sexta-feira, 17 de abril de 2015

* Baraúna: ex-prefeito do município deve ressarcir valor a cofres públicos.

O prefeito de Baraúna, junto ao procurador-geral ou assessor jurídico do município, deve promover a execução judicial das condenações de ressarcimento aos cofres públicos atribuídas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) a Aldivon Simão do Nascimento, ex-prefeito do município. O ex-gestor deve ressarcir no total R$ 183.028,81, de acordo com o Acórdão n.290/2014-TC.

O valor é referente a três dívidas: são duas multas, uma de R$ 27.720,00, referente a 30% dos vencimentos anuais pela não publicação do RGF do segundo semestre de 2007; e outra no valor de R$ 3.000,00 pela não publicação dos Relatórios Resumidos de Execução Orçamentária (RREOs) relativos aos três primeiros bimestres do mesmo ano. Há ainda o montante de R$ 152.308,81, referente a despesas não comprovadas.

Os valores ressarcidos serão destinados aos cofres estadual e municipal, estando, portanto, a execução sujeita ao postulado administrativo da indisponibilidade do interesse público. Prefeito e procurador ou assessor devem informar, no prazo de 15 dias após o recebimento da recomendação, as providências tomadas para o cumprimento da mesma.

* Delegado da Lava-Jato critica posicionamento de Rodrigo Janot.

O delegado Eduardo Mauat, um dos integrantes da força tarefa da Operação Lava-Jato, cobrou explicações públicas do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Ele rebateu as críticas de Janot que esta semana pediu a suspensão dos depoimentos de políticos envolvidos no esquema de corrupção da Petrobras por entender que a PF estaria “atropelando as investigações”.

Nesta semana, a relação da PF e a Procuradoria Geral da República (PGR) entrou em rota de colisão e tem como pano de fundo a disputa pelo protagonismo nas investigações dos envolvidos com foro privilegiado. Na quarta-feira, o ministro Teori Zavascki suspendeu os depoimentos desta semana atendendo a um pedido do procurador-geral. Em nota, a PF negou condenou a medida.

Na nota, a PF registra que não há determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) de qual deve ser a ordem para o cumprimento das fases da investigação e que o MPF tem participado dos trabalhos.

— Nós estamos acompanhando com grande curiosidade qual vai ser a explicação do Ministério Público Federal, do procurador Rodrigo Janot, em relação a suspensão dos depoimentos que estavam marcados. No primeiro momento foi imputado à PF a demora no andamento desses procedimentos no Supremo Tribunal Federal e, agora, por iniciativa do MPF esse procedimento foi paralisado — disse o delegado.

Mauat também reclamou do atraso nos repasses das diárias aos agentes e delegados que participam da Operação Lava Jato. Segundo o delegado, há dois meses, eles não recebem a diária de R$ 200,00, usada para pagar alimentação e hospedagem dos policias que são de outros sedes, mas que estão em Curitiba por causa da operação. O rombo já chegaria a R$ 200 mil.

— Existe um atraso no repasse das diárias e isso pode vir a causar um prejuízo sério na investigação - alertou Mauat.

Nesta semana, a divergência entre a PF e Procuradoria levou a suspensão de sete inquéritos que investigam políticos e operadores do esquema, a pedido de Janot. Para o procurador, a PF está se precipitando. Ele alegou que os delegados estariam intimando e interrogando parlamentares sem a informação necessárias para aprofundar a apuração.

Em geral, depoimentos de investigados, considerados peças de defesa, ocorrem no final de um inquérito. Desta vez, a PF teria invertido essa ordem, ouvindo deputados e senadores antes de ouvir outras pessoas e, assim, levantando dados adicionais para confrontar com respostas dos investigados.

Além disso, dois episódios estão entre os motivos para a decisão da PGR: a pressão de assessores parlamentares junto à Polícia Federal (PF) para agilizar os depoimentos de pelo menos dois investigados e a existência de perguntas e respostas prontas numa dessas oitivas, antes mesmo da chegada de um procurador da República para participar do depoimento. O GLOBO apurou que a pressão partiu de assessores dos senadores Humberto Costa (PT-PE), líder do partido no Senado, e Gleisi Hoffmann (PT-PR).

* Rapidinhas do Inoxidável...

Troca de farpas entre a Polícia Federal e o Ministério Público devido a Lava Jato...

*************************************************************

Um atacando o outro...

*************************************************************

Estopim foi Janot que esta semana pediu a suspensão dos depoimentos de políticos...

*************************************************************

É muito tubarão nessa rede!!!!

*************************************************************

Petrobras tá pegando empréstimos com quem tiver coragem de emprestar...

*************************************************************

Chineses, BB, Caixa, Bradesco e muito mais...

*************************************************************

Os companheiros detonaram a maior estatal do Brasil.

*************************************************************

Informações advindas dos "corredores" da Secretaria de Saúde, local, aponta o tumulto dos pacientes vindos de Mossoró...

*************************************************************

Por pouco não aconteceu uma tragédia, #DeusÉmaior.

*************************************************************

Aflição, gritaria e desespero, perigo.

*************************************************************

População critica serviços dos Agentes de Endemias local...

*************************************************************

Já disse aqui várias vezes que o serviço é precário...

*************************************************************

E tome casa no lápis!

*************************************************************

Governador Robinson Faria voltou atrás e vai usar o empréstimo de R$ 850 milhões nas obras municipais...

*************************************************************

Obras do Dr. ainda na pauta...

*************************************************************

É preciso ir a luta, ainda!

*************************************************************

Edis vão rumo ao PSD local...

*************************************************************

Em setembro teremos novidades...

*************************************************************

De todo lado!

*************************************************************

Rapaz ohomi ficou com a pulga atrás da orelha...

*************************************************************

Como diz o ditado, "Quem avisa, amigo é".

*************************************************************

Advogados no Rio animados...

*************************************************************

Vem novidades por aí, será?

*************************************************************

Confiança é total, hum rum.

*************************************************************

PT não vai mais receber doações de empresas privadas, kkkkkkkkkkkk!

*************************************************************

Questionado a resposta foi essa, "Decepção".

*************************************************************

Pesquisa ainda causa mal estar.

*************************************************************

PT local rachado, sem novidades.

*************************************************************

Prefeito de Campo Grande pavimentando ruas com recursos próprios e sem Royalties...

*************************************************************

Por essas e outras é o mais bem avaliado do estado.

*************************************************************

Sessões com boa participação popular...

*************************************************************

Intenção é se aproximar politicamente do povo, #opinião...

*************************************************************

A intenção do presidente é migrar para o executivo.

*************************************************************

Edvaldo Fagundes está foragido...

*************************************************************

Mulher e filha presas...

*************************************************************

Laranjada era a principal contravenção, de acordo com a Justiça Federal.

*************************************************************

Mais um crime na cidade de Caraúbas...

*************************************************************

Praticamente um a cada 15 dias...

*************************************************************

A onda de violência, ainda deve continuar, pois as vezes um fato está ligado ao outro...

*************************************************************

As autoridades com a palavra, lamentável!

*************************************************************

Cunhada de Vaccari se entregou.

*************************************************************

Reservatórios ainda seco no nosso município...

*************************************************************

E na Mariana, nossssaaaaaaaaaaa!

*************************************************************

Feriadão chegando e muita política na pauta...

*************************************************************

É pré com o pé na estrada e outros escondidos.

*************************************************************

João Maia será procurado para a "paz" em prol da oposição local...

*************************************************************

Hum magoado!

*************************************************************

Se acontecer uma mudança no "JG"?

*************************************************************

Tô sabendo de nada...

*************************************************************

Tem cada uma desse leitores, kkkk!

*************************************************************

Bom final de semana para todos...

*************************************************************

Deus abençoe a todos!

* Agora a pouco: Assassinato em Caraúbas.

Mais um crime de assassinato na cidade de Caraúbas, informações ainda desencontradas aponta que uma pessoal conhecida como Lelito, neto de Zé Vermelho, acabou de ser assassinato.

Ao que parece o mesmo foi executado nas imediações do Bar da Tripa.
 Vítima...
 Mais um assassinato...
 Caraúbas tá muito perigosa.
Imagens: WhatsApp.

* Rapidinhas sendo editadas...

* Empresário foragido, Edvaldo Fagundes é o dono do terreno da saudosa Maternidade de Caraúbas.

O empresário Edvaldo Fagundes, foragido da justiça devido a Operação Salt III, é o proprietário do terreno da saudosa Maternidade Elisa Simões aqui no município de Caraúbas.

Tido como um dos "homens" mais ricos da capital do oeste, o empresário está foragido desde a manhã de hoje (17), mediante o mandato de prisão expedido pela justiça federal.

Edvaldo Fagundes após a aquisição do terreno, nunca se quer limpou o referido terreno.

Lamentável!
Saudosa Maternidade.

* Novo tesoureiro do PT recebeu de Vaccari R$ 95.000 de empreiteira do clube do bilhão.

O novo tesoureiro nacional do PT, Márcio Macêdo, recebeu no ano passado uma doação de 95.000 reais da Construtora Andrade Gutierrez S/A, uma das empreiteiras que faziam parte do cartel do petrolão. A contribuição foi repassada a Macedo pela Direção Nacional do PT, cujo caixa era comandado por João Vaccari Neto, preso nesta quarta-feira pela Polícia Federal na Operação Lava Jato. 

Vaccari foi afastado da secretaria de Finanças do partido sob suspeita de ter intermediado junto a empreiteiras fornecedoras da Petrobras pagamentos de propina dissimulados como doações oficiais de campanha, registrados no Tribunal Superior Eleitoral. Em 2014, Macêdo não se reelegeu para seu segundo mandato como deputado federal por Sergipe e atualmente é suplente da bancada. Ele arrecadou ao todo 493.726,94 reais - 25% (123.500 reais) repassados por Vaccari. 

Além da Andrade Gutierrez, a outra parcela de 28.500 reais era uma doação da Fator Empreendimentos e Participação, do ramo imobiliário paulista.
O novo tesoureiro nacional do PT, ex-deputado Márcio Macêdo (SE), em reunião da Frente Parlamentar Ambientalista, na Câmara
Esse é o novo CARA!

* Rapidinhas na pauta...

Logo mais tem elas...

* Março foi o mês mais quente desde 1880.

Março passado foi o mês mais quente em todo o mundo desde que o registro da temperatura começou a ser feito em 1880, e o primeiro dos três meses de 2015 que também estabeleceu um novo recorde de calor, informaram os cientistas americanos nesta sexta-feira.

“Durante março, a temperatura média nas superfícies terrestres e oceânicas foi 0,85 graus Celsius superior à média do século XX”, assinala o relatório da Administração Oceânica e Atmosférica americana (NOAA). “Esse é recorde de calor para a março nos registros entre 1880 e 2015, superando o recorde anterior de 2010, que foi de 0,05 Celsius”, afirma o estudo.

* Robinson voltou atrás e vai fazer as obras do empréstimo dos R$ 850 milhões”‏

O governador Robinson Faria declarou na manhã desta sexta-feira, 17 de abril, e voltou atrás em relação às 73 obras que estão na lei que autorizou o empréstimo de R$ 850 milhões junto ao Banco do Brasil.

“Para nosso alívio, Robinson disse, enfaticamente, ao contrário do que tinha afirmado em declaração anterior, que vai fazer, sim, as 73 obras prometidas. Ótima notícia para o Estado. Não só pelas obras, mas, principalmente, para resgatar a credibilidade do Governo. Seria muito feio o Governo ter dito que iria utilizar parte dos R$ 850 milhões em 73 obras e não realizar esses projetos, disse o deputado Kelps Lima.

Diante desta notícia, o deputado pede que avisem aos prefeitos que deixem os projetos prontos, ajustem certidões e cálculos, façam as audiências públicas que forem necessárias para, quando o dinheiro sair, não ter demora na burocracia e as obras começarem logo.

“Robinson Faria afirmou ainda que teve uma audiência, ontem, com o Ministro da Fazendo, Joaquim Levy, e confirmou que os R$ 850 milhões de reis estão garantidos, segundo palavras do Governador.”
kelpsfundo
Grande deputado.

* MPF diz que família de Edvaldo Fagundes comandava “organização criminosa”

O empresário mossoroense Edvaldo Fagundes de Albuquerque e o filho Rodolfo Leonardo Soares Fagundes de Albuquerque são considerados foragidos da Justiça.

Os demais membros da família do empresário: mulher, filhos, filha, marido da filha, advogado, contador e administrador do Grupo Líder, estão todos presos.

O procurador da república Emanuel de Melo Ferreira disse que as dez prisões preventivas foram decretadas pelo juiz Orlan Donato Rocha, da 8ª Vara Federal de Mossoró.

Emanuel Ferreira contou que a “organização criminosa” liderada por Edvaldo Fagundes, a mulher e os filhos envolvia cerca de 20 pessoas e que há mais de 10 anos eram investigados.

Ainda conforme Emanuel Ferreira, até 2013, o Ministério Público Federal e a Receita Federal por diversas vezes moveram ações contra o grupo do empresário, sem efeito.

Porém, a partir da Operação Salt I, realizada em 2013, o Ministério Público Federal e a Receita Federal, tiveram acesso com precisão como funcionava a “organização criminosa”.

O procurador da república acrescenta que a Operação Salt II mostrou que a “organização criminosa” continuou agindo em 2014 com o mesmo vigor.

O grupo liderado por Edvaldo Fagundes agia desde 1990. Especializou-se em sonegação fiscal, apropriação indébita previdenciária, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

Por meio de um grande emaranhado de empresas, muitas delas de “fachada”, o chamado Grupo Líder conseguiu sonegar mais de R$ 500 milhões. Isto comprovado pela Receita.

As ilegalidades já haviam levado a Polícia Federal a deflagrar outras duas operações, sendo uma delas em dezembro de 2013 (Salt I) e a segunda em 26 de março deste ano (Salt II).

“Muito embora algumas das empresas do grupo (ver lista abaixo) ostentem patrimônio e receita para saldar suas obrigações tributárias, a organização se utiliza do artifício de criar empresas que só existem no papel, inclusive constituídas a partir da utilização de “laranja”, para garantir o livre ingresso de receitas nos caixas do grupo, assim como o branqueamento de bens, mediante complexo esquema de blindagem patrimonial contra as ações da Receita Federal do Brasil”, destacam as ações, de autoria dos procuradores da República Aécio Tarouco e Emanuel Ferreira.

De acordo com as investigações, o Grupo Líder teria como “matriz” a empresa Tecidos Líder Indústria e Comércio Ltda., autuada pela Receita Federal pela primeira vez em 2004.

Tal grupo protegeria o seu patrimônio dos órgãos ficais e de todos os seus credores, mediante sobreposição de empresas, sucessão empresarial, confusão e transferência patrimonial, dissolução irregular de diversas sociedades e interposição de pessoas como sócias das empresas.

O grupo desenvolve atividades na indústria de plástico, tecidos, resinas, extração de sal, revenda de combustível, de veículos, construção civil, transportes, maricultura, nos mesmos estabelecimentos simultânea e, por vezes, sucessivamente sob uma mesma unidade de comando e direção.

Funcionamento
Investigações da Fazenda Nacional concluíram que os valores monetários e bens não permaneciam nas empresas ditas “sujas”, com muitas dívidas com o Fisco e credores em geral. Eles eram continuamente transferidos a novas pessoas jurídicas, com a constituição formal de diversos CNPJs, vinculados aos mesmos CPFs ou aos CPFs de “laranjas”, geralmente familiares e empregados de Edvaldo Fagundes de Albuquerque, figura central da organização.

Das cinco denúncias apresentadas até agora, uma delas diz respeitos ao crime de falsidade ideológica, três a lavagem de dinheiro e uma quinta está relacionada ao crime de organização criminosa. As investigações envolvendo o Grupo Líder continuam em andamento, especialmente em relação ao crime de sonegação fiscal.

Em relação ao crime de apropriação indébita previdenciária, o MPF em Mossoró já ajuizou 11 denúncias, envolvendo diversas das empresas que integram o Grupo Líder, em momento anterior à operação denominada Salt.

Núcleo Administrativo (detinha o poder de mando)

1. Edvaldo Fagundes de Albuquerque (Foragido)
2. Ana Catarina Fagundes de Albuquerque (Filha de Edvaldo Fagundes. Está presa)
3. Edvaldo Fagundes de Albuquerque Filho (Filho de Edvaldo Fagundes. Está preso)
4. Eduardo Fagundes de Albuquerque (Filho de Edvaldo Fagundes. Está preso)
5. Rodolfo Leonardo Soares Fagundes de Albuquerque (Filho de Edvaldo Fagundes. Está foragido)
6. Zulaide de Freitas Gadelha (mulher de Edvaldo Fagundes. Está presa)
Núcleo Contábil (responsável por instrumentalizar formalmente a constituição de diversas empresas fantasmas do grupo, contribuindo decisivamente para os delitos cometidos)
1. Tupinambá de Paiva Carvalho (Contador e advogado de Edvaldo Fagundes. Está preso).
Núcleo Operacional (composto pelas interpostas pessoas aliciadas pelos líderes da organização, compondo os popularmente chamados “laranjas”
1. Antônia Martins de Araújo
2. Antônio Fagundes de Albuquerque Neto
3. Carla Lígia Leite Barra
4. Denise de Souza Borges
5. Felipe Vieira Pinto (casado com Ana Catarina, filha de Edvaldo Fagundes. Está preso)
6. Genival Silvino de Sousa (gerente. Está preso)
7. Ivan Freitas da Silva
8. Jerônimo Antônio Ferreira Neo
9. Jose Bonifácio Dantas de Almeida
10. Manoel Inovilton de Paiva
11. Marcos Reigracion Borges
12. Miguel Ângelo Barra e Silva (Gerente. Está preso)
13. Sebastião Aécio Borges
Empresas envolvidas:
1. ESS Empresa de Serviços Salineiros
2. EBS – Empresa de Sal LTDA
3. Diamante Cristal Indústria e Comércio de Sal LTDA – ME
4. Refinassal Indústria e Refinação de Sal LTDA
5. Líder Comércio e Indústria de Alimentos LTDA
6. West Import´s e Comércio LTDA
7. CBC Indpustria de Termoplástico Amazônia LTDA
8. Locmaquip Locadora & Construtora LTDA
9. Premolds Indústria & Comércio LTDA
10. EFA Gestão de Negócio LTDA
11. Revendedora de Combustível Portalegre LTDA
12. Realplast Indústria e Comércio LTDA
13. Comércio de Produtos de Petróleo Líder LTDA
14. Líder Comércio de Combustível de Lubrificantes LTDA
15. Revendedora de Combustíveis Portalegre LTDA
16. Ciemarsal Comércio e Indústria e Exportação de Sal LTDA
17. Ilha Refinaria de Sal LTDA
18. Dmarket Indústria e Comércio de Artefatos Plásticos LTDA
19. Tecidos Líder Indústria e Comércio LTDA
20. Rafitex Rafia têxtil LTDA
21. F.A. Veículos, Peças e Agenciamento LTDA
fagundes nova
Filho e pai foragidos.
Fonte: (Mossoró Hoje)

* Divulgado o resultado da prova objetiva do concurso do Banco do Brasil.

O resultado da prova objetiva e das notas preliminares da redação do concurso do Banco do Brasil foi divulgado na tarde desta quinta-feira (16). Do total de 2.499 vagas em cadastro de reserva oferecidas para o cargo de escriturário, 80 são destinadas para a Paraíba. O certame ocorreu no dia 15 de março. O resultado final da está previsto para o dia 4 de maio. O desempenho dos candidatos pode ser visto neste link.

O cargo de escriturário oferece um salário de R$ 2.227,26. Do total de vagas disponíveis, 5% são reservadas para candidatos com deficiência e 20% para pretos e pardos.

Profissionais também terão ajuda alimentação, no valor de R$ 572, vale-refeição de R$ 431,16, vale-transporte, vale-cultura de R$ 50, auxílio-creche, auxílio a filho com deficiência e previdência privada, além da participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente.

* Caos: Diretores do Hospital Regional de Currais Novos pedem exoneração.

Alegando dificuldades enfrentadas no Hospital Regional de Currais Novos, toda a direção resolveu encaminhar o pedido de exoneração coletiva ao secretário estadual de Saúde, Ricardo Lagreca.

A direção era formada pelo diretor-geral Carlos Magno, a diretora administrativa Regina Célia e o diretor médico Giordano Bruno, pediu exoneração em documento expedido à Secretaria Estadual de Saúde nesta quarta-feira (15). A decisão tem caráter irrevogável.
caos
Dias atrás foram os diretores do Tarcísio Maia.

* Novas nomeações do Governo do RN.

O Diário Oficial do Estado, edição de hoje (17), trouxe mais nomeações para a secretaria estadual de Apoio a Reforma Agrária, Trabalho e Ação Social, IDIARN e DETRAN. Confira abaixo:

RICARDO ALEX LIMA FAGUNDES para exercer o cargo de provimento em comissão de Chefe de Grupo Executivo, C-1, do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN), em Ceará Mirim/RN.

RICARDO SÉRGIO NERI DA CÂMARA para exercer o cargo de provimento em comissão de Chefe da Unidade Local de Saúde Animal e Vegetal (ULSAV), em Parnamirim/RN, do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Estado do Rio Grande do Norte (IDIARN).

EDISON NÓBREGA DE ASSUNÇÃO para exercer o cargo de provimento em comissão de Coordenador de Apoio ao Desenvolvimento Rural, da Secretaria de Estado de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária (SEARA).

MARCELO MARQUES DE SOUZA, para exercer o cargo de provimento em comissão de Subcoordenador de Regularização Fundiária, da Secretaria de Estado de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária (SEARA).

MARCELO ANTUNES TORRES para exercer o cargo de provimento em comissão de Coordenador da Assessoria Jurídica, da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS), retroagindo os efeitos do presente Decreto a 03 de março de 2015.

* Decisão do TCU cria risco de rejeição das contas de Dilma.

A decisão do Tribunal de Contas da União de considerar irregulares manobras fiscais feitas pelo governo para arrumar suas contas no ano passado criou novos riscos para a presidente Dilma Rousseff e animou os defensores da abertura de um processo de impeachment contra ela.

Segundo a Folha de S. Paulo apurou, há no tribunal disposição da área técnica e também de alguns ministros de recomendar ao Congresso a rejeição das contas de Dilma em razão do descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, fato que seria inédito no TCU.

No Congresso, líderes da oposição apontaram a decisão do TCU como novo elemento para justificar a abertura de um processo de impeachment, que provocaria o afastamento de Dilma do cargo para ser processada por crime de responsabilidade.
dilmahomenagem
Situação não é nada boa.

* Segundo Garibaldi, Robinson ainda não fez o dever de casa.

Na entrevista ao blogue, avaliando os primeiros 100 dias do governo Robinson Faria, o senador Garibaldi Filho concluiu que o chefe do Executivo ainda não fez o dever de casa”.  “Precisa de medidas mais duras para conter, por exemplo, o déficit que vem sendo coberto pelo Fundo Previdenciário. Nós estamos devendo e não estamos sabendo como diminuir esse déficit”, comentou o senador.

Para Garibaldi, o governador está bem intencionado, inclusive o convocou para ir aos ministérios para discutir obras prioritárias, como a Barragem de Oiticica e a Reta Tabajara. “O Rio Grande do Norte não tem dinheiro para investir e o que preocupa o pagamento de pessoal e o custeio da máquina pública, para deixar a economia mais saudável”, disse.
robinsongaribaldi
Uma crítica do ex governador.