segunda-feira, 19 de novembro de 2012

* Com duas vaginas, mulher conta ter perdido a virgindade duas vezes.

Hazel Jones revelou em um programa matinal da ITV1 que sofre de uma rara condição médica: a britânica de 27 anos tem duas vaginas! Lado a lado...

O diagnóstico foi feito quando Hazel, que mora em High Wycombe (Inglaterra), tinha 18 anos, após problemas decorrentes da menstruação anormal e a intervenção do primeiro namorado sério dela, que notou "algo diferente".

A loura contou ter perdido a virgindade duas vezes e ter feito exame duplo de Papanicolau.
Ela decidiu manter as duas vaginas, de acordo com reportagem do "Mirror".

Além das duas vaginas, Hazel tem dois úteros separados e dois colos de útero.

Já pensou se essa tivesse feito leilão.

* Com R$ 220 mil em dívidas, Belchior é procurado pela polícia.

O cantor é procurado pela polícia do Uruguai, país onde ele viveu com a mulher em um hotel ao qual ficou seis meses sem pagar diárias. As dívidas dizem respeito também a um carro abandonado há cinco anos e à antiga casa do artista em São Paulo.

* Número de moradias entregues pelo Programa Minha Casa, Minha Vida chega a 934 mil.

O número de moradias entregues por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida soma 934,8 mil em três anos. Esse total representa 48% de 1,96 milhão de unidades residenciais que tiveram o financiamento contratado por meio do programa habitacional. O número consta do balanço da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), divulgado hoje (19) pelo Ministério do Planejamento.

Apenas na segunda etapa do Minha Casa, Minha Vida, que teve início em 2011, foram concedidos financiamentos subsidiados para 953,6 mil unidades habitacionais. Os dados representam o acumulado desde o começo do programa habitacional, em 2009, até 30 de setembro deste ano.

De acordo com o balanço do PAC 2, foram concluídos 826 empreendimentos do Programa de Urbanização de Assentamentos Precários. O valor contratado chega a R$ 27,8 bilhões. Desse total, R$ 18,9 bilhões se referem à primeira etapa do PAC, entre 2007 e 2009, e R$ 8,9 bilhões à segunda etapa, que engloba projetos aprovados entre 2011 e 2014.
Número representa 48% das unidades que foram compradas através de financiamento do programa 
Número representa 48% das unidades que foram compradas 
através de financiamento do programa.

* Semana de Orientação de Orientações Posturais.‏

Secretaria Municipal de Saúde através da Clínica de Fisioterapia de nosso município vai realizar semana de Orientações Posturais nas escolas, as atividades irão acontecer entre os dias 20 e 30 deste mês e irão ser coordenadas pelos Fisioterapeutas Glauquia Pachico, Larissa Maia, Nágila Fernandes, Emilia Duarte e Wilker Morais. As orientações serão direcionadas principalmente aos alunos e professores das escolas municipais e estaduais de nosso município, dentro do Programa Saúde na Escola. Além deste público, haverá um momento com o Grupo de Idosos Amantes das Caraubeiras no dia 22/11, onde será abordada a temática de Diabetes. 
Orientação posturais.

* Mundo: Colômbia e Farc mantêm negociações em Cuba.

Representantes do governo da Colômbia chegaram a Cuba para negociações com membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). As negociações, que começam hoje (19), visam a pôr fim a cinco décadas de conflito e são as primeiras conversas diretas entre governo e rebeldes em mais de dez anos.

As conversas ocorrem após meses de negociações secretas que pretendem trazer as duas fações partes à mesa de negociações.

Governo e guerrilheiros concordaram em negociar um programa de cinco pontos dos quais o primeiro talvez seja o mais polêmico: a reforma agrária.

Há esperanças de que as atuais negociações teriam mais chances de êxito do que tentativas passadas, mas nem governo nem as Farc declararam um cessar-fogo.

As Farc não deram um prazo para as negociações de paz, mas o governo afirma que as negociações devem durar meses e não anos.

* Relator da CPMI do Cachoeira apresenta relatório nesta terça.

O relator da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira, deputado Odair Cunha (PT-MG), confirmou a apresentação do seu relatório final nesta terça-feira (20). Ele não quis antecipar o teor do documento, mas adiantou em seu blog que pedirá o indiciamento de todos os depoentes que se recusaram a depor. Odair Cunha afirmou também que o relatório já tem mais de mil páginas e "será bastante contundente".

O relator analisou quase 70 mil páginas referentes a sigilos bancários, 11 mil relativas a quebras de sigilo fiscal de 75 pessoas físicas e jurídicas e, ainda, 45 mil páginas de extratos de ligações telefônicas.

Entretanto, apesar da prorrogação de 48 dias, nem todos os documentos em poder da comissão foram analisados. Segundo o presidente da CPMI, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), o trabalho terá prosseguimento. "O material que não foi analisado, por força do tempo, deverá seguir para o Ministério Público, para providências".

O senador disse que a comissão aprofundou as investigações anteriores, feitas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, e apontou a existência de um Estado paralelo criado pelo jogo ilegal. "Eu entendo que essa CPI foi completamente diferente de todas as outras instaladas na República ao longo dos últimos anos. Veio quando muito já estava apurado, aprofundou as investigações, vai mostrar que nós precisamos combater esse Estado paralelo que o jogo propicia e que leva a outros crimes, como a corrupção e a desintegração do aparelho estatal, e imagino que as soluções possam ser dadas tanto pelo Legislativo quanto pelo Executivo."

* Já passou da hora: Governo quer usar superbloqueador de celular em presídios.

Para reforçar o combate à violência em São Paulo, o Ministério da Justiça incluiu no pacote de ajuda ao Estado um moderno aparelho para bloqueio de celulares em presídios.

Chamada GI-2, a maleta de interceptação de última geração identifica com precisão o número do aparelho e o chip, uma arma essencial no combate a organizações criminosas comandadas de dentro dos presídios, como o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Testada recentemente no complexo penitenciário de Salvador, que tem 6 mil detentos, a maleta detectou 1,5 mil celulares em posse dos presos. Os aparelhos foram bloqueados e recolhidos. Uma estatística reforça, no governo, a crença na eficiência do equipamento: nos dias seguintes, a criminalidade geral na capital baiana - incluindo homicídios - teve redução média de 25%.

Blog: Essa medida é super importante, porém enquanto existir a conivência dos agentes e policiais os celulares e o outras ...Continuaram dentro dos presídios.

* Interessante: O Racismo ainda existe e não é nada sutil.

Existe frase mais irônica do que “Sorria, você está sendo filmado”? Uma forma um tanto inusitada de brincar com coisa séria. Porque as coisas sérias são lúdicas. Precisam ser. Se a seriedade for levada a sério a vida perde o sabor. Sal insosso. Cego míope. As coisas são criadas através desses paradoxos. A moral surge com a percepção da diferença. Das polaridades. Da ambivalência falsa. Dos opostos que se dispersam.

O mundo foi dividido bem antes da divisão matemática. A Rota da Seda já era uma highway. Ramsés II era um guri correndo às margens do Nilo. O Messias era um sonho. A conquista do Mediterrâneo era uma utopia para milhares de civilizações. A única realidade que sobressaltava pálpebras carregadas de sono era o racismo. As pessoas precisam de divisão, talvez por prazer ou imposição. O planeta é cheio de mapas. Linhas imaginárias precisam medir, separar, anexar, repartir, demarcar. É imprescindível a existência de dois hemisférios, meridianos, trópicos… Não seria diferente com as raças.

Para um país como o Brasil que é multicores, multisons, e multimídia, racismo acende apenas um interruptor: a segregação racial. Brancos soberanos. Negros súditos. Brancas são protagonistas. Negras são domésticas. O que existe de opiniões e obras sociológicas e antropológicas a esse respeito não está escrito, digo, está escrito. Enfadonho regurgitar.

Mas a sociedade mudou.  Têm mudado aos poucos. O marketing tirou proveito dessa revolução moral e ética. As pessoas são mais iguais. Os negros já atuam em papéis principais. O Reinaldo Gianecchini agora pode ser motorista. Até as propagandas de fraldas descartáveis já incluem vários bebês. Loirinhos, asiáticos, e um mulato, para mostrar que existe a inserção. Já que esse era o objetivo, poderiam colocar um albino, um pardo, outro com olhos castanhos, ou azuis, vermelhos… E a gente acha tudo lindo. Porque o comercial não foi preconceituoso.

A veiculação de um comercial de TV, onde cinco crianças brincam numa mesa, sendo que quatro delas são brancas e uma negra não é nenhum exemplo de que a sociedade mudou. Francamente, mudou o quê? A obrigação de inserir uma “outra raça” dentre as demais é uma forma sutil de dizer: “Olha, o diferente também está aqui. O perseguido agora é igual a todo mundo. Os caucasianos não são os únicos que têm beleza!”. Isso, por si só é segregação.

Enquanto houver espaços para pessoas X, cotas para pessoas Y, ou cargos para XY o racismo continuará em vigor. A todo vapor. A inexistência do racismo se aplica a não percepção do oposto. Enquanto eu olhar para alguém e caracteriza-lo por sua cor, lá no âmago da consciência ou inconsciência eu segreguei. Separei o joio do trigo. O negro do branco. Eu e ele. O meu lugar e o outro.

Creio que esse século free, da liberdade em cada esquina já começou errado. Corrigir as babaquices de milênios não é fácil. Fica ainda mais difícil quando a solução é buscada das piores formas possíveis. A intenção é boa. Mas todos nós temos boas intenções. Nos EUA, a reeleição de um presidente negro é um orgulho, para muitas pessoas. Mas por quê? Por que Obama é negro? E o que há de diferente nisso? Ah, um negro na casa “branca” é um fato inédito! Incrível seria um rato no governo, ou um cavalo no senado. Se bem que Calígula até tentou este feito, mas…

Será que as pessoas não percebem que isso é uma forma de racismo? De separação? Uma sociedade igualitária não se surpreende quando este ou aquele cidadão chega ao poder por ter uma pele de outra cor. A gente não mudou nada. Acordamos vegetarianos e jantamos no Mc Donald’s. Inserimos vagas especiais, bebês negros em propagandas de fraldas descartáveis, reelegemos o Obama e fazemos do Lázaro Ramos um galã… Se isso for alguma forma de retribuição pelos erros do passado, coitados de nós. A maioria das pessoas não pensa nisso. A gente finge que é socialista, mas prefere os calçados mais caros. A mídia é sutil e igualitária, até que a sorte nos separe. Deles.

Qualquer tentativa de inserção dos negros, como se fossem pessoas diferentes, já é racismo. Um racismo nato, clássico, daqueles que a gente carrega no peito como medalha enferrujada e esquecida. Inserir alguém entre os demais é soma. Colocar os demais com alguém é divisão. E divisão não é consciente, nem quociente, nem igualdade, nem sociedade e outras ades… Compreendeu ou vai segregar? 

* Eterna rivalidade: Agripino afirma que PT pagará por “arrogância”.

O presidente nacional do DEM e um dos principais nomes da oposição ao Governo Dilma Rousseff (PT), senador José Agripino, comenta postura do PT em relação ao julgamento do “mensalão”.

Para ele, a postura do partido é precipitada e de pura empáfia:

- A escolha do PT em divulgar uma pesada nota acusando o STF (Supremo Tribunal Federal) de partidarização no julgamento do mensalão é arriscada.

E acrescenta: “Mais dia, menos dia, o PT vai pagar pela sua arrogância. A sociedade vai observar isso.” declarou o senador potiguar.

* Convite importante...

* Quadrilha assalta ônibus da Nordeste na BR 304 sentido Fortaleza/Mossoró.

Cerca de 10 homens fortementes armados,em dois veículos,uma L200 de cor prata e um Polo de cor preta,,assaltaram por volta de 01hr da madrugada desta segunda feira,19 de novembro de 2012,um ônibus da empresa Nordeste,que ia de Fortaleza à Natal.

O ônibus foi interceptado pelos bandidos,que efetuaram disparos no veículo na divisa do Rio Grande do Norte com o Ceará,próximo a Maisa. Os elementos renderam o motorista e levaram o ônibus para uma estrada carroçável,onde fizeram o arrastão.

59 passageiros mais o Motorista,foram vítimas dos assaltantes,que levaram todos os seus pertences. A Polícia Rodoviária Federal,foi acionada e pediu ajuda da PM que enviou viaturas,para captura dos elementos,mas sem êxito.

As vítimas compareceram à delegacia de Plantão onde registraram os Boletins de Ocorrências.
No ônibus viajavam alguns caraubense.

* Novo tremor é registrado em João Câmara.

 (Reprodução/Google Earth)
Depois de um longo período de baixa atividade sismológica na região de João Câmara (a 74 km de Natal), um novo tremor foi constatado pelo Laboratório de Sismologia da UFRN. O registro foi feito às 21h40 da última sexta-feira (16) e atingiu a magnitude 2.8, imperceptível à grande maioria dos moradores do município.

O local, conhecido como região de Samambaia-Lagoa Rachada, foi o mesmo onde a atividade sísmica teve início em 1986 - data do tremor de magnitude 4.6, seguido de outro de 5.1 na Escala Richter, que causou pânico em João Câmara e migração de centenas de residentes à capital potiguar - um marco no registro de abalos sísmicos no país.

Desde esta data foi montada uma estação de sismologia na cidade, para medir os tremores de terra na região. O abalo de novembro de 1986 causou tanto estrago que o presidente José Sarney esteve na cidade para acompanhar a ajuda aos desabrigados que tiveram suas casas destruídas ou rachadas pelo tremor.

* No Dia da Bandeira, historiadores defendem maior discussão dos símbolos nacionais.

Hasteada nos mais distintos locais, a Bandeira Nacional, um dos principais símbolos do Brasil, reúne uma série de detalhes obrigatórios que devem ser obedecidos, de acordo a com a legislação. O tamanho, a precisão nas cores, a disposição das estrelas e da faixa central devem ser seguidos à risca, assim como a forma como ela é homenageada e guardada. O 19 de novembro foi instituído Dia da Bandeira em 1889, logo depois da Proclamação da República.

No ensino fundamental, são obrigatórias as aulas sobre os símbolos nacionais, mas os historiadores defendem a ampliação da discussão sobre o tema. Eles sugerem que assuntos relativo aos símbolos – a Bandeira Nacional, o Hino Nacional, as Armas Nacionais e o Selo Nacional –, como as razões que os motivaram, sejam aprofundados.

O coordenador do Departamento de História do Centro Universitário de Brasília (Uniceub), professor Deudedith Rocha Júnior, disse à Agência Brasil que é essencial ensinar aos estudantes não apenas os aspectos visuais, técnicos e simbólicos, mas, sobretudo, o que representam os símbolos e porque são importantes.

“Os símbolos nacionais representam um marco da identidade brasileira. Cada um tem seu significado e importância. A Bandeira Nacional, por exemplo, passou por várias etapas para chegar à atual. O sentido de nação está diretamente ligado aos símbolos, mas também é importante observar que as mudanças na sociedade fazem com que eles sejam redesenhados”, explicou o historiador.
Hoje é o dia da Bandeira.
 Robson Pires.

* Justiça nega pedido da TIM contra decisão da Anatel.

O juiz federal Flávio Marcelo Sérvio Borges abortou a primeira tentativa da Tim de anular a decisão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) que suspende a promoção “Infinity Day”, que dá direito a ligações ilimitadas por R$ 0,50 por dia de uso. Depois de analisar os argumentos da TIM num mandado de segurança impetrado contra a Anatel, o juiz considerou que não havia motivo para suspender a decisão da agência reguladora. Ele entendeu que a TIM está submetida ao controle da Anatel e a agência não concordou com o argumento de que a operadora tinha capacidade para oferecer a promoção.

Depois de uma série de reclamações sobre a capacidade da operadora de manter o serviço de telefone funcionando adequadamente, a Anatel considerou que não havia garantias de que a nova promoção pudesse ser atendida sem abalar a prestação de serviços ao consumidor. Por isso, a agência mandou a TIM suspender a promoção. A decisão foi publicada na sexta-feira no Diário Oficial da União e a proibição entra em vigor à zero hora desta segunda-feira.