sábado, 30 de novembro de 2013

* Assembleia reduz percentual de corte de despesas determinado pelo Governo.

A Assembleia Legislativa publicou, nesta sexta-feira (29), ato no Diário Oficial do Estado (DOE) limitando a 4,72% o corte no seu orçamento. A decisão foi tomada após estudo da equipe financeira que constatou erros nos cálculos do Governo do Estado que definiram o corte linear de 10,74%, definido em decreto publicado no dia 26 de julho deste ano. A redução do percentual representa uma diferença de R$ 15.689.444,40 no orçamento anual do Poder Legislativo. O ato da Mesa Diretora ainda autoriza o presidente a buscar as medidas necessárias para recuperar o valor cortado do orçamento da Assembleia Legislativa e da Fundação Djalma Marinho, atingidas pelo decreto governamental. O Ato 1140/2013 entra em vigor a partir da sua data de publicação, retroagindo seus efeitos orçamentários e financeiros a 27 de julho de 2013.

O secretário geral da ALRN, Frederico Menezes, explicou que para definir o percentual de 4,72% foram levados em consideração os dados publicados no DOE referentes ao quarto bimestre de 2013, e os referentes ao quinto bimestre publicados no Portal da Transparência do Governo do Estado e, quanto aos dois bimestres, os dados da Secretaria de Tesouro Nacional. Quanto ao sexto bimestre em curso, foi feita uma estimativa de receita, levando em conta os dados já disponíveis da Secretaria de Tesouro Nacional e a média história dos três últimos exercícios para os dois últimos meses do ano.

* Provas do Exame de Seleção 2014 do IFRN acontecem este domingo (1).

Neste domingo (1), 17.635 estudantes do Rio Grande do Norte farão as provas que dão acesso ao ensino técnico integrado do IFRN. O processo seletivo, conhecido como Exame de Seleção, terá início às 13h, horário local, e conta com questões objetivas de Português e Matemática e uma produção textual escrita.

Os portões que dão acesso aos locais de prova vão ser abertos às 12h e fechados às 13h, conforme retificação divulgada hoje (29) pela Pró-Reitoria de Ensino do IFRN. “Os portões iriam se fechar às 12h45, mas como essa mensagem não estava sendo visualizada no Cartão de Inscrição, por um problema no sistema que o gera, preferimos definir o horário de fechamento dos portões como a hora de início da prova, para que nenhum candidato se prejudique”, explicou o coordenador de Acesso Discente do IFRN, Everaldo Pereira.

O ideal é que o candidato chegue com no mínimo uma hora de antecedência ao fechamento dos portões, para não ter o risco de perder a prova. Para realizar a avaliação, eles devem portar o documento de identidade e caneta esferográfica azul ou preta. Os locais de prova são informados no Cartão de Inscrição, que deve ser visualizado e impresso na Área do Candidato (http://ingresso.ifrn.edu.br). Os gabaritos preliminares da prova estarão disponíveis no portal do IFRN a partir das 19h30 do dia primeiro de dezembro.

* Previdência alerta para golpe da falsa convocação de segurados do INSS.

Aposentados devem estar atentos a golpe que tem se tornado recorrente nos últimos meses: uma correspondência sobre uma falsa Auditoria Geral da Previdência, convocando-os para uma “chamada para resgate”. O alerta foi dado hoje (29) pela Previdência Social. Segundo a pasta, quatro pessoas se dirigiram a agências da Previdência Social para entender sobre o que se tratava.

Segundo o falso texto, os segurados teriam direito a resgate de valores devidos a participantes de carteiras de pecúlio que teriam sido descontados da folha de pagamento como aposentadoria complementar. A Previdência Social esclarece que não entra em contato com seus segurados por meio desse tipo de correspondência nem tem relação com planos de previdência complementar para segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). “Os benefícios pagos mensalmente pelo INSS são da previdência pública, contributiva por todos os trabalhadores filiados ao Regime Geral de Previdência Social”, esclarece nota do ministério.

* Petrobras anunciar reajuste de 4% para gasolina e 8% para o diesel.

A Petrobras informou na tarde desta sexta-feira que decidiu reajustar o preço da gasolina nas bombas em 4% e o do diesel, em 8%. Em fato relevante protocolado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a estatal afirmou que o objetivo do aumento é “assegurar que os indicadores de endividamento e alavancagem retornem aos limites estabelecidos no Plano de Negócios e Gestão 2013-2017″. Os novos preços passam a vigorar, segundo o comunicado, a partir de meia noite deste sábado.