sábado, 14 de novembro de 2015

* Hamas e Jihad Islâmica condenam ataques do Estado Islâmico em Paris.

Os movimentos palestinos Hamas, no poder na Faixa de Gaza, e Jihad Islâmica condenaram hoje (14) os atentados de ontem (13) à noite em Paris. Os ataques foram reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico. Bassem Naim, chefe do conselho para as relações internacionais do Hamas, condenou os “atos de agressão e barbárie” e manifestou a expectativa da França poder regressar “à paz e à estabilidade”.

Nafez Azzam, membro da Comissão Política da Jihad Islâmica, condenou um “crime contra inocentes” e uma “mensagem de ódio”, lembrando que “o Islã recusa matanças indiscriminadas”. A Jihad Islâmica tem como objetivo a criação de um Estado palestino islâmico e a destruição de Israel e é baseada na capital da Síria, Damasco.

Tanto o Hamas como a Jihad Islâmica são considerados organizações terroristas por Israel, União Europeia e Estados Unidos e têm sido frequentemente comparados pelo primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, ao Estado Islâmico.

* Estado Islâmico reivindica ataques em Paris que mataram mais de 180.

O grupo radical Estado Islâmico reivindicou neste sábado (14) a responsabilidade por ataques que mataram mais de 120 pessoas em Paris. É o pior ataque à França na história recente.

Em uma declaração oficial, o grupo disse que seus combatentes presos a cintos com explosivos e carregando metralhadoras realizaram os ataques em vários locais no centro da capital francesa que foram cuidadosamente estudados.

Na noite desta sexta-feira, tiroteios e explosões ocorreram em uma casa de shows, em um restaurante, em um bar e em outros três locais. Entre os feridos, estão dois brasileiros que, segundo a cônsul-geral do Brasil na França, Maria Edileuza Fontenele Reis, passam bem. De acordo com o governo francês, oito terroristas morreram.

Em comunicado, o grupo radical Estado Islâmico disse que os ataques foram cuidadosamente planejados.

"Oito irmãos com explosivos na cintura e fuzis fizeram vítimas em lugares escolhidos previamente e que foram escolhidos minunciosamente no coração de Paris, no estádio da França, na hora do jogo dos dois países França e Alemanha, que eram assistidos pelo imbecil François Hollande, o Bataclan onde se estavam reunidos centenas de idolatras em uma festa de perversidade assim como outros alvos no 10º arrondissement e isso tudo simultaneamente. Paris tremou sob seus pés e as ruas se tornaram estreitas para eles. O resultado é de no mínimo 200 mortos e muitos mais feridos. A gloria e mérito pertencem a Alá”, diz o comunicado.
Homem se emociona diante de objetos de tributo deixados em frente à cafeteria Carillon, em Paris, onde um dos ataques terroristas ocorreu (Foto: Thibault Camus/AP)
O Mundo em luto.

* Petroleiros suspendem greve no RN.

A greve dos petroleiros foi suspensa. A decisão foi tomada pela direção sindical, em nível nacional, e aprovada pelas bases. Em Mossoró, a assembleia que aprovou a suspensão da paralisação, iniciada em 1º de novembro, aconteceu à tarde, em frente à Base-34 da Petrobras. Foram 59 votos a favor da suspensão da greve ante dez contra. Não houve abstenções.

* Em Caraúbas, Profissionais de Escolas Municipais recebem certificados da capacitação das Cisternas Escolares.

No encerramento do ciclo de capacitação para os profissionais da educação ligados ao CEMER – Centro Municipal de Ensino Rural, receberam os certificados como comprovação que estão devidamente capacitados para um manuseio adequado da água, assim como transmitir aos alunos todo o conhecimento. As unidades de ensino que eles atuam foram contempladas com o programa Cisternas nas Escolas.

Segundo os orientadores do curso, o objetivo deste é Sensibilizar educadores/as a refletir sobre a importância da valorização do saber popular, reconhecendo a cultura local e buscando ações e estratégias que contribuam para um outro olhar para o Semiárido tanto no âmbito escolar como em toda comunidade.

A unidade Gestora responsável pela execução do Projeto na região do Médio Oeste Potiguar é o Centro de Apoio ao Desenvolvimento da Agricultura Familiar – Terra Viva – que é uma associação civil de direito privado sem fins lucrativos que desde a sua fundação atua na Assessória Técnica a agricultores (as) familiares, tendo sede em Apodi e Mossoró – RN

Além dos professores e demais profissionais das escolas de Caraúbas, também participaram servidores da cidade de Janduis/RN. Na entrega dos certificados entre outros, estiveram presentes os facilitadores e representantes da Terra Viva, Adriano Oliveira, Claudia Mota e Joelma Menezes; A diretora do CEMER, Calingia Katia; e a Secretária de Educação de Janduis, Ady Gurgel.

O Programa Água Para Todos é uma das ações do plano do governo Social (BSM - Plano Brasil Sem Miséria), a partir da necessidade de se universalizar o acesso à água e seu uso para população carente, residente em comunidades rurais não atendidas por esse serviço público essencial, atendidas por sistemas de abastecimento deficitários ou, ainda, que recebam abastecimento difuso. Em 2013 a ação foi regulamentada, sendo instituído o Programa Nacional de Apoio à Captação de Água da Chuva e Outras Tecnologias Sociais de Acesso à Água – Programa Cisternas (Lei 12.873 de 10 de outubro de 2013). A iniciativa das Cisternas nas Escolas é uma ação do Programa Água para Todos. Objetiva viabilizar a implantação de cisternas para captação e armazenamento de água para consumo humano em escolas públicas da zona rural do Semiárido brasileiro.

Em Caraúbas, a construção das cisternas estão em andamento. Foram contempladas as unidades de ensino: do São Geraldo, "Núbia de Oliveira"; sítio “Xique-xique”, Escola "Adelino Sena de Lima"; da comunidade “Galho do Angico”, "Sebastião Pinto de Queiroz"; a Creche da Petrolina; Escola da Ursulina, "Maria Aldenora Gurgel"; da comunidade Abderaman, "Ubaldo Fernandes"; e a Escola da comunidade Santo Antônio, "Manassés Braga".
Reunidos.

* Mais de 300 criadores que fornecerão o leite in natura para o Programa do Leite Potiguar.

O escritório local do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER) registrou um total de 382 criadores que fornecerão o leite in natura para o Programa do Leite Potiguar. O escritório abrange Mossoró e mais onze municípios da região. Entre as cidades que mais inscreveu criadores de animais leiteiros está Apodi com 129 inscritos e Caraúbas com 123. Mossoró registrou 49 inscrições. Em todo o Estado, a Emater obteve o registro de 2.593 inscritos em 117 municípios.

Apesar de Mossoró ter registrado um número menor de criadores, o volume de leite registrado pelos criadores chega a 10.800 litros por dia, enquanto que Apodi, com seus 129 inscritos, terá a soma da produção de 7.500 litros por dia, conforme a quantidade especificada por cada criador no ato da inscrição.
leite
Programa do Leite.

* “Hoje não há governo no Brasil”, diz ministro do STF.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello disse que a atual crise política nacional deriva da desarmonia entre os poderes, com destaque para o Executivo e o Legislativo, e que, por conta disso “precisamos reconhecer, com desassombro, que hoje não há governo no Brasil.”

“Não se consegue tocar medidas econômica e financeiras indispensáveis à suplantação da crise mais séria, que é econômica e financeira. Precisamos deixar os interesses políticos paroquiais em segundo plano”, avaliou Mello durante uma palestra sobre liberdade de expressão promovida pelo Insper, em São Paulo.
marco aurelio mello
Marco Aurélio.

* Tragédia: Ataques coordenados aterrorizam Paris e deixam ao menos 153 mortos.

Ataques com tiros e explosões deixaram ao menos 153 mortos em Paris, na pior violência a atingir a França desde a Segunda Guerra (1939-1945) e apenas dez meses depois da carnificina no semanário satírico Charlie Hebdo. Cerca de cem pessoas morreram na casa de shows Bataclan, no centro da capital francesa, enquanto ao menos outras 20 morreram em outros cinco locais dentro e na região de Paris, incluindo restaurantes e bares lotados, disse a Promotoria francesa.

De acordo com a Folha de São Paulo, onze pessoas foram mortas em um restaurante francês no 10º distrito de Paris, enquanto outras três morreram na explosão de bombas do lado de fora de um estádio de futebol. O número de mortos na Bataclan, que abrigava um show de heavy metal do grupo Eagles of Death Metal, surgiu após forças de segurança lançarem uma ação no local, onde pessoas tinham sido feitas reféns.

A polícia invadiu o local, matando dois terroristas e encontrando um sangrento cenário de horror. 

Posteriormente, a Promotoria mencionou outros três terroristas mortos, mas não esclareceu se na casa de shows ou em outros locais. De acordo com o policial Gregory Goupil, houve dois ataques suicidas e uma explosão perto do Stade de France, no norte de Paris, durante um amistoso entre França e Alemanha. As explosões, simultâneas, aconteceram perto de duas entradas e de um McDonald’s.
ataque2
Atentados em Paris.