quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

* Eita: Reunião de advogados com Cardozo é “intolerável” e “reprovável”, diz Sergio Moro

O juiz Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, classificou nesta quarta-feira como “intolerável” e “reprovável” a reunião de advogados de empreiteiras com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para discutir o futuro dos seus clientes presos na carceragem da Polícia Federal em Curitiba (PR). Conforme VEJA desta semana revelou, Cardozo assumiu o papel de negociador com os empreiteiros envolvidos na Lava Jato. Em um desses esforços, o ministro recebeu em seu gabinete, em Brasília, o advogado Sérgio Renault, defensor da UTC. Em uma conversa absolutamente imprópria, disse que a operação da Polícia Federal – órgão ligado à pasta de Cardozo – mudaria de rumo radicalmente depois do Carnaval. Cardozo ainda orientou que a empreiteira não aceitasse o acordo de delação premiada – conselho seguido pelos executivos.

A confirmação do encontro de Cardozo foi o principal argumento utilizado pelo juiz para decretar nova prisão preventiva contra o presidente da UTC, Ricardo Pessôa, o diretor vice-presidente da Camargo Correa, Eduardo Leite, o diretor presidente da empresa, Dalton Avancini, e o presidente do Conselho de Administração da companhia, João Ricardo Auler.

“Existe o campo próprio da Justiça e o campo próprio da política. Devem ser como óleo e água e jamais se misturarem. A prisão cautelar dos dirigentes das empreiteiras deve ser discutida, nos autos, perante as Cortes de Justiça. Intolerável, porém, que emissários dos dirigentes presos e das empreiteiras pretendam discutir o processo judicial e as decisões judiciais com autoridades políticas, em total desvirtuamento do devido processo legal e com risco à integridade da Justiça e à aplicação da lei penal”, disse Sergio Moro. “Mais estranho ainda é que participem desses encontros políticos e advogados sem procuração nos autos das ações penais. O ministro da Justiça não é o responsável pelas ações de investigações. Trata-se de uma indevida, embora mal sucedida, tentativa dos acusados e das empreiteiras de obter uma interferência política em seu favor no processo judicial”, completou ele, que endossou as críticas feitas pelo ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, sobre a reunião entre o ministro da Justiça e os advogados.
O juiz federal de Curitiba Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, participa do Seminário Nacional sobre Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro, no Rio de Janeiro
Moro.

* Reunião sobre inverno no RN é adiada.

Por conta da exiguidade de tempo para organização do evento no período pós-Carnaval, a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do  Norte (Emparn) informou o adiamento para as próximas terça e quarta-feiras, dias 24 e 25, da 2ª Reunião de  Análise e Previsão Climática para o Semiárido do Nordeste, que ocorreria amanhã e nesta sexta-feira (20), em Natal.

O chefe do Setor de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot, disse que existe previsão de chuvas em alguns regiões do  Estado, no resto desta semana e na outra, porque “os ventos de sudeste e nordeste estão fortes e a Zona de Convergência está baixa”.

No entanto, Bristot confirmou que em virtude da baixa umidade não se configurou, como era esperado, precipitações pluviométricas durante o Carnaval, além da queda de chuvas isoladas registradas em alguma municípios do RN. O secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, José Mairton de França, disse que espera receber hoje, como já é de praxe diariamente, o boletim pluviométrico dos quatro dias de Carnaval. Mas, segundo ele, as informações preliminares é de que  as chuvas nesse período “foram pontuais” em algumas áreas do Estado.

* Rapidinhas do Inoxidável...

Mensaleiros aos poucos indo todos para casa...

***************************************************

Justiça dando mais um péssimo exemplo à sociedade.

***************************************************

Vai Vai e Beija Flor são as campeãs dos carnavais de SP e RJ...

***************************************************

Vice presidente da Guiné gasta R$ 77 mil por diárias no Copacabana Palace...

***************************************************

País comandado por Ditadura bancou a Beija Flor.

***************************************************

Carnaval tranquilo na terra das caraubeiras...

***************************************************

Festança na praça foi elogiada e criticada...

***************************************************

PMC não teve nenhuma participação nos custos da festa na praça...

***************************************************

Evento foi pago pelo próprio prefeito e alguns parceiros.

***************************************************

No Hotel a festa também foi tranquila...

***************************************************

Saia Elétrica muito elogiada pelos foliões...

***************************************************

O Palco foi questionado.

***************************************************

Em época de festa, tempo bom para política e a politicagem...

***************************************************

Pré sendo incentivado a ir as urnas, nossaaaaaaaaa...

***************************************************

Pré sondando opiniões...

***************************************************

Em Tibau eu vi um nome cada vez mais forte para 2016...

***************************************************

E não é o prefeito Naldinho...

***************************************************

Terceira via a vista...

***************************************************

Ferreira esteve em pré campanha, xiiiiii.

***************************************************

Novinho Praxedes confidencia a amigos que estará na disputa majoritária em 2016...

***************************************************

Não informou nem como e nem mais quem, eita lê lê!

***************************************************

Reunião de Ministro com advogados da Lava Jato causa polêmica.

***************************************************

Tem Edil cada dia mais no ostracismo.

***************************************************

Política não é guerra...

***************************************************

Defender o seu lado político é um coisa...

***************************************************

Adquirir inimigos por isso é outra coisa...

***************************************************

Oh maldade maligna!

***************************************************

Decisões serão tomadas.

***************************************************

Carnaval em Apodi também foi tranquilo.

***************************************************

Flaviano está no páreo em 2016.

***************************************************

Pavimentações em várias frentes...

***************************************************

Esse é o plano!

***************************************************

Anderson Silva é suspenso do UFC.

***************************************************

Parede na mira.

***************************************************

A partir de Março você terá uma nova opção na moda masculina e feminina em Caraúbas...

***************************************************

Mais detalhes nas próximas edições.

***************************************************

Sermões geram polêmicas em redes sociais e nas esquinas da terrinha...

***************************************************

Maneira direta nas palavras não agrada a todos.

***************************************************

Amanhã teremos outras novidades.

***************************************************

Deus abençoe a todos!

* Rapidinhas sendo editadas...

* STF deixa João Paulo Cunha cumprir pena em casa

O ministro Luís Roberto Barroso, relator do processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu nesta quarta-feira ao ex-deputado João Paulo Cunha (PT-SP) o direito de deixar a cadeia e cumprir o restante da pena em regime domiciliar. Atualmente, ele está em regime semiaberto, em que o condenado pode sair durante o dia para trabalhar e voltar para a prisão à noite, para dormir. A audiência na 

Vara de Execuções Penais (VEP) para oficializar a troca de regime poderá ocorrer na próxima semana.

Na semana passada, o petista enviou ao STF comprovante do pagamento de R$ 531,4 mil aos cofres públicos, a título de reparação pelos desvios ocorridos na Câmara dos Deputados quando ele presidia a casa, entre 2003 e 2005. Antes disso, ele já tinha comprovado o recolhimento de R$ 5 mil, totalizando o valor da multa devida.

Esse era o último requisito que faltava para ocorrer a progressão de regime. João Paulo foi condenado a seis anos e quatro meses por peculato e corrupção passiva. Já cumpriu um sexto da pena, porque estudou e trabalhou desde que foi preso. Segundo a legislação penal, cada três dias de trabalho ou estudo diminui um dia da pena total. A lei também exige para condenados por peculato a devolução dos recursos desviados.

Na última sexta-feira, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou parecer ao STF recomendando a transferência para a prisão domiciliar. Outros presos no mensalão já trocaram o regime semiaberto pelo domiciliar. É o caso do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, do ex-presidente do partido José Genoino e do ex-deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP).

João Paulo fez o pedido de progressão de regime em dezembro. A defesa apresentou um recibo comprovando o recolhimento de R$ 5 mil aos cofres públicos. O restante seria negociado com a União. Barroso negou o benefício. Explicou que a Advocacia Geral da União precisaria ter homologado um acordo desse tipo, o que não ocorreu. Embora não tenha conseguido a progressão de regime em dezembro, João Paulo obteve autorização do STF para passar as festas de fim de ano com a família, em São Paulo, por até sete dias.

* Estudantes poderão fazer novos contratos do Fies a partir de segunda-feira.

Será aberto na próxima segunda-feira (23) o sistema para novos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O Sistema Informatizado do Fies (SisFies) ficará aberto até o dia 30 de abril. As inscrições poderão ser realizadas no portal do programa. Podem recorrer ao financiamento os estudantes matriculados em cursos superiores que tenham avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação.

Para efetuar a Inscrição, o estudante deve acessar o SisFies e informar os dados solicitados. No primeiro acesso, o estudante informará seu número de cadastro de pessoa física (CPF), sua data de nascimento, um endereço eletrônico válido e cadastrará uma senha que será utilizada sempre que o estudante acessar o sistema. Após prestar essas informações, o estudante receberá uma mensagem no endereço eletrônico informado para a validação do seu cadastro. A partir daí, o estudante acessará o SisFIES e fará sua inscrição informando seus dados pessoais, do seu curso e instituição e as informações sobre o financiamento solicitado.

FIES NOVO 2
Fies.

* Presidente da OAB diz ser 'natural' reunião de ministro com advogados.

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado Coêlho, afirmou nesta quarta-feira (18) que é “natural” que advogados procurem o ministro da Justiça e autoridades públicas para levarem “queixas e reclamações” relacionadas a clientes que defendem.

No último sábado (14), o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa cobrou, por meio das redes sociais, que a presidente Dilma Rousseff demitisse o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, por ele ter se encontrado com advogados que representam investigados da Operação Lava Jato. A mensagem foi postada na página pessoal do ministro aposentado no microblog Twitter.

“Faz parte dos direitos, das prerrogativas dos advogados, procurar as autoridades para levar queixas e reclamações que sejam relacionadas a seus clientes”, disse Coêlho, durante o lançamento da Campanha de Fraternidade da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília.

“Assim como os médicos que têm problemas procuram o ministro da Saúde, da área cultural, procuram o ministro da Cultura, é natural que o advogado procure o ministro da Justiça se tiver queixas a apresentar”, complementou.

* Tarifas dos Correios devem subir nos próximos dias.

O presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira, vai encaminhar ao Ministério da Fazenda a solicitação de realinhamento das tarifas, que estão defasadas desde maio de 2013, informa o jornal O Globo.

No ano passado, a arrecadação chegou a R$ 18 bilhões, praticamente consumidos pelas despesas. O investimento realizado em 2014 foi de R$ 570 milhões, com ênfase em projetos de logística, novo foco dos Correios.

* Rapidinhas na pauta...

Logo mais teremos as nossas rapidinhas...

Aguardo você!

* Pronunciamento da Dilma está dispensado.

Dilma Rousseff não falará em cadeia nacional logo após o Carnaval, como andou sendo especulado. O que está previsto é um pronunciamento em 8 de março Dia da Mulher. De resto, a receita dos seus assessores mais próximos é “meter a cara” – ou seja, dar muitas entrevistas e rodar o país.
Por Lauro Jardim

* Ministério Público ajuíza ação contra prefeitura de Tibau.

O Ministério Público Estadual ajuizou ação civil pública (ACP) contra o prefeito de Tibau, Josinaldo Marcos de Souza, para que não seja realizado nenhum gasto público com festas enquanto perdurar o estado de emergência de seca. A proibição deve valer enquanto a situação for reconhecida pelo Decreto nº 24.700/2014 e pelos seguintes que, eventualmente, prorroguem seus efeitos, tanto em relação aos carnavais como no tocante a qualquer celebração festiva, incluindo inaugurações da administração pública.