quinta-feira, 27 de junho de 2013

* Prazo para sacar abono salarial anual termina amanhã.

Os trabalhadores que recebem até dois salários mínimos (aproximadamente R$ 1,3 mil) têm até amanhã (28) para retirar o abono salarial (R$ 678) referente a 2012/2013. O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) estima que mais de um milhão de pessoas ainda não tenham sacado o abono. No total, cerca de 20,7 milhões de trabalhadores têm o direito de receber o benefício, dos quais 19,6 milhões já fizeram o saque. Estima-se que tenham sido gastos mais de R$ 11,5 milhões do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) com os pagamentos em 2012.

Os requisitos para ter direito ao abono são: ter rendimento mensal até dois salários mínimos, ter informações cadastradas na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), estar cadastrado no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e ter carteira assinada ou ter sido nomeado para cargo público durante, pelo menos, 30 dias no ano em questão.

* Só falta a NNEX! Aí mata: Promotor de Defesa do Consumidor poderá abrir inquérito para investigar Telexfree, a BBOM e a Multiclick .

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP-RN) também está com uma lupa sobre a atuação da Telexfrre no Estado. A informação foi dada pelo Novo Jornal, nesta quinta-feira (27). Atualmente, mais de 85 mil pessoas integram os quadros da empresa em solo potiguar. Até a segunda semana de março deste ano eram 75 mil integrantes. A empresa já teria movimentado mais de R$ 50 milhões através dos divulgadores do RN. 
E o promotor público de defesa do consumidor, Alexandre da Cunha Lima, afirmou que iria abrir um inquérito que envolveria, além da Telexfree, a BBOM e a Multiclick, outras duas grandes empresas de marketing multi nível e que contam com mais de 60 mil associados. De acordo com informações do MP, não há a confirmação até o momento de que o inquérito tenha sido instaurado. Sabe-se por hora que o promotor tem reunido documentações para embasar a investigação. Nenhuma denúncia formal foi registrada.
8495

* Secretaria de Saúde atingindo metas.

As equipes de Saúde do Município de Caraúbas deram início a Semana Municipal de Prevenção e Diagnóstico da Hipertensão e Diabetes. Todos os profissionais estão realizando atividades de orientação em suas áreas de cobertura bem como está acontecendo o teste de glicemia. 

Nas Comunidades de Cachoeira e Santo Antônio aconteceu o Café Comunitário com os pacientes nas Unidades de Saúde de cada comunidade. As atividades foram coordenadas pelas Enfermeiras Raquel Gurgel (PSF Cachoeira) e Ruth Eloah (PSF São Severino). As atividades irão acontecer até o início do mês de Julho. 

Atendendo as recomendações que são dadas para as condicionalidades da Saúde, a secretaria de saúde local, conseguiu atingir a meta de 80 % que é proposta pelos Ministérios da Saúde e Desenvolvimento Social. Foram acompanhados mais de 2.212 família em todo o Município de Caraúbas. O acompanhamento é realizado em dois momentos durante o ano, onde é avaliado o estado nutricional das família, avaliação de vacinas bem como acompanhamento das gestantes. "É importante que as família que recebem este benefício possam atender sempre o chamado das Secretarias Municipais de Saúde, Educação e Assistência Social e que façam os devidos acompanhamentos. O Governo faz a parte dele e é necessário que a população também faça a dela" Relata o Coordenador Municipal do Bolsa Família na Saúde.
 Técnicos em serviços.

* Senado aprova corrupção como crime hediondo.

Depois de mais de duas horas de discussão, o Plenário do Senado aprovou, em votação simbólica, o projeto (PLS 204/11) que inclui a corrupção ativa e passiva no rol de crimes hediondos. 

O projeto inclui delitos contra a administração pública como crimes hediondos, aumentando suas penas e dificultando a concessão de benefícios para os condenados. O projeto segue agora para análise da Câmara dos Deputados.

Com a mudança, os condenados por esses crimes não terão mais direito a anistia, graça, indulto e livramento mediante de fiança. Também se torna mais rigoroso o acesso a benefícios como livramento condicional e progressão de regime.