sexta-feira, 9 de agosto de 2013

* Distrito de São Geraldo foi palco da Sessão da Câmara.

Na tarde de ontem (08), no Distrito de São Geraldo/Caraúbas ocorreu a sessão itinerante da Câmara de Vereadores Caraubense, na oportunidade foram apresentadas várias proposituras por parte dos Edis, essas em sua grande maioria voltadas para a região de São Geraldo.

O projeto de levar a câmara para próximo do povo foi retomado após a chegada do Edil Novinho Praxedes (PMDB), a presidência da casa, essa iniciativa é de grande valia para a população com também para com os edis que se aproximam das suas bases políticas durante seu mandato.

Apesar do número não ter sido de grande público a sessão foi muito movimentada e contou também com as explicações (Prestação de Contas), do secretário de Infraestrutura, João Marcolino, das ações que estão sendo executadas pela municipalidade caraubense.
 Edis...
 Novinho de parabéns pela iniciativa...
 Público...
 Secretário prestando contas.

* Sem novidades: Hospitais do RN estão desabastecidos.

O desabastecimento dos hospitais de urgência e a falta de medicamentos para doentes crônicos, como diabéticos, hipertensos e transplantados, pode levar a crise da saúde ao agravamento sem precedentes.

Nos R$ 100 milhões devidos aos fornecedores, como se fosse algo pagável sem pressa, a dívida mais grave é junto a quem fornece os medicamentos essenciais. E alguns já faltam desde o início de junho.

* Para Fátima Bezerra, Rosalba fez “propaganda enganosa” por dois anos e meio.

A deputada Fátima Bezerra (PT) ocupou a tribuna da Câmara essa semana para dar conhecimento ao Brasil do que acontece no RN. Para a deputada, o governo do Estado acabou antes do fim e essa constatação, segundo a deputada, está nas palavras do secretário de Planejamento, Obery Rodrigues, que na semana passada declarou: “o Estado perdeu a condição de financiar os serviços públicos fundamentais e nem consegue pagar seus credores”. Segundo a deputada, “quando uma declaração dessa magnitude sai da boca de quem deveria planejar e cuidar das finanças do estado e está desde o primeiro dia no governo Rosalba, fica a indagação: o que será da população até o final desse desastre?”.

Fátima Bezerra lembrou, durante o pronunciamento, a ida da Governadora à Assembleia Legislativa este ano. “Rosalba disse, no discurso, que era o momento de reconstruir e avançar. Quero dizer que o governo inclusive tem se especializado em gastar muito com propaganda enganosa, diga-se de passagem, porque, na verdade, o mundo cor-de-rosa que a governadora Rosalba, que o governo do Democratas tem pintado na televisão contrasta profundamente com a situação de angústia, com o descalabro que tomou conta do RN”, lamentou.

* Candidata de Parnamirim é anunciada com Miss RN.

A candidata de Parnamirim, Cristina Alves, foi escolhida como a Miss Rio Grande do Norte de 2013. A advogada de 24 anos foi a escolhida entre 25 candidatas que disputaram o título na cerimônia no Vila Hall, na Via Costeira, na noite dessa quinta-feira (09). Agora ela se prepará para a etapa nacional, que acontecerá em Belo Horizonte (MG) no mês de setembro.
MISS RN.

* Governo libera R$ 130 mi para cidades afetadas pela seca.

Em razão da estiagem que atinge a Região Nordeste desde abril, o Ministério da Integração Nacional vai liberar R$ 130 milhões do Programa Água para Todos para atender os municípios afetados. Cerca de 300 cidades, que ainda não foram definidas, vão poder montar sistemas simplificados de abastecimento de água. Os recursos serão usados para a localização e perfuração de poços e tratamento, armazenamento e distribuição de água em comunidades rurais de baixa renda. As prefeituras devem promover ações sociais, como oficinas educativas sobre gestão da água.

A definição dos municípios caberá ao Comitê Gestor Estadual do Programa Água para Todos até o final deste mês. No entanto, o ministério recomenda que sejam priorizadas as cidades que, nos últimos nove anos, foram reconhecidas seis ou mais vezes em situação de emergência ou calamidade pública por causa de seca, pela Secretaria Nacional de Defesa Civil. Cada comunidade deve ter ao menos 50 famílias e renda per capita de R$ 140. Os estados são livres para estabelecer os critérios para aplicação dos recursos.

* Primeiro repasse do FPM de agosto será creditado com aumento de mais de 23%.

Será creditado nessa sexta-feira (09), nas contas das prefeituras brasileiras o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao 1º decêndio do mês de agosto. O valor desta parcela é de R$ 2.831.306.597,70 em valores já descontados a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, incluindo a retenção do Fundeb, o montante é de R$ 3.539.133.247,13.
 
De acordo com o levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), o repasse que será efetivado é 23,4% maior do que o mesmo período do ano passado, em valores reais. Historicamente o repasse do mês de agosto é maior do que o anterior do mês de julho.

* 'Foi feita justiça', diz família de F. Gomes sobre réu condenado no RN.

A família do radialista Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes, que foi assassinado em 18 outubro de 2010 na cidade de Caicó, região Seridó do Rio Grande do Norte, enviou uma nota à imprensa nesta quinta-feira (08) em agradecimento ao apoio recebido durante o julgamento do réu confesso da vítima.O mototaxista João Francisco dos Santos, mais conhecido como 'Dão', foi condenado na última terça-feira (06) a cumprir 27 anos de prisão. Mulher e filhos de F. Gomes agradecem ao poder judiciário, todos os envolvidos no julgamento, à imprensa e à polícia.

“Os familiares agradecem a todas as pessoas que, de uma forma ou de outra, ajudaram nesse primeiro momento da caminhada em busca da ‘Justiça’”, diz um trecho da nota. “A família está satisfeita porque foi feita ‘Justiça’, e pede que os demais réus sejam levados a julgamento popular”, afirma outra parte da nota.

Veja a nota completa

"Os familiares do jornalista Francisco Gomes de Medeiros, (F. Gomes), publicamente, agradecem a todas as pessoas que, de uma forma ou de outra, ajudaram nesse primeiro momento da caminhada em busca da “Justiça”.

Eliene, (esposa), Esley, Everton e Érika, (filhos), e demais familiares agradecem ao Poder Judiciário do Rio Grande do Norte. No Tribunal de Justiça, aos Desembargadores que mantiveram o julgamento em Caicó; ao corpo de Jurados, formado por pessoas dignas que fizeram o esperado por todos, condenando o réu; aos funcionários do Fórum, que foram prestativos; à Imprensa de todo o Estado, aos profissionais de rádio, jornais, blogs e TVs, que foram e são incansáveis na apuração dos fatos que precisam ser divulgados e, como ele, (F Gomes), sentem que é preciso lutar pela verdade e pela Justiça; à Polícia, que trabalhou e foi incansável nas investigações, e que garantiu a ordem no julgamento em Caicó; ao advogado Jandui Fernandes, que se mostra um gigante na defesa dos nossos interesses e na defesa do seu amigo (F. Gomes); ao Promotor de Justiça, Geraldo Rufino de Araújo Júnior, que luta sempre pela verdade, que pede por Justiça e exclamou bravamente diante de todos que nossa terra é ordeira e que aqui não se pode matar; ao juiz Luiz Cândido Villaça, respeitoso e correto na condução do processo; ao Defensor Público que veio para que o Júri ocorresse; à população, de modo geral, que mostrou que os próximos julgamentos podem e devem ser realizados em Caicó, e que nos apoiou sempre. Enfim, a todas as pessoas e instituições envolvidas.

A família está satisfeita porque foi feita “Justiça”, e pede que os demais réus sejam levados a julgamento popular.

Lembramos, ainda, do momento do buzinaço feito quando o júri estava em pleno andamento. Nós ficamos felizes e sentimos o apoio dado nesse gesto. Obrigada a todos. Ele (F. Gomes) fez um buzinaço pedindo por justiça e o gesto foi repedido, por ele. Deixa-nos felizes esse carinho.

O nosso respeito e agradecimento às testemunhas que prestaram depoimentos e falaram a verdade. Foi o que prevaleceu durante toda a sessão. A verdade!

A união da nossa família, o carinho dos amigos de F. Gomes, tudo foi essencial para chegarmos até aqui. A Justiça, apenas começou a ser feita!

Da família de F. Gomes"

* Mega-Sena acumula na semana do Dia dos Pais e vai a R$ 21 milhões.

Nenhuma aposta conseguiu acertar as seis dezenas do concurso 1.519 da Mega-Sena, realizado nesta quinta-feira (08) em Itabira (MG). O segundo dos três sorteios programados para a semana do Dia dos Pais acumulou de novo e a estimativa é que o próximo prêmio seja de R$ 21 milhões.

Veja as dezenas sorteadas: 05 - 06 - 15 - 23 - 56 - 59.

Segundo a Caixa, 72 apostas acertaram a Quina e cada uma vai receber R$ 21.543,33. Outras 5.886 apostas acertaram a Quadra e cada uma receberá R$ 376,46.

O próximo sorteio está marcado para sábado (10). Por possuir número com final zero (1.520), o prêmio recebe um adicional de 22% do total destinado a prêmio dos últimos cinco concursos, pela regra da Mega-Sena.

A aposta mínima é de R$ 2 e pode ser feita até as 19h dos dias de concurso, em qualquer uma das mais de 12.600 lotéricas do país.

* Justiça indefere liminar do Sinte e mantém suspensão de cessões.

O Tribunal de Justiça do Estado indeferiu a liminar impetrada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte, que tratava da cessão de servidores do Estado para a organização sindical. Agora, além de recomendação do Ministério Público, o Sinte também tem uma decisão judicial desfavorável à manutenção das cessões irregulares de professores.

Ao TJ, o Sinte havia solicitado a suspensão da determinação administrativa de apresentação à Secretaria de Estado da Educação dos servidores ocupantes dos cargos da estrutura do sindicato, com a manutenção da licença ou afastamento dos mesmos para atuação junto à entidade. O pedido foi indeferido.

* Márcia Maia dispara: “frustração do povo do RN é muito maior do que a da receita”.

A confirmação de que o Governo do Estado não deverá promover o fim da crise instalada no Rio Grande do Norte veio no início da tarde desta quinta-feira (08), na Assembleia Legislativa, após a explanação do secretário de Planejamento e Finanças, Obery Rodrigues.

A constatação é da deputada estadual Márcia Maia (PSB) que participou do debate com o representante do Executivo Estadual. “O que vimos aqui na Assembleia Legislativa foi apenas uma repetição do discurso de vazio e reconhecimento da incapacidade gerencial do Governo Rosalba em tirar o estado da crise em que ele próprio lançou”, analisou a parlamentar. O titular da pasta foi convocado pelo Legislativo a dar explicações sobre as dificuldades financeiras enfrentadas pelo governo do RN.

Na oportunidade, a qual contou com a participação de vários deputados, Márcia questionou o secretário sobre diversos aspectos. A principal pergunta ficou sobre a devolução de recursos de várias pastas, como Saúde e Segurança. No último caso, o foram devolvidos mais de R$ 2 milhões em recursos voltados para investimentos na área de Segurança ao Governo Federal por falta de projetos.

“O governo do estado afirma que está quebrado, mas deixa dinheiro do contribuinte que poderia ser utilizado para melhorar a qualidade de vida das pessoas ser desperdiçado por falta de uso. Posso garantir meus amigos, que a frustração do povo do RN é muito maior do que a da receita alegada pelo governo”, lamentou Márcia. Além das pastas já citadas, há ainda informações de recursos devolvidos por falta de projetos nas áreas de Educação, Turismo e Sistema Penitenciário. O secretário, entretanto, disse não ter conhecimento dos recursos devolvidos.