sábado, 2 de março de 2013

* Campus da UFERSA/Caraúbas “1ª maravilha do alto oeste potiguar” irá contar com residência universitária e restaurante universitário.

No final da tarde de ontem (1º), o prefeito Ademar Ferreira (PMDB), acompanhado do vereador Édson Moraes (PTB) e o secretário de governo municipal, Gilvandro Fernandes, participaram de uma reunião na sede da UFERSA/Mossoró, com o Reitor da Universidade Profº Arimatéia e o Vice Reitor Profº Adalberto e a diretora do Campus Caraúbas Profª Edna.

A reunião foi solicitada pela Universidade, para agradecer o apoio dado pela Prefeitura, e informar outras conquistas estruturais para o Campus Caraúbas. Em suas palavras o Reitor agradeceu todo esforço, incentivo e acolhimento dos técnicos da UFERSA por parte da municipalidade local e solicitou que essa realidade perdure por tempo indeterminado, solicitação essa atendida de pronto pelo prefeito Ademar, “Estaremos sempre pronto para colaborarmos no que for possível para a conclusão das obras da UFERSA e o seu posterior funcionamento”, comentou Ademar.

Além de agradecer os incentivos dado pela prefeitura para realização da maior obra da história de Caraúbas, o Reitor trouxe boas notícias para os presentes. Nesse sentido, já estão assegurados recursos para a construção de uma Residência Universitária, com capacidade para 160 estudantes sendo 80 vagas masculinas e 80 vagas femininas. Além da residência, o Campus Caraúbas contará com um restaurante universitário, só a título de informação essas conquistas não constavam no projeto inicial da UFERSA/Caraúbas.

Após informa as conquistas o Reitor Arimateia informou ao prefeito que para a construção da residência universitária se faz necessário à doação de um terreno da ordem de 2000 mil m², Essa solicitação se dar devido ao fato da residência ter a sua construção fora do Campus.

O prefeito Ademar comemorou as novas conquistas e disse que irá se reunir com o seu irmão o empresário Ademus Ferreira, que doou o terreno para a construção do Campus, para viabilizar uma nova doação do terreno solicitado, “No próximo Domingo (03) vou me reunir com Ademus e convencê-lo a doar esse terreno para a construção da residência”, frisou Ademar.

Além da solicitação do terreno, a UFERSA solicitou o apoio da Prefeitura na duplicação da RN 233, entre o contorno e o Campus dentre outras. Ademar externou que já irá tratar dessa reivindicação na próxima reunião com a governadora, fato esse que deve acontecer nas próximas semanas.

As boas notícias não pararam, o Reitor disse que ainda em 2013, o Campus Caraúbas irá contar, além dos cursos já existentes com os Bacharelados em Engenharia Mecânica e Elétrica, e que a partir de 2014 chegará o curso de Engenharia Civil. Após essa informação a diretora Edna externou a alegria com as conquista e disse, “A UFERSA/Caraúbas é a 1ª maravilha do Alto Oeste Potiguar, assim além dos cursos que estão chegando, estamos lutando pela licenciatura em Letras, habilitação língua inglesa”.

A UFERSA/Caraúbas já conta com 40 professores, número esse que teve chegar a 70 até o final do ano, conta com centenas de alunos, número esse que alcançara 1900, após a inauguração. As atividades docentes no Campus já irão ter início, a partir de maio de 2013.

Ao término da reunião foram reafirmadas as parcerias entre a UFERSA e a Prefeitura de Caraúbas, assim como o compromisso de continuar a luta por mais melhorias da o Campus da UFERSA/Caraúbas.
Representantes das instituições...
Reitor mostra planta da residência universitária ao prefeito Ademar.
 Ademar reafirmou compromisso com a UFERSA.
Parceria foi reafirmada entre as instituições.

* Prefeita Claudia Regina emite nota, diz que está tranquila e com a “consciência limpa”.

A prefeita de Mossoró Claudia Regina, que foi cassada ontem pela Justiça Eleitoral, emitiu uma nota e disse que está tranquila e confiante.

Eis a nota na íntegra:

Mossoroenses,

Fui surpreendida, no pleno vigor da luta administrativa, com a veiculação de noticiário sobre uma decisão judicial cassando o mandato que vocês me conferiram de maneira democrática, livre e soberana.

Fiquem tranquilos! Além de respaldada pela decisão do povo, tenho a consciência limpa. Minha vida é feita de desafios que foram vencidos com dedicação e transparência, pilares de minha formação familiar, humana, profissional e política.

 Minha palavra é de serenidade e de alma sossegada por saber que cada dificuldade jamais me abaterá. Tenho Deus em meu coração e a certeza de que vocês caminham ao meu lado.

É hora de cada mossoroense, nascido aqui ou adotado, manter a cidade sossegada e em paz. As medidas na esfera judicial estão sendo tomadas. Nosso entusiasmo com o trabalho de construção de uma Mossoró de todos está renovado e fortalecido.

A administração e os serviços prosseguem na mais absoluta normalidade.

O inconformismo dos que foram reiteradas vezes rejeitados pelo povo e não conseguem tolerar a decisão 
popular não nos assusta.

O povo de Mossoró, de forma livre, democrática e soberana, me delegou o direito constitucional de governar a cidade. Com confiança em Deus e na Justiça, honrarei essa missão até o último dia do meu mandato.

Um abraço afetuoso,

Cláudia Regina

Prefeita de Mossoró.

* Advogado de Claudia Regina afirma que não há “qualquer prova” de ilegalidade.

O advogado da prefeita de Mossoró Claudia Regina, Humberto Fernandes, ao analisar a cassação da gestora afirmou que ocorreu sem qualquer prova de ilícito praticado pela política. Ele disse que não há “qualquer comprovação” de pagamento concreto.

“Não tem documento, filmagem ou depoimento de eleitor que diga ter recebido recursos da candidata”, destacou Humberto Fernandes, em entrevista coletiva que ocorre a pouco, em Mossoró.

* Prefeito Ademar Ferreira participa de juramento na 4ª Delegacia de Serviço Militar em Mossoró.

Na manhã de ontem (1º), o prefeito Ademar Ferreira (PMDB), participou de uma solenidade na 4ª Delegacia de Serviço Militar em Mossoró. 

Ladeado de prefeitos de outros municípios e autoridades que compõem o Exército Brasileiro, o gestor municipal realizou o seu juramento perante o órgão da junta militar.

Após o juramentos os gestores municipais foram empossados como presidente da junta de militar dos seus respectivos municípios.

Além de Ademar Ferreira, marcaram presença no ato solene, os prefeitos (as) dos municípios de Mossoró, Areia Branca, Tibau, Governador Dix Sept Rosado, Felipe Guerra, Apodi e Baraúnas.

Em seu juramento, Ademar Ferreira reafirmou o seu compromisso com o Exército brasileiro e com a nação.
Prefeito Ademar Ferreira.
j
Prefeitos presentes na solenidade.
Autoridades do Exército Brasileiro.
Prefeito Ademar Ferreira realizando o seu juramento.

* Programação do 05 de março em Caraúbas.

* Justiça condena 24 vereadores e ex-vereadores de Mossoró.

A Justiça condenou 24 vereadores e ex-vereadores de Mossoró a ressarcirem ao erário o valor que receberam acima do limite constitucional, vigente à época, de 75% do subsídio/remuneração dos deputados estaduais. Para os vereadores que participaram da votação da resolução que concedeu o aumento, cumulou também a condenação ao pagamento de multa no valor de R$ 10 mil – valores a serem corrigidos e acrescidos de juros de mora. O juiz da Fazenda Pública de Mossoró, Airton Pinheiro, deferiu ainda a indisponibilidade dos bens de todos os requeridos em volume de bens suficientes à garantia do ressarcimento imposta a cada um.

Nos termos do artigo 3º da Lei de Improbidade, foram condenados: Claudionor Antônio dos Santos, Ediondas Dantas da Rocha, Ivan Nogueira de Morais, José Raimundo Nogueira Neto, Jório Régis Nogueira, Luís Carlos Mendonça, Raimundo Hugo Brasil, Severino Sobrinho Oliveira, Paulo Roberto Dantas Pinto (suplente) e Maria Vanilde de Araújo Duarte (suplente), Júlio César Fernandes e Pedro Edilson Leite Júnior a ressarcirem ao erário do quanto receberam a mais, no período de 1997 a 2000, mês a mês, a título de remuneração (fixa + variável)/subsídio, acima de 75% da remuneração/subsídio dos deputados estaduais, diferenças estas que deverão ser corrigidas, mês a mês, até 30/06/2009 pela tabela da Justiça Federal e acrescida de juros de mora, estes contados da citação, à taxa de 0,5% ao mês, e a partir de 01/07/2009, atualizados na forma da atual redação do art. 1º-F da Lei 9494/97 (índice caderneta de poupança);

* Justiça Eleitoral cassa mandatos da prefeita de Mossoró e vice.

A decisão do juiz eleitoral Herval Sampaio Júnior que cassou os mandatos da prefeita de Mossoró, Cláudia Regina (DEM), e do vice-prefeito, Wellington Filho (PMDB), determina afastamento instantâneo deles dos cargos e posse na Prefeitura do presidente da Câmara Municipal, Francisco José Júnior (PSD), até realização de novas eleições.

A informação é do advogado Marcos Araújo, membro da Assessoria Jurídica da coligação Mossoró mais Feliz, autora da denúncia acatada pelo juiz e que conseguiu provar prática de abuso de poder econômico pela coligação vencedora no pleito eleitoral de 2012.

Entretanto, segundo Marcos Araújo, Cláudia Regina e Wellington Filho podem conseguir liminar no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), suspendendo os efeitos da instantaneidade para recorrer da sentença nos cargos.

* Vivo, Claro, Oi e Tim deverão ser investigadas por CPI.

Os deputados vão investigar as tarifas abusivas e a má qualidade dos serviços da telefonia móvel. As possíveis irregularidades das operadoras que prestam esse serviço público sob concessão serão alvos de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). Enquanto essa CPI não é formalizada, proposta de fiscalização financeira e controle (PFC 95/12) está adiantando o trabalho.

O deputado César Halum (PSD-TO) apresentou, na última semana de fevereiro, requerimento (RCP 19/13) de criação de CPI para apurar o valor arrecadado com as tarifas de telefonia móvel no Brasil e os investimentos já feitos para a melhoria do sistema.

As quatro maiores operadoras – Vivo, Claro, Oi e Tim – terão que explicar, por exemplo, o valor elevado das ligações internacionais e a diferença entre as tarifas do pré e pós-pago, que, segundo o deputado Halum, é “uma afronta”.