sábado, 23 de novembro de 2013

* Comunicado importante...

A Secretaria de Saúde do município de Caraúbas Informa que no dia 28 de Novembro haverá atendimento com o Médico Oftalmologista para consulta e tratamento do Glaucoma e haverá entrega de colírio aos pacientes. 

Quem desejar ser atendido comparecer no Centro de Saúde Dr. João Marinaldo de Holanda, no centro da cidade, a partir das 08hs da manhã e portando xerox dos seguintes documentos:

  • Identidade;
  • CPF;
  • Cartão do SUS;
  • Comprovante de Residência.

* Henrique luta por liberação de recursos para o Parque Tecnológico de Caraúbas.

O presidente da Câmara dos deputados, Henrique Eduardo Alves, recebeu o reitor da Universidade Federal Rural do Semi-árido (Ufersa), José de Arimatea de Matos. Eles discutiram a liberação dos recursos necessários para o início das obras do Parque Tecnológico de Caraúbas, que será implantado pela Ufersa.
O empresário Ademos Ferreira Júnior também participou da reunião e assegurou a doação do terreno de 20 hectares para implantação do parque em uma área que será desmembrada de sua propriedade rural. Estão previstas entre 35 e 40 empresas na fase inicial do projeto. “São empresar de base tecnológica em automação, hardweare  e softweare que poderão gerar dezenas de pequenos empreendimentos e negócios na região”, reforçou o retorno da Ufersa.

O coordenador de empreendedorismo do Centro de Inovação Tecnológica da Ufersa (NIT), Kleber Cavalcante, explicou que serão necessários inicialmente, R$ 5 milhões para construção do primeiro de uma séria de quatro galpões previstos para o Parque Tecnológico. Estão previstas entre 35 e 40 empresas na fase inicial do projeto. “São empresar de base tecnológica em automação, hardwear  e softwear que poderão gerar dezenas de pequenos empreendimentos e negócios na região”, reforçou o retorno da Ufersa.
Os recursos são provenientes do Ministério da Ciência e Tecnologia. Uma incubadora de empresas e um escritório de projetos também fazem parte do Parque Tecnológico de Caraúbas onde a Ufersa já mantém um Campus Universitário voltado, principalmente, para as áreas de engenharia.
Reunião na capital do Estado.

* 2ª Vara Cível julga mérito de Ação e mantém bloqueio à Telexfree.

A 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco manteve na íntegra a liminar a respeito Ação Cautelar Inominada nº 0005669-76.2013.8.01.0001. Dessa maneira, todas as atividades da Ympactus Comercial Ltda. (Telexfree) estão suspensas em todo Brasil.

A sentença é da juíza Thaís Khalil, titular da unidade judiciária, e foi assinada nesta quinta-feira (21).

A empresa também continua proibida de admitir novas adesões à rede, seja na condição de "partner" ou de "divulgador"; e não pode receber os ditos Fundos de Caução Retomáveis e Custos de Reserva de Posição.

Também está impedida de vender kits de contas VOIP 99TeIexfree (ADCentral ou ADCentral Family), sob pena de pagamento de R$100 mil por cada novo cadastramento ou recadastramento.

A mesma decisão também proíbe a empresa de pagar comissões, bonificações e quaisquer outras vantagens aos "partner’s" e divulgadores, também sob pena de incidência da multa acima estipulada, por cada pagamento indevido.

Também permanecem indisponíveis os bens móveis, imóveis e valores existentes em contas bancárias e aplicações financeiras de propriedade da Telexfree e de seus sócios administradores (Carlos Roberto Costa e Carlos Nataniel Wanzeler), estendendo a decisão, quanto aos imóveis destes últimos, também aos seus respectivos cônjuges.