sábado, 23 de fevereiro de 2013

* Deputado do DEM admite que Rosalba pode não disputar eleição.

O deputado Leonardo Nogueira, do DEM, admitiu a possibilidade da governadora Rosalba Ciarlini não disputar a reeleição em 2014 e apoiar um nome do PMDB ao Governo do Estado, citando como exemplo o senador Garibaldi Filho ou o deputado Walter Alves. A declaração do parlamentar, que é mossoroense e um dos mais próximos da atual governadora e do marido dela, Carlos Augusto Rosado, atual secretário do Gabinete Civil, foi externada na noite desta última sexta-feira na oportunidade em que o deputado democrata participava de um programa político na TV União apresentado pelo jornalista Robson Carvalho. 

Questionado pelo jornalista a respeito da desistência da governadora de participar do pleito, repetindo o que ocorreu com a ex-prefeita Micarla de Sousa, o parlamentar mossoroense afirmou: “Não vejo nenhuma problema com relação a isso”, disse o deputado, em referência ao fato de Rosalba ficar fora da disputa em sua própria sucessão.

Leonardo Nogueira também fez referências elogiosas ao deputado Walter Alves, que ao lado de Garibaldi Filho e Henrique Eduardo constituem-se em potenciais candidatos a governador no pleito do próximo ano.”Walter tem um futuro promissor na política do Rio Grande do Norte”, disse ele, reconhecendo, ainda, que “o governo não está bem, mas vai se recuperar e disputar a reeleição com chances reais de vitória”. O deputado do DEM diz também acreditar na manutenção da aliança DEM/PMDB nas eleições de 2014.

* João Maia: “A parceria básica do PR é com o PMDB”.

Ao comentar as articulações políticas para 2014, o presidente estadual do PR, deputado federal João Maia, lembrou que “a pareceria básica do PR é com o PMDB, mas torcendo e trabalhando para que exista a parceria PR, PMDB, DEM”.

Sobre a possível saída do PMDB da base aliada do governo Rosalba Ciarlini, João Maia disse que os partidos são independentes. “Eu não gosto muito de antecipar eleição, mas eu discuto com o PMDB melhorar para que funcione de forma satisfatória. E que a nossa aliança possa chegar ao povo na saúde, na segurança, infraestrutura, geração de emprego e renda”, disse o parlamentar.

Que belo aliado, em Rosa!

* Administração municipal irá pagar salários atrasados deixados pela gestão passada.

No final do mandato do ex-prefeito Alcivan Viana (PMDB), o Promotor de Justiça da Comarca de Caraúbas/RN, DR. Rafael Paes, entrou com uma ação civil pública junto à justiça, na qual visava o bloqueio do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), para o pagamento dos servidores contratados e comissionados da municipalidade local referente aos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro.

Atendendo à solicitação do Ministério Público, a justiça autorizou o bloqueio dos recursos proveniente do FPM. Baseado nessa autorização no início do mês de fevereiro do corrente ano, já no governo Ademar Ferreira (PMDB), a 1ª parcela do FPM foi bloqueada, o montante chega à ordem de R$ 403 mil reais.

Logo que tomou ciência do bloqueio, o prefeito Ademar Ferreira passou a buscar meios de resolver essa celeuma judicial envolvendo os recursos da municipalidade local. Dentro dessa realidade a equipe financeira e contábil da prefeitura de Caraúbas passou a realizar um amplo levantamento da real situação desses servidores que não receberam seus proventos nos meses citados na ação, visto que alguns servidores receberam todos os seus salários, alguns foram exonerados no dia 31 de outubro de 2013 e outros, esses sim não receberam suas devidas remunerações.

Após um amplo levantamento nos arquivos, e ter em mente parte do débito da prefeitura de Caraúbas, o prefeito Ademar Ferreira em conjunto com a sua equipe administrativa passaram a estudar meios de resolver a problemática dos servidores e da municipalidade.

O prefeito Ademar Ferreira em nenhum momento se negou a reconhecer o débito da prefeitura e sempre se preocupou, sobretudo com a questão dos servidores. “Quem trabalha
merece receber, essa é uma lógica, porém sempre tive limitações ligadas a Lei de Responsabilidade Fiscal que limita pagamentos de uma gestão para outra”, comentou Ademar.

Na busca da resolução do problema estalado no município, na tarde da última quinta-feira (21) Ademar acompanhado de alguns auxiliares marcou uma reunião com o autor da Ação Civil Pública, Dr. Rafael Paes, após alguns argumentos e contando com toda compreensão do promotor, sobre a situação financeira do município de Caraúbas, as partes chegaram a um acordo. Esse acordo foi firmado na tarde de ontem (22), quando na oportunidade o promotor, DR. Rafael Paes, o prefeito Ademar e o procurador do município, Dr. Marcelo Fernandes assinaram um documento, na qual o prefeito assume pagar os débitos provenientes da ação.

O pagamento foi parcelado em 5 vezes, sendo feito da seguinte forma:
             30% até o dia 10 de Março;
             30% até o dia 10 de Maio;
             10% até o dia 10 de Junho;
             20 % até o dia 10 de Setembro;
             10% até o dia 10 de Novembro.

Com a celebração da resolução dessa problemática, o prefeito Ademar Ferreira comprova, mais uma vez, a sua intenção de ter o servidor sempre com os seus direitos assegurados, “Quero deixar mais uma vez a certeza que o nosso governo irá sempre busca honrar com os nossos compromissos,e é dentro dessa ótica que estamos tomando inúmeras medidas no início do nosso segundo governo para que situações dessa natureza não aconteça na nossa gestão”, concluiu Ademar.
Promotor Rafael Paes
Membros da municipalidade local.
Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC

* Chuvas ficarão abaixo da média...

As condições climáticas não evoluíram em janeiro com esperado. Por isso, os meteorologistas reunidos em Natal nos últimos dois dias, decidiram manter o prognóstico anterior  que prevê chuvas abaixo do normal no sertão nordestino em 2013. As probabilidades são as seguintes: 40% abaixo do normal, 35% em torno do normal e 25% acima do normal.  Segundo o prognóstico,  algumas áreas poderão receber uma quantidade de chuvas menor do que em outras, além de haver a possibilidade de eventos externos que possam contribuir para uma variação da queda de chuvas na região nordestina.

De acordo com os meteorologistas, é de fundamental importância o acompanhamento das previsões do tempo da sua região e do monitoramento contínuo das condições oceânico-atmosféricas, que contribuem para o comportamento das precipitações pluviométricas.

Apesar disso, o gerente do Setor de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot, disse que os criadores poderão iniciar o plantio de algumas culturas: "As regiões de várzea do Piranhas, no Seridó e o Vale do Açu têm já têm condições de alguma agricultura,  como em áreas de várzea, que têm suporte de umidade ou em outras áreas específicas em que o plantio possa se desenvolver sem dificuldades de falta de água".