domingo, 24 de maio de 2015

* Alves se reuniram com correligionários no Distrito de São Geraldo.

Os irmãos Eugênio e Juninho Alves (PSD), se reuniram hoje (24) com correligionários do Distrito de São Geraldo/Caraúbas, o encontro se deu na residência de Alcivan Farias e contou com a presença de lideranças locais, ex-prefeito Alcivan Viana, Tanildo Fernandes, Silas Sales (PIPI), entre outros.

O almoço regado a muita política serviu para a reafirmação, mais uma vez, da pré candidatura do empresário Junior Alves ao Palácio Jonas Gurgel.

Durante o evento, os populares fizeram algumas reivindicações, entre elas o retorno das urnas ao Distrito de São Geraldo, melhorias para as comunidades rurais junto ao governo do estado do Rio Grande do Norte, através do pré Jr. Alves.

Ao término, os presentes reafirmaram os compromissos com o Distrito e região e ouviram das liderança locais, a total intenção de um possível apoio ao projeto de Jr. Alves em 2016.

Novas reuniões virão, é aguardar!

Mais detalhes nas rapidinhas...
 Em pré campanha...
 Discussões...
Irmãos em campanha.
Imagens cedidas.

* Avião com Angélica e Huck teve pane na bomba de combustível, diz piloto.

O piloto do avião que fez um pouso forçado no Mato Grosso do Sul neste domingo (24) afirmou ao G1 que a aeronave sofreu uma falha na bomba de combustível.

Os apresentadores Angélica e Luciano Huck, além dos três filhos e duas babás, estavam no avião, que pousou em uma fazenda a cerca de 30 km de Campo Grande. Todos passam bem.

"Deu uma falha, pane na bomba de combustível", disse Osmar Frattini, de 52 anos.

O comandante do voo explicou que a falha aconteceu quando sobrevoava a Serra de Maracaju. Ele então procurou uma área de pastagem e fez o pouso forçado. "Deus ajudou. Não podia baixar o trem de pouso".

COMO FOI O ACIDENTE
 
De acordo com o Corpo de Bombeiros e com a Aeronáutica, o pouso forçado ocorreu em uma propriedade nas imediações da rodovia MS-080, na saída para a cidade de Rochedo.

A aeronave tinha decolado de Estância Caimam, em Miranda, perto de Bonito, e seguia para Campo Grande.

Perto da aproximação para o pouso, às 10h52, o piloto avisou à Torre de Controle em Campo Grande que estava em situação de emergência e que faria pouso forçado.

O Coronel Hudson Farias de Oliveira, do Corpo de Bombeiros, informou que os feridos foram levados em quatro carros dos bombeiros e ao menos um deles foi transportado em helicóptero.
 
MODELO DO AVIÃO
 
Segundo a Aeronáutica, o avião envolvido no acidente é um Embraer, modelo 820C, matrícula PT-ENM. A aeronave pertence à empresa MS Táxi Aéreo.

O avião estava com a documentação regular, segundo registros no site da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A inspeção anual de manutenção tinha validade até 12 de junho de 2015.
 
INVESTIGAÇÃO
 
Um helicóptero da Base Aérea de Campo Grande foi enviado para apoiar nos trabalhos e acompanhar a investigação.

No fim da manhã, técnicos do Quarto Serviço de Prevenção e Investigação de Acidentes (SEPIPA 4) foram deslocados para realizar a perícia e conduzir as apurações.
Angélica é atendida em hospital após acidente no MS (Foto: G1) 
Angélica é atendida em hospital após acidente no MS
Resgate em avião com Angélica, Luciano Huck, crianças, babás, piloto e copiloto que fez pouso forçado em MS (Foto: Alysson Maruyama/TV Morena) 
Resgate em avião com Angélica, Luciano Huck, crianças, babás, piloto e copiloto que fez pouso forçado em MS (Foto: Alysson Maruyama/TV Morena)
Embraer 820 (Foto: Divulgação/Embraer) 
Modelo Embraer 820, do mesmo tipo que fez pouso forçado em MS (Foto: Divulgação/Embraer)

Helicóptero foi usado no resgate de feridos; copiloto foi levado para UPA. (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação) 
Helicóptero foi usado no resgate de feridos; copiloto foi levado para UPA. (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

* Dilma sobre impeachment: “a mim não atemorizam”

Ciente de que não há base legal que a ameace, a presidente Dilma Rousseff afirma que está tranquila quanto ao movimento capitaneado pelo PSDB que prega impeachment contra ela. Em entrevista ao jornal mexicano La Jornada, ela disse que “essa discussão tem viés de uma arma política” e reafirmou que não tem por que temer.

“Eu acho que tem um caráter muito mais de luta política, entende? Ou seja, é muito mais esgrimido como uma arma política. Agora, a mim não atemorizam com isso. Eu não tenho temor disso, eu respondo pelos meus atos. E eu tenho clareza dos meus atos”.

Dilma comentou temas da política brasileira, como o esquema de corrupção de empreiteiras em contratos com a Petrobras, e assuntos internacionais, como o relacionamento entre Brasil e México, onde ela tem agenda vasta nesta semana.
dilmahomenagem
Dilma.

* Médicos revelam que mundo está perdendo a guerra contra o suicídio.

“Estamos perdendo a guerra para o suicídio”. A afirmação alarmante é do psiquiatra e professor da USP Mario Francisco Juruena, que explica que, embora não haja uma forma de determinar com plena certeza que um indivíduo vá se matar no futuro, os médicos têm, sim, instrumentos para prever as chances que pacientes graves carregam de tirar a própria vida.

A principal chave da prevenção estaria no tratamento dos traumas de infância. Cicatrizes emocionais que os adultos carregam, de feridas abertas quando eram crianças, podem antecipar muitos dos riscos de suicídio — separação materna, estresse, maus tratos, negligência, perdas precoces e abusos seriam, de acordo com o psiquiatra, alguns dos principais fatores.

Desta maneira, o papel do médico é monitorar o histórico do paciente, dando atenção a traumas severos em qualquer idade, mas mais especificamente na primeira infância e na vida intrauterina. Isso porque, como conta o psiquiatra, quanto mais precoce o trauma, maior ele será, já que o sistema nervoso de uma criança não está preparado para a agressão, apenas para a afetividade.
suicidio
Lamentável.

* Festival de Quadrilhas Juninas abre inscrições no RN.

O Festival de Quadrilhas Juninas da Inter TV Cabugi está com inscrições abertas para edição 2015. Este ano, o festival – que já se consolidou no calendário cultural do estado – completa 20 anos. As inscrições podem ser feitas de 25 a 29 de maio na sede da Inter TV Cabugi, em Natal, e na Inter TV Costa Branca, em Mossoró. A festa acontece no município de Monte Alegre, na Grande Natal, de 13 a 23 de junho. Para fazer a inscrição o representante de cada quadrilha deve se dirigir à Inter TV portando RG e CPF. No local, o representante irá preencher o formulário de inscrição.

O festival começa com a fase de eliminatórias que acontece de 13 a 20 de junho. A grande final será no dia 23. As disputas nas três categorias – estilizada, tradicional e comédia – prometem ser um grande desafio aos jurados responsáveis por avaliar uma série de quesitos, como harmonia, coreografia, simpatia e evolução.

A grande vencedora deste ano no RN na categoria estilizada poderá participar da etapa regional promovida pela Globo Nordeste no Município de Goiana, em Pernambuco, no dia 28 de junho. Lá, a vencedora do RN concorre com as demais classificadas dos outros estados do Nordeste a uma premiação de R$ 12 mil para o primeiro colocado, R$ 8 mil para o segundo, R$ 6 mil para o terceiro, R$ 4 mil para o quarto e R$ 2mil para o quinto lugar. O Festival de Quadrilhas Juninas da Inter TV Cabugi tem como maior finalidade valorizar, difundir e incentivar os festejos juninos, uma das maiores manifestações culturais brasileiras.
quadrilhaG1
Festival de quadrilhas juninas.

* Prefeitura de Ceará-Mirim embargou obra de cadeia pública.

A queda de braço entre a prefeitura de Ceará-Mirim e estado, para a construção de uma cadeia pública, está longe do fim. No mais recente capítulo, o Executivo municipal embargou a obra da unidade prisional.

Segundo o secretário municipal do Meio Ambiente, Neto Coutinho, a empresa responsável pela construção da cadeia – M&K Construções Ltda – colocou o maquinário no terreno da obra, mas não possui o alvará de construção da prefeitura, além de não possuir a licença ambiental que libera o canteiro de obras. Por meio de sua assessoria de imprensa, o secretário estadual de Infraestrutura, Jader Torres, disse desconhecer o embargo.

* Dirceu estaria disposto a denunciar o ex-presidente Lula, diz Veja.

Como forma de amenizar eventuais implicações no escândalo da Operação Lava Jato, o ex-ministro chefe da Casa Civil José Dirceu estaria disposto a falar da participação do ex-presidente Lula tanto no mensalão, quanto na Lava Jato. A informação é da revista Veja desta semana.

Segundo a revista, Dirceu “jamais se voltou contra o antigo chefe, que lhe prometeu ajuda — e recursos — para desmontar a ‘farsa do mensalão’. Deu em nada”. “Investigado no escândalo do petrolão, o ex-ministro agora emite sinais de que pode contar o que sabe sobre os dois esquemas de corrupção usados pelo governo para comprar o apoio de partidos aliados. Seus amigos garantem que, se cumprir a promessa, o magoado e abandonado Dirceu vai fritar o antigo chefe”, ressalta a revista.

A amigos, conforme a Veja, Dirceu sempre protestou contra a condenação superior à sete anos no julgamento do mensalão. E a pessoas próximas ele tem culpado o ex-presidente Lula pela sua perda de expressão política após o mensalão.

A publicação também afirma que Lula somente não foi implicado no escândalo do mensalão porque o operador do esquema, o publicitário Marcos Valério, pediu propina ao PT para não comprometer o ex-presidente no caso. O pedido de propina ocorreu durante uma conversa entre ele e o senador Delcídio do Amaral (PT-MS), na época presidente da CPI dos Correios, que investigava o caso. Amaral negou qualquer conversa neste sentido.
lula cascudo em dirceu
Eita lê lê.

* Carrasco de Anderson Silva nocauteia Belfort no primeiro round.

Vitor Belfort tentou. Superou o banimento do TRT, preparou-se como nunca para conquistar o terceiro cinturão do UFC de sua carreira e teve a chance de deixar o octógono com uma conquista histórica. Mas do outro lado havia um lutador excepcional. Chris Weidman, duas vezes algoz de Anderson Silva, aumentou sua invencibilidade para 13 lutas ao derrotar o brasileiro por nocaute técnico, aos 2m53s do primeiro round, no co-evento principal do UFC 187. O Fenômeno chegou a assustar os americanos ao colocar o rival contra a grade com uma sequência de socos que, contra muitos outros adversários, seria fulminante. Mas o “All American” mostrou que tem um grande poder de absorção e venceu a batalha da juventude contra a experiência.

Nas 12 lutas anteriores de Vitor Belfort, apenas Anderson Silva e Jon Jones se mostraram capazes de superá-lo. E Chris Weidman, que bateu Spider duas vezes, deixou claro que não tem um cartel perfeito por acaso. Carrasco de brasileiros, ele chegou ao quinto resultado positivo na carreira contra atletas tupiniquins. “Eu tinha programado na mente que seria uma luta agarrada. Mas quero uma salva de palmas para Vitor Belfort, ele é uma lenda do esporte. Eu sou a última pessoa que gosta de falar mal dos outros, só tinha algo de errado com seus testes. Mas não quero xingar ninguém”, afirmou Weidman, após o triunfo.
weidman
Mais um brasileiro foi derrotado pelo campeão.

* Agora: Fátima Bezerra nega candidatura ao governo do estado.

A senadora Fátima Bezerra (PT) negou a possibilidade de concorrer ao Governo do Estado em 2018 ou até mesmo a Prefeitura do Natal em 2016, cargo que já disputou em quatro oportunidades, durante entrevista à Tribuna do Norte. Confira alguns trechos:

Surgiram comentários de que a senhora não é mais convidada com tanta frequência para reuniões do governador, em função de possíveis projetos majoritários para 2018 que entrariam em conflitos com uma candidatura dele à reeleição…

Essa nota [com especulações sobre um possível afastamento político do governador] foi aquilo que em Nova Palmeira (PB), chamamos de “fuxico”, não é fofoca, é fuxico. Nossa relação com o governador Robinson é de muita transparência e lealdade, de solidariedade e de muito respeito. O governador tem reconhecido o papel, sem falsa modéstia, importante que eu agora, na condição de senadora, tenho a desempenhar do ponto de vista de ajudar ao governo do Rio Grande do Norte e isso não é nenhum favor, é meu dever, minha obrigação. Nossa relação é a melhor possível.

Haverá eleição majoritária em 2016, para prefeito, e para o Governo, em 2018, qual das duas a senhora pretende disputar?

Não serei candidata em nenhuma das duas. Serei candidata, primeiro em 2016 a ajudar os companheiros do meu partido e dos meus aliados e parceiros, para que a gente possa colher bons resultados politico-eleitorais para o ano que vem. Em 2018, também vou ajudar na aliança, sendo candidata a contribuir na disputa politica [não a um novo mandato]. Meu plano é seguir a trilha que o povo do Rio Grande do Norte me confiou, que é o mandato de senadora. Todo o esforço e dedicação serão para continuar honrando a confiança do povo, fazendo a politica com honradez, dignidade e compromisso.
Fatima-Bezerra
Fátima Bezerra.

* Lava Jato avança sobre contratos do bilionário mercado do pré-sal.

A força-tarefa da Operação Lava Jato deflagrou esta semana a primeira ofensiva para comprovar que o esquema de cartel e corrupção nas obras de refinarias e petroquímicas da Petrobras, entre 2004 e 2014, foi reproduzido em contratos do bilionário mercado do pré-sal.

São obras de plataformas, construção e locação de navios e sondas de perfuração para exploração de petróleo – a maior parte deles vigente – que envolvem volume de investimentos público e privado superior aos projetos até agora sob escopo da operação.

No foco atual dos procuradores e delegados da Polícia Federal estão contratos da Sete Brasil – empresa criada pela Petrobras em parceria com fundos de pensão públicos e privados e com três bancos – com cinco estaleiros para a construção, no País, de 29 sondas de exploração no fundo do mar. Esses contratos somam US$ 25,5 bilhões.
presal
Até no pré sal.