quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

* Veja as fotos de Patati e Patatá sem maquiagem.

Reprodução/ Facebook
No Facebook das namoradas dos atores é possível encontrar fotos dos famosos sem maquiagem e fantasia. Os dois namoram bailarinas dos programas de auditório do SBT, a emissora em que trabalham. Na foto, à esquerda aparece Wagner Rocha, que vive o Patati. Henrique Pinheiro Namura, à direita,  dá vida ao Patatá

* Arrecadação de ICMS triplica em dez anos.

A TRIBUNA DO NORTE de hoje destaca o crescimento na arrecadação de ICMS. No caso do ICMS, a arrecadação saltou de R$ 1 bilhão em 2002 para R$ 3,7 bilhões no ano passado, um crescimento de 270%. Em 2002, o ICMS representava 54,61% da arrecadação desses tributos; em 2012, essa participação subiu para 61,88%. No sentido inverso está o Fundo de Participação.

Apesar de ter aumentado 179% no período de dez anos, a participação do FPE caiu de 39,8% em 2002 para 34% em 2012. O detalhe é que entre 2009, ano seguinte à crise das hipotecas nos Estados Unidos, que derrubou as bolsas de valores no mundo todo e colocou o sistema financeiro em xeque, o Fundo de Participação teve um crescimento de apenas 36,9%.

O estudo não faz uma análise dos fatores que levaram ao aumento de 270% do ICMS, mas as melhorias nos mecanismos de combate à sonegação são apontadas como uma das causas desse bom desempenho.

* Municípios que tiveram eleição anulada farão novo pleito entre março e abril.

Vinte e cinco municípios nos quais as eleições municipais do ano passado foram anuladas devido à Lei da Ficha já tiveram definida a data para um novo pleito. No Rio Grande do Norte, o município de Caiçara do Rio dos Ventos terá o novo pleito. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as novas votações vão ocorrer nos meses de março e abril. Outro município, Guarapari (ES), teve a nova eleição realizada no dia 3 passado.

As eleições foram anuladas porque os candidatos que obtiveram mais de 50% dos votos válidos tiveram os registros de candidaturas julgados rejeitados pela Justiça Eleitoral, em julgamento posterior ao pleito. Nos municípios em que a eleição foi anulada, os presidentes das câmaras municipais estão exercendo o comando do Executivo municipal.

As novas datas foram agendadas pelos tribunais regionais eleitorais (TREs) dos nove estados onde estão localizados os 25 municípios que tiveram eleições anuladas: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte, Bahia, Paraná e Amapá.

Segundo o TSE, no dia 3 de março serão realizadas novas eleições nas cidades de Erechim (RS), Eugênio de Castro (RS), Novo Hamburgo (RS), Sidrolândia (MS), Camamu (BA), Balneário Rincão (SC), Campo Erê (SC), Criciúma (SC), Tangará (SC) e Bonito (MS).

Já no dia 7 de abril, haverá novo pleito nos municípios de Pedra Branca do Amapari (AP), São João do Paraíso (MG), Biquinhas (MG), Diamantina (MG), Cachoeira Dourada (MG), Joaquim Távora (PR), Serra do Mel (RN), Muquém do São Francisco (BA), Caiçara do Rio do Vento (RN), Coronel Macedo (SP), Eldorado (SP), Fernão (SP), Tucunduva (RS), Vacaria (RS) e Sobradinho (RS).

* Rosalba entregará 146 ônibus escolares.

A governadora Rosalba Ciarlini conclui até o próximo sábado (16) a entrega dos 146 novos ônibus adquiridos pelo Governo do Estado para reforçar a frota do transporte escolar em todo o Rio Grande do Norte. A partir das 8h desta quinta-feira (14), serão entregues 53 ônibus para 45 municípios das regiões da Grande Natal, Agreste, Trairi e Mato Grande. Os prefeitos receberão os ônibus na Praça Pedro Velho, também conhecida como Praça Cívica, em Petrópolis, ao lado do Palácio dos Esportes.

No sábado (16), acontecerão outras três entregas. Às 9h, em Caicó, a governadora fará a entrega de 23 ônibus, que beneficiarão os estudantes de 21 municípios da região do Seridó.  Às 15h, em Pau dos Ferros, haverá a entrega de 35 ônibus, para 20 municípios do Alto e Médio Oeste. Encerrando a programação, às 18h, em Mossoró, 25 ônibus serão entregues a 20 municípios da região Oeste e do Vale do Assú.

* Arrecadação do ICMS triplica no RN...

O governo do Estado melhorou os mecanismos de combate à sonegação fiscal elevou a arrecadação própria e está menos dependente dos repasses do governo federal. Isso é o que mostra um estudo sobre o comportamento das três principais fontes de arrecadação estadual nos últimos dez anos. O estudo realizado pela analista técnica da unidade de gestão estratégica do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/RN), Alinne Priscilla Dantas Silva, levou em conta o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o Fundo de Participação dos Estados (FPE) e os royalties do petróleo.

 No caso do ICMS, a arrecadação saltou de R$ 1 bilhão em 2002 para R$ 3,7 bilhões no ano passado, um crescimento de 270%. Em 2002, o ICMS representava 54,61% da arrecadação desses tributos; em 2012, essa participação subiu para 61,88%. No sentido inverso está o Fundo de Participação. Apesar de ter aumentado 179% no período de dez anos, a participação do FPE caiu de 39,8% em 2002 para 34% em 2012. O detalhe é que entre 2009, ano seguinte à crise das hipotecas nos Estados Unidos, que derrubou as bolsas de valores no mundo todo e colocou o sistema financeiro em xeque, o Fundo de Participação teve um crescimento de apenas 36,9%.

 O estudo não faz uma análise dos fatores que levaram ao aumento de 270% do ICMS, mas as melhorias nos mecanismos de combate à sonegação são apontadas como uma das causas desse bom desempenho.

* Será: Governadora Rosalba monitora o RN com pesquisa eleitoral.

A governadora Rosalba Ciarlini e o seu marido, o secretário chefe da Casa Civil, Carlos Augusto Rosado, estão fazendo um monitoramento do Rio Grande do Norte a partir de pesquisas.

Logo após o Instituto Consult divulgar os números sobre 2014 e a desaprovação da governadora, há menos de um mês, um instituto sediado em outro Estado colocou entrevistadores em solo potiguar a pedido do casal governamental. Assessores próximos ao Governo garantem que o mapeamento está feito e o monitoramento é “rotina”.

* Cardeal colombiano é citado entre possíveis sucessores de Bento XVI.

O presidente da Conferência Episcopal colombiana, cardeal Rubén Salazar, se declarou satisfeito em ter seu nome na lista de possíveis sucessores do papa Bento XVI. “É uma honra e uma responsabilidade muito grande estar nessa lista”, disse o sacerdote. Bento XVI anunciou ontem (11) que deixará o pontificado no próximo dia 28 de fevereiro.

O cardeal foi incluído entre os possíveis sucessores do papa por especialistas que apontam favoritismo de cardeais italianos e latino-americanos. Salazar, assim como os demais 120 cardeais, tem a possibilidade de votar e ser votado. “Tudo isso me obriga a entrar em uma oração muito forte para que o Senhor me ilumine para cumprir esta tarefa com responsabilidade”, disse Salazar, sobre a hipótese de sua escolha.

O cardeal colombiano viajará a Roma nas próximas semanas para participar da escolha do sucessor de Bento XVI. A eleição será feita em conclave, previsto para meados de março. Salazar foi elevado ao posto de cardeal no ano passado em Roma junto a outros cinco bispos de outros países. Ele tem 70 anos, sendo 45 dedicados ao sacerdócio.