domingo, 1 de novembro de 2015

* Ministro do STF diz que Justiça não é igual para todos.

Durante o 22º Congresso de Magistrados Brasileiros, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, fez uma ampla análise da Justiça no Brasil. Ele criticou a dificuldade de se fazer com que a Justiça seja igual para todos.

“É muito mais fácil prender menino com 100 gramas de maconha do que empresário que roubou 10 milhões”), o excesso de judicialização (“Estamos vivendo uma epidemia de processos judiciais”) e a glorificação de juízes (“Se um modelo precisa de heróis é porque as instituições não funcionam”).
barroso PSDB
Ministro...

* Em Caraúbas teremos o grande encontro...

Logo mais a partir do meio dia, o Olho D'agua Park Hotel traz para o seus clientes e amigos, o grande encontro de Assis Blênio. Marcelo Show e Xavier Costa.

Confira, é hoje...


* Secretaria de Segurança Público emite nota de pesar pela morte de PM.

É com pesar e profunda consternação que o Governo do Estado do RN, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), recebeu na noite deste sábado (31) a notícia do falecimento do Sd Marcos Antônio, de 49 anos. Policial exemplar, lotado na Força Tática do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), foi covardemente surpreendido, por um suspeito ainda não localizado, enquanto andava de bicicleta, na manhã desta sexta-feira (30), no Conjunto de Nordelândia, no bairro Lagoa Azul, na zona Norte de Natal.

Desde os primeiros instante do ocorrido, todos esforços foram empreendidos pelas equipes médicas do Estado e da própria Polícia Militar no sentido de salvar a vida do policial, mas devido a complexidade do ferimento, este não resistiu, teve parada cardíaca e óbito confirmado pelo Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel.

Toda estrutura da Sesed foi prontamente disponibilizada para apurar o ocorrido, identificar e prender o acusado. A Secretaria de Segurança Pública, por meio da Polícia Militar, Polícia Civil e CEIOPaer, continuarão trabalhando ativamente neste caso que clama por Justiça.
 
Resta dizer que um suspeito, com provável participação no caso, já foi identificado e que estamos nas ruas para encontrá-lo e prendê-lo, custe o que custar.

Por fim, reiteramos que estamos profundamente abalados com o ocorrido com o Sd PM Marcos Antônio, policial militar com 23 anos dedicados ao serviço público, com extenso rol de ocorrências bem resolvidas, de conduta ilibada e irrepreensível, autor de feitos bravos, um valoroso policial militar que deixará muitas saudades como exemplo de profissional, pessoa e pai de família que era.
Nota de pesar.