domingo, 17 de fevereiro de 2013

* Convocação de candidatos na lista de espera do Sisu 2013 começa amanhã.

Os estudantes que não foram convocados nas duas primeiras listas e declararam interesse em participar da lista de espera para as vagas não preenchidas no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) começam a ser convocados nesta segunda-feira (18).

O Sistema seleciona estudantes para vagas em instituições públicas de ensino superior por meio da nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e ofereceu 129,3 mil vagas em 3,7 mil cursos na primeira edição deste ano, 18% a mais em comparação ao mesmo período de 2012.

Ao todo, 101 instituições públicas aderiram ao sistema para a seleção de estudantes com base nas notas obtidas no Enem; foram 1.949.958 inscritos.

* Campanha eleitoral para reitor e vice-reitor da Uern terá início oficialmente amanhã.

Terá início amanhã, 18, oficialmente, a campanha eleitoral para a escolha do reitor e vice-reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern). O processo será conduzido pelo Conselho Universitário (Consuni), através de Comissão Eleitoral formada por sete membros, sendo presidida pelo professor Armando Lúcio.

Até o dia 19 de março, data que antecede o pleito, os candidatos poderão fazer uso de edição especial do Informativo da Uern e da Rádio Universitária FM para fins de propaganda eleitoral em inserções de até 60 segundos, respeitado o princípio da igualdade.

Não será permitida propaganda, entre outros pontos, que implique em oferecimento, promessa ou solicitação de dinheiro, dádiva, ou vantagem de qualquer natureza, como também pichação, inscrição a tinta, afixação de placas, estandartes, faixas. A propaganda eleitoral impressa e física será permitida, exclusivamente, através do uso de carta-programa e botons, sendo permitida também a propaganda em mídia virtual.

O não-cumprimento dessas regras, bem como a utilização de matérias pagas em meios de comunicação, sujeitará o candidato à imediata retirada da propaganda irregular e ao pagamento de multa no valor de 5 mil a 15 mil Unidades Fiscais de Referência (UFIRs).
Processo eleitoral da Uern será conduzido pelo Consuni (Luciano Lellys)
UERN.

* Logomarca oficial da prefeitura de Felipe Guerra.


* Pesquisa mostra má distribuição de médicos no país.

O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulga amanhã (18) novos dados sobre o perfil e a distribuição de médicos no Brasil. De acordo com a instituição, a pesquisa demonstra que o país é marcado pela desigualdade no que se refere ao acesso à assistência médica.

De acordo com o estudo, fatores como a ausência de políticas públicas nas áreas de ensino e trabalho e os baixos investimentos têm contribuído para que profissionais de saúde permaneçam mal distribuídos pelo território nacional e com baixa adesão ao Sistema Único de Saúde (SUS), sobretudo em áreas de difícil provimento.

A pesquisa Demografia Médica no Brasil: Cenários e Indicadores de Distribuição foi desenvolvida em parceria com o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) e traz dados sobre a migração de médicos pelo país, a presença de profissionais no SUS e a distribuição de médicos formados no exterior.

* Aí mata: Dezenas de pessoas nadam nuas em prova na Austrália.

Uma competição na praia de Cobblers, em Sidney na Austrália reuniu dezenas de nadadores nus neste domingo (17). O percurso de 900 metros tinha que se obrigatoriamente feito totalmente sem roupa de banho.

A expectativa da organização da 'Sydney Skinny' era reunir mais de 400 pessoas, o valor da inscrição vai ser revertido para a Fundação de Parques Nacionais e Vida Selvagem da Austrália.
Homens e mulheres nus participam de prova de natação de 900 metros em Sidney, na Austrália. Mais de 400 competidores nadaram nus para angariar fundos para a Fundação de Parques Nacionais e Vida Selvagem. (Foto: William West/AFP)
É brincadeira...

* Mega-sena acumula e próximo prêmio pode pagar R$ 19 milhões.

As seis dezenas do concurso n° 1.469 da Mega-Sena foram sorteadas na noite deste sábado (16). Porém, nenhum apostador acertou os números. A estimativa de prêmio para próximo sorteio, que acontece na quarta-feira (20), é de R$ 19 milhões.

Os números sorteados foram: 04, 13, 35, 54, 56 e 58.

A Caixa Econômica Federal, responsável pelo concurso, divulgou que nenhum apostador acertou as seis dezenas sorteados em Aracati (CE). No entanto, 105 apostas foram premiadas com a quina e cada uma delas vai receber R$ 15.231,81.

* Aí mata: Rosalba critica “obra inacabada” e “desperdício” da gestão anterior.

Ao discursar na Assembleia Legislativa, abrindo o ano legislativo, no final da tarde desta sexta-feira, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) sinalizou para um discurso de mais otimismo, conforme antecipado ontem por O Jornal de Hoje, mas, também, não deixou de olhar para o retrovisor e criticar a gestão passada, especialmente, da ex-governadora Wilma de Faria (PSB), adversária mais temida por ela nas urnas em 2014.

No relato sobre os dois primeiros anos de governo, Rosalba afirmou que todas as obras inacabadas de importância para o desenvolvimento econômico e social do estado foram retomadas. “Obra inacabada é desperdício de dinheiro público. Com este governo, estamos enterrando a cultura de que não se conclui obra de um gestor anterior”, afirmou, citando 14 obras da área de esgotamento sanitário e recursos hídricos na Grande Natal e interior do estado que estavam paralisadas e foram retomadas, apenas pela Caern.

Já durante a manhã, foi a vez de Wilma utilizar o twitter para criticar a demora da inauguração da Escola de Governo, na noite anterior, uma obra da sua gestão. A ex-governadora disse que o governo atual inaugurou o prédio da escola somente dois anos após o início do mandato, mesmo a obra tendo ficado 70% concluída até 2010 e tendo a gestão anterior deixado recursos em caixa para finalizar. Além disso, Wilma denunciou o desvio de recursos públicos uma vez que o prédio estava sendo entregue à SECOPA e isso não seria permitido, porque o equipamento foi construído com recursos do FUNDESP, que é um fundo exclusivo para o desenvolvimento de pessoas.

Blog: Retrovisor após dois anos de governo é no mínimo, suicídio político!

* O Mossoroense: Aliança entre PMDB e DEM está nas mãos de Henrique Alves.

Está nas mãos do deputado federal Henrique Alves, presidente da Câmara dos Deputados, o destino da aliança entre PMDB e DEM no Rio Grande do Norte. Ao ser procurado pela governadora Rosalba Ciarlini (DEM) para tratar da aliança, o ministro Garibaldi Filho (PMDB) sugeriu que ela fosse tratar do assunto com Henrique. Seria ele quem daria a palavra final.

O deputado está desde o dia 7 de fevereiro na cidade de Orlando nos EUA. A chegada dele está prevista para hoje. Antes de embarcar, o presidente da Câmara dos Deputados deu uma entrevista à Tribuna do Norte em que voltou a fazer durar críticas à governadora. Disse que a administração é centralizadora e falta diálogo. Ele disse também que a questão não é apenas cargos, mas a forma como esses cargos serão exercidos pelos indicados do partido.

Nos bastidores da política emergem muitas versões. A primeira delas é que o PMDB ameaça romper porque quer cargos. A vaga em questão seria a rica Secretaria Estadual de Recursos Hídricos e Meio Ambiente. A reformulação não seria traumática porque quem está no cargo é um fiel aliado de Rosalba: Gilberto Jales. Ele já estaria encaminhado para assumir a Agricultura, que está sem titular desde novembro quando Betinho Rosado (DEM) voltou a ser deputado federal.

O PMDB quer indicar o ex-deputado estadual Elias Fernandes. O nome dele não seria bem aceito pela governadora por dois motivos: ele saiu do comando do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) por conta de denúncias de desvio de recursos e é o principal adversário do líder do governo na Assembleia Legislativa, Getúlio Rego (DEM). Há quem interprete a indicação como uma tentativa de inviabilizar as relações entre PMDB e DEM.

Fala-se também nas pressões do Palácio do Planalto para que o PMDB potiguar se afaste do governo. O argumento é de que não há como aceitar um ministro e um presidente da Câmara aliado fazendo parte de uma gestão demista.

O PMDB local também estaria disposto a lançar um candidato ao governo. A legenda não administra o Estado desde 2002 quando Garibaldi renunciou para disputar o Senado. Pesquisas indicam que pela força eleitoral do ministro, ele dificilmente não seria eleito.

* INSS pode voltar a terceirizar perícias médicas.

Em 2006, o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) acabou com o serviço de perícia médica terceirizada. Desde a última segunda-feira (20), Ela passou a ser feita apenas por peritos médicos do quadro do INSS.

Agora a categoria teme que essa terceirização, a qual eles consideram “maligna”, já bate a porta das discussões na cúpula do INSS. Os profissionais dizem que estão “assistindo mais um sucateamento da perícia, com iminente retorno da terceirização”.