quinta-feira, 11 de setembro de 2014

* Eita: Nova pesquisa Ibope é registrada para o pleito do Rio Grande do Norte e será divulgada segunda-feira.

Nova pesquisa Ibope foi registrada para o pleito do Rio Grande do Norte. A divulgação do estudo, encomendado pela InterTV Cabugi, será segunda-feira.

Registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número 28/2014, a pesquisa entrevistará 812 pessoas, de ontem até a próxima segunda-feira. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

* Confira os números do Data Folha por região.

O portal G1 fez uma análise da pesquisa Datafolha, divulgada ontem, observando o desempenho dos candidatos a presidente da República por região do país.

O Datafolha ouviu 10.568 eleitores em 373 municípios nos dias 8 e 9 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00584/2014.
extrato_datafolha_regiao

* Data Folha: Dilma tem 36%, Marina, 33%, e Aécio, 15%, diz pesquisa Datafolha.

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (10) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:
– Dilma Rousseff (PT): 36%
– Marina Silva (PSB): 33%
– Aécio Neves (PSDB): 15%
– Pastor Everaldo (PSC): 1%
– Luciana Genro (PSOL): 1%
– Eduardo Jorge (PV): 1%
– Zé Maria (PSTU): 0%*
– Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
– Eymael (PSDC): 0%*
– Levy Fidelix (PRTB): 0%*
– Mauro Iasi (PCB): 0%*
– Branco/nulo/nenhum: 6%
– Não sabe: 7%
 
datafolha br
* Cada um dos cinco indicados com 0% não atingiu 1% das intenções de voto

No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 3, Dilma tinha 35%, Marina, 34%, e Aécio, 14%. Segundo o Datafolha, “é a primeira vez que Marina tem oscilação negativa em suas intenções de voto desde que entrou oficialmente na disputa”.

Segundo turno
O levantamento divulgado nesta quarta indica que, em um eventual segundo turno entre Dilma e Marina, as candidatas aparecem empatadas tecnicamente. A candidata do PSB tem 47% e a do PT, 43% (na semana passada, Marina vencia por 48% a 41%).
Na simulação de segundo turno entre Dilma e Aécio, a petista vence por 49% a 38% (mesmos índices da semana anterior).
Pela segunda vez, o instituto também fez uma simulação entre Marina e Aécio. O resultado foi 54% a 30% para a candidata do PSB (ante os 56% a 28% da semana passada). A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”.

O Datafolha ouviu 10.568 eleitores em 373 municípios nos dias 8 e 9 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00584/2014.

Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao entrevistado em quem ele pretende votar, sem apresentar a lista de candidatos), os resultados são os seguintes:
– Dilma Rousseff: 28%
– Marina Silva: 24%
– Aécio Neves: 10%
– Outras respostas: 1%
– Em branco/nulo/nenhum: 6%
– Não sabe: 29%

Rejeição
A presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.
– Dilma Roussef: 33%
– Aécio Neves: 23%
– Pastor Everaldo: 22%
– Marina Silva: 18%
– Zé Maria: 18%
– Levy Fidelix: 17%
– Eymael: 16%
– Rui Costa Pimenta: 15%
– Luciana Genro: 15%
– Eduardo Jorge: 14%
– Mauro Iasi: 13%

Avaliação da presidente
A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma Rousseff tem a aprovação de 36% dos entrevistados – mesmo índice do levantamento anterior, que se refere aos entrevistados que classificaram o governo como “ótimo” ou “bom”.
Os que julgam o governo “ruim” ou “péssimo” são 24%, segundo o Datafolha. Para 38%, o governo é “regular”. Os dois índices são os mesmos do levantamento anterior.

O resultado da avaliação é:
– Ótimo/bom: 36%
– Regular: 38%
– Ruim/péssimo: 24%
– Não sabe: 1%

A nota média atribuída pelos entrevistados ao governo foi 5,9.

Expectativa de vitória
O Datafolha também perguntou aos entrevistados quem, na opinião deles, vai ganhar as eleições em outubro. Para 45%, Dilma sairá vitoriosa; 34% acreditam que Marina ganhará; e 6% apostam na vitória de Aécio.

* Vereadores de Mossoró: “Vamos fazer Wilma a mais votada na cidade”

Dezoito dos vinte e um vereadores de Mossoró estão trabalhando efetivamente a campanha de Wilma de Faria para o Senado no segundo maior colégio eleitoral do Rio Grande do Norte. A comprovação disso aconteceu no final da noite desta quarta-feira (10), quando a ex-governadora esteve na cidade e participou de reunião organizada pelos parlamentares com suas militâncias no Requinte Buffet.

Falando em nome de vários colegas, o vereador Claudionor dos Santos (PMDB) enfatizou: “Essa é uma nova convocação do povo de Mossoró e estamos aqui apresentando nossa candidata ao Senado: Wilma será nossa representante de Mossoró em Brasília. Se formos contar tudo que ela já fez por nossa cidade, tem muita coisa. Ela, chegando ao Senado, nosso Rio Grande do Norte terá mais oportunidades. Vamos fazer a senhora a mais votada de Mossoró”.

Wilma agradeceu. “Já fui prefeita e sei da importância dos parlamentares municipais. Eles que são os mais próximos do povo e digo mais: a minha vitória em Mossoró está nas mãos do povo, mas também nas destes vereadores. Quero dizer aqui para suas militâncias, para seus multiplicadores, que me comprometo com Mossoró mais uma vez e farei muito mais pela cidade”.
wilma vereadores mossoro
Apoiadores.

* E tome escândalo: Inscrita no Bolsa Família aparece como doadora da campanha de Dilma.

Moradora de Campo Verde (MT), a cozinheira Sebastiana da Rocha, 33, trabalhou no segundo turno das eleições de 2010 como cabo eleitoral da campanha de Dilma. Diz ter recebido R$ 600 pela distribuição de panfletos, mas não sabia que, na ocasião, havia se tornado uma doadora da campanha.

Em julho passado, ela foi surpreendida com um telefonema do Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo programa Bolsa Família, do qual é beneficiária. A pasta recebera denúncia segundo a qual Sebastiana havia doado R$ 510 à campanha de Dilma e queria questioná-la a respeito disso. No dia seguinte ao telefonema, uma assistente social foi à sua casa e confirmou que ela se enquadrava nos limites de renda do programa.
doadora dilma
Laranjada!