domingo, 15 de fevereiro de 2015

* Surto de sarampo ameaça foliões no Carnaval do Ceará.

Um surto de sarampo ameaça os foliões que pulam Carnaval no Ceará. Neste ano, 32 casos da doença foram confirmados pela Secretaria de Saúde do Ceará e outros 68 estão sendo investigados. As autoridades de Saúde alertam para a necessidade da vacina, que está sendo aplicada durante o período carnavalesco.

O surto no Estado começou em dezembro de 2013 e, de lá para cá, infectou 728 pessoas. Fortaleza lidera o ranking da doença com 341 casos. Em seguida vêm os municípios de Massapê com 127 casos; Sobral com 83; Uruburetama com 61; e Caucaia com 27.

O Ministério da Saúde e a Secretaria da Saúde do Ceará alertam municípios cearenses, hospitais, clínicas, unidades de saúde, laboratórios, portos, aeroportos, municípios limites com outros Estados sobre orientações de detecção, diagnóstico e medidas de prevenção e controle do sarampo.
1993, Gloucestershire, England, UK --- Measles Spots on Child's Back --- Image by © John Heseltine/CORBIS
Preocupante.

* Bloco da prevenção marca o inicio do carnaval em Caraúbas.

Marcando o início do período de carnaval, a Prefeitura de Caraúbas realiza o Bloco “Consciência e Prevenção”. A ação, que aconteceu na noite do último sábado (14), é um trabalho conjunto das Secretarias de Assistência Social e de Saúde, campanha educativa dedicada aos foliões que curtem o período do ano.

Em busca de propagar a conscientização contra todos os tipos de violência, e de conscientizar  cada indivíduo a usar o preservativo, o momento contou com diversos participantes que acompanharam o trio circulando pelas principais ruas do centro da cidade e permanecendo em festa na Praça Reinaldo Pimenta.

Os“paredões” de som, junto com o cantor Luiz e Orquestra de Frevo, iniciaram os festejos. Logo em seguida o Grupo Axé Malícia tocou em praça pública pelo restante da noite.

“Através da conscientização, e com uma festa que valorizou nossas raízes, o carnaval foi iniciado de uma forma simples, mas de grande valor para aqueles que gostam de uma diversão sadia ao lado de amigos”, comentou o Prefeito Ademar Ferreira, que também fez presença no evento.

Além da conscientização, o evento prestou homenagem a “Mãe Preta”, figura folclórica da cidade, que comandava seu bloco em desfiles pela a cidade nas décadas de 80 e 90.
Foliões...
 Foliões...
 Foliões...
 Foliões... 
ACPMC.

* Carnaval do Hotel terá início pontualmente ao meio dia.

A organização dos festejos de Momo do Olho D'água Park Hotel informa a todos os blocos e foliões que a festança terá início pontualmente ao Meio dia.

Assim é se aprontar e desce rumo a festa!

Axé Malícia ao Meio  Dia dará início a folia!

* Perigo: Hospital de Caraúbas sem médicos em pleno carnaval.

Em plena folia de Momo o Hospital Regional Dr. Aguinaldo Pereira da Silva, sob nova administração, encontra-se sem médicos plantonistas desde ontem (14).

Essa situação lamentável está revoltando os pacientes que procuram a unidade de saúde e a população caraubense através das redes sociais.

Dentro desse quadro vergonhoso para a administração estadual, só nos resta se apegar com Deus. 
Situação preocupante.
Imagem da Internet.

* Situação dos municípios não é administrável.

A maioria das prefeituras do Rio Grande do Norte está acima do limite prudencial definido pela lei de responsabilidade fiscal para despesas com salários dos servidores. Nessa situação, ficaram 80% dos municípios potiguares, resultado do aumento de gastos com folha de pagamento, ao mesmo tempo em que cai a arrecadação proveniente de transferência com Fundo de Participação, principal fonte de receita de algumas dessas prefeituras.

A avaliação é do presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), Francisco José Júnior. Prefeito de Mossoró, ele assumiu a presidência da entidade em janeiro, quando venceu a eleição por dez votos de diferença. Em entrevista à Tribuna do Norte, Francisco José faz uma análise da situação financeira dos municípios, responde sobre o motivo pelo qual as prefeituras não conseguem planejar para sair das dificuldades financeiras e fiscais e sobre as perspectivas políticas em Mossoró.
franciscojoseTN
Presidente da FEMURN.