sábado, 11 de outubro de 2014

* Açude do Apanha Peixe praticamente seco.

A situação do maior reservatório de água do nosso município é crítica, a famosa lagoa do Apanha Peixe, que não é mais lagoa, encontra-se praticamente seca.

Antigamente o problema maior desse reservatório era a sua parede, uma luta da municipalidade local em parceria com o governo federal, através do DNOCS, resolveu essa celeuma.

Atualmente existe uma necessidade de uma reforma no sangradouro, esse serviço já está sendo batalhado juntos aos órgãos estadual e federal.

O açude do Apanha Peixe é uma das mais importantes fontes de renda do nosso município.
Triste Realidade de uma Terra sofrida. #Seca 
#Lagoa #ApanhaPeixe 

( Tristeza )
Triste realidade.

* 64% dos eleitores de Marina pretendem votar em Aécio; 18% em Dilma.

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (9) mostra que 64% dos que declaram ter votado na candidata Marina Silva (PSB) no primeiro turno pretendem votar em Aécio Neves (PSDB) no segundo; 18% dos eleitores dela têm a intenção de votar em Dilma Rousseff (PT). Ainda de acordo com o instituto, 10% dos que dizem ter votado em Marina devem anular ou votar em branco; 8% não opinam. O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 205 municípios nos dias 7 e 8 de outubro.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01071/014.
Dados importantes.

* TSE suspende propaganda de Dilma que ataca Aécio.

O candidato do PSDB, Aécio Neves, ganhou na noite de sexta-feira o primeiro round de uma luta que promete ser violenta na Justiça Eleitoral nesse segundo turno. O coordenador jurídico da campanha, deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), divulgou em nota parecer favorável de Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral, à liminar pedida para a imediata retirada do ar da propaganda eleitoral do PT com ataques a Aécio sobre o aeroporto de Cláudio. A propaganda foi ao ar mesmo depois de o ministro Rodrigo Janot ter arquivado o caso na Procuradoria Geral da República.

A coligação de Aécio agora espera parecer favorável ao pedido de direito de resposta no horário de propagada da presidente Dilma Rousseff (PT), com o argumento que a propaganda veiculada foi ofensiva ao candidato do PSDB. Em seu despacho, o ministro Admar Gonzaga observou que o conteúdo da propaganda é de “formato jocoso, e o tom nitidamente difamatório”.