domingo, 8 de dezembro de 2013

* Severiano Melo: MP recomenda anulação de processo seletivo.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Apodi, recomendou ao prefeito de Severiano Melo que anule o processo seletivo simplificado (realizado no último mês de junho) e, por consequência, todos os atos de provimento dele derivados.

A Promotoria de Justiça também recomenda a reformulação no edital 002/2013, para que seja excluída a fase de entrevista. O certame foi feito para contratação temporária de pessoal para diversas funções públicas no Município.

A anulação deve ser feita no prazo de 15 dias e foi recomendada pelo MP porque no edital não constava o cargo EDU-01 (nutricionista educação). No entanto, na ata de resultado do processo seletivo surgiu uma vaga para preenchimento. Além disso, foi verificado que somente uma profissional foi inscrita e aprovada.

A situação representaria indício de direcionamento e favorecimento pessoal no certame, supostas de irregularidades na realização do certame que serão apuradas por investigações da Promotoria de Justiça no âmbito de inquérito civil instaurado.