sábado, 12 de dezembro de 2015

* Será? José Agripino vai de Rosalba em Mossoró nas eleições de 2016.

“É importante deixar bem claro que eu, Rosalba e Carlos Augusto, nunca deixamos de ser aliados. O que ocorreu em 2014 é que ela não podia disputar a reeleição pelas questões jurídicas, e a prova de que nós estávamos certos, é que só agora ela tornou-se elegível, e contou com todo o meu apoio para isso”.

-“Se continuamos aliados e ela contou com meu total apoio para ficar elegível, é evidente que estaremos juntos em uma eventual candidatura dela em Mossoró”.
José Agripino e a Rosalba.

* Rio Grande do Sul e Sergipe vão pagar 13º salário só em 2016.

Em crise, pelo menos dois estados brasileiros – Rio Grande do Sul e Sergipe – confirmam que vão pagar o 13º salário dos servidores públicos apenas no próximo ano. Segundo a Folha de São Paulo, os servidores receberão o benefício de forma parcelada ao longo de 2016. Mas poderão antecipar o valor total do 13º salário por meio de empréstimos bancários.

A crise econômica, que teve como consequência a queda na arrecadação dos Estados, é o principal motivo apontado pelos governadores para o adiamento do pagamento da gratificação natalina. “Não temos dinheiro em caixa. Nosso orçamento foi afetado pela crise, na medida em que os gastos cresceram, sobretudo com a Previdência”, justifica o secretário da Fazenda de Sergipe, Jefferson Passos.
dinheiro_mao
13º só em 2016.

* Delcídio aguarda transferência para o quartel da PM do Distrito Federal.

A transferência do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) da carceragem da Polícia Federal (PF) em Brasília para o quartel da Polícia Militar do Distrito Federal ainda não foi confirmado data e horário. O pedido foi feito pela defesa do senador e autorizada pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Delcídio ocupa uma cela na Superintendência da PF desde o dia 25 de novembro. No quartel, o senador ficará preso em uma sala especial. Por ter mandato parlamentar, ele não pode ocupar uma vaga em presídio comum. Delcídio do Amaral foi denunciado pelo crime de impedir e embaraçar a investigação da Operação Lava Jato está semana.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) sustenta que o senador tentou dissuadir Nestor Cerveró, ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, ou de aceitar o acordo de colaboração com o Ministério Público Federal, caso isso acontecesse, evitasse delatar Cerveró e, também André Esteves, ex-controlador do banco BTG Pactual.
delcidio_senado
Delcídio Amaral na chave.