terça-feira, 10 de junho de 2014

* Deputada Gesane Marinho confirma apoio a pré-candidatura de Henrique Alves ao Governo

A deputada Gesane Marinho confirmou apoio a pré-candidatura do deputado federal Henrique Eduardo Alves ao Governo. Gesane Marinho, em entrevista ao PANORAMA POLÍTICO,  justificou que a aliança PC do B e PT na proporcional foi o que lhe levou a desistir da reeleição e com as declarações do deputado José Dias, lamentando a saída da parlamentar, ela disse que ficou patente que o PSD não a desejava mais.

“ Quando o deputado José Dias disse que lamentava a minha saída e não concordava com os métodos do PMDB de atrair lideranças, então pensei: ele está terminando de me expulsar”, comentou.

Sobre o apoio ao Senado, Gesane Marinho ainda não confirmou apoio a vice-prefeita de Natal Wilma de Faria.

* Prefeito de Lagoa Salgada, do PSB, declara apoio à pré-candidatura de Robinson Faria.

O prefeito da cidade de Lagoa Salgada, Alexandre Justino (PSB), declarou apoio à pré-candidatura do vice-governador Robinson Faria (PSD) ao Executivo.

“O apoio de Alexandre a nossa pré-candidatura é a resposta ao pedido da população que incentiva todos os dias nas ruas o projeto do PSD para o Rio Grande do Norte”, comenta Robinson.
20140609_173301
Prefeito e Robinson.

* Receita abre amanhã consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda.

A partir das 9h de amanhã (11), 1.361.028 contribuintes que declararam Imposto de Renda neste ano ou estavam na malha fina de outros anos vão saber quando receberão a restituição. A Receita Federal abrirá consulta ao primeiro lote do Imposto de Renda Pessoa Física de 2014, além de lotes residuais de 2008 a 2013. Ao todo, o Fisco desembolsará R$ 2 bilhões.

Em relação ao primeiro lote de 2014, foram contemplados 1.350.668 contribuintes, que receberão cerca de R$ 1,9 bilhão. As restituições terão correção de 1,87%, equivalente à variação da taxa Selic – juros básicos da economia – entre maio e junho deste ano.

* Ibope: Dilma tem 38%, Aécio 22% e Campos 13%.

Pesquisa Ibope, feita a pedido da União dos Vereadores de São Paulo (Uvesp) e divulgada nesta terça-feira (10) traz a presidente Dilma Rousseff (PT) com 38% das intenções de voto contra 22% de Aécio Neves (PSDB) e 13% de Eduardo Campos (PSB). Dilma oscilou dois pontos para baixo em relação ao levantamento anterior em maio, mas dentro da margem de erro. Aécio e Campos também oscilaram dois para cima.

O Ibope, a pedido da entidade, testou cenários dos candidatos com os vices. Aécio – que ainda não definiu quem estará com ele na chapa – aparece com José Serra, Tasso Jereissati e Aloysio Nunes, Campos com Marina Silva e Michel Temer com de Dilma. Quem mais se beneficia com a entrada do vice na sondagem é Campos, que reduz sua desvantagem em relação a Aécio.
dilma aecio campos
Principais pré candidatos.

* Parabéns Novinho Praxedes.

O dia de hoje é muito especial para o Edil/Presidente/amigo/empresário/pai/marido Novinho Praxedes (PMDB), e para toda sua família, pois o mesmo dar de idade nova.

O blog vem a público parabenizar esse homem que é exemplo de vitória e de perseverância, que o menino Jesus continue abençoando a sua vida meu velho amigo.
Vencedor não é aquele...l
Grande Novinho...
Ao lado da esposa Socorro.

* Dilma diz que precisa do PMDB.

Ao ser recebida pelos convencionais do PMDB, partido que aprovou nesta tarde a reedição da aliança nacional com o PT nas eleições de outubro, a presidenta Dilma Rousseff agradeceu a parceria e disse que as dificuldades de seu governo foram superadas com o apoio dos peemedebistas. Além de classificar o PMDB como protagonista nas suas políticas, a presidenta ressaltou que precisa do partido para “fazer a melhor campanha” e “governar com mais intensidade para o país”.

Durante convenção nacional, os delegados do partido aprovaram, por maioria, que o vice-presidente Michel Temer seja candidato à Vice-Presidência na chapa com o PT. A convenção nacional do PT, que deve confirmar a escolha de Dilma como candidata à reeleição, será no próximo dia 21, em Brasília.

Antes de destacar o nome de governadores, senadores e deputados peemedebistas, a presidenta elogiou o papel de Temer como vice-presidente, por sua “lealdade, competência e camaradagem” e por ser um “articulador do consenso”. “Eu faço questão de ressaltar que muito do que meu governo alcançou deve-se a essa parceria que tivemos. E o papel do Temer nesse processo foi inestimáve: ele articulou consensos em todas as circunstancias. Eu acredito que ele sabe aproximar pessoas, unir, desarmar os espíritos. E ele ajudou muito na luta.”