quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

* Carnaval de Preços Baixos é no Praxedes Supermercado.



* Equipe do Ministério da Saúde esteve em Caraúbas.

A Secretaria Municipal de Saúde recebeu ontem (26) uma das equipes que representam o Ministério da Saúde. O proposito da visita da equipe é para avaliar e consolidar a vinda do PMAQ - Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, para diversas Unidades Básicas de Saúde de Caraúbas, garantido mais investimentos em seu atendimento.


O Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica é um Programa que procura induzir a instituição de processos que ampliem a capacidade das gestões, além das Equipes de Atenção Básica, em ofertarem serviços que assegurem maior acesso e qualidade, de acordo com as necessidades concretas da população. O Programa busca induzir a ampliação do acesso e a melhoria da qualidade da atenção básica, com garantia de um padrão de qualidade comparável nacional, regional e localmente de maneira a permitir maior transparência e efetividade das ações governamentais direcionadas à Atenção Básica em Saúde em todo o Brasil.

De acordo com o secretário de saúde, Fabricio de Oliveira, a equipe do mistério se apresentou satisfeita com a estrutura encontrada em cada unidade visitada, além de avaliarem positivamente o trabalho realizado pelas equipes dos PSFs – Programa Saúde da Família.

Com a aprovação dos recursos do PMAQ, Caraúbas ganha mais investimentos para beneficiar o atendimento à população local, consolidando ainda mais o posto de uma das cidades do estado que melhor desenvolvem de maneira plena os serviços de atenção básica em saúde.

Recentemente, foi aprovada a aquisição de duas novas equipes de PSF para atender a demanda do município, restando agora só a liberação dos recursos pra a contratação dos novos profissionais para a instalação destas novas equipes.
Equipes reunidas.

* Professores decidem manter greve.

Em assembleia realizada na tarde desta quarta-feira (26), professores da rede estadual e municipal junto ao Sindicato dos Trabalhadores de Educação Pública do Rio Grande do Norte (Sinte/RN) decidem que greve que já dura quase 30 dias será mantida. Segundo a presidente do Sinte/RN, Fátima Cardoso, a continuidade da paralisação deve-se ao descontentamento dos grevistas em relação ao corte do ponto dos professores e a falta de envio dos dois últimos projetos de lei à Assembleia Legislativa. 

“A greve continua pois a categoria está profundamente chateada com o corte. Nós temos o direito constitucional de revogar por nossos direitos”, afirma Fátima, reforçando que se até hoje (27) a situação em relação ao corte continuar, o Sindicato entrará com um mandado de segurança contra o Governo Estadual.

Indignada. É assim que se define a Secretária de Educação do Estado, Betânia Ramalho. “Não existe uma greve, o que existe são focos de paralisação motivados por questões puramente políticas. O pequeno número de adesão à greve, 787 de um total de 28.000 servidores reflete isso.” afirmou.