sexta-feira, 14 de março de 2014

* Henrique Alves: com 17 ministérios, o PT desequilibra relação

Em resposta ao presidente do PT, que voltou a acusar os aliados de fazerem um “jogo de toma-lá-dá-cá”, com “pressões e chantagens” que Dilma Rousseff não aceita, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), declarou: “O Parlamento não quer nenhum toma-lá-dá-cá. O que todo mundo deseja é uma relação mais equilibrada na distribuição do poder na coalização”.

Henrique Alves disse ao blog, na noite passada, que o PT tornou-se um fator de desequilíbrio no bloco governista. “Como é que o PT, com 17 ministérios, pode querer uma relação equilibrada se o PMDB, partido maior em termos nacionais, principal parceiro do governo, tem cinco pastas? Não se trata de toma-lá-dá-cá. A questão é que há uma relação desequilibrada de poder. E o PT, na pessoa do seu presidente, não está se dando conta disso”.

* Na fase de pré-campanha em Mossoró, governadora Rosalba se reúne com Claudia Regina.

Na fase de pré-campanha eleitoral na cidade de Mossoró, a governadora Rosalba Ciarlini se reuniu hoje com a prefeita eleita e cassada Claudia Regina. O encontro confirma as mais recentes declarações da ex-prefeita de que tem escutado incentivo da chefe do Executivo estadual para disputar o pleito mossoroense.

Filiadas ao Democratas, Claudia Regina vem sinalizando que buscará a Justiça Eleitoral para viabilizar sua candidatura ao novo pleito municipal.
IMG_3079
Ex prefeita e a Rosa.

* Inscrições abertas para o Galileu Cursinho...


88 - 55

* Autoridades degustaram carne de Jumento em Apodi.

Nesta quinta-feira (13), durante um almoço de degustação, autoridades convidadas pelo promotor Sílvio Ricardo Brito, da 2ª Promotoria de Apodi, participaram de um almoço regado à carne de jumento.

A ideia do representante do Ministério Público é incluir esse tipo de carne no cardápio do sistema penitenciário do Rio Grande do Norte.  Prefeitos, vereadores, juízes e representantes de unidades prisionais experimentaram a iguaria.

Segundo o promotor, o projeto surgiu em conversas com professores do curso de veterinária da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa). Para os especialistas, a carne é saudável para consumo humano e não está descartada a utilização merenda escolar ou em hospitais.
carne de jumento
Vai um jegue aí?

* STF absolve Cunha do crime de lavagem de dinheiro.

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou pela absolvição do ex-deputado federal João Paulo Cunha do crime de lavagem de dinheiro na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Os ministros entenderam que Cunha não escondeu a origem do dinheiro recebido pelo publicitário Marcos Valério. Foram 6 votos pela absolvição e 4 contrários. O presidente do STF, Joaquim Barbosa, não participou do julgamento.

O entendimento foi firmado pelos ministros Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Weber, Dias Toffoli, Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski. Os votos contrários foram dos ministros Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Celso de Mello.
joao paulo cunha renuncia
Ex deputado.

* Eita: Wilma chama Rosalba de mentirosa.

A vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria (PSB) afirmou que a governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, mentiu ao se referir ao empréstimo de 540 milhões de dólares ao Banco Mundial. Ontem, no lançamento do “RN Sustentável”, programa com os recursos oriundos do empréstimo, a governadora afirmou, segundo Wilma, que o repasse só foi autorizado este ano porque antes, na gestão de Wilma, a situação financeira do Estado não permitia. Wilma rebateu as declarações de Rosalba nas redes sociais.
“Caros seguidores, a governadora Rosalba lançou ontem o programa ‘RN Sustentável’ informando inverdades que não podem ser aceitas. Rosalba disse ontem em Mossoró que o empréstimo com Banco Mundial só foi possível em 2014 porque antes a situação financeira do Estado não permitia. Faltou com a verdade. O empréstimo foi submetido à COFIEX, órgão que avalia a situação do estado para empréstimos, ainda no seu 1º ano de mandato”, disse Wilma, explicando que o processo foi originado na gestão da democrata.
Jornal de Hoje