quarta-feira, 22 de maio de 2013

* Será? Secretário de Saúde confirma sindicância para investigar irmã da governadora Rosalba.

O secretário estadual de Saúde Luiz Roberto Fonseca emitiu oficial confirmando que investigará a irmã da governadora Rosalba Ciarlini, Ruth Ciarlini, que recebia gratificações de plantão no Hospital Tarcísio Maia sem trabalhar efetivamente.

Segundo denúncias, Ruth Ciarlini, que é assistente social, lotada na referida unidade de saúde, recebe gratificações de plantão, que somam mais de R$ 3 mil, mas, no entanto, ela não dá expediente no local.

Eis a nota na íntegra:

Nota à Imprensa

Diante das denúncias contra a servidora pública estadual Ruth Alaide Escossia Ciarlini, matrícula 887714, lotada no Hospital Tarcísio Maia desde abril de 2013, a Secretaria de Saúde do Estado informa:
1. Será instaurada sindicância para investigar as denúncias veiculadas.

2. A mencionada servidora terá direito à defesa conforme estabelece o Regime Jurídico Único dos Servidores Civis do Rio Grande do Norte.

3. O resultado das investigações determinará as medidas a serem tomadas pela SESAP conforme estabelece a legislação em vigor.
Luiz Roberto Fonseca
Secretário de Estado da Saúde Pública

* Menor mata jovem dentro da escola.

A violência que ronda as escolas do interior do Rio Grande do Norte registrou mais um caso na tarde de ontem. Um adolescente de apenas 15 anos de idade matou um jovem de 20 esfaqueado dentro de uma escola pública do município de Porto do Mangue. A agressão foi praticada na presença de outros alunos e teria sido motivada por uma rixa. O menor foi apreendido logo após o ocorrido.

Segundo informações da Delegacia de Polícia Civil da cidade vizinha de Areia Branca, o fato aconteceu por volta das 14h30. O adolescente pulou o muro da Escola Estadual Professora Josélia de Souza Silva para conseguir ter acesso à unidade de ensino e invadiu a sala de aula, onde se encontrava a vítima identificada por Josimar Arruda.

Ainda de acordo com relatos da Delegacia de Polícia Civil de Areia Branca, após invadir o local, o menor foi em direção ao jovem de 20 anos e desferiu golpes de faca peixeira contra a vítima. A ação foi presenciada por outros alunos do colégio e também por uma professora que se encontrava na sala de aula. Diante do ocorrido, as testemunhas do ataque ficaram perplexas e sem reação.
Adolescente pulou o muro da escola no início da tarde para resolver uma rixa antiga com o rival 
Adolescente pulou o muro da escola no início da tarde para resolver uma rixa antiga com o rival.

* Escola Municipal Gregório Batista realizou culminância da campanha "18 de Maio".

Os servidores, pais, alunos, professores e demais integrantes da sociedade educacional da Escola Municipal Gregório Batista de Morais/Apanha-Peixe, realizaram na manhã de hoje (22), a culminância da campanha de combate ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Uma caminhada pela comunidade de Apanha-Peixe, simbolizou o trabalho de conscientização dos alunos e demais agente com relação a temática, acima citada.

Desde o início da semana que os alunos e professores trabalharam na confecção de cartazes, panfletos e demais materiais de divulgação.

As equipes pedagógica e administrativa da unidade de ensino, avaliaram positivamente toda programação do "18 de maio" e espera que os ensinamentos adquiridos possam ser colocados em prática por todos os agentes envolvidos nas atividades.
Alunos confecionando os cartazes...
Cartaz...
 Daniela, Leidivânia e Claudione...
Alunos caminhando...
 Faça bonito...
O pequeno gênio Nicolas e amigos...
Parabéns a todos os agentes dessa ação.

* Oposição vai à PF cobrar agilidade na investigação de boato sobre Bolsa Família.

Os líderes da oposição, deputados Carlos Sampaio (PSDB-SP), Ronaldo Caiado (DEM-GO), Rubens Bueno (PPS-PR) e Nilson Leitão (PSDB-MT, Minoria), vão hoje à Polícia Federal (PF), às 19h, para pedir agilidade na apuração e acompanhar o andamento das investigações sobre o boato do fim do Bolsa Família que levou milhares de beneficiários do programa ao desespero no último final de semana.

Os líderes serão recebidos em audiência pelo diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, na sede da corporação em Brasília – no edifício conhecido como “Máscara Negra”.

* Concurso Polícia Federal 2013 - Edital e Inscrição.

Foram divulgados os editais de reabertura de inscrições ao concurso público da Polícia Federal, contendo também as retificações das normas para a sua realização. Os certames servirão para o preenchimento de vagas para Perito Criminal Federal (100),  Escrivão de Polícia Federal (350) e Delegado de Polícia Federal (100). A remuneração oferecida para os cargos de Perito Criminal e Delegado é de R$ 14.037,11  e para o cargo de Escrivão é de R$ 7.514,33, com jornada de trabalho em regime de dedicação exclusiva (40 horas semanais).

Para concorrer a uma vaga de Escrivão, o candidato precisa ter nível superior em qualquer área. Entre as atribuições policiais e administrativas de um Escrivão da PF estão: cumprir formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, acompanhar a autoridade policial em diligências policiais e dirigir veículos policiais. Vale ressaltar que das 350 vagas para este cargo, 18 estão reservadas 18 vagas para os candidatos com deficiência

* Em uma semana, dois deputados do PSB são condenados à perda dos direitos políticos em primeira instância.

Coincidentemente, dois deputados estaduais do PSB enfrentam na justiça um problema em comum: suspensão dos direitos políticos... Apesar de ser em primeira instância, os deputados Tomba Farias e Larissa Rosado vão acionar suas defesas para tentarem derrubar as decisões judiciais desfavoráveis, e que caso em segunda instância forem mantidas, podem trazer prejuízos para a disputa de 2014.

Uma ação civil pública por improbidade administrativa, de autoria do Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN), resultou na condenação Tomba Farias, à suspensão dos direitos políticos pelo prazo de três anos, entre outras sanções. As acusações foram quando o deputado era prefeito de Santa Cruz. Já Larissa, teve a perda do direito político por oito anos, sendo acusada de “abuso de poder econômico”, nas eleições 2012, quando disputou a prefeitura de Mossoró.
Marcos Dantas.

* Agripino usa tribuna do Senado para falar sobre boato de fim do Bolsa Família, “foi ato do Governo para se vitimizar” .

O boato sobre o fim do Bolsa Família ainda está dando o que falar. Mesmo estando em estágio de investigação, muito políticos arriscam alguns palpites sobre de onde surgiram os rumores. No  Jornal de Hoje desta terça, destaque para o senador José Agripino, que usou a tribuna do Senado para demonstrar sua opinião. “Passa pela minha cabeça ter sido um ato do Governo para se vitimizar”, disse o líder do Democratas, considerando as palavras da ministra Maria do Rosário um atentado à inteligência e um ato de burrice. “Em política, tem os fatos e desdobramentos dos fatos. Como a oposição ia fazer isso se depois seria descoberto?, questiona o senador, acrescentando que se isso ocorresse “a oposição ficaria com cara de tacho”.

Exigindo do governo a identificação dos responsáveis pelo boato, o senador do DEM considera “um perverso boato que levou as pessoas ao desespero, inclusive causando cenas de agressões em agências bancárias”. Em seguida, José Agripino disse que o Governo está fazendo “prisioneiros” de um programa – o Bolsa Família – que na época de Fernando Henrique funcionava a contento com exigências como colocar as crianças nas escolas para ter direito ao benefício. “Nesse governo, o Bolsa Família é uma simples dação de dinheiro sem se preocupar em qualificar as pessoas. Estamos vendo a falência do programa colocando as pessoas na condição de miseráveis”, ressalta o senador.

* TSE aprova 05 de outubro como data dos brasileiros irem às urnas nas eleições de 2014.

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, na sessão administrativa desta terça-feira (21), o calendário das Eleições 2014. A eleição ocorrerá no dia 5 de outubro, em primeiro turno, e no dia 26 de outubro, nos casos de segundo turno. O calendário traz as principais datas do processo eleitoral a serem observadas por partidos políticos, candidatos, eleitores e pela própria Justiça Eleitoral. Em 2014, os eleitores vão eleger o presidente da República, governadores dos Estados, senadores (renovação de um terço do Senado), deputados federais e deputados estaduais ou distritais.

Um ano antes da eleição, até o dia 5 de outubro de 2013, todos os partidos que desejarem participar das eleições devem estar com seus estatutos registrados no TSE. Também os futuros candidatos de 2014 devem ter seu domicílio eleitoral na jurisdição onde pretendem concorrer e estarem filiados ao partido um ano antes do pleito.

A partir de 1º de janeiro de 2014, os institutos de pesquisa ficam obrigados a registrar suas pesquisas perante a Justiça Eleitoral. As convenções para a escolha dos candidatos devem ocorrer entre os dias 10 e 30 de junho. As emissoras de rádio e TV estão proibidas de transmitir programas apresentados por candidato escolhido em convenção. ros dos candidatos devem ser feitos, pelos partidos ou coligações, até o dia 5 de julho de 2014. No dia seguinte, passa a ser permitida a realização de propaganda eleitoral, como comícios e propaganda na internet (desde que não paga), entre outras formas.

* Obras terão início essa semana...

De acordo com informações do Secretário Municipal de Planejamento, Edson Moares, ao blog Caraúbas.net, as obras para construção das 45 unidades habitacionais da zona rural do município de Caraúbas/RN, serão iniciadas nesta quinta-feira (23).

O valor dor benefício será de R$ 1.327,500 (Um milhão, trezentos e vinte e sete mil e quinhentos reais), para a construção de 45 Unidades habitacionais nas localidade de Apanha Peixe, São Geraldo, Xique-Xique, Fortuna, Marrecas, Volta do Juazeiro, Boágua, Sabe Muito, Língua de Vaca, Pedrês, Mariana I e II, Pacó e Santana. O mesmo foi conseguido graças a uma parceria entre Prefeitura e Caixa Econômica através do Programa Minha Casa Minha Vida.  

Segundo o prefeito Ademar Ferreira (PMDB), este é apenas o primeiro de uma série de projetos habitacionais que serão executados em Caraúbas/RN e que devem render até 2015 uma quantia de 500 casas construídas.

* Dilma Rousseff é a segunda mulher mais poderosa do mundo na lista da Forbes.

A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, é a segunda mulher mais poderosa do mundo, atrás apenas da chanceler alemã Angela Merkel, segundo o ranking anual da revista Forbes. Dilma, que ficou na terceira posição por dois anos consecutivos, alcançou o segundo lugar após a saída de Hillary Clinton do posto de secretária de Estado americano, o que fez a ex-primeira dama dos Estados Unidos cair para o quinto lugar.

Outra brasileira aparece entre as 20 primeiras da lista da revista americana: a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, no 18º lugar. A chanceler alemã Angela Merkel lidera a lista da revista pelo terceiro ano consecutivo. Depois da presidente brasileira aparecem Melinda Gates – que preside ao lado do marido a Bill and Melinda Gates Foundation -, e a primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama.

A presidente argentina Cristina Kirchner caiu 10 posições na lista e aparece na 26ª posição. A lista anual inclui mulheres influentes na política, negócios, imprensa, entretenimento, tecnologia e organizações sem fins lucrativos, classificadas por “fortuna, presença na mídia e impacto”, segundo a revista.

* Segunda Câmara condena ex-prefeito de Umarizal a ressarcir R$ 613 mil para conta do Fundef.

O ex-prefeito de Umarizal, Adson Luís Dias de Souza Martins, foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado a ressarcir a quantia de R$ 613.319,94, referente à ausência de documentação com probatória de despesas concernente a Balancete do Fundef do ano de 2003.

O processo foi relatado pelo auditor Marco Antônio Montenegro, na sessão da Segunda Câmara do Tribunal de Contas, que acrescentou ainda à proposta de voto pelo encaminhamento das principais peças processuais ao Ministério Público Estadual, para verificação de atos de improbidade administrativa ou ilícito penal. A proposta foi acatada à unanimidade dos conselheiros.

* MP pede cassação de João Maia por uso de Caixa 2 na campanha.

Deputado federal e Presidente do Partido da República no Rio Grande do Norte. Um dos principais aliados políticos da governadora Rosalba Ciarlini. Cotado para ser candidato a vice-governador na próxima eleição. Acusado de praticar Caixa 2 no pleito eleitoral de 2010.

Essas são algumas das definições possíveis, neste momento, quando se trata do potiguar João Maia. E a última característica é resultante de uma ação do Ministério Público Eleitoral (MPE), que afirma ter certeza das práticas irregulares do parlamentar na última disputa por vagas na Câmara Federal e, por isso, pede na Justiça Eleitoral a cassação do mandato dele.

A ação está na fase das alegações finais e O Jornal de Hoje teve acesso com exclusividade a parte do processo. Nele, o Ministério Público Eleitoral, por meio do procurador regional eleitoral Ronaldo Pinheiro de Queiroz, que assinou a ação, pede a cassação de João Maia baseado na “presença de indícios de que ele teria arrecadado recursos, bem como realizado gastos, em prol de sua campanha de forma irregular e clandestina”.

* Sem novidades: Comissão da Verdade: torturas começaram em 1964, antes do AI-5.

A Comissão Nacional da Verdade (CNV) apresentou nesta terça-feira um balanço do primeiro ano de trabalho. Paulo Sérgio Pinheiro, um dos integrantes do colegiado, diz que os documentos analisados até agora permitem confirmar que a prática da tortura como técnica de interrogatório nos centros de tortura do regime é anterior à luta armada, portanto desde 1964, logo após implantação do golpe militar, e não a partir de 1968 com o Ato Institucional-5 (AI-5).

Com a divulgação das torturas pela imprensa, que ainda não estava censurada pelo ato, os militares reduziram a intensidade em 1965, após o relatório Geisel, então chefe de gabinete do presidente Castelo Branco. Geisel assegurou impunidade para os torturadores. Em 1969, a tortura explodiu no país. “Desde 64 ocorriam torturas. E não de 1968. Não se enganem” disse Pinheiro. “A tortura virou padrão de repressão”.

* Governo do Estado reage às críticas de Wilma de Faria.

O Governo do Estado rebateu as críticas feitas pela vice-prefeita de Natal e ex-governadora, Wilma de Faria. Em entrevista publicada na edição de domingo da TRIBUNA DO NORTE, ela apontou que alguns dos principais programas governamentais teriam sido encerrados na atual gestão. Por intermédio da Secretaria de Comunicação, o Governo negou que tenha adotado medidas que ameaçam o Programa do Leite.

Segundo a explicação do secretário de Comunicação, jornalista Edilson Braga, a atual gestão assumiu uma dívida de R$ 11,094 milhões, deixada pelo Governo Wilma de Faria junto aos fornecedores do Programa do Leite. Ele afirmou também que a dificuldade do momento são decorrentes da seca, uma vez que não há rebanho suficiente para atender as necessidades do programa.

Ampliação

Sobre a acusação de Wilma de Faria de que a governadora Rosalba Ciarlini acabou com as Centrais do Cidadão, o secretário disse que apenas com aluguéis a dívida deixada pela gestão de Wilma somou R$ 570 mil. “As Centrais estão funcionando, algumas sendo reformadas para tornar o serviço melhor”, destacou.

A acusação da ex-governadora Wilma de Faria de que a atual administração ainda não concluiu a obra de duplicação da avenida Omar O’Gray, no prolongamento da Prudente de Morais, que levará até a BR 101, também foi contestada pelo Governo Rosalba Ciarlini. O secretário informou que o projeto não previa túneis e, com isso, foi necessário fazer um novo estudo para construção dos dúneis. Segundo o Governo, em 60 dias toda obra será inaugurada.

A assessoria da governadora Rosalba Ciarlini lembrou ainda que a gestão de Wilma de Faria deixou R$ 800 milhões em dívidas. “A governadora Rosalba começou a administrar pagando a dívida deixada pela gestão passada”, destacou. Na edição do último domingo da TRIBUNA DO NORTE, Wilma de Faria, que é presidente estadual do PSB, fez duras críticas a atual gestão. Ela chegou a dizer que todas as obras que estão sendo feitas no Governo Rosalba foram deixadas pela gestão passada. “Tudo que está sendo construído, por ventura agora, foi tudo iniciado na nossa gestão”, destacou.

Para a vice-prefeita, o povo potiguar “cometeu um erro histórico”. “Acho que o povo do Rio Grande do Norte cometeu um tremendo erro histórico porque tínhamos uma administração de rumo, tinha planejamento, estava realizando investimentos importantes em todas as áreas, preocupada com a logística, com geração de emprego e renda e agora estamos vendo o Estado se transformando e a reclamação hoje em todo Rio Grande do Norte é imensa”, frisou Wilma de Faria.