nomes, mas ao citar “aliados do segundo turno”, inclui também o Partido dos Trabalhadores.

“O nosso compromisso político está no arco de aliança que venceu a eleição no segundo turno. Se há projeto político para 2014 está dentro da união que houve no segundo turno”, comentou.

Ele afirmou, ainda, que não  levará os problemas políticos para administração. “Natal quer de volta a cidade normalizada, fazer seu desenvolvimento, para gerar trabalho, salário. Essa é a expectativa de todo natalense”, ressaltou.

* Maioria de Carlos sobre Hermano foi de 61.165 votos ou 16,62%.

Com a finalização da apuração em Natal o resultado foi o seguinte:

Carlos Eduardo (PDT) obteve 214.687 votos o que representou 58,31%.

Hermano Morais (PMDB) obteve 153.522 votos o que representou 41,69%.

A maioria foi de 61.165 votos. O que representa um percentual 16,62%.