domingo, 4 de agosto de 2013

* Walter Alves dispara: “Rosalba dizia na mensagem anual que o Estado estava reequilibrado financeiramente”.

O deputado estadual Walter Alves, pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado comentou as medidas anunciadas pela governadora Rosalba Ciarlini (DEM), como forma de conter os gastos do seu governo. Walter disse que esperava que essa medida tivesse sido anunciada no começo da administração, com a redução do custeio ruim da máquina para que o Estado voltasse a ter capacidade de investimento com recurso próprio.

O deputado também lamentou que até agora nada disso tenha sido feito. Walter Alves estranhou que na leitura anual da Assembléia, Rosalba tenha anunciado que o Rio Grande do Norte estava reequilibrado financeiramente.

* José Aldo vence luta contra coreano e mantém cinturão dos pesos-pena.

Com tranquilidade, José Aldo venceu na madrugada deste domingo a luta contra o coreano Chan Sung Jung e manteve o cinturão dos pesos-pena em luta pelo UFC 163, que também ficou marcada por ser a quarta edição da competição no Rio de Janeiro. A vitória veio aos dois minutos do quarto round com um nocaute técnico do brasileiro, depois de uma sequência de socos na cabeça do adversário.
 Conquistado em 2010 no UFC 123, o título foi defendido por Aldo pela quinta vez, fazendo dele o segundo brasileiro na competição a manter um cinturão. O potiguar Renan Barão detém há um ano o cinturão do peso galo, após uma vitória sobre o americano Urijah Faber. No mês passado, Anderson Silva perdeu o cinturão dos pesos médios para Chris Weidman e, em dezembro do ano passado, Cain Velasquez conquistou o peso pesado sobre o brasileiro Júnior Cigano.José Aldo venceu a luta contra o Zumbi Coreano no quarto round da luta
José Aldo venceu a luta contra o Zumbi Coreano no quarto round da luta

* Parentes processam o dono da Telexfree.

Uma tia e um primo do fundador da Telexfree, Carlos Wanzeler, processaram a empresa. O motivo é o mesmo de uma enxurrada de outras ações abertas nas últimas semanas: querem receber de volta o dinheiro colocado no negócio criado pelo empresário, e que acabou suspenso pela Justiça sob suspeita de ser a maior pirâmide financeira da História do País.
No total, os dois parentes pedem cerca de R$ 15 mil, quantia que inclui também os lucros prometidos pela Telexfree para conquistar adesões. O valor é relativamente pequeno em comparação a outros processos, como o de um advogado de Mato Grosso que pede R$ 101 mil.
“Acredito que são parentes distantes, senão tinham investido um valor muito maior e estariam no topo da pirâmide”, afirma o advogado Alexey Campgnaro Lucena, que representa os dois e pediu sigilo de seus nomes.

* Cabos da Policia Militar do RN promovidos há 18 meses ainda recebem como Soldados.

Os Cabos da Policia Militar do RN formados no inicio de 2012 entraram em contato com o blog para denunciar a falta de pagamento do salário referente as suas promoções ocorridas há mais de um ano e meio.
Segundo um dos praças, os Militares foram promovidos ao posto de Cabo em fevereiro de 2012; no entanto, mesmo após a promoção os cabos continuam recebendo como Soldados PM.

* Oito cidades escolherão novos prefeitos neste domingo.

Oito cidades de cinco estados terão que escolher novos prefeitos neste domingo (8). De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 215,6 mil eleitores deverão retornar às urnas. O novo processo eleitoral foi motivado pela anulação dos resultados obtidos em outubro do ano passado, pois os candidatos que obtiveram mais de 50% dos votos válidos tiveram o registro de candidatura negado. Em São Paulo, haverá novas eleições em Pedrinhas Paulista, Boa Esperança do Sul, Itaí e Osvaldo Cruz. Novos prefeitos também serão escolhidos em Marituba (PA), Pedro Canário (ES), Ponte Serrada (SC) e em Barra do Piraí (RJ).
Em Boa Esperança do Sul, o prefeito reeleito Jaime Fortino Benassi (PMDB) teve o registro cassado por ter oferecido show gratuito, cestas básicas e ônibus municipais gratuitos à população local. Geraldo Giannetta (PTB), de Pedrinhas Paulista, teve o registo negado por falsidade ideológica nas eleições de 2004. Ele acusou o adversário de compra de votos e não conseguiu provar.
Valter Luiz Martins (PSDB), de Osvaldo Cruz, foi barrado devido à Lei da Ficha Limpa. Em Itaí, o prefeito eleito Luiz Antônio Paschoal (PSDB) não pode ficar com o posto de prefeito por uso indevido de meios de comunicação durante sua campanha à reeleição.
Em Barra do Piraí (RJ), o prefeito Maércio Fernando Oliveira de Almeida (PMDB), e seu vice, Norival Garcia da Silva Júnior (PV), foram cassados por abuso de poder e uso indevido de meios de comunicação. O candidato eleito em Ponte Serrada (SC), Clodemar Christianetti Ferreira, foi afastado com base na Lei da Ficha Limpa.
Em Canário (ES), Antônio Wilson Fiorot (PSB) e Leone Márcio Santos (PT) foram afastados dos cargos porque no momento do registro, Fiorot estava inelegível. Ele vai concorrer novamente porque a decisão que prejudicava sua participação foi anulada. Em Marituba (PA) o prefeito eleito em 2012, Mário Filho (PSD), teve seu registro indeferido por falta de quitação eleitoral.