quinta-feira, 31 de julho de 2014

* Francisco José suspende campanha eleitoral e diz que aguardará julgamento do registro da candidatura.

Pai do prefeito de Mossoró Silveira Júnior, Francisco José confirmou hoje que suspenderá todas as ações de campanha até que o Tribunal Regional Eleitoral aprecie o pedido de registro de candidatura. Ele responde a um pedido de impugnação de registro sob acusação de que se filiou ao PROS depois do prazo final de registro, que seria 5 de outubro de 2013.

“Essa atitude surge devido a decisão do candidato Francisco José de não transformar essa campanha numa batalha judicial e nem de envolver seus militantes em qualquer situação ou sentimento de insegurança. Dessa forma, em sendo deferida a candidatura, todo o processo será retomado em sua normalidade e com ainda maior empenho e dedicação do que vinha sendo conduzido até agora”, diz o trecho da nota, emitido pela coordenação de campanha do candidato do PROS.

* Candidatos do PT são os que mais gastam para conquistar voto.

Segundo levantamento da ONG Contas Abertas, os candidatos do Partido dos Trabalhadores (PT) são os que vão pagar mais caro pelo voto do eleitorado nas eleições de 2014. A previsão do custo das campanhas eleitorais de todos os partidos para todos os cargos é de R$ 72,9 bilhões. Se o valor for dividido pelo quantitativo do eleitorado, é como se o voto de cada eleitor custasse R$ 510,76. O PT, cujos custos previstos das campanhas somam R$ 5 bilhões, contribuiria com R$ 35,04 por votante.

Valor semelhante será pago pelos candidatos do Democratas (DEM). Para conquistar cada eleitor, o partido pagará R$ 34,95. Os concorrentes do DEM pretendem gastar R$ 4,99 bilhões na campanha. Completa o ranking dos que menos vão se privar de recursos para ganhar o eleitorado, o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). O partido, que gastará R$ 4,7 bilhões com campanhas, contribuirá com R$ 33,16.

Por outro lado, o Partido da Causa Operária (PCO), com apenas 46 candidatos cadastrados no TSE, vai contribuir somente com R$ 0,01 para garantir o sufrágio de cada um dos 142.822.046 eleitores. O custo das campanhas do PCO é de R$ 904 mil. No fim da lista ainda estão o Partido Comunista Brasileiro (PCB), que pagará R$ 0,13 pelo voto de cada votante e o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU), que deve gastar R$ 0,22 por eleitor.

* Aposentadoria de Joaquim Barbosa é publicada no Diário Oficial.

A aposentadoria do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa foi publicada hoje (31) no Diário Oficial da União. Em sua última sessão como presidente do STF, no dia 1º de julho, Barbosa disse que deixava a Corte de forma tranquila e com a “alma leve”.

Em maio, ele anunciou que se aposentaria antecipadamente em julho, após 11 anos como ministro da Corte. Barbosa tem 59 anos e poderia continuar na Corte até a aposentadoria compulsória, em 2024, quando completa 70 anos.
joaquim barbosa
Joaquim Barbosa.