segunda-feira, 27 de maio de 2013

* Prefeitura de Caraúbas recuperou abrigos de passageiros.

A Prefeitura Municipal de Caraúbas, através da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, recuperou os três abrigos de passageiros, localizados nas saídas da cidade, sentidos Campo Grande, Mossoró e Apodi.

 

Preocupado com as instalações dos abrigos, o prefeito Ademar Ferreira cobrou agilidade e rapidez na recuperação, fato esse prontamente atendido pelo secretário João Marcolino.

 

Diariamente dezenas de pessoas utilizam os abrigos quando estão se deslocando para outros municípios.

 

Nesse primeiro momento foram realizadas melhorias nos abrigos na RN 117, saída para Governador/Mossoró e RN 233, saídas para Apodi e Campo Grande. 

 

Nas próximas semanas será realizado um levantamento e posteriormente serão recuperados os abrigos de São Geraldo e Boágua, como também construir abrigos nas comunidades de Mariana e Cachoeira. 

 Saída para Mossoró...
Rampas de acessibildade...
Saída para Apodi..

Melhorias para os passageiros.
ACPMC.

* Enem bate recorde com 6,3 milhões de inscrições.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 já recebeu 6.342.250 inscrições e bateu recorde no número de candidatos. Esse total foi registrado às 11h30, segundo o Ministério da Educação (MEC). As inscrições seguem até as 23h59 desta segunda-feira, dia 27.

Mais informações podem ser obtidas em: http://enem.inep.gov.br

Em 2012, O total registrado no encerramento do período foi de 5.971.290. Para os candidatos não isentos, a taxa de inscrição, de R$ 35, deve ser paga até quarta-feira, 29. Estão isentos os concluintes do ensino médio em 2013, matriculados em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar da Educação Básica. Também não precisa pagar a taxa o participante com renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

As provas serão aplicadas no fim de semana dos dias 26 e 27 de outubto, com início às 13 horas (de Brasília). O Enem, que avalia o desempenho escolar e acadêmico do estudante ao fim do ensino médio, é aplicado em todos os estados e no Distrito Federal. O resultado no exame permite ao candidato a participação no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de educação superior.

O desempenho no Enem é também requisito para participação do estudante nos programas Universidade para Todos (ProUni) e Ciência sem Fronteiras e para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Estudantes maiores de 18 anos que ainda não obtiveram a certificação do ensino médio podem fazê-lo por meio do Enem.

Susto. Uma falha no site de inscrições entre a noite de domingo e a madrugada desta segunda-feira informou o encerramento das inscrições para a prova antes do previsto. O MEC confirmou que a mensagem "inscrições encerradas" aparecia para os candidatos que tentavam acessar o sistema. O problema foi detectado à meia noite e, segundo o MEC, corrigido em cerca de 15 minutos.

* A homagem da Assembleia Legislativa ao senador Garibaldi Alves.

O senador Garibaldi Alves recebeu esta manhã (27) a Medalha do Mérito Legislativo, numa das solenidades mais prestigiadas ao longo da história da ALRN, com a presença das principais lideranças políticas do Estado. A proposição foi do presidente da Casa, deputado Ricardo Motta (PMN) e a sessão solene foi realizada no dia em que o homenageado completou 90 anos.

“Digo, sem o menor receio de me equivocar nem de desvalorizar outros instantes históricos, que somos privilegiados por participar de uma das mais memoráveis sessões da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Esta Casa se reúne para homenagear não somente o homem público de currículo vasto, mas para celebrar os 90 anos de um protagonista sereno da vida política do nosso Estado”, afirmou Ricardo Motta, que relembrou a trajetória política do senador e de parte da família.

O presidente da Casa enalteceu qualidades do senador homenageado, a quem definiu como “ponderado e de espírito conciliador, um homem comum acima das mesquinharias, sábio e sem presunção para compartilhar e transmitir aos mais jovens”.

* Comissão do Senado poderá aprovar fim de concurso para cadastro de reserva.

Debate sobre o fim de concurso público para formação de cadastro de reserva volta à pauta da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) nesta quarta-feira (29). Na ocasião, pode ser aprovado, em decisão terminativa, substitutivo a projeto de lei do Senado (PLS 74/2010) que proíbe essa prática – bem como a oferta simbólica de vagas – ao estabelecer regras gerais para acesso a cargos efetivos no serviço público federal.

“O cidadão candidato não pode mais ficar sujeito às gritantes irregularidades que vêm ocorrendo nos concursos públicos – frequentemente noticiadas pela mídia, as quais impedem o acesso justo e igualitário a cargos e empregos públicos”, argumentou o relator, senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), em parecer favorável à proposta, de autoria do ex-senador Marconi Perillo (PSDB-GO).

* Dilma diz que é preciso aguardar resultado das investigações sobre o Bolsa Família.

As investigações sobre a origem dos boatos de que o Programa Bolsa Família iria acabar não estão concluídas, por isso, segundo a presidenta Dilma Rousseff, ainda não se pode dizer o que ocorreu. “Nós não podemos, não há ninguém no governo que possa dizer já – pelo menos até a última  [sexta-feira (24)], pode ter evoluído no último  [sábado (25)] – possa dizer o que ainda aconteceu. Eu acho que tem de ter muito critério para olhar isso”, disse a presidenta em entrevista à imprensa na cidade de Adis Abeba, na Etiópia, divulgada pelo site da Presidência da República.

A presidenta considera o Bolsa Família um programa vitorioso, mas que precisa ser permanentemente monitorado. “Olha, eu acredito que esse é um dos processos mais bem sucedidos do Brasil. Nós sabemos que é fundamental monitorar. Tanto é que nós temos auditoria sistemática sobre esse processo. Nós incluímos dentro do Bolsa Família todos os mecanismos capazes de assegurar que cada vez ele se aprimora mais. Nós não achamos que o dia que a gente começou a fazer o Bolsa Família, ele estava pronto. Nós construímos isso ao longo de dez anos”, ressaltou.