quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

* Vacina contra HPV passa a fazer parte do calendário de vacinação.

A partir deste ano, a vacina que previne contra o câncer de colo de útero passa a ser incorporada no calendário de vacinação de meninas de 11 a 13 anos. A Campanha Nacional de combate ao HPV começa no dia 10 de março. A vacina estará disponível nos 36 mil postos da rede pública durante todo o ano, mas o Ministério da Saúde está incentivando secretarias estaduais e municipais de saúde a promover, em parceria com as secretarias de educação, a vacinação em escolas públicas e privadas.

A vacina contra HPV que será distribuída no SUS é a quadrivalente, que previne contra quatro tipos de HPV (6, 11, 16 e 18). Dois deles (16 e 18) respondem por 70% dos casos de câncer de colo de útero, responsável atualmente por 95% dos casos de câncer no país. É o segundo tipo de tumor que mais atinge as mulheres, atrás apenas do câncer de mama.

* Prefeituras fecharão as portas novamente.

Prefeitos de todo o País promoverão no dia 11 de abril, em todas as capitais, manifestações de protesto contra a crise financeira que afeta os municípios. As mobilizações ficarão a cargo das Federações e Associações Estaduais de Municípios e Prefeitos, sob a coordenação da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Nesse mesmo dia, os prefeitos de todas as cidades filiadas à CNM e às entidades estaduais e microrregionais serão convidados a fechar as portas das prefeituras em sinal de protesto.

A convocação dos gestores municipais foi decidida em reunião do Conselho Político da CNM, realizada na segunda-feira, 27, em Maceió (AL), que contou com a participação dos presidentes da maioria das entidades municipalistas estaduais. O presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN), prefeito Benes Leocádio, participou do evento e das discussões.

* Caldo de cuscuz: Reunião do PMDB à tarde vai confirmar nome de Fernando Bezerra.

O ex-senador Fernando Bezerra é o nome do agrado do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves e do ministro Garibaldi Filho... Mas, as bases do PMDB no interior não se empolgam com essa candidatura. Aliás, nenhum partido que pretende se aliar ao PMDB, também não mostram empolgação.

No fim da tarde desta quinta-feira (30), a executiva e as lideranças do PMDB vão se reunir para soltar um balão de ensaio: Fernando Bezerra. Ele não tem ido para nenhum evento, nem visita o interior e até não participou do Conexão Mídias Sociais, evento do PMDB que acabou a juventude lançando o nome de Henrique para governador.

* Fala sério Ney: Ney Lopes afirma que Governo avaliza candidatura de Rosalba à reeleição.

A governadora Rosalba Ciarlini pode não ter o apoio declarado do senador e presidente nacional do DEM, José Agripino. Contudo, pelo de setores do partido Democratas, a candidatura a reeleição da atual chefe do Executivo Estadual, mesmo com todos os problemas de gestão que ela enfrenta, já começa a ganhar força.

Nesta quarta-feira, após o deputado federal Betinho Rosado, do PP, defender que Rosalba disputa a reeleição, foi a vez do ex-deputado Ney Lopes também falar o mesmo, acreditando que a administração estadual tem condição de avalizá-la eleitoralmente e que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não a tornará inelegível.

“A dúvida é se o seu governo avalizaria a pretensão de reeleger-se? Claro que sim, sem discutir se ganhará, ou perderá a eleição”, afirmou Ney Lopes, acrescentando que “o fato mais significativo é que no período administrativo da governadora Rosalba, não há um só caso concreto de corrupção e desvio de dinheiro público”.
Jornal de Hoje.