domingo, 23 de novembro de 2014

* Detalhes da crueldade no lixão em Macau

Segundo o Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), em laudo divulgado na na noite de ontem, o bebê, encontrado morto em um lixão em Macau, tinha 8 meses de gestação e saiu viva da barriga da mãe.

O delegado Delmontiê Falcão, responsável pelo caso, acredita que a criança seja filha de uma jovem de 18 anos que mora na cidade. A mulher já foi encontrada e levada para prestar esclarecimentos;
MENINO HOJE
Crueldade sem perdão.

* Crime: Vaqueiro é morto a tiros em emboscada na zona rural da cidade de Janduís.

O vaqueiro Leonardo Reges da Silva Santos, de 27 anos, foi morto com vários tiros na tarde deste domingo (23/11) na zona rural de Janduís, no médio Oeste potiguar. Segundo a Polícia Militar, “Bandeirante” como era mais conhecido, foi vítima de um emboscada quando se dirigia para sua residência.

Leonardo foi alvo de vários tiros de espingarda calibre 12 e pistola. Populares relataram à polícia, que os criminosos estavam em um veículo de cor branca e, após concluírem o homicídio, fugiram com destino ignorado.

O crime, enumerado como o 5º homicídio do município, será investigado em inquérito policial conduzido pela Polícia Civil.
Corpo...

* Perigo: Próximo verão será o 1º com dengue e chikungunya circulando no país.

O vírus chikungunya deve se espalhar pelo país seguindo o padrão de disseminação da dengue, segundo infectologistas ouvidos pelo G1. No próximo verão, portanto, é provável que diferentes regiões do país tenham surtos simultâneos de dengue e chikungunya. Desde que chegou ao Brasil até o dia 25 de outubro, o chikungunya já infectou 828 pessoas, de acordo com balanço mais recente do Ministério da Saúde. O primeiro caso de transmissão interna do vírus no país foi registrado em setembro.

O médico Carlos Roberto Brites Alves, da Sociedade Brasileira de Infectologia, lembra que os vetores das duas doenças são os mesmos: os mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. “Temos dengue há mais de duas décadas e não conseguimos eliminar a infecção, pois não conseguimos eliminar os mosquitos. A chance de o chikungunya seguir um padrão semelhante de ocorrência é grande”, diz o especialista.
Info Chikungunya V1 (Foto: Editoria de Arte/G1)

* Oh vidão: Dois ganhadores acertam seis dezenas da Mega-Sena.

Duas apostas acertaram os seis números do sorteio 1.655 da Mega-Sena. Eles vão levar, cada um, R$ 67.657.559,48. Segundo o site da Caixa Econômica Federal, os dois ganhadores são do Rio de Janeiro e de Cianorte (PR).

O valor total de R$ 135 milhões para as seis dezenas foi o maior prêmio da história dos concursos regulares As dezenas foram sorteadas neste sábado (22), em Macatuba (SP).

Veja as dezenas: 07 - 24 - 28 - 46 - 53 - 56.

A quina teve 704 acertadores e cada um vai levar R$ 16.384,73. Já a quadra pagará R$ 415,95 para cada um de seus 39.616 ganhadores.

* "Meu malvado favorito" será candidato.

No Palácio do Planalto, Dilma e assessores o apelidaram do pré-candidato do PMDB à presidência da Câmara, Eduardo Cunha (RJ), “Meu Malvado Favorito”, pela frequência com que se posiciona contra os interesses do governo. É uma referência a uma animação em 3D cujo personagem principal, Gru, quer tornar-se o maior vilão da história, mas acaba se redimindo.

A força desse carioca malvado vem de uma bancada particular, que ele lidera e manobra, com pelo menos 50 fiéis seguidores, alguns de outros partidos. Rumo a seu quarto mandato na Câmara, Cunha cultiva essa lealdade com favores de todo tipo. De ingressos para jogos de futebol no Rio a ajuda financeira para campanhas dos aliados.
cunha gru
Só faltava essa agora.

* Deputados querem proibir adoção por casais gays.

Após o fim da disputa eleitoral de outubro, a Câmara se prepara para votar uma proposta que pode acabar com a possibilidade de casais homossexuais adotarem crianças. A expectativa entre deputados é que o projeto do Estatuto da Família seja analisado, de forma conclusiva, nesta semana. Apesar de não estar previsto na legislação brasileira, o direito da adoção vem sendo garantido pela Justiça do país.

O deputado Ronaldo Fonseca (Pros-DF) apresentou um substitutivo que define como família o casamento ou união estável entre homens e mulheres e seus descendentes. Também estabelece, por exemplo, que escolas coloquem no currículo obrigatório a disciplina “Educação para família”, prevê a criação dos Conselhos da Família, estabelece a Semana Nacional de Valorização da Família (21 de outubro) e atendimento multidisciplinar para vítimas de violência.

A proibição de casais homoafetivos – tratados na justificativa do projeto como “casais de mero afeto” –, aparece no artigo 16 da proposta. Ela modifica o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para estabelecer que seja indispensável para a adoção que os adotantes sejam “casados civilmente ou mantenham união estável, constituída nos termos do art. 226 da Constituição Federal, comprovada a estabilidade da família”.

* Rotina: Líder do PT no Senado é acusado de receber propina do esquema da Petrobrás.

O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou em depoimento à Justiça que o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), recebeu R$ 1 milhão do esquema de fraudes envolvendo a estatal, informa a edição deste domingo (23) de “O Estado de S. Paulo”, que está nas bancas. Segundo o jornal, a citação foi feita em depoimento sigiloso que integra a delação premiada assinada pelo ex-diretor, por meio da qual ele espera ter sua pena reduzida.

O jornal afirma que, segundo Paulo Roberto, o dinheiro a Costa foi solicitado pelo empresário Mário Barbosa Beltrão, presidente da Associação das Empresas do Estado de Pernambuco (Assimpra). Paulo Roberto teria dito que o dinheiro saiu da cota de 1% do PP. Segundo o jornal, o ex-diretor não soube informar como ocorreu o repasse do dinheiro, mas declarou que o empresário lhe confirmou o pagamento. Procurado pela Folha, o líder do PT classificou de “totalmente fantasiosa” a acusação de que teria recebido R$ 1 milhão do esquema.

* Faz parte: Robinson Faria assediando deputados “henriquistas”

Tem sido frequentes os assédios do governador eleito Robinson Faria (PSD) aos deputados estaduais que integrarão a próxima legislatura, muitos deles ligados ao deputado federal Henrique Alves (PMDB).

Para facilitar essa “transição”, Robinson criará um novo partido no Rio Grande do Norte, para que nenhum dos novos aliados tenha risco de perder seus mandatos. Alguns “henriquistas” já estariam de malas prontas para embarcar no Governo Robinson.

* Nova equipe econômica de Dilma terá que lidar com rombo de R$ 100 bilhões.

A nova equipe econômica do Governo Dilma Rousseff terá como primeiro desafio equacionar um rombo no Orçamento de 2015 que, a partir das mais recentes estimativas oficiais, ronda a casa dos R$ 100 bilhões.

Equivalente a quatro anos de Bolsa Família, o montante resulta de receitas potencialmente superestimadas pelo Executivo e pelo Congresso no projeto orçamentário para o próximo ano.As informações foram publicadas pela Folha de São Paulo. CLIQUE NA IMAGEM para amplia-la.
desafios do ministro da Fazenda